cultivando pessoas

Download Cultivando Pessoas

Post on 10-Jul-2015

30 views

Category:

Business

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Apresentao do PowerPoint

Cultivando PessoasMalone, Captulo 10UFF Universidade Federal FluminenseEscola de Engenharia Desenho IndustrialCincia e TecnologiaProfessor: Paulo Pfeil

Gustavo BastosJonatan ZylbersztejnLuciana Lopes Nicole PiedrasPaloma de MattosNiteri, outubro de 2014.Objetivo do Trabalho

Traar os princpios, habilidades e as competncias necessrias para obter sucesso em uma organizao descentralizada, explorando a inteligncia e a criatividade dos trabalhadores afim de cultivar as organizaes com eficincia.Cultivando PessoasPrincpios para Cultivar as Organizaes- Aproveite as Tendncias Naturais das Pessoas- Deixe Mil Flores Desabrocharem- Incentive a Fertilizao Cruzada- ImproviseA Psicologia do CultivoO Paradoxo do PoderCapacidades Essenciais para a Liderana Distribuda- Ter Viso- Dar Sentido- Inventar- Relacionar-se- Do Que Mais PrecisamosA EscolhaBibliografiaSumrioCultivando PessoasQue porcentagem da inteligncia e da atividade das pessoas voc acha que sua organizao realmente usa?RespostasResposta mdia de 30% a 40%Maioria das respostas entre 10% e 80%Algumas respostas acima de 90% e vrias abaixo de 10%.

No sabemos ao certo como medir o uso da inteligncia e da criatividade. Mas os resultados destacam um forte sentimento compartilhado por quase todos:

As organizaes de hoje no chegam nem perto de perceber e aproveitar o verdadeiro potencial das pessoas.

medida que as organizaes se tornam mais descentralizadas, que o trabalho intelectual passa dominar a economia e a inovao se torna cada vez mais importante, tirar vantagem da verdadeira inteligncia e criatividade das pessoas passar a ser uma das competncias essenciais das empresas de sucesso.

O Que Cultivar?

Entender e respeitar as tendncias naturais.

Descobrir e incentivar os valores, capacidades e ideias criativas que j existem.

Equilibrar quando exercer o controle e quando abrir mo dele.

Tirar proveito de em vez de tentar mudar qualidades em sua organizao que no lhe agradam pessoalmente.

Exemplo da Indstria Cinematogrfica

Kathleen Kennedy, produtora de ET, e muitos outros sucessos, descreve o equilbrio entre controlar e ceder para um produtor:Uma vez que comea a filmagem, o produtor se afasta e v para onde o filme est caminhando. Um filme uma coisa orgnica, viva, que respira. No e definido apenas pelo que esta no papel, muda continuamente. O processo criativo continua o tempo todo, e dele as vezes vem as melhores ideias. Mas e preciso manter uma viso coesa, um foco no filme como um todo, e no apenas em aspectos individuais.Roland Joffe, diretor de Killing Fields e City of Joy, fala sobre o papel paradoxal do diretor, de controlar e, ao mesmo tempo, no controlar: Ser diretor como jogar em um tabuleiro de xadrez com vrios nveis e dimenses, s que as pecas decidem se mover sozinhas.

Princpios para Cultivar as OrganizaesA mentalidade de comandar e controlar ainda exerce uma influencia poderosa em nosso pensamento.

Voc no estar no controle no significa que h algo errado com voc.

Quando aparece um problema na sua organizao, a soluo nem sempre centralizar.A seguir, princpios que o ajudaro a cultivar pessoas, e no apenas control-las.

Aproveite as Tendncias Naturais das PessoasMostre como suas metas tambm atenderam os objetivos dos outros

V alm, adapte seus objetivos s capacidades e aos objetivos das pessoas de sua organizao

Voc precisa ter um projeto que muitos programadores achem interessante Linus Torvalds

Cultive as competncias das pessoasDeixe Mil Flores DesabrocharemDeixar vrias pessoas fazerem muitas experimentaes. Quando algo d certo, voc incentiva e d mais recursos; quando no d, descarta.A poltica de deixar cem flores desabrocharem e cem escolar de pensamento discutirem a poltica que promove o progresso das artes e das cincias.Conforme a criatividade se torna mais crtica no negcios, a abordagem das mil flores se tornar uma parte cada vez mais importante do novo estilo gerencial.Segredo da inovao em economias de mercado: muitas empresas podem experimentar vrias ideias diferentes ao mesmo tempo, se que algum no comando lhes diga o que deve ser feitoEconomista Joseph Schumpeter chamou de destruio criativa um processo dinmico de inovao contnua, em constante evoluo.Incentive a Fertilizao CruzadaFuno importante do gerente: cultivar a fertilizao cruzada de ideias > infra-estrutura e incentivos para troca de informaesOrganizaes Tradicionais x Descentralizadas - Informao: mercadoria escassaInformao flui livrementeBaixo custo de sua trocaMaior facilidade para encontrar pessoas com informaes teisBanco de dados internos- Consultor pode encontrar facilmente projetos anteriores- Experincias com outros clientes- Contatos recentesIncentive a Fertilizao CruzadaDescobrir como dar os incentivos certos

Lotus Notes- Consultores usavam pouco o conhecimento do sistema > poucos incentivos- Tempo gasto na aprendizagem era no cobrvel

necessrio pensar em uma variedade de mtodos- Tecnologia- Cultura- Incentivos financeirosImproviseNecessidade de improvisar.

Previso e planejamento podem ser o melhor curso de ao.

3 tipos de mudana, segundo Orlikowski- Mudana Antecipada- Mudana Emergente- Mudana Oportunista

Exemplo: empresa de software, Zeta.

A Psicologia do CultivoSeria ingnuo pensar que ns, acabaremos totalmente com as diferenas entre poder e controle.Quase todos ns crescemos em famlias que tinham hierarquias muito claras, em que os pais tinham muito mais poder que os filhos.Todos somos primatas que, como os bilogos dizem, tm impulsos biolgicos para criar certos tipos de hierarquias de dominncia, ou classes hierrquicas.No que deveramos tentar fazer desaparecer o controle de cima para baixo, mas que deveramos aprender a conviver com a tenso.

A Psicologia do CultivoAtingir o equilbrio certo pode ser difcil do ponto de vista psicolgico.A dinmica interpessoal em organizaes pode ser frequentemente vista como a representao das pessoas, no trabalho, dos dramas emocionais das famlia em que cresceram.Gerentes controladores que aparentemente esto satisfazendo algumas necessidades psicolgicas profundas. O fator que impulsiona muitas pessoas a alcanar altas posies o desejo de ter poder sobre os outros.

A Psicologia do CultivoConflitos entre o entendimento intelectual e as realidades emocionais do controle podem gerar ironias surpreendentesExemplo 1 : "Eu acharia difcil abrir mo do poder em uma organizao descentralizada. Uma razo para isso que ainda no tive pessoalmente autoridade para tomar deciso e adoraria t-la! Agora me pedem para abrir mo dela antes de eu t-la aproveitadoExemplo 2 : " Conheci vrios executivos altamente carismticos que diziam apoiar a descentralizao e a transferncia de poder. Mas se voc se distanciasse um pouco e examinasse o que estava acontecendo, ficava claro que tinham criado organizaes com uma quantidade incrvel de poder centralizado!Pode ser muito difcil cultivar em si mesmo o equilbrio entre deter o controle e abrir mo dele

O Paradoxo do Poder s vezes, a melhor forma de ganhar poder abrir mo dele

Ao conceder mais poder, voc tambm ganha mais poder

Empresas com CEOs notavelmente mais humildes e modestos tiveram maior desempenho pela anlise da Fortune 500Capacidades Essenciais para a Liderana DistribudaAlgumas habilidades especficas podem ajud-lo a cultivar as organizaes com eficincia, alm de mudar atitudes quanto ao poder.Workshop de liderana distribuda > algo que voc pode exercer de qualquer parte de uma organizao: de cima, da base, ou de qualquer lugar.O workshop concentra-se em ajudar os alunos a desenvolver quatro competncias essenciais para a liderana distribudaTer VisoPara cultivar com eficincia as organizaes, apenas tomar a iniciativa para atingir os objetivos que seus chefes j estabeleceram no suficiente.Cada vez mais, voc precisara ter sua prpria viso do que a organizao pode fazer.Viso no apenas um monte de palavras que soam bem. uma imagem concreta de um resultado com o qual voc j est profundamente comprometido em atingir.Uma viso deve ser importante para voc pessoalmente.Se sua viso no estiver ligada a coisas que voc considera importante, no passa de meras palavras.Tambm reflete as necessidades e os valores das outras pessoas, respeitando suas capacidades e tendncias naturais.

Dar SentidoDar sentido a realidade atual, mesmo confusa ou ambgua.

Perceba conscientemente essa necessidade.

Exemplo: Internet

A Internet realmente mudou tudo?

InventarEncontrar maneiras de alcanar sua viso.Adaptao a novas tecnologias.Necessidade de inventar continuamente > fundamental para cultivar as pessoas.Aprimorar sua capacidade de produo de ideiasBrainstorming, Synectics e Soluo Criativa de ProblemasBrainstorming e suas quatro regras: - No permite crticas, avaliaes ou julgamentos - Nenhuma ideia louca demais - Quantidade > qualidade - Incentiva pegar carona na ideia dos outrosVoc deve adiar julgamentos e pensar no incomum

Relacionar-seA capacidade de administrar relacionamentos fundamental para o sucesso nos negcios.O sucesso normalmente depende de como vocs se relaciona.Construir relacionamentos com dois tipos de pessoas:- Com quem tem vnculos fortes- Com quem tem vnculos fracosDedicar muito tempo a:- Atividade Diplomtica- Atividade de Busca- Coordenao de TarefasDo que Mais PrecisamosEm uma organizao descentralizada, voc mais independente. Mesmo que tenha as quatro competncias, ou seja, ter viso, dar sentido, inventar e se relacionar, outra habilidade frequentemente mais crtica para o seu sucesso: a capacidade de gerenciar seu prprio tempoA EscolhaCada vez mais, muitos aspectos do mundo do comando e controle no se aplicam, mesmo teoricamente. As informaes e o controle sero difundidos mais amplamente nas organizaes, e