criação de abelhas sem ferrão - ibama.gov.br .de cria-las em caixas racionais. assim, surgiu um

Download Criação de abelhas sem ferrão - ibama.gov.br .de cria-las em caixas racionais. Assim, surgiu um

Post on 08-Nov-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Criao de abelhas sem ferroCriao de abelhas sem ferroGislene Almeida Carvalho-ZilseCarlos Gustavo Nunes da Silva

    Nelson ZilseHlio Conceio Vilas BoasAlexandre Coletto da Silva

    Jonilson Paulo LarayDelci da Costa Brito freire

    Warwick Estevam Kerr

    1

  • Sumrio

    Apresentao ...................................................................................................................2Amaznia: campe mundial das abelhas sem ferro .......................................................3Melponas e trigonas: os dois grandes grupos .................................................................3Vantagens da criao de abelhas sem ferro ....................................................................4Diferentes tipos de manejo ...............................................................................................6Passos da criao racional ................................................................................................6

    1. Fabricao da caixa: imitando a natureza ............................................................92. Preparando o local: sombra, gua fresca e flores, disso que elas gostam ........103. Captura das abelhas: passos necessrios .............................................................104. Fortalecer as colnias: abelhas fortes, produo garantida .................................125. Multiplicao das colnias: dividir para crescer .................................................146. colher e comercializar ..........................................................................................16

    Apresentao

    Esta cartilha fruto do trabalho da equipe do subprojeto Abelhas e Polinizao de plantas: da Vrzea, que integra o componente Iniciativas Promissoras do Projeto Manejo dos recursos Naturais da Vrzea - ProVrzea. O ProVrzea/Ibama faz parte do Programa Piloto para proteo das Florestas Tropicais do Brasil- PPG7, e seu objetivo contribuir para que a vrzea da calha do rio Solimes-Amazonas seja conservada mediante o uso sustentvel dos seus recursos naturais. Para isso, trabalha em parceria com instituies governamentais e no-governamentais, organizaes pesqueiras e comunitrias. Entre as aes do ProVrzea/Ibama est o apoio a projetos de manejo dos recursos da vrzea por meio do componente Iniciativas promissoras.Este componente visa desenvolver e testar novas formas de uso dos recursos naturais da vrzeaque sejam sustentveis e promovam o bem-estar da populao ribeirinha. Atualmente h vintesubprojetos em andamento e quatro em fase de contratao. Esses subprojetos ocorrem de forma integrada em 32 municpios dos estados do Par e do Amazonas.O subprojeto Abelhas e Polinizao de Plantas da Vrzea ensina os ribeirinhos de comunidades indgenas e no indgenas a criarem abelhas sem ferro em caixas de madeira, desenvolvidaspelo Grupo de Pesquisas em Abelhas, do Instituto Nacional de Pesquisas da Amaznia - Impa.Nessas caixas, as abelhas produzem e se reproduzem com facilidade, evitando o corte de rvores para a coleta do mel. Com isso, o subprojeto contribui para a conservao da floresta e para a sade e a renda das famlias ribeirinhas, que tm no mel um alimento de alta qualidade e ainda uma fonte alternativa de renda.

    Trs comunidades indgenas das etnias Sater-Maw, Mura e Mayoruna esto diretamente envolvidas, alm de comunidades no indgenas nos municpios de Careiro Castanho e Paran de Parintins. Todos no Estado do Amazonas.Esta cartilha pretende contribuir com a disseminao da tecnologia de criao de abelhas sem ferro na Amaznia. Os resultados apresentados so fruto da parceria do ProVrzea-Ibama com : a Fundao Djalma Batista/lnpa, e ainda do Inpa com a Fundao Nacional do ndio - Funai, . Superintendncia da Zona Franca de Manaus - Suframa, e Fundao de Apoio Institucional Rio Solimes - Unisol. Evandro Pires Leal CmaraGerente do componente Iniciativas Promissoras

    2

  • Amaznia: campe mundial em abelhas sem ferro

    Existem no mundo cerca de 20 mil espcies de abelhas. Grande parte dessas espcies no formam colnias e so conhecidas como abelhas solitrias. Entre as que formam colnias, de 300 a 400 espcies no possuem ferro e esto reunidas num grupo chamado Meliponneos.Cerca de 200 espcies de abelhas sem ferro vivem no Brasil, especialmente na regio amaznica. Por isso, a Amaznia conhecida como o bero mundial das abelhas sem ferro.

    Criadores de florestas

    Conforme o local onde vivem, as abelhas sem ferro so responsveis por 40% a 90% da polinizao das rvores nativas. Por isso, tm uma funo muito importante na formao das florestas, contribuindo tambm para manter a diversidade de plantas e animais que vivem na vrzea.

    Abelhas de paz

    Os meloponneos constroem ninhos em locais protegidos, como ocos de rvores. Como no desenvolveram ferro, quando atacados se defendem como podem. Enrolam-se nos cabelos e plos, entram em ouvidos, nariz e olhos. Ou, ento, lanam substncias resinosas que ardem a pele.

    Melponas e trigonas: os dois grandes grupos

    Melponas so abelhas grandes, que chegam a medir um centmetro e meio. Fazem a entrada dos seus ninhos usando barro e prpolis. As mais conhecidas entre elas so a jupar, a uruu, a jandara e a mel-de-pau.

    Trigonas so abelhas pequenas, como abelhas enrola-cabelo, lambe-olhos, mosquito, canudo, irapu. A entrada de seus ninhos tem formato de tubo e construda com cera.

    3

  • As mais criadas na Amaznia

    Nome comum EspcieJupar Melipona CompressipesUrucu-boca-de-renda Melpona seminigraUruu-boi Melpona nebulosaNariz-de-anta MelponalateralisUrucu-boca-de-ralo MelponarufiventrisBeio MelponaeburneaJandara Melpona fulvaCanudo Scaptotrigona sp

    Os meliponneos constroem discos de cria que lembram cachos e armazenam mel e plen em potes. Alm de delicioso alimento, o mel de algumas espcies possui propriedades medicinais e pode render dinheiro para quem souber criar.

    Vantagens da criao de abelhas sem ferroEssas abelhas no picam. Por isso, sua criao barata e no exige roupas e equipamentos especiais.

    So nativas e podem ser adquiridas por meio de caixas-iscas, capturadas em desmatamentos autorizados pelo Ibama ou compradas de criadores licenciados.

    O mel um alimento saudvel que pode substituir o acar, melhorando a alimentao e a sade da famlia.

    4

  • Das colmias possvel extrair mel, plen, prpolis e cera. Esses produtos so muito valorizados nos mercados da Amaznia.

    Criar abelhas no ocupa muito tempo e permite renda extra para as famlias, em especial para mulheres, jovens e idosos.

    As abelhas ajudam a polinizar as lavouras e os pomares, garantindo maior fartura de alimentos.

    Diferentes Tipos de manejoEsse o jeito tradicional... ...mas existe a maneira racional

    Depois de pesquisar muito, alguns estudiosos das abelhas sem ferro comearam a estudar formas de cria-las em caixas racionais. Assim, surgiu um sistema simples, barato, que facilita o manejo das colmias, Dessa forma, as abelhas tm condio de produzir mais e em menos tempo. Essa atividade chamada meliponicultura e permite criaes mais produtivas.

    5

  • Os ndios, caboclos e outros povos que vivem na Amaznia costumam extrair mel dos ocos dos paus. s vezes, criam abelhas sem ferro em cabaas, cortios ou at mesmo nos locais onde elas fazem seus ninhos. Para retirar o mel, as colmias so praticamente destrudas e as abelhas tm muito trabalho para refazer suas moradias e produzir novamente. Isso prejudica a produo e pode at matar a colnia.

    Passos da criao racional preciso fabricar caixas racionais e saber multiplicar as colnias.Com boas floradas e manejo correto, em dois ou trs anos d para ter cem colmias produzindo. A venda de mel, prpolis e cera pode render um bom dinheiro.

    1. Fabricar as caixas para receber as colnias 2. Preparar o local onde ficaro as colmias

    Sem medo de errarAntes de iniciar uma criao, convm buscar orientao dos tcnicos e visitar outros meliponicultores. importante conhecer as regras do Ibama para o registro dos criatrios.

    6

    3. Adquirir e instalar os exames 4. Alimentar as colmias

    5. Multiplicar as colnias 6. Extrair e comercializar o mel

  • Fabricao 1. Lixeirada caixa

    Imitando a natureza...

    As colnias so locais onde existe ordem e limpeza. Na parte de baixo fica a lixeira. Depois vem o ninho, contendo discos de cria colocados uns sobre os outros, onde ficam os ovos e as larvas. Acima dos ninhos esto os depsitos de mel. As caixas

    racionais mantm essa mesma ordem e so construdas em partes independentes, ajustadas umas sobre as outras.

    2. Ninho onde as abelhas construiro os discos de cria (filhotes) e, algumas vezes, tambm podero colocar potes de alimento. Com 7cm de altura, tem uma pea de madeira na base, deixando em cada lado um furo de 1 em, que servir de ligao entre esse compartimento e a lixeira.

    3. SobreninhoAqui as abelhas tambm construiro discos de cria, medida que a colnia for crescendo e houver necessidade de mais espao. Tambm tem 7 cm de altura, possui um losango na base e um furo na lateral traseira, para ventilao.

    4. Melgueira

    Local da colmia destinado a armazenar mel e plen. Tem 5 cm de altura, contm trs pequenas tbuas separadas entre si, deixando frestas que serviro de ligao com o sobreninho.

    7

    Aqui as abelhas depositaro lixo, fezes e restos de alvolos de cria. Possui 1 em de altura. Tem duas ripas pregadas sob a madeira em cada uma das extremidades, que serviro como ps da caixa.

  • 5. Tampa

    Fecha a parte superior da colmia. Tem duas peas de madeira pregadas nas extremidades (parede externa) para facilitar a abertur

Recommended

View more >