cuidados a ter com a alimentação e dietas e receitas saudáveis

Download Cuidados a ter com a Alimentação e Dietas e Receitas saudáveis

Post on 17-Apr-2015

102 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Slide 1
  • Cuidados a ter com a Alimentao e Dietas e Receitas saudveis
  • Slide 2
  • ndice Cuidados a ter com a alimentao: -Alimentao Saudvel para Adolescentes -Alimentao Saudvel na idade Adulta Dietas Saudveis Receitas
  • Slide 3
  • Cuidados a ter com a Alimentao
  • Slide 4
  • A alimentao nos adolescentes deve sustentar o crescimento, promover a sade e ser agradvel. Durante a adolescncia, existem vrias alteraes de natureza fisiolgica e hormonal que afectam as necessidades nutricionais, tal como um crescimento rpido e ganhos de massa muscular e ssea. Para Adolescentes
  • Slide 5
  • Consideraes Nutricionais Cerca de metade dos adolescentes no comem quantidades suficientes de fruta, legumes de cor verde, como brculos, couve ou espinafres, ovos ou tomates, comprometendo assim gravemente a sua alimentao saudvel.
  • Slide 6
  • Deficincia em Ferro A deficincia em ferro uma das deficincias mais comuns, e os adolescentes so um dos grupos de maior risco cerca de 13% dos adolescentes tm reservas de ferro baixas. O rpido crescimento, em complemento com um estilo de vida acelerado e escolhas alimentares pouco saudveis, podem resultar em deficincias de ferro ou anemias. As raparigas precisam de ter uma particular ateno s reservas de ferro, j que perdem muito sangue durante a menstruao. A fonte principal de ferro a carne vermelha, mas existem muitas boas fontes de ferro alternativas a carne, como cereais fortificados em ferro, po, legumes de cor verde ou fruto secos. O organismo no consegue absorver to eficazmente o ferro destes alimentos, mas a combinao com vitamina C aumenta a capacidade de absoro do corpo. Em contraste, os taninos encontrados no ch reduzem a absoro, sendo por isso prefervel beber um copo de sumo de laranja com os cereais do que uma chvena de ch.
  • Slide 7
  • Deficincia em Clcio Cerca de 25% dos adolescentes ingerem clcio em quantidades inferiores s recomendadas, com implicaes srias no futuro, em particular na sade ssea. A osteoporose uma doena ssea que torna os ossos finos e quebradios. Os ossos continuam a crescer a ganhar massa at aos 30 anos de idade com o perodo da adolescncia a ser o perodo mais importante em todo o processo. A vitamina D, clcio e fsforo so vitais para que este desenvolvimento decorra dentro da normalidade. As doses dirias recomendadas de clcio para adolescentes variam entre os 800mg a 1,000 mg por dia. Alimentos ricos em clcio devem ser consumidos diariamente. A fonte mais rica de clcio do planeta o leite e todos os seus derivados. Beber um copo de leite por dia, comer algumas fatias de queijo ou at mesmo beber um iogurte ou batido ao lanche assegura que as quantidades necessrias de clcio so ingeridas. Em alternativa, o leite de soja pode ser um bom substituto ao leite de vaca.
  • Slide 8
  • Comer bem e de forma equilibrada um dos melhores investimentos que pode fazer para a sua sade. Invista em si e na sua alimentao. Na idade Adulta
  • Slide 9
  • Para uma alimentao saudvel A sabedoria popular diz que voc o que come e no podia ser mais verdade. A comida que ingerimos tem um grande impacto na nossa sade e bem-estar. Ao manter a forma fsica e comer bem est a reduzir o risco de desenvolver doenas relacionadas com a alimentao, como doenas de corao e cancros. Contudo existe uma grande confuso relativamente ao tema comer bem ou ter uma alimentao saudvel.
  • Slide 10
  • Para tornar-se ou manter-se saudvel, o nosso corpo precisa de boa comida, e do tempo e energia para process-la e us-la no seu metabolismo. Uma boa nutrio fornece ao organismo nutrientes para produzir ou reparar tecidos, manter o sistema imunitrio saudvel e permite ao corpo executar tarefas dirias com facilidade.
  • Slide 11
  • A ligao entre a alimentao e as doenas est muito bem documentada, e existem vrias provas que provam que o que comemos tem um impacto muito grande na forma como nos sentimos. Os nossos estilos de vida e hbitos alimentares mudaram dramaticamente nas ltimas dcadas. Hoje em dia, confiamos na convenincia da comida rpida, ou fast-food e em suplementos nutricionais do que propriamente em alimentos frescos. De facto, existe muita ateno meditica virada para o que no devemos comer, e pouca informao sobre o que devemos comer.
  • Slide 12
  • Lembre-se, no existem na realidade bons ou maus alimentos moderao e equilbrio na alimentao so as chaves para se manter saudvel. A comida deve ser apreciada possvel comer refeies deliciosas e bem preparadas que so simultaneamente saudveis. O objectivo de uma dieta saudvel na idade adulta assegurar que se mantm em forma, com vitalidade, dentes cuidados, um bom sistema imunitrio, cabelo e pele saudveis, energia abundante e um peso ideal. A longo prazo, o objectivo minizar o risco de doenas crnicas com doenas cardiovasculares, enfartes, diabetes, cancro e osteoporose.
  • Slide 13
  • Dietas Saudveis
  • Slide 14
  • 10 Dietas Que Resultam A Forbes magazine tem um artigo de sade a descrever as 10 dietas que funcionam.Forbes magazine A partir do artigo podemos presumir que uma dieta que funciona uma que causa perda de peso. Eu acrescentaria que uma dieta funcional uma que leva a uma sude ideal.
  • Slide 15
  • Aqui est a lista de dietas: Glycemic Index Comidas: certas frutas e vegetais; gros inteiros tal como a aveia, cevada, e arroz integral; arroz basmati; alguma massa; quinoa; ervilhas bebs; iogurte natural; e leite magro. Macrobiotic Diet Comidas: arroz castanho; produtos de soja; frutos e vegetais; feijes, sementes e nozes em moderao; peixe em moderao. Organic Comidas: frutas e vegetais orgnicos; gros inteiros; ovos de campo frango e carne; leite. Raw Food Comidas: sushi, frutas e vegetais, nozes, peixe e carne cuidadosamente tratados. Raw Food Sonoma Diet Comidas: protenas magras, queijo feta, amndoas, pimenta preta, amoras, brcolos, uvas, azeite, espinafres, morangos, tomates, gros inteiros e vinho. Sonoma Diet
  • Slide 16
  • Jenny Craig Comidas: cereais com leite magro, frango, fruta, vegetais, abboras. Jenny Craig NutriSystem Comidas: papas de aveia, brcolos, carne, batatas. NutriSystem South Beach Diet Comidas: Fase 1: vegetais, ovos, queijo, nozes, carne, peixe; Fase 2: reintroduzir po, cereais e batatas. The Zone Comidas: refeies baseadas numa percentagem de carbohidratos (40%), gorduras (30%) e protenas (30%). The Zone Dieta mediterrnica Comidas: azeite, vegetais e fruta. Ajuda a prevenir doenas cardiovasculares e alguns tipos de cancro. Prefira grelhados e cozidos e evite refeies pr-preparadas e molhos. uma lista interessante. Estas dietas funcinam todas sua maneira dependendo do objectivo que a pessoa pretende alcanar. Para seguir estas dietas necessria muita disciplina, fora de vontade e despender algum tempo, pois de outra maneira no possvel a dieta resultar eficientemente.
  • Slide 17
  • Receitas Receitas saudveis e fceis de fazer
  • Slide 18
  • Massa com molho de tomate e beringela A massa pobre em gorduras e este molho apenas a enriquece em vitaminas, minerais, fibras e fitoqumicos. Uma refeio muito nutritiva e curiosamente ligeira. A massa um excelente acompanhamento da refeio, dado que pobre em gorduras e rica em hidratos de carbono complexos. A massa integral nesta receita tem a vantagem de fornecer mais fibra. O tipo de molho adicionado aquilo que transforma muitas vezes as massas (e outros amilceos) em pratos muito calricos. Mas o molho que lhe sugiro pobre em gorduras e pouco calrico. O tomate adicionado, para alm do excelente sabor, fornece grande quantidade de licopeno, um fitoqumico com propriedades antioxidantes notrias. Ingredientes (4 pessoas): 300g de massa integral (fusilli, cotovelos, etc.) 2 beringelas mdias 400g de tomate pelado (enlatado) 250g de tomate ameixa, sem pele, cortado em cubos 1 cebola grande, picada 5 dentes de alho, picados 3 colheres de sopa de azeite 2 colheres de sopa de tomilho ou orgos frescos picados Pimenta-preta em gro, moda na hora Sal, q.b. Preparao: 1 Num tacho largo e fundo aquea o azeite e aloure ligeiramente a cebola e os alhos. Prepare a beringela cortando-a em pequenos cubos (no retire a pele) e adicione cebola. Mexa e deixe em lume brando durante 5 minutos, at que a beringela fique mais macia. 2 Corte o tomate pelado em pedaos e adicione-o ao preparado anterior. Tape e deixe cozer durante 2 minutos, ou at que a beringela fique macia e tenra. 3 Prepare o tomate fresco, corte-o em cubos e junte ao molho. Acrescente o tomilho (ou os oregos) e deixe no lume por mais 3 a 4 minutos. Tempere com sal e pimenta. 4 Coza a massa segundo as instrues da embalagem, e escorra a gua. 5 Sirva de imediato, misturando no prato o molho com a massa.
  • Slide 19
  • Pesto De sabor intenso a manjerico, este molho uma forma muito saudvel e irresistvel de acompanhar uma bela massa. Experimente. Uma refeio principal pode no conter nem carne nem peixe e ainda assim ser equilibrada. Neste caso, os queijos e os pinhes fornecem parte das protenas, juntamente com as que se encontram tambm na massa. Este molho de elevada densidade energtica, ou seja, bastante calrico, mas as calorias so fornecidas por nutrientes essenciais - a gordura monoinsaturada do azeite extremamente benfica e saudvel. Receita lacto-vegetariana Ingredientes (para 6 pessoas): 1 pacote de Spaghetti (ou massa grossa), + / - 500g) 3 embalagens de manjerico fresco (Baslico) 2 colheres de sopa de pinhes 1 colher de sopa cheia de queijo Parmeso ralado 1 colher de sopa cheia de queijo Pecorino (ou outro de ovelha sec