cultivando cactos guia completo

Download Cultivando Cactos GUIA COMPLETO

Post on 19-Jan-2016

63 views

Category:

Documents

22 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Cultivando Cactos via Sementes

    Cultivar cactos via sementes uma boa maneira de se obter grandes quantidades de uma nica planta. Sementes so muito mais baratas do que

    plantas adultas e tem poucas coisas mais recompensantes do que ver o desenvolvimento desde a germinao at a florao dos cactos maduros.

    Muitas pessoas acreditam ser difcil este processo, mas se observadas algumas regras se torna simples e fcil.

    Use o composto apropriado

    Preferencialemente um composto que deve ser usado de baixa composio organica no decomposta, isso para evitar problema de ataque de fungos.

    Geralmente solo especial para germinao e cortes (cutting) costumam funcionar bem. Fibra de coco (1/3) e areia (2/3) tambm serve muito bem a

    estes propsitos.

    Preferencialmente tratar esse solo em microondas antes de usa-lo

    Mudas jovens jamais podem ficar secas

    Ao contrrio dos cactos adultos, as pequenas mudas precisam ser mantidas em ambiente mido como pequenas estufas. A temperatura dever ser

    algo entre 20-30C para um crescimento rpido. Somente com uns 3-4 meses de idade, a umidade pode ser gradualmente diminuda s condies normais.

    Um potinho transparente pode ser usado como mini-estufa

    Coloque as sementes em CIMA o solo e no EMBAIXO

    As sementes de cactos precisam de luz para germinarem. Apenas semeie com as mos a superfcie do solo e borrige com gua para manter a umidade.

    No faa como se faz com a maioria das sementes, apenas jogue-as por cima do solo. As sementes so pequenas e frgeis, jamais conseguiriam

    germinar e subir a superfcie, morrendo ento sufocadas.

    As sementes so jogas em cima do solo.... ..... e depois borrifadas com gua

    Preveno e combate contra fungos

    Pelo fato das sementes serem mantidas constantemente midas e quentes, esse ambiente favorvel ao ataque de fungos. Plantas infectadas tornam-

    se pretas na base e rapidamente morrem. Remova essas plantas o assim que identific-las para evitar o alastramento da doena. O composto tem de

    ser esterilizado sempre antes de usar (microondas ou panela de presso). O uso de um fungicida altamente recomendvel neste momento, se o

    mesmo for usado, poucos problemas relacionados a fungos podero ocorrer.

    Coloque sob um ponto de luz

    Considere que essas mudas geralmente germinam somente nas fendas e rachaduras e que ficam ento protegidas a maior parte do tempo do Sol. Se

    voc colocar mudas jovens expostas diretamente ao Sol, elas se tornaro roxas e morrero. Luz indireta o que elas necessitam, luz Solar direta no!

    Se as mudas esto se tornando roxas, coloque-as em um local mais sombreado e elas retornaro a cor normal. No inverno algum tipo de iluminao

    artificial far com que as mantenha crescendo.

    Lampadas flourescentes funcionam bem com as mudas (Ex: Lmpadas Sylvania GROLUX), coloque-as cerca de 15cm de distncia do tubo e ao final de

    2-3 meses v aproximando at que estejam cerca de 5 cm dos tubos. As luzes podem ser mantidas 24 horas por dia. O crescimento rpido e

    constante.

    No replante muitas vezes.

    O cacto jovem ir crescer at que o vaso esteja cheio, da ento voc deve transplanta-lo, somente quando perceber que algumas mudas no esto se

    desenvolveno porque existe um cacto maior fazendo sombra nelas. Se a muda crescer tanto no vaso e voc ver que no tem mais espao para ela se

    desenvolver ali, ento transfira para outro vaso um pouco maior. Espere o solo secar um pouco, isso facilitar a transferncia. Tome cuidado para no

    machucar as razes e plant-la em um substrato seco! O sistema de raiz muito delicado. Espere a planta se recompor por um ou dois dias em um

    local mais sombreado e ento v aos poucos voltando as regas de novo. Se for mantido o solo molhado logo aps o transplante, corre-se o risco de

    ataque de fungos.

    No fertilize demais.

  • Quando as plantas jovens estiverem estabilizadas e desenvolvido os spines reais, ento elas podero ser fertilizadas. Use fertilizante com baixos nveis de nitrognio a cada 2 meses.

    Normalmente use apenas gua nas regas, se a gua da sua torneira no for confivel, pode-se usar gua com baixo teor mineral ou mesmo gua da

    chuva.No fertilizar durante o perodo de dormncia (inverno). Muito fertilizante pode ser prejudicial, tornando at impossvel do cacto se desenvolver.

    Mudas de Lophophora com duas semanas. Mudas de Lophophora com quatro semanas

    Depois de alguns meses...

    Se as mudas forem crescendo bem por cerca de 6 meses, podero serem tratadas como cactos normais referentes as regas e as o perodo de

    dormncia, mas ainda precisam de proteo contra o iluminao direta do Sol! Se as plantas estiverem ainda muito pequena (

  • Pereskiopsis, um cacto frondoso recebe tratamento diferente. Os cortes so passados em p enraizador e colocado diretamente no solo mido.

    mantido ento em local quente mas fora de Sol pleno por cerca de duas semanas, ento deve-se conferir se criou razes.

    Tirando um "corte" * Corte de Pereskiopsis, folhas menores retiradas

    Para se obter uma melhor formao das razes no corte, a parte inferior co corte deve ser aparada. Se quiser, pode imediatamente passar a parte

    inferior do corte em p de enraizamento. (A maioria dos cactos crescem bem sem este procedimento).

    Aparando o corte.... ...... e passando no p enraizador

    Os cortes dos cactos no podem ser plantados imediatamente aps o corte, eles precisam primeiro calejarem. Isso significa que as pontas do corte desenvolver uma camada de proteo. O tempo de formao desta camada depender do tamanho do corte.

    Quanto maior a superfcie, maior o tempo que levar. Cerca de duas a quatro semanas o esperado para o corte possa ser plantado. Neste periodo

    melhor manter o corte na vertical.

    Aps esperar a planta se recuperar por cerca de duas semanas em solo mido mas sem molha-lo, somente aps este perodo poder regar o corte e

    esperar o solo secar. Geralmente pode-se observar a parte cortada crescer, isso a certeza de que houve o enraizamento. Tenha cuidado de no

    molhar demais o corte recm plantado. J que a planta tem poucas razes, a absoro da gua muito menor se comparado com uma planta enraizada

    completamente. O enraizamento ocorre melhor sob luz indireta e temperaturas em torno de 20C.

    Um corte de Trichocereus enraizado

    ------------------------------------

  • Enxertando Cactos.

    O que um enxerto?

    Enxerto uma tcnica usada para unir duas ou mais plantas, para que cresam como se fossem uma. Na pratica significa que o broto de uma planta

    unido na haste enraizada de outra. A planta de baixo do enxerto a chamada de rootstock. A parte de cima chamada de enxerto. A tcnica do enxerto consiste em fazer um corte nas plantas que sero unidas, e deixar a parte exposta (ferida) de ambas em contato. Se o tecido vascular de

    ambas se unirem, o enxerto ter dado certo. A rootstock (planta de baixo) supre o enxerto (planta de cima) com gua e nutrientes.

    Nem todas as plantas podem ser unidas em um enxerto. Essa tcnica s vivel em espcies de famlias prximas. possvel enxertar um tabaco em

    um tomateiro, mas no possvel enxertar um pomar de mas em um pepino. Pelo fato da famlia Cactaceaa ser relativamente nova, enxertos entre

    espcies diferentes de cactos so quase sempre viveis. Na verdade, eu nunca ouvi falar de algum caso de incompatibilidade entre cactos.

    Porque enxertar?

    O motivo mais importante para enxertar cactos para acelerar o crescimento. Espcies que normalmente demorariam 5 anos para atingir a idade adulta podem crescer em 3 ou 4 meses quando enxertadas em uma rootstock (planta de baixo) apropriada. H pessoas que acham que plantas enxertadas so feias e artificiais. Felizmente o enxerto (planta de cima) pode ser desenxertado. Assim pode-se acelerar o desenvolvimento de plantas sensveis e raras, para que passem pela faze crtica do "seedling" (broto), deixando-as enxertadas por alguns meses. O enxerto (planta de

    cima) ento removido e enraizado, para que possa crescer com seu prprio sistema de razes.

    A tcnica do enxerto permite que cactos albinos e coloridos, que no contm clorofila, se mantenham vivos. O enxerto (planta de cima) nesse caso

    totalmente dependente dos nutrientes fornecidos pelo rootstock (planta de baixo).

    Como enxertar?

    Resumindo: um cacto decaptado e um enxerto (pedao de cima) recm cortado mantido em contato com ele, pelas superfcies dos cortes de ambos os cactos. Aps isso, prenda as duas partes e mantenha-nas em um local quente e mido por alguns dias. Depois exponha elas lentamente s

    condies normais de crescimento. Aps algumas semanas o enxerto (planta de cima) comear a crescer.

    Quando enxertar?

    Enxerte apenas quando a planta de cima (enxerto) e a planta de baixo (rootstock) estiverem em faze de crescimento e bem hidratadas. Em situaes

    de emergncia aonde se tenta salvar um cacto, possvel enxertar com apenas uma das partes em fase de crescimento (a parte de baixo ou de cima).

    Pelo que sei, esses enxertos tero em mdia 50% de casos bem sucedidos. No entanto, se tanto a planta de cima e a de baixo estiverem em

    dormncia, elas no crescero juntas!

    O processo acima est resumido. Agora mostrarei em detalhes, dois mtodos que usamos para enxertar cactos.

    Enxerto liso em cacto em forma de coluna.

    Esse mtodo mais adequado para botes medindo entre 0,5 e 2 cm de dimetro e menos indicado para seedlings (brotos).

    Como rootstock (planta de baixo) gostamos de usar Trichocereus pachanoi e Myrtillocactus geometrizans. Ambos crescem rpido, so facilmente encontrados e fcil trabalhar com eles. A maioria dos cactos em forma de co