conserto de hd

Download Conserto de HD

Post on 07-Jun-2015

9.159 views

Category:

Documents

7 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Com este super material você vai poder dar suporte a consertos de qualquer HD independente de marca ou modelo.

TRANSCRIPT

03/2003

Srie

Treinamento1

em Informtica

DISCO RGIDO - HDJEFERSON LUS DA SILVA Cincia da Computao

O N TE NU EM IDO A M G R O ISC D

tecn cinciaNvel bsico

03/2003

www.tecnociencia.cjb.netSeja bem-vindo ao treinamemto em informtica, esperamos que nossos tutoriais sejam satisfatrios em sua busca. O treinamento em informtica um projeto pertencente a Tecnocincia Laboratrio de Estudo e Desenvolvimento Digital, tendo como objetivo auxiliar tcnicos e hobistas na rea da computao, o projeto oferece a todos os interessados, uma srie de tutoriais sobre os mais diversos assuntos relacionados com informtica. . Aprender como funciona um computador, ser capaz de configurar e consertar seus sistemas tanto de hardware como de software sem dvida um passo bastante importante neste momento, onde a computao assume um papel muito marcante em nossa sociedade. Os temas so desenvolvidos por mdulos sendo cada mdulo um assunto referente a computao. Alguns assuntos so muito longos para serem abordados em uma nica apostila, por esse motivo desenvolvemos uma srie de apostilas sobre um mesmo assunto. A srie DISCO RGIDO possu sua publicao sequencial, que aborda desde tcnicas de manuteno at tutoriais sobre como usar os formatadores entre muitos outros assunto. Para voc acompanhar nossas publicaes simples, visite nossa pgina regularmente , se preferir cadastre-se em uma de nossas listas de discusso.

Srie

1

DISCO RGIDO - HDJEFERSON LUS DA SILVA Cincia da Computao

e-mails:sugetoes@tecnociencia.com.br dvidas@tecnociencia.com.br

pginas:http://www.tecnociencia.cjb.net http://www.tecnociencia.bpg.com.br

ICQ: 131531129

tecn cincia1

03/2003

www.tecnociencia.cjb.net

Srie

1

Captulo I

DISCO RGIDO - HDJEFERSON LUS DA SILVA Cincia da Computao

US SE S E TE O EN ISC ON D P O M O C

tecn cincia

03/2003

www.tecnociencia.cjb.net

SrieDISCO RGIDO E SEUS COMPONENTES

1

A dinmica de funcionamento do disco rgido bastante comple xa, embora ele efetue apenas dois comandos, leitura e gravao. Quando o usurio digita um comando de gravao, este envia o arquivo a ser gravado na forma de impulsos eletrnicos por um circuito lgico que movimenta a agulha sobre uma ou varias laminas revestidas por uma pelcula magnetizvel e ento o arquivo magneticamente gravado. O disco rgido composto basicamente por quatro partes bem distintas, so elas :

DISCO RGIDO - HDJEFERSON LUS DA SILVA Cincia da Computao

Controladora ou circuito lgico. Agulha. Motor. Disco ou Lmina.

tecn cincia2

03/2003

www.tecnociencia.cjb.net

SrieCIRCUITO LGICOEsta a parte eletrnica onde conectado o cabo da fonte e o cabo de comunicao do disco com o computador. Todo o movimento do disco rgido controlado por este circuito lgico.

1

DISCO RGIDO - HDJEFERSON LUS DA SILVA Cincia da Computao

Constituio: A maioria dos componentes usados nos circuitos lgicos so ultraminiaturizados o que reduz bastante o tamanho da controladora. A partir disto, surgiram discos rgidos menores. Basta lembrar dos primeiros discos e comparar seu tamanho com os de hoje para entender o significado do uso de micro componentes. Na linha de montagem do circuito lgico os micro componentes so fixados nos seus respectivos lugares por uma cola especial e depois a placa banhada em solda, esta s ir aderir nos terminais e na regio da placa exposta, permitindo assim uma soldagem uniforme, segura e de boa qualidade. Porm, quanto menor o componente a ser trocado, mais habilidade ser exigida por parte do tcnico.

tecn cincia3

03/2003

www.tecnociencia.cjb.net

SrieAGULHA a conexo entre a pelcula magnetizvel e a controladora. A agulha a responsvel pela leitura e gravao dos dados na pelcula.

1

DISCO RGIDO - HDJEFERSON LUS DA SILVA Cincia da Computao

Constituio: A agulha formada basicamente por microbobinas que ficam em suas pontas, estas so denominadas cabeas de leitura e gravao. Um disco de trs pratos possui uma agulha de cinco ha seis cabeas ou bobinas responsveis pela leitura dos dados. Estas bobinas so conectadas por intermdio de fios muito finos ao circuito integrado que fica preso na parte lateral do suporte da agulha ou ao lado do mesmo e este conectado na controladora (Fig.13 e 14). Outra bobina um pouco maior encontrada na parte traseira do suporte da agulha. Esta tem a funo de gerar campo magntico para mover a agulha de uma extremidade a outra do disco. Esta bobina fica inserida em um suporte com dois ims, afastados um do outro, apenas o suficiente para permitir o movimento da bobina entre eles. O sistema relativamente simples, com os ims sobrepostos possumos um campo magntico e quando a bobina do suporte da agulha (parte traseira) acionada geramos atrao ou repulso magntica provocando o auxilio no movimento da agulha ( fig.20 e 21 ). Outro detalhe importante sobre a agulha o sistema de travamento existente para evitar danos na mdia quando o disco esta sendo transportado.

tecn cincia4

03/2003

www.tecnociencia.cjb.netEste sistema tenta proteger tambm, contra impactos acidentais (fig.15). um sistema bastante simples trata-se de um mecanismo plstico resistente que mantm a agulha travada e s a libera para movimentar-se quando o disco ligado.

Srie

1

DISCO RGIDO - HDJEFERSON LUS DA SILVA Cincia da Computao

tecn cincia5

03/2003

www.tecnociencia.cjb.net MOTOR o responsvel pelo movimento do disco.

Srie

1

DISCO RGIDO - HDJEFERSON LUS DA SILVA Cincia da Computao

Constituio: O motor constitudo de aproximadamente treze pequenas bobinas que geram campo eletromagntico sobre um aro feito de im, onde o choque de foras entre as polaridades produzem o movimento. devido a sua arquitetura que o pequeno motor consegue arranque rpido e desempenho adequado.

tecn cincia6

03/2003

www.tecnociencia.cjb.net DISCOO disco um circulo metlico revestido por uma pelcula magnetizvel, tambm chamado de lmina. nessa pelcula que ficam gravados todos os dados produzidos no computador.

Srie

1

DISCO RGIDO - HDJEFERSON LUS DA SILVA Cincia da Computao

Constituio: O disco ou lmina composto inicialmente de material resistente ao magnetismo, um bom exemplo o alumnio, este no sofre interferncia da energia magntica e possui um baixo custo. Aps o alumnio ser moldado na forma de um disco, revestido por uma pelcula megnetizvel onde ser posteriormente formatado e disponibilizado para uso. O disco rgido confeccionado em laboratrios de alta tecnologia. Para seu funcionamento ser satisfatrio, deve ser montado em um ambiente esterilizado e submetido a vcuo. As cabeas da agulha so montadas a uma distancia da pelcula magnetizvel de aproximadamente 0.00015 polegadas. Se compararmos a distncia entre a agulha e o disco com uma partcula de poeira notaremos que a partcula de poeira 20 vezes maior que a distancia entre a cabea da agulha e a superfcie do disco. . Aps a colocao da agulha e da lmina inserido o "gatilho" ,sistema de travamento da agulha sobre a rea de estacionamento. A rea de estacionamento encontra-se prximo ao centro da lmina e nesse local no existe nenhum dado.

tecn cincia7

03/2003

www.tecnociencia.cjb.net

Srie

1

Captulo II

DISCO RGIDO - HDJEFERSON LUS DA SILVA Cincia da Computao

DO EN S D TO EN EI T C EN N O C

tecn cincia

03/2003

www.tecnociencia.cjb.net CONCEITOSConceito digital: A informao digital quando esta for armazenada com base em uma codificao que use apenas duas situaes, podemos citar como exemplo : verdadeiro ou falso , zero ou um, ponto ou trao. A idia de expressar informaes atravs de duas situaes distintas de fato muito antiga, um dos exemplos que pode ser citado o cdigo morse. Este representado por um ponto e um trao que combinados simbolizam nmeros e palavras, e era o meio de comunicao usado antes da inveno do telefone, Esta tcnica conhecida pelo nome de telegrafia. Como podemos ver, a idia de usar um cdigo com apenas duas possibilidades distintas bastante antiga. Na era digital no usamos mais o cdigo morse para representar informaes atravs de pontos e traos, mas usamos um cdigo denominado de cdigo binrio que lembra muito os tempos remotos da comunicao. O cdigo binrio usado para representar duas situaes distintas o zero e o um, estescombinados entre si representam a codificao eletrnica de Informaes. No caso especfico do disco rgido o zero a representao grfica da ausncia de campo eletromagntico, enquanto o um representa a presena do campo eletromagntico. Gravao: Os dados so gravados na pelcula magnetizvel, atravs do envio de impulsos eltricos cabea da agulha. Esta, por sua vez, recebe os impulsos eltricos e os converte em impulsos eletromagnticos que so registrados na pelcula magnetizvel. Leitura: Os impulsos magnticos registrados na pelcula magnetizvel, so captados pela agulha e convertidos em impulsos eltricos que enviados aos processadores do computador, so traduzidos na forma de arquivos.

Srie

1

DISCO RGIDO - HDJEFERSON LUS DA SILVA Cincia da Computao

tecn cincia8

03/2003

www.tecnociencia.cjb.netGiro/Rotao : As unidades de disco rgido giram constantemente enquanto o computador estiver ligado, mas para compensar, os discos possuem um sistema que os coloca em modo de espera. Depois de algum tempo, se o disco no for acionado, ele automaticamente se desliga esperando o momento em que seus servios sejam solicitados. Enquanto o motor gira, os pratos do disco podem alcanar mais de 8.000 rpm, nesta velocidade uma partcula de poeira ao se chocar contra a agulha gera um impacto semelhante a um veiculo batendo em uma parede de concr