criatividade e dedica§£o:da palha de carnaba ao artesanato

Download Criatividade e dedica§£o:da palha de carnaba ao artesanato

Post on 23-Jul-2016

216 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Mulheres da Associação de Várzea Queimada desenvolvem trabalho artesanal feitos da palha de carnaúba em obras de artes.

TRANSCRIPT

  • Criatividade e dedicao:

    Da palha de carnaba ao artesanato

    Boletim Informativo do Programa Uma Terra e Duas guas

    Ano 8 n1797

    Dezembro/2014

    Jaics

    Mulheres da Associao de Vrzea Queimada desenvolvem trabalho artesanal

    feitos da palha de carnaba em obras de artes

    O artesanato nos proporcionou uma

    melhora financeira, e com a valorizao

    dos produtos que nos trouxe

    autoestima. Apesar de ser um trabalho

    cultural, que vem passando de gerao

    em gerao, nos no reconhecamos

    como artesanato. Antes produzamos

    esteiras, hoje, fazemos tapete, varias

    peas decorativas, nos orgulhamos do

    que produzimos e buscamos novas

    ideias. Nos classificamos como artesos

    no s as scias mas, todas as pessoa da

    comunidade que fazem essa atividade

    Marcilene Barbosa, presidente da

    associao.

    Vrzea Queimada fica localizada na zona

    rural de Jaics. A comunidade vem h mais de sculos desenvolvendo um trabalho artesanal

    com a palha da carnaba e pneus velhos. Trabalho esse que foi ensinado e repassado de pais

    e mes para filhos e filhas, desde pequenos/as.

    O nome da marca e do espao onde as mulheres se renem para a produo das peas

    TOCA. Escolhemos esse nome por compreender que seu significado esteja relacionado com

    algo que se tocava e que ia pra frente. Ela teve incio com a fundao de uma associao que

    tinha comeado, veio a acabar e depois as mulheres se uniram, se reorganizaram e

    fundaram outra associao, explica a presidente.

    Com a fundao desta nova associao, o SEBRAE j conhecendo o trabalho das mulheres

    com o artesanato, trouxe o design Marcelo Rosenbaum, que fez uma visita a Vrzea

    Queimada e em mais nove comunidades. Uma das dez comunidades foi escolhida para

    implantar o Projeto A Gente Transforma AGT, cuja finalidade era gerar renda para a

    comunidade e dar visibilidade a produo artesanal local.

    Pois bem, a escolhida foi a Vrzea Queimada. No inicio de 2002, o designer retornou a

    comunidade com uma equipe de 50 pessoas, entre eles: arquitetos e estudantes, que

  • Boletim Informativo do Programa Uma Terra e Duas guas Articulao Semirido Brasileiro Piau

    juntamente com a populao construram o espao

    TOCA, e ensinaram novas tcnicas para a produo

    de peas artesanais, comercializadas hoje nas feiras

    por todo o Brasil.

    O tranado da palha de carnaba um trabalho

    secular, que a comunidade j vinha fazendo de

    forma individual. Os primeiros habitantes j

    trabalhavam com a palha e isso virou uma tradio

    que vem dos seus antepassados.

    Ns j vivamos disso, antes mesmo de acontecer o

    projeto. S que agora melhorou 100% com a

    valorizao do produto. Tudo o que ns

    produzimos hoje, praticamente 80%, como as

    cestarias, j eram produtos que minhas bisavs,

    tataravs produziam e usavam no dia a dia em suas

    casas, como objeto de uso. Isso foi transformado,

    foi dado um novo design em cima do produto de uso

    e hoje est sendo comercializado, conta Marcilene.

    Desde quando a gente nasce, a gente j vive nessa

    arte aqui. A gente espera que o povo d mais valor

    ao nosso produto. O que eu espero um dia ns

    sobreviver somente do artesanato, Antonia Dilma

    Arajo, scia.

    Atualmente a associao conta com a participao

    de 30 mulheres, que se renem para adquirirem a

    matria prima e trabalharem juntas e em coletivo.

    A terra aonde produzida a palha arrendada, a

    associao paga a terceiros com o lucro do p,

    ficando apenas com a matria prima que a palha e

    o olho da carnaba.

    Os produtos so divididos por peas, em

    quantidades iguais com as scias. Cada uma recebe

    a mesma quantidade, porm se uma trabalhar menos que a outra, elas do o desconto e

    dividem o que foi descontado com as outras que tiveram a mo de obra maior.

    Os homens por sua vez tambm tm o seu trabalho reconhecido, pois h mais ou menos trs

    dcadas eles reciclam a borracha de pneus para confeccionar teros, colares, anis e

    sandlias. J os tapetes, caldeires, bogois, bolsas, luminrias, chaveiros, sacolas e

    chapus, so algumas obras de artes, produzidas pelas mulheres e vendidas em So Paulo,

    Braslia, Rio de janeiro, Goinia, Mato Grosso e at no exterior.

    Essas mulheres, alm de dedicarem tempo e fora ao artesanato, ainda encontram tempo

    para trabalhar em casa e na roa, plantando e criando animais. So mulheres corajosas e

    guerreiras que fazem tudo isso com muito orgulho, amor e satisfao. Elas, assim como os

    homens tm o prazer de ajudar na economia da casa.

    Realizao Apoio

    Pgina 1Pgina 2