CONTROLE HORMONAL SISTEMA ENDÓCRINO

Download CONTROLE HORMONAL SISTEMA ENDÓCRINO

Post on 03-Jul-2015

17.135 views

Category:

Education

6 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

meu trabalho sobre controle hormonal espero que ajude alguem

TRANSCRIPT

<ul><li> 1. Nomes: Patrcia T. e Roberta A.T: 223 n 22 e 26CONTROLE HORMONALSistema Endcrino</li></ul> <p> 2. Sistema Endcrino O sistema endcrino, junto ao sistemanervoso, ele integra e regula funes comonutrio, metabolismo, circulao, excreo ereproduo. Ele formado por uma srie deglndulas chamadas de glndulas endcrinas,que se situam em diferentes pontos do nossocorpo.As glndulas endcrinas secretam hormniosproduzidos direto na corrente sangunea. 3. HormniosSo substancias produzidas e liberadas pordeterminadas clulas de glndulas endcrinas e atuamcontrolando o funcionamento de alguns rgos. Quandoliberados no sangue, atuam em um determinado tipo declula e por esse motivo essas clulas so chamadas declulas-alvo. 4. Glndulas Endcrinas So solitrias ou aos pares. Podem serunicelulares ou multicelulares. As principais glndulasendcrinas do corpo humano so a hipfise(pituitria), a tireoide, as paratireoides, assuprarrenais (adrenais), o pncreas e as gnadas(testculos e ovrios). 5. Hipotlamo uma regio do encfalo que se localiza abaixo dotlamo. Est ligado ao sistema nervoso e ao sistemaendcrino, controlando a maior parte das funesvegetativas, endcrinas, comportamentais e emocionaisdo corpo.Possui uma funo endcrina e por meio declulas neussecretoras, produz dois hormnios:antidiurtico (ADH) ou vasopressina e a ocitocina e almdisso o hipotlamo controla as secrees da hipfise. 6. Hipfise Tambm chamada de Glndula Pituitria, selocaliza na base do encfalo e considerada a glndulamestra do corpo, em razo de seus hormniosregularem todo funcionamento de varias glndulas. Glndula composta de duas partes principais: olobo anterior ou adeno-hipfise e o lobo posterior ouneuro-hipfise. 7. Adeno-hipfiseTem origem epitelial, pois feita de clulasepidrmicas que migraram do teto da cavidade bucal doembrio para o encfalo. Ela produz e secreta oshormnios: Que sero mostrados no prximo slide. 8. Hormnio da adeno-hipfise FunoHormnio do crescimento (GH) Induz o crescimento dos tecidos, aumentando o tamanho e o nmero de clulas.Hormnio adrenocorticotrfico (ACTH) Estimula as glndulas suprarrenais.Hormnio tireoide-estimulante (TSH)Estimula a glndula tireoide.Hormnio folculo-estimulante (FSH)Age sobre os ovrios, promove a maturao do folculo ovariano e prepara o tero para menstruao e a gravidez. No homem, estimula a produo de espermatozoides.Hormnio prolactina (PRL)Estimula o desenvolvimento das mamas e a secreo de leite aps o parto. A suco da mama pelo beb estimula a produo de prolactina pela adeno-hipfise.Hormnio luteinizante (LH) Atua sobre os ovrios, estimulando a ovulao e a formao do corpo-lteo, que produz o hormnio progesterona. No homem, estimula a produo de testosterona. 9. Quando h excesso ou falta na produo hormonalde uma glndula, acontecem os chamados distrbioshormonais. E desses distrbios podem estar tumores,acidentes e doenas genticas.Os principais distrbios da adeno-hipfise soacromegalia, o nanismo e o gigantismo Hipofisrio. 10. Neuro-hipfise Tem origem nervosa, pois constituda pela extensodos tecidos do hipotlamo. Armazena e secreta dois hormnios produzidos pelohipotlamo. Os hormnios ADH e ocitocina soneurossecrees ou tambm chamados de clulasneurossecretoras. Hormnio antidiurtico (ADH) - Diminui a quantidade deurina liberada (diurese). O ADH atua nos tbulos distais e fazcom que a gua seja reabsorvida, voltando para o sangue. Ocitocina - Age nas contraes da musculatura lisa dotero na hora do parto. Tambm age nos msculos dasglndulas mamrias, auxiliando a liberao do leite. 11. Tireoide Localizada na base do pescoo, ela produz trshormnios: tiroxina, tri-iodotironina e calcitonina. Uma glndulaque controla o metabolismo de quase todo o corpo.Algumas alteraes na tireoide podem causar oHipertireoidismo que o excesso de hormnios da tireoide etambm podem causar o Hipotireoidismo que a falta dehormnios da tireoide. 12. ParatireoidesSo quatro glndulas aderidas parte de trs datiroide. Secretam o paratormnio (PTH) que regulamos nveis de clcio e fsforo no sangue.O PTH aumenta os nveis de clcio no sanguefacilitando sua absoro pelo intestino e diminuindosua excreo pelos rins.O excesso de paratormnio causa adescalcificao dos ossos, que ficam porosos e frgeis. 13. AdrenaisLocalizam-se uma sobre cada rim. Produz hormnios, chamados glicocorticoides emineralocorticoides.Os hormnios glicocorticoides so o cortisol e acorticosterona. O hormnio mineralocorticoide aaldosterona. Glicocorticoide sua funo ao anti-inflamatria e gliconeognese (transformao de gorduras e protenas em glicose). Mineralocorticoide sua funo provoca reabsoro de sais minerais pelos rins e consequente aumento da presso arterial. 14. Algumas doenas relacionadas Doena de Addison Sndrome de Cushing O excesso de Cortisol causa diabetes. O excesso de hormnios sexuais pode deixar amulher masculinizada. As clulas da medula, da adrenal produzem adrenalina e noradrenalina. Esses hormnios auxiliam na transformao de glicognio em glicose, tambm promovem o aumento das frequncias cardaca e respiratrias, o aumento da presso arterial.A liberao de adrenalina ocorre em diversas situaes como estresse, dor, susto, medo ou raiva. 15. PncreasGlndula anfcrina (mista) que alm do suco pancretico, quedespeja no duodeno, secreta no sangue os hormnios insulinae glucagon. Hormnios que so sintetizados poragrupamentos de clulas chamadas ilhotas pancreticas. Insulina: Facilita a entrada de glicose nas clulas e auxiliao depsito de glicognio no fgado, diminui a concentraode glicose no sangue. Glucagon: Quebra o glicognio armazenado no fgado,produzindo glicose, aumenta a concentrao de glicose nosangue. 16. Pncreas O diabetes melito ou diabetes mellitus uma doenarelacionada baixa produo de insulina. Os baixos nveis deinsulina acarretam altos nveis de glicose no sangue. Semglicose para queimar nas clulas o organismo passa a utilizarsuas gorduras e protenas, o que leva a emagrecimento dapessoa. 17. GnadasSo os ovrios e os testculos. Sob influncia dos hormnios gonadotrficos daadeno-hipfise, as gnadas sintetizam hormnios sexuais a partir do colesterol.Os ovrios, na mulher, produzem estrgeno e progesterona. O estrgenoestimula o apetite sexual e o surgimento dos caracteres sexuais secundrios damulher, distribuio de pelos no corpo, desenvolvimento das mamas,alargamento do quadril e o timbre da voz. A progesterona prepara o corpo damulher para uma eventual gravidez, aumentando o nmero de vasossanguneos na mucosa uterina e a espessura dessa mucosa.Os testculos, nos homens, produzem a testosterona, ainda durante odesenvolvimento embrionrio, mas s na puberdade que os testculos passama produzi-la em grande quantidade. Esse hormnio responsvel pelascaractersticas sexuais e secundrias, como barba, distribuio de pelos, foramuscular e timbre da voz. 18. Hormnios de outros tecidos Leptina - um hormnio de natureza protica produzidopelos adipcitos (clulas do tecido adiposo), pela placenta epelos folculos ovricos. Atua no hipotlamo como um sinal desaciedade, informando que o individuo j comeu o bastante.Alm disso, a Leptina tambm tem outras funes como:controle de massa corporal, cicatrizao, formao de novosvasos sanguneos, funo cardiovascular, reproduo eimunidade. Hormnio atrial natriurtico - um peptdio com poucomais de vinte aminocidos secretado pela parede dos trioscardacos. Essa secreo ocorre sempre que h uma expansovolumtrica anormal dos trios, indicando o aumento dapresso sangunea. Ao cair na corrente circulatria o hormnioatrial natriurtico provoca excreo de sdio e gua pelos rins,garantindo que o volume de sangue volte ao normal. 19. ProstaglandinasSo cidos graxos que atuam como hormnios no local em queso produzidos ou prximos a eles. Aumentam a permeabilidadedos capilares sanguneos, atraem macrfago fagocitadores paraos processos inflamatrios, causam contraes uterinas, reduzema secreo gstrica e a presso sangunea e inibem a agregaodas plaquetas, auxiliando no combate a tromboses. Na gravidez oexcesso de estrgeno aumenta os nveis de prostaglandinas,provocando a contrao do endomtrio e a expulso do feto. 20. Hormnios GastrintestinaisOs tecidos do estmago e do intestino delgado produzemhormnios que atuam estimulando ou inibindo a secreo defluidos e enzimas.Alguns deles so:Gastrina: produzida e secretada pela parede do estmago,estimula a eliminao do suco gstrico, o estimulo de suasecreo a presena de alimentos no estmago.Enterogastrona: secretada pelo intestino delgado e inibe amotilidade gstrica e a secreo de cido clordrico. Sua secreo estimulada pela presena de cidos graxos no intestinodelgado. 21. Secretina: hormnio secretado pelo intestino delgado, estimula aproduo de bile pelo fgado e a secreo de bicabornato desdio. Secreo estimulada pela presena de cido clordrico nointestino delgado.Colecistocinina: produzida pelo intestino delgado, tem a funode estimular a liberao de enzimas pancreticas e a liberao debile pela vescula biliar. 22. Referenciashttp://www.abcdasaude.com.brhttp://www.mundoeducacao.com.br/biologia/sistema-endocrino.htmhttp://educacao.uol.com.br/disciplinas/biologia/sistema-endocrino-regulacao-e-controle-das-funcoes-do-corpo.htmhttp://bionoensinomedio.blogspot.com.br/2010/10/sistema-endocrino-hormonios_27.html</p>