cultura, política e alfabetização no brasil: a “segunda ... · pdf...

Click here to load reader

Post on 09-Feb-2019

224 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Universidade Federal de So Carlos UFSCar Centro de Educao e Cincias Humanas

Programa de Ps-Graduao em Cincias Sociais

Gustavo Tentoni Dias

Cultura, Poltica e Alfabetizao no Brasil: A Segunda

Campanha de Nacionalizao do ensino (1938-1945).

So Carlos So Paulo Junho de 2006

Livros Grtis

http://www.livrosgratis.com.br

Milhares de livros grtis para download.

Gustavo Tentoni Dias

Cultura, Poltica e Alfabetizao no Brasil: A Segunda

Campanha de Nacionalizao do ensino (1938-1945).

Dissertao de Mestrado apresentada ao Programa de Ps-Graduao em Cincias Sociais, da Universidade Federal de So Carlos, como parte dos requisitos exigidos para a obteno do ttulo de Mestre em Cincias Sociais.

Orientador: Prof. Dr. Marco Antnio Villa

So Carlos So Paulo Junho de 2006

Ficha catalogrfica elaborada pelo DePT da Biblioteca Comunitria da UFSCar

D541cp

Dias, Gustavo Tentoni. Cultura, poltica e alfabetizao no Brasil: a Segunda Campanha de Nacionalizao do ensino (1938-1945) / Gustavo Tentoni Dias. -- So Carlos : UFSCar, 2006. 219 p. Dissertao (Mestrado) -- Universidade Federal de So Carlos, 2006. 1. Sociologia educacional. 2. Estado nacional. 3. Nacionalismo. 4. Brasil histria Estado Novo, 1937-1945. 5. Teuto-brasileiro. I. Ttulo. CDD: 370.19 (20a)

~!!

J

edico este estudo s cidades

catarinenses de Presidente Getlio e

de Ibirama, que atravs de seus singulares

moradores contriburam e contribuem para a

formao cultural do Brasil.

D

Agradecimentos minha querida companheira Tnia, pessoa atenciosa e perfeccionista que me

acompanhou ao longo destes dois anos de Mestrado com um terno sorriso no rosto.

Aos meus pais, Luis e Lourdes, por todos estes anos de grande amizade e

cumplicidade que passamos juntos e pelos prximos anos que viro; agradeo, tambm,

pela educao humanstica despendida em minha formao e por me ensinarem a sentir

amor e satisfao pelo exerccio da leitura.

Aos meus dois grandes amigos e irmos, Fernando e Thiago, pela fidelidade

incondicional que demonstram a mim e pelas mos amigas, sempre prontas para me

ajudar. No poderia esquecer de agradecer, ainda, os ensinamentos valiosos que ambos

me passaram sobre as Cincias Exatas.

Aos meus primos, Raquel, Macel, Amanda e Rodrigo, e minha tia, Cristina, que

foram fundamentais para o incio desta longa caminhada.

Aos amigos Emerson, dson, Alessandro e Diogo pela boa companhia que me

proporcionaram ao longo dos 8 anos que vivi em Araraquara e pelos momentos

divertidos de improvisos e at de pobreza que passamos juntos.

s amigas Patrcia, Maria Carolina e Rafaela pela ateno dedicada a correo

formal do estudo, pelo incentivo nas horas difceis e pela amizade afetuosa.

Sra. Ruth Gutz pela ateno e bom humor despendidos ao meu estudo. E, principalmente, por ter me apresentado a sua interessante histria pessoal que se confunde com a Histria de Presidente Getlio.

Fabiana Cabral e ao Sr. Osnir Cucco pela simpatia e hospitalidade oferecidas a mim, durante o trabalho de campo realizado em Presidente Getlio.

Ao Sr. Ernst Carl Hoppe e sua simptica esposa Carlotta Hoppe, Sra. Eleonora Kaestner e Sra. Marta Joenk por terem me dado a oportunidade de conhecer a singular Histria de Presidente Getlio e Ibirama, atravs de depoimentos pessoais marcados por riqueza de detalhes, afetuosidade e, principalmente, muito conhecimento.

s eficientes funcionrias do Arquivo Histrico de Ibirama, que alm de terem despendido uma grande ateno, com grande dose de bom humor, s minhas perguntas e pedidos, permitiram com que eu pudesse ter acesso orgulhosa Histria de Ibirama.

Ao Sr. Harry Wiese, estudioso dedicado ao resgate histrico da antiga colnia de Hamnia que alm de me conceder uma importante entrevista, possibilitou-me conhecer a fundo a Histria de Presidente Getlio. Ao Orientador, Prof. Dr. Marco Antnio Villa, pela confiana, liberdade, pacincia e grande contribuio na realizao deste estudo.

colega de mestrado, Fernanda Xavier, pela generosa ajuda despendida na

formulao da 2 Seo.

s secretrias do Departamento de Cincias Sociais, Ana e Ana Virginia, pela dedicao e pelo zelo despendido a mim, no que compete aos assuntos burocrticos da Academia.

Banca Examinadora pelo convite aceito e pela leitura atenciosa dedicada ao meu estudo.

Fapesp (Fundao de Amparo a Pesquisa do Estado de So Paulo) pelo apoio financeiro e pelos pareceristas que foram de grande utilidade.

Sabe o que sonhei? perguntou Pablo

No.

Sonhei que era uma pena.

E pensa, refletiu Mathieu. Indagou:

E o que que voc fazia quando era pena?

Nada.. Dormia.

Jean-Paul Sartre, Idade da Razo (1972).

Resumo Esta Dissertao tem como objetivo refletir sobre a poltica educacional

realizada durante o perodo do Estado Novo (1937-1945) junto aos grupos tnicos teuto-

brasileiros localizados no estado de Santa Catarina, a qual ficou conhecida como

Segunda Campanha de Nacionalizao do ensino. Pretende-se compreender de que

forma esta medida pedaggica governamental visava utilizar a difuso de escolas

primrias, custeadas pelos governos federal e estadual, entre as cidades teuto-brasileiras,

como um veculo de propaganda dos ideais nacionalistas apregoados pelo Estado

brasileiro. Sobre essa premissa, prope-se investigar se as preocupaes do governo

tinham relao com uma possvel fragmentao territorial, pois acusava que nas regies

sulistas havia uma fraca presena da cultura nacional, ou se pretendia erradicar qualquer

trao cultural deste grupo tnico que pudesse comprometer o pas com idias nazi-

fascistas. Para dar corpo a essa indagao, a pesquisa recorreu ao estudo de documentos

e decretos-leis criados durante a gesto Vargas, alm de uma bibliografia previamente

selecionada e a entrevistas com estudiosos e nativos do perodo histrico investigado.

Palavras-Chaves: Estado-Novo, Teuto-brasileiros, nacionalismo, Estado-Nao.

Abstract This dissertation provides a reflection about the educational politics that aimed

at the teuton-brazilian ethnic group of Santa Catarina, during the period called Estado

Novo (1938- 1945), which became known as The Second Nationalization Campaign

of teaching. It is claimed that this governmental pedagogic attitude aspired the diffusion

of the primary school, which were supported by the state and the federal government,

throughout the teuto-brazilian cities, as if it were a vehicle that advertised the nationalist

ideals defended by the Brazilian State. Thus, this work investigate the fact that the

government concerns were related to a possible territorial fragmentation, seeing that,

according to the government, there was a fragile presence of national culture in the

south of Brasil or it may me related to a trial to eradicate any cultural trace of the

referred ethnical group that could endanger the country with nazi-facist idealisms. To

support this argumentation, this dissertation searched for documents and decrees created

at the time of Vargas government, besides studyng a bibliography which was previously

selected and studying interviews collected from students and locals of the investigated

period and place.

Key-words: Estado Novo, Teuton-brazilian, nationalism, Nation-State

INTRODUO.............................................................................................................02

SEO 1 A Formao Cultural e Social do grupo Teuto-brasileiro....................11

1.1. A formao tnica dos teuto-brasileiros.................................................................11

1.1.1. Deutschtum ou jus sanguinis ..............................................................................11

1.1.2. Brasilianertum ou jus solis..................................................................................14

1.2. Os elementos culturais do Deutschtum e sua transformao para o

Deutschbrasilianertum................................................................................................... 17

1.2.1. A Lngua Materna ou die Muttersprache.........................................................17

1.2.2. A terra natal ou das Heimat.............................................................................21

1.2.3. As Associaes recreativas ou die Vereine......................................................23

1.2.4. A Igreja Protestante ou die Kirche...................................................................29

1.2.5. As escolas Teuto-brasileiros ou die Deutschbraslienertum Schulen...............36

1.2.5.1. As Escolas comunitrias ou die Gemeindenschulen.....................................37

1.2.5.2. A participao religiosa nas escolas teuto-brasileiras......................................42

1.2.5.3. A influncia do II Reich nas escolas teuto-brasileiras......................................45

SEO 2 A formao cultural e poltica da Segunda Campanha de

Nacionalizao do ensino..............................................................................................62

2.1. Breve histri