conselho federal de engenharia e agronomia - confea sistema de integração confea/crea e mútua

Download CONSELHO FEDERAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA - CONFEA  Sistema de Integração Confea/Crea e Mútua

Post on 23-Feb-2016

32 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

CONSELHO FEDERAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA - CONFEA Sistema de Integração Confea/Crea e Mútua V SEMINÁRIO NACIONAL DE OUVIDORES DO SISTEMA CONFEA/CREA E MÚTUA . Sistema Confea/Crea. CENTRO-OESTE. NORDESTE. NORTE. SUDESTE. SUL. DIVERSIDADE TECNÓLOGICA. - PowerPoint PPT Presentation

TRANSCRIPT

Palestra Sistema Confea/Creas - CRP

CONSELHO FEDERAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA - CONFEA Sistema de Integrao Confea/Crea e MtuaV SEMINRIO NACIONAL DE OUVIDORES DO SISTEMA CONFEA/CREA E MTUA

IM 13111

Sistema Confea/Crea

IM 13122

CENTRO-OESTE

IM 13133

NORDESTE

IM 13144

NORTE

IM 13155

SUDESTE

IM 13166

SUL

IM 13177

Estamos com uma grande diversidade tecnolgica. Onde cada Crea est se informatizando de uma forma tecnolgica diferente.Isto gera uma grande dificuldade quando nossa tendncia est por ser a integrao do sistema.DIVERSIDADE TECNLOGICAIM 13188Ento podemos, ao invs de criar uma tecnologia nova, utilizar de duas atuais j desenvolvidas em parte? A invs de um servidor padro, poderamos ter 2?Poderamos. Mas o grande problema a falta de uma tecnologia, atual, que resolva nossa problema por inteiro. Pode at parecer que, j que possumos um sistema que resolva parte de nosso problema pronto, seja ento mais rpido o desenvolvimento do novo sistema, a partir dele. Mas infelizmente no . O sistema de integrao Confea/Crea Mtua, ter uma arquitetura diferente dos sistemas atuais. Como se fosse uma casa. S que nenhum cmodo atual ser aproveitado. Parece ser desperdcio, mas no . Esta casa, atual, foi projeta com outros fins e tentar adapta-la agora, pode por ficar demasiadamente cara e no funcional.

O que um sistema de integrao entre diferentes rgos?Sistema de IntegraoIM 13199

Basicamente :Sistema de IntegraoIM 1311010

Sistema de IntegraoCREA AC

CREA-AL

CREA-AM

CREA-APProtocolo de um Processo A:1234/2014:

IM 1311111

Sistema de IntegraoCREA AC

CREA-AL

CREA-AM

CREA-APProtocolo de um Processo A:1234/2014:Quando aberto em um determinado Crea, ser considerado, em todos os aspectos, como um controle de mbito nacional.IM 1311212

Sistema de IntegraoCREA AC

CREA-AL

CREA-AM

CREA-APProtocolo de um Processo A:1234/2014:Como se todos os Creas fossem um, ou seja um sistema de verdade.IM 1311313

Hoje, como poderamos transformar o que temos em um sistema integrado, integrando, assim, o Confea com todos os Creas e Mtua.Sistema de IntegraoIM 1311414

Exemplo:IM 1311515CREA-AC

IM 1311616CREA-AC

CREA-AL

ENTENDA COMOAdiante, interpretem cada risco azul, como um sistema

para conectar cada Crea ligado.EXCLUSIVOIM 1311717CREA-AC

CREA-AL

CREA-AM

IM 1311818Cada Crea utilizando um sistema diferente, faz com que cada Crea tenha suas prprias metodologias de trabalho e tramitaes internas o que no possibilita o comunicar com os demais Creas.Caso se queira comunicar com algum outro Crea, ser necessrio criar um sistema nico e exclusivo para essa comunicao e novamente um outro sistema exclusivo para cada demais Crea interessado. O que deixaria a rede uma baguna.

CREA AC

CREA-AL

CREA-AM

CREA-APIM 1311919Se todos os Creas trabalharem com o mesmo sistema, isso permite que todos possam buscar os dados da mesma fonte porm, cada um pode usufruir das prprias tramitaes da forma que achar melhor. O que muda forma lgica com que os dados sero trabalhados e no a forma com que eles devam ser trabalhados.Assim, todos os Creas podem se comunicar de uma forma mais simples, fcil e segura.CREA-AC

CREA-AL

CREA-AM

CREA-APIM 1312020Se supormos que cada Crea possui um sistema interno para tramitao de processos diferente dos demais e quisssemos que cada Crea se comunicasse com os demais Creas, Confea e Mtua. Seriam necessrios um total de 784 Sistemas.Claro que atualmente temos uma limitao de tecnologias a serem usadas, ou ao menos preferidas pelos Creas. Mas mesmo considerando as tecnologias e as arquiteturas utilizadas atualmente, este nmero se torna muito elevado. O que acarreta em gastos altssimos e extrema complexidade, o que por sua vez gera riscos na construo e confiabilidade tcnica.No mundo da informtica, no se trata se existe soluo para determinado problema. Geralmente h. A pergunta que se faz se determinado problema vivel ou no.

CREA-BA

CREA-ES

CREA-CE

CREA-DFCREA-MG

CREA-MS

CREA-MA

CREA-MTCREA-PA

CREA-PE

CREA-PB

CREA-PICREA-PR

CREA-RN

CREA-RJ

CREA-ROCREA-RR

CREA-RS

CREA-SECREA-SP

CREA-TO

CREA-SC

CREA-AC

CREA-AM

CREA-AL

CREA-APIM 1312121Mas os senhores podem pensar: Mas no so 27 linguagens de programao diferentes, s vimos duas, at agora. C# e Delphi.Okay! Se idealizarmos a soluo com duas linguagens cada, ainda sim seriam necessrios 56 conexes no total. O que pode gerar outra pergunta. E se todos mudarem para uma nica tecnologia, ento resolveramos o problema? Poderamos utilizar o Crea mais avanado, neste quesito, e nos basearmos nele, certo? Infelizmente no. No existe, atualmente, nenhum sistema que resolva nosso problema como um todo em nenhum Crea. E um dos grandes problemas, que veremos mais frente, ser a infraestrutura e sua manuteno, estabilidade, confiabilidade e escalabilidade. Que tero um impacto direto com o custo.

Qual a soluo?IM 1312222Ento podemos, ao invs de criar uma tecnologia nova, utilizar de duas atuais j desenvolvidas em parte? A invs de um servidor padro, poderamos ter 2?Poderamos. Mas o grande problema a falta de uma tecnologia, atual, que resolva nossa problema por inteiro. Pode at parecer que, j que possumos um sistema que resolva parte de nosso problema pronto, seja ento mais rpido o desenvolvimento do novo sistema, a partir dele. Mas infelizmente no . O sistema de integrao Confea/Crea Mtua, ter uma arquitetura diferente dos sistemas atuais. Como se fosse uma casa. S que nenhum cmodo atual ser aproveitado. Parece ser desperdcio, mas no . Esta casa, atual, foi projeta com outros fins e tentar adapta-la agora, pode por ficar demasiadamente cara e no funcional.CREA AC

CREA-AL

CREA AM

CREA APCREA BA

CREA ES

CREA CE

CREA DFCREA-MG

CREA-MS

CREA MA

CREA MTCREA PA

CREA PE

CREA PB

CREA PICREA PR

CREA RN

CREA RJ

CREA ROCREA RR

CREA RS

CREA SECREA SP

CREA TO

CREA SC

IM 1312323Um nico servidor, responsabilizado por todo o Sistema de Integrao. Fcil para qualquer novo Crea que queira aderir ao Sistema.De fcil implementao, j que teremos que focar todos os nossos esforos tecnolgicos em um nico lugar.Tambm pode parecer ser responsabilidade demais para um nico servidor. Mas existem diversas formas de garantir a confiabilidade, autenticidade e estabilidade do servidor.

Mas nossa realidade, outra.IM 1312424Ento podemos, ao invs de criar uma tecnologia nova, utilizar de duas atuais j desenvolvidas em parte? Ao invs de um servidor padro, poderamos ter 2?Poderamos. Mas o grande problema a falta de uma tecnologia, atual, que resolva nossa problema por inteiro. Pode at parecer que, j que possumos um sistema que resolva parte de nosso problema pronto, seja ento mais rpido o desenvolvimento do novo sistema, a partir dele. Mas infelizmente no . O sistema de integrao Confea/Crea Mtua, ter uma arquitetura diferente dos sistemas atuais. Como se fosse uma casa. S que nenhum cmodo atual ser aproveitado. Parece ser desperdcio, mas no . Esta casa, atual, foi projeta com outros fins e tentar adapta-la agora, pode por ficar demasiadamente cara e no funcional.

GRANDES VANTAGENSCusto Gasta-se menos para implantar um sistema de grande porte, do que vrios sistemas de pequeno/mdio porte, com mo de obra especializada, infraestrutura, qualidade de equipamentos.Treinamento de pessoal.Facilidade na tramitao interna de documentao.Mo de obra especializada.Velocidade em que os processos sero concludos.Facilidade para os interessados em acompanhar o andamento de processos e afins.Rpida consulta de processos arquivados e/ou buscas de processos/protocolos e/ou outros documentos que se enquadrarem no sistema.Todas as vantagens da modernizao da tecnologia e vantagens de manter os documentos online, funcionando 24 horas por dia 7 dias por semana.

Vantagens da Unificao/Integrao do SistemaIM 1312525Cada Crea utilizando um sistema diferente, faz com que cada Crea tenha suas prprias metodologias de trabalho e tramitaes internas o que no possibilita o comunicar com os demais Creas.Caso se queira comunicar com algum outro Crea, ser necessrio criar um sistema nico e exclusivo para essa comunicao e novamente um outro sistema exclusivo para cada demais Crea interessado. O que deixaria a rede uma baguna.Se todos os Creas trabalharem com o mesmo sistema, isso permite que todos possam buscar os dados da mesma fonte porm, cada um pode usufruir das prprias tramitaes da forma que achar melhor. O que muda forma lgica com que os dados sero trabalhados e no a forma com que eles devam ser trabalhados.Assim, todos os Creas podem se comunicar de uma forma mais simples, fcil e segura.

(...)1) Aprovar o relatrio final do Grupo de Trabalho (GT) Sistema Corporativo Integrado do Sistema Confea/Crea. 2) Constituir um Grupo de Trabalho com a finalidade de implantar o Sistema Corporativo Integrado no Sistema Confea/Crea, conforme termo de referncia elaborado pelo GT Sistema Corporativo Integrado do Sistema Confea/Crea. (...) 10) Determinar que o Confea promova e garanta, com o apoio da Mtua, a mxima celeridade na implementao das propostas e recomendaes do Grupo de Trabalho do Sistema Corporativo Integrado, constitudo pela Deciso PL-1436/2013, ressalvando que a adeso voluntria de cada regional (...)

Posio atual do ConfeaDeciso n PL-698, de 23 de maio de 2014.IM 1312626

Agradeo a ateno de todosSuperintendncia de Integrao do Sistema - SISConselho Federal de Engenharia e AgronomiaSEPN 508

Recommended

View more >