conselho regional de medicina - pr edital de ?· crm-pr | cpl – crm-pr página 1 de 17 conselho...

Download CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA - PR EDITAL DE ?· crm-pr | cpl – crm-pr página 1 de 17 conselho regional…

Post on 25-Jan-2019

214 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

CRM-PR | CPL CRM-PR

Pgina 1 de 17

CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA - PR

EDITAL DE PREGO PRESENCIAL N 06/2015

EDITAL DE PREGO PRESENCIAL N. 06/2015 MODALIDADE: PREGO PRESENCIAL DATA DO RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS e SESSO DO PREGO: 07/04/2015, S 14:00 horas LOCAL DA REUNIO: RUA VICTORIO VIZZER, 84 MERCS 80810-340 Prezados Senhores,

A COMISSO PERMANENTE DE LICITAO, do Conselho Regional de Medicina, leva ao conhecimento pblico que ser realizada Licitao na modalidade de Prego Presencial, conforme descrito neste Edital e seus anexos, e de conformidade com Lei 10520 de 17 de julho de 2002, que regulamenta o prego.

Os envelopes contendo as Propostas de Preos definido no objeto deste Edital e seus Anexos, devem ser entregues no local, data e horrio acima indicados.

1- DO OBJETO 1.1 - O Prego Amplo tem por objeto a contratao de empresa especializada em instalao e manuteno de servidores Linux bem como servios correlatos, conforme especificado nos anexos deste edital.

2 - DAS CONDIES PARA PARTICIPAO

2.1 - Podero participar deste Prego Presencial, os interessados que se fizerem presentes na sesso (comprovando poderes para dar lances ver item 03) e atenderem a todas as exigncias, inclusive quanto documentao, constantes deste Edital e seus anexos.

2.2 - No podero participar os interessados que se encontrem sob falncia, concordata, concurso de credores, dissoluo, liquidao ou em regime de consrcio, qualquer que seja sua forma de constituio, empresas estrangeiras que no funcionem no Pas, nem aqueles que tenham sido declarados inidneos para licitar ou contratar com a Administrao Pblica ou punidos com suspenso do direito de licitar e contratar pelo CONTRATANTE.

3 DO CREDENCIAMENTO

CRM-PR | CPL CRM-PR

Pgina 2 de 17

3.1 - O credenciamento far-se- atravs de instrumento de procurao com firma reconhecida, com poderes para formular ofertas e lances de preos e praticar todos os demais atos pertinentes ao certame, em nome do Proponente. Em sendo scio, proprietrio, dirigente ou assemelhado da empresa proponente, dever apresentar cpia do respectivo Estatuto ou Contrato Social, no qual estejam expressos seus poderes para exercer direitos e assumir obrigaes em decorrncia de tal investidura. O documento de identidade dever ser apresentado obrigatoriamente no ato do credenciamento junto ao Pregoeiro.

4 - DA PROPOSTA DE PREO

4.1 - A Proposta de Preo e os documentos que a instrurem devero ser apresentados no local, dia e hora determinados, em 2 (dois) envelopes devidamente fechados e rubricados no fecho, contendo em sua parte externa os dizeres:

ENVELOPE N 01 PROPOSTA DE PREO PREGO PRESENCIAL N 06/2015- CRM-PR

RAZO SOCIAL DO PROPONENTE

ENVELOPE N 02 DOCUMENTAO PREGO PRESENCIAL N 06/2015- CRM-PR

RAZO SOCIAL DO PROPONENTE

4.2 O Envelope 01 - Preo, dever conter a proposta de preos e o Envelope 02 Documentos de Habilitao, dever conter os documentos de habilitao exigidos no item 7 deste Edital e seus anexos;

4.3 - A Proposta de Preo dever ser apresentada em 01(uma) via, impressa, sem emendas, rasuras ou entrelinhas, preferencialmente em papel timbrado do proponente e redigida com clareza em lngua portuguesa, salvo quanto a expresses tcnicas de uso corrente, devidamente datada e assinada na ltima folha e rubricada nas demais, pelo proponente ou seu representante legal.

4.4 - Indicar nome ou razo social do proponente, endereo completo, telefone, telex, fax e endereo eletrnico (e-mail), este ltimo se houver, para contato, bem como: nome, estado civil, profisso, CPF, Carteira de Identidade, domiclio e cargo na empresa, para fins de assinatura das Condies de fornecimento.

4.5 - Ter validade no inferior a 60 (sessenta) dias corridos, a contar da data de sua apresentao.

CRM-PR | CPL CRM-PR

Pgina 3 de 17

4.6 - A Proposta de Preo com o MENOR PREO GLOBAL PARA A PRESTAO DO SERVIO ser declarada vencedora.

4.7 - Ser de inteira responsabilidade da licitante contratada, as despesas diretas ou indiretas, tais como: salrios, transportes, alimentao, dirias, encargos sociais, fiscais, trabalhistas, previdencirios e de ordem de classe, indenizaes civis e quaisquer outras que forem devidas as seus empregados no desempenho dos servios objeto desta licitao ficando, ainda, o Contratante, isento de qualquer vnculo empregatcio com os mesmos, sem qualquer solidariedade do CRM-PR.

4.8 Quaisquer tributos, custos e despesas diretos ou indiretos omitidos da proposta ou incorretamente cotados, sero considerados como inclusos nos preos, no sendo considerados pleitos de acrscimos a esse ou a qualquer ttulo, devendo os servios respectivos, serem fornecidos ao CONTRATANTE sem nus adicionais;

4.9 - J ser retido na fonte os impostos: IR, PIS, COFINS, CSLL, consoante a Instruo Normativa SRF n. 306/03 bom como a Instruo Normativa SRF 480/04.

4.10 - Conter oferta firme e precisa para que no haja qualquer outra condio que induza o julgamento a ter mais de um resultado.

4.11 - No ser aceita a oferta de descontos escalonados, condicionados a prazos de pagamentos.

4.12 - A proposta ser considerada completa, abrangendo todos os custos com mo- de- obra, e outros custos, necessrios boa execuo dos servios constantes no objeto desta licitao.

4.13 - A omisso de qualquer despesa necessria a execuo dos servios constantes do objeto ser interpretada como j inclusa no preo, no podendo o licitante pleitear acrscimo aps a abertura das propostas, ou durante a prestao do servio.

4.14 - Sero desclassificadas as propostas que no atenderem s exigncias do presente Edital e seus anexos, seja omissa ou apresente irregularidade ou defeitos capazes de dificultar o julgamento.

4.15 Na proposta de preos, o proponente dever levar em conta o MENOR PREO GLOBAL PARA A PLENA PRESTAO DO OBJETO.

4.16 - A forma de pagamento ser mensal;

4.17 - A apresentao das propostas implicar na plena aceitao, por parte do proponente, das condies estabelecidas neste Edital e seus anexos.

CRM-PR | CPL CRM-PR

Pgina 4 de 17

5 - DO RECEBIMENTO E DA ABERTURA DOS ENVELOPES

5.1 - A reunio para recebimento e para abertura dos envelopes contendo, a Proposta de Preo e os documentos que a instrurem, ser pblica, dirigida por um Pregoeiro e realizada de acordo com a Lei que regulamenta o Prego, e em conformidade com este Edital e seus anexos, no local e horrio j determinados.

5.2 - Declarada a abertura da sesso pelo Pregoeiro, no mais sero admitidos novos proponentes, dando incio ao recebimento dos envelopes.

5.3 - Sero abertos os envelopes contendo a "PROPOSTA DE PREO, sendo feita sua conferncia e posterior rubrica.

6 - DO JULGAMENTO DAS PROPOSTAS

6.1 Sero proclamados pelo Pregoeiro, os proponentes que apresentarem O MENOR PREO GLOBAL e os proponentes que apresentarem as propostas com taxas at 10% inferiores quele. Se no houver pelo menos trs ofertas de acordo com essa condio, sero proclamados os proponentes que apresentarem as melhores ofertas, at no mximo de 3 (trs) ofertas, quaisquer que sejam os preos oferecidos.

6.2 A classificao das propostas ser pelo critrio de MENOR PREO GLOBAL TOTAL.

6.3 - Aos licitantes proclamados ser dada oportunidade para nova disputa, por meio de lances verbais e sucessivos, de valores distintos e decrescentes em relao ao menor preo.

6.4 No poder haver desistncia dos lances ofertados, sujeitando-se o proponente desistente s penalidades constantes deste Edital.

6.5 Aps esse ato, ser encerrada a etapa competitiva e ordenadas as ofertas definidas no objeto deste Edital e seus anexos.

6.6 - Sendo apta e aceitvel a oferta, ser verificado o atendimento das condies habilitatrias do proponente que a tiver formulado;

6.7 - Constatado o atendimento pleno s exigncias editalcias, ser declarado o proponente vencedor, sendo-lhe adjudicado o objeto deste Edital e seus anexos.

CRM-PR | CPL CRM-PR

Pgina 5 de 17

6.8 - Se a oferta no for aceitvel ou se o proponente no atender s exigncias editalcias, o Pregoeiro examinar as ofertas subsequentes, na ordem de classificao, at a apurao de uma proposta, sendo o respectivo proponente declarado vencedor e a ele adjudicado o objeto deste Edital e seus Anexos.

6.9 - Da reunio lavrar-se- ata circunstanciada, na qual sero registradas as ocorrncias relevantes e que, ao final, ser assinada pelo Pregoeiro e os licitantes presentes.

6.10 - Verificando-se, no curso da anlise, o descumprimento de requisitos estabelecidos neste Edital e seus anexos, a Proposta ser desclassificada.

6.11 - Em caso de divergncia entre informaes contidas em documentao impressa e na Proposta especfica, prevalecero as da proposta.

6.12 - No se considerar qualquer oferta de vantagem no prevista no objeto deste Edital e seus anexos.

7 - DA HABILITAO

7.1 Os Documentos de Habilitao devero ser entregues em envelope individual, devidamente fechado e rubricado no fecho, identificado conforme indicado no edital.

7.2 O licitante dever apresentar os seguintes Documentos de Habilitao, para participar da presente licitao:

Relativos Habilitao Jurdica:

a- Ato constitutivo, estatuto ou contrato social em vigor, devidamente registrado, para as sociedades comerciais, e, no caso de sociedades por aes, acompanhado dos documentos comprobatrios de eleio de seus administradores;

b- Certido negativa de falncia ou concordata, expedida pelo distribuidor da sede da pessoa jurdica.

c- O proponente lavrar declarao, sob as penalidades cabveis, a inexistncia de fato superveniente que possa impedir a sua habilitao nest

Recommended

View more >