Comunicando com Maria-OUT 2012

Download Comunicando com Maria-OUT 2012

Post on 09-Mar-2016

218 views

Category:

Documents

4 download

DESCRIPTION

Informativo da Parquia N. S. de Ftima So Jos dos Campos-SP

TRANSCRIPT

  • Informativo da Parquia Nossa Senhora de FtimaDiocese de So Jos Dos Campos Ano 8 - n 76- Outubro de 2012

    Festa de Nossa Senhora Aparecida Pginas 4 e 5

    Gincana BblicaPgina 8

  • 2MariaComunicandocom Ano 8 - n 76Outubro de 2012Palavra do Proco

    Expediente Comunicando com Maria - Distribuio Gratuita - www.pnsenhoradefatima.org.br - www.facebook.com/pnsenhoradefatimaPublicao mensal da Parquia Nossa Senhora de Ftima - Rua Serra Dourada, 180 - Altos de Santana - So Jos dos Campos - SP - CEP.: 12214-130 - Telefone: (12) 3942-4226 Equipe PASCOM: Bianca, Cristina, Daniel, Gabriel, Gabrielle, Geruza, Isaias, Janete, Johnny, Jorge, Luizinho, Mrio, Pollyana, Quitria, Rafaela e Rogria - Fotos: Equipe PASCOM Jornalista Responsvel: Ana Cristina da Costa Silveira MTB(PA): 1.317 - Reviso: Pe. Thiago Dias - Edio, Projeto Grfico e Editorao: Ana Cristina da Costa Silveira Impresso: Jac Editora (12) 3928 1555 - Tiragem: 1.500 exemplares

    Editorial

    Acredito que todos se recordam da cano do padre Zezinho: Eu era pequeno nem me lembro, s lem-bro que a noite aos ps da cama, jun-tava as mozinhas e rezava apressado, mas rezava como algum que ama.

    As mos postas a pura manifes-tao da singeleza da criana que ma-nifesta sua f. F pura, f limpa, f que ainda ser amadurecida a partir do conhecimento adquirido no ambiente eclesial. Ns j estamos no Ano da F. Ano dedicado para a meditao e apro-fundamento de uma das virtudes mais importantes. Virtude esta dada e in-fundida por Deus e a f nos introduz na vida de comunho com Deus.

    Olhando para f, poderia dizer: todos a tm, mas pode ser que alguns ainda no a desenvolveram. A maioria de ns veio de um contexto cuja f herana dada dos pais e avs. Mas a f mais do que herana, pela f tra-zemos ao mundo um pouco do divino, pela f lapidamos a beleza da criao muitas vezes escondida pelo pecado.

    Penso que seria difcil descrever a F. O que ns podemos vivenci-la. No d para medir, mensurar, empirica-mente peg-la, mas penso que d para experiment-la. Como experimentar? No como sentimentalismo, mas com a inteligncia. Da, queremos falar de uma f: F professada - F celebrada - F vivida - F rezada.

    Pela f professada, eis neste ano a grande oportunidade de entender o CREDO.

    De mos postas manifestamos nossa F.

    Pela F ce-lebrada, eis o reconhecimento das devoes e de-vocionrios, das procisses, da devo-o popular, das oraes, no como alienao, mas uma celebrao livre, consciente, renovada, inteligente. F celebrada tambm pelos sacramen-tos, e por isso faz-lo com f. Da, por exemplo, a F nos leva a um dom su-perior e no a superioridade. Quando comungamos deveramos nos sentir um Mximo, como dizemos na missa o nosso corao est em Deus.

    Pela f vivida, depois de vivermos os sacramentos, samos em misso. Da a comunho pela f no como algo ro-tineiro, mas sempre algo novo, porque a f quando acolhida e cultivada nos oferece uma lente que permite per-ceber a realidade com o corao de Deus. Voc j pensou em ter o corao de Deus. E por fim a f rezada, no basta celebrar a f preciso desenvol-v-la, usando da inteligncia e estu-dando sempre para compreend-la.

    O papa nos diz na carta a porta da f: a f companheira de vida, que permite perceber, com um olhar sempre novo, as maravilhas que Deus realiza por ns. Solcita a identificar os sinais dos tempos no hoje da histria. A f obriga cada um de ns a tornar-se sinal vivo da presena do Ressuscitado no mundo. Queremos pela f guardar no corao e na mente a luminosa pre-sena de Deus. Da no d para escon-der a f, manifeste-a.

    Pe. Thiago Dias

    Agende-seEncontro de BatismoData: 10 de novembro Local: Centro Pastoral Pe. Wagner Telespark - Hora: 16h30

    Encontro de NoivosData: 10 e 11 de novembroLocal: Parquia de SantanaHora: s 12h30 (sbado) s 7h (domingo)

    Romaria da Juventude a AparecidaData: 15 de novembro Valor: R$ 20,00Passagens na secretaria paroquial

    4 Ch BingoData: 24 de novembroLocal: Matriz - Hora: 14hCartelas venda com as pastorais e movimentos a R$5,00

    Neste ms a Igreja no Brasil re-flete o tema Brasil missionrio partilha tua f. Diferentemente do que ocorreu nos anos anteriores, as Pontifcias Obras Missionrias (POM) re-alizam esta Campanha Missionria sem seguir a temtica da Campanha da Fra-ternidade da Conferncia Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), para estar em consonncia com os temas do 3 Con-gresso Missionrio Nacional, que aconte-ceu em Palmas (TO) de 12 a 15 de julho e do 4 Congresso Missionrio Americano que tambm o 9 Congresso Mission-rio Latino-Americano (CAM 4/Comla 9) que se realizaro em Maracaibo, Vene-zuela, em 2013, com o tema Amrica Missionria partilha a tua f.

    O objetivo desta campanha cha-mar a ateno da Igreja para a impor-tncia da universalidade da misso que deve ser pensada para alm das frontei-ras do ser cristo, sejam elas geogrfi-cas ou no, ou seja, a Igreja missionria aquela que est onde necessrio. Por isso, a Igreja Catlica no Brasil e na Amrica Latina convida, atravs da Campanha Missionria deste ano, toda a comunidade crist a repensar o seu pa-pel enquanto anunciadora do mandato de Jesus Cristo, Ide, pois, fazer disc-pulos entre todas as naes, e batizai-os em nome do Pai, do Filho e do Esprito Santo (Mt 28, 19-20).

    Outubro: Ms Missionrio

    fonte: www.pom.org.br

  • MariaComunicandocomAno 8 - n 76Outubro de 2012

    3

    O Dicono Entre Ns

    A MO DE DEUS EM NOSSA VIDA

    Dicono Valdair Donizeti Adriano

    Sejam todos humildes uns para com os outros, porque Deus se ope aos orgu-lhosos, mas concede graa aos humildes. Portanto, humilhem-se debaixo da pode-rosa mo de Deus, para que ele os exalte no tempo devido. Lancem sobre ele toda a sua ansiedade, porque ele tem cuidado de vocs. (1 Pedro 5.5-7)

    Muitas vezes no entendemos nos-sos pais, mas esquecemos que eles querem o nosso bem. Suas mos a mo de Deus aqui na terra que sabe cuidar bem dos seus filhos, desde que nascemos. A mo de Deus assim, uma mo protetora, a mo que abenoa. a mo do Pai que ama a seu filho/filha e que os guia pelos caminhos corretos. Mes-mo num simples namoro, que s vezes no sabemos a diferena entre apaixonar-se e amar.

    Um pai, em seu verdadeiro juzo, no deseja que algo ruim ocorra com seu filho (a), por isso, procura lev-lo pelos cami-nhos corretos, pelos caminhos em que no se ache nada em que o filho possa trope-ar, cair e se perder.

    O filho, ento, tem essa sensao de paz e de tranquilidade: ele caminha por lugares em que nunca andou, mas confia na mo do pai que segura o seu filho e o guia. O Senhor est falando em Sua Pala-vra da potente e poderosa mo de Deus mo que nos segura e d proteo.

    Devemos ser humildes e nos subme-ter debaixo da poderosa mo de Deus. E quando Deus fala dessa sujeio, desse nosso humilhar-se debaixo da sua pode-rosa mo, o Senhor est dizendo: confie em mim, porque com a minha poderosa mo Eu sei o que fao, Eu cuido de voc, querido filho e filha.

    Lancemos toda a nossa ansiedade so-bre o Pai, enquanto ficamos livres, porque Ele sabe o que fazer.

    Num trnsito intenso com nibus, carros e motocicletas num vai-e-vem da agitao das pessoas, um pai procura-va atravessar uma avenida, segurando a mo da filha de sete anos. Depois de

    alguns minutos de espera e de deciso, se dava ou se no dava para atravessar, o pai pode chegar ao outro lado da ave-nida tendo sempre a filha segura em sua mo. E depois de feita aquela travessia, a garotinha comentou: - Papai, aquele edifcio ali, tem 10 andares. Eu contei direitinho!Como a meninazinha conse-guiu essa despreocupao, visto o perigo da rua e dos carros? ah! Ela estava se-gura na mo do pai! assim que pode se dar conosco tambm: longe de ficarmos ansiosos, afobados, com medo de atraves-sar uma situao ou de passar por uma di-ficuldade, ns podemos desfrutar de paz, quando nos colocamos debaixo da mo de Deus. isso que significa a mo de Deus: aquele que se coloca humildemente de-baixo da poderosa mo de Deus, a Bblia diz, esse ser honrado no tempo certo, ser exaltado no tempo devido.

    Muitas vezes, passamos por circuns-tncias, em que necessitamos confiar nessa mo protetora de Deus. Por isso o Senhor nos diz: No temas. Eu te levo. Eu te tomo por minha mo direita e no te deixarei at que chegue e tenha contigo aquilo que prometi fazer.

    Para sermos honrados, pela mo de Deus, (versculo 6), no tempo certo ou exaltados no tempo devido, preciso que ns nos sujeitemos humildemente debai-xo da mo de Deus e agarrar nela.

    Querido filho/filha comece a mudar a sua maneira de falar. Se voc falava em: desgraa, medo, preocupao e ansieda-de, agora falem palavras de f. Deus no se esqueceu de voc, nem de sua casa. Sujeitemos humildemente as Mos de Deus, atravs dos gestos de nossos pais em nossa vida.

    O Rio de Janeiro o destino da prxima excurso paro-quial. De 24 a 27 de janei-ro, o viajante ter a oportunidade de visitar os pontos tursticos na capital fluminense, como o Cristo Redentor, Catedral, Arcos da Lapa, Po de Acar, Lagoa Rodrigo de Freitas, alm de conhecer os prin-cipais atrativos de Niteri e Petr-polis. Valor R$1.300,00. Mais infor-maes na secretaria paroquial ou pelo telefone 3942 4226.

    Viagem Paroquial 2013

    Arcos da Lapa

    Lagoa Rodrigo de Freitas

  • 44

    MariaComunicandocom Ano 8 - n 76Outubro de 2012

    BICICLETARIADO

    ALEXANDRE

    Dedicao total em qualidade a voc!!!

    Bicicletas novas e usadas

    em geral Peas e acessrios Servios

    Av. Pico das Agulhas Negras, 600 - Altos de Santana - SJC - SP

    Fone: (12) 3913-1757 / 9764-3695

    DEPSITO DO LUIZODEPSITO DO LUIZOMateriais para Construo

    Vila Unidos:

    Vila So Geraldo:

    Rua Jaguari, 1210

    Estrada Juca de Carvalho, 1049

    Fones: 3921-0136 e 3922-9125

    Fone: 3922 7419

    As homenagens a Nossa Senhora Apareci-da, no dia 12 de outubro, na parquia, iniciaram-se s 9h, com uma carreata que saiu de frente da igreja Nossa Senhora Auxiliadora, no Telespark, at a comunidade

    A Festa de So Benedito, na co-munidade Olaria, foi realizada de 20 a 23 de setembro com celebraes da palavra, procisso e missa. De quinta a s-bado aconteceram s celebraes do trduo, s 19h. No domingo, aps a procisso da imagem capela, Pa-dre Thiago celebrou a missa festiva, s 11h. Aps o almoo teve bingo e leilo. A ren-da da Festa foi desti-nada para o forro da capela.

    Olaria fez festa para So Benedito

    A Festa de Nossa Senhora Aparecida na Parquia

    Encenada pelas crianas da catequese no final da missa das 19h30, na Matriz, a co-roao da imagem de Nossa Senhora Apa-

    Aps a missa das 19h30, na Matriz, no dia 12 de outubro, o padre Thiago abenoou as instalaes do Centro Pastoral Trs Pastorinhos. Agora completo, o pr-dio possui 9 salas (as antigas salas da Matriz foram reformadas e in-corporadas ao centro), auditrio e banheiros, no andar superior, alm da cozinha, banheiros, fraudrio e a secretaria paroquial, no trreo. Construda com recursos do dzimo e de quermesses, bingos, rifas e di-

    Inaugurao do Centro Pastoral Trs Pastorinhosversas campanhas e iniciativas pro-movidas pela Parquia nos ltimos 3 anos, a obra fruto da generosidade dos paroquianos e do empenho dos agentes de pastorais e movimentos.

    Coroao de Nossa Senhora na Matriz

    O auditrio que em breve receber equipamentos e cadeiras

    O vitral prximo a escada

    O pedreiro, Joo Paulo, cortando a fita de inaugu-rao

  • 5MariaComunicandocomAno 8 - n 76Outubro de 2012A Festa de Nossa Senhora Aparecida na Parquia

    Represa. L, a festa prosseguiu com uma pro-cisso de barco pela represa do rio Jaguari e depois os fiis seguiram a p. De mos em mos, a imagem da padroeira foi conduzida pelos devotos at a capela onde foi celebra-da a missa festiva, s 11h. No final da missa, crianas das comunidades fizeram a coroao de Nossa Senhora. Em seguida, houve almo-o, bingo e leilo. De 9 a 11, a comunida-de participou das celebraes da Palavra, s 19h, em preparao a esta festa.

    Sessenta e quatros crianas do ncleo Catequtico do Telespark receberam, no dia 16 de setem-bro, o sacramento da Eucaristia pela primeira vez. A missa foi celebrada

    s 10h, pelo padre Thiago, na igreja Nossa Senhora Auxiliadora. Esses cate-quizandos foram preparados pelos ca-tequistas Cristiane, Rosrio e Eliana, Sheila e Wander.

    Primeira Eucaristia no Telespark

    louvor a Nossa Senhora de Ftima, iniciou-se com a reza do tero diante do Santssi-mo conduzida pelo padre Thiago e as dezenas das Ave-Marias rezadas pelas crianas da Infncia e Ado-lescncia Missionria (IAM). Aps a leitura do Evangelho houve a apresentao das Adolescentes sobre as mis-ses no mundo, falando dos cinco continentes.

    Mas o ponto alto deste ms o Dia Mundial das Misses, celebrado em 21 de outubro. Neste dia, todo catlico chamado a dar sua oferta para as Misses.

    As Celebraes do Ms Missionrio

    No dia 1 de outubro, Dia de Santa Teresi-nha do Menino Jesus, Padroeira das Misses, Padre Thiago presidiu na Matriz, s 19h30, a missa de abertura do Ms Missionrio. No final da missa a parquia distribui rosas aos fiis.

    No dia 13 de outubro, o

    Coroao de Nossa Senhora na Matriz

    recida foi organizada pela Catequese e Liturgia. Ao final, o Padre Thiago chamou ao presbitrio, as crianas presentes na missa, entregou-lhes saquinhos de doces e concedeu-lhes a bno.

  • 66

    MariaComunicandocom Ano 8 - n 76Outubro de 2012

    Os primeiros a receberem o Catecismo Jovem YouCat em nossa parquia foram alguns crismandos que nos dias 16 e 23 de se-tembro participaram de um retiro vi-vencial em preparao para a Crisma. Como um instrumento fcil, compre-ensvel e de fcil consulta, o YouCat visa acompanhar os jovens numa fas-cinante e entusistica descoberta:

    Parquia na JMJ 2013Crismandos reCeberam o YouCat

    ns no estamos ss. O homem nes-ta belssima aventura que chamamos vida, no esta sozinho, mas tem um Pai: Deus, do qual ele provm, e tem uma Me, a Igreja, na qual chamado a viver. Para isso, em preparao a JMJ queremos acolher com alegria o estudo do YouCat fazendo dele nosso livro de cabeceira.

    Retiro da Crisma

    O Retiro Vivencial dos cris-mandos aconteceu no Par-que da Cidade nos dias 16 e 23 de setembro. Aps a missa das 7h no Telespark os jovens fo-ram caminhando at o parque. L a vivncia aconteceu por meio dos smbolos do Esprito Santo, atribu-dos atravs da gua, do leo, do vento e do fogo.

    Cerca de 170 jovens rezaram e viveram a fraternidade durante o perodo da manh.

    O Casal coordenador da Pastoral Familiar na Parquia, Santo e Clia, participou do XVI Congres-so Regional da Pastoral Familiar Sul 1, realizado em Botucatu (SP) nos dia 28, 29 e 30 de setembro, com o tema: A fa-mlia, o trabalho, a festa e a f. O con-gresso foi um momento oportuno para animar, formar e enviar com renovado ardor evanglico os participantes.

    Para o casal, a famlia merece um olhar especial, porque um lugar e uma escola de comunho. Em primeiro lugar para a iniciao vida crist das crianas, no seio da qual os pais so os primeiros catequistas. Tamanha sua importncia que precisa ser considera-da um dos eixos transversais de toda a evangelizao.

    Congresso Regional da Pastoral Familiar

    O Conselho Particular Santo Ivo realizou de 9 a 16 de setem-bro a Festa de So Vicente de Paulo em nossa Parquia com o tema A opo preferencial pelos pobres e excludos.

    As celebraes do trduo prepa-ratrio nos dias 13 e 14 aconteceram s 19h30, na sede dos Vicentinos, na Vila Sinh, e no dia 15, s 18h na igreja Nossa Senhora Auxiliadora, no Telespark. No domingo, 16 de se-tembro, a missa festiva foi celebra-da pelo Padre Thiago s 9h, na sede dos Vicentinos, em seguida houve assembleia em louvor a So Vicente de Paulo e, a partir das 14h show de prmios com sorteio de rifa e bingo.

    Festa de so Vicente de Paulo

  • 7MariaComunicandocomAno 8 - n 76Outubro de 2012Espao da Sobriedade

    Fonte: livro Pastoral da Sobriedade - Formao e capacitao de agentesAutores: Pe. Joo Roberto Ceconello, Sivane Villanova Cecato e Ernestina Bites Flores

    O Programa de Vida Nova recupera todos os que perseveram na vivncia dos 12 Passos nas reunies semanais do Grupo de Autoajuda.

    O Grupo de Autoajuda a meto-dologia adotada pela Pastoral da Sobriedade para o trata-mento das dependncias. considera-do pela cincia um recurso eficaz para esse tratamento por ser utilizado com objetivo de restaurar o equilbrio emo-cional das pessoas que compartilham as mesmas dificuldades.

    No Grupo de Autoajuda, as pesso-as aprendem a lidar e a resolver seus problemas atravs da ajuda mtua. Durante a partilha das experincias de vida os participantes con-seguem identificar parte de sua prpria historia pelo sofri-mento, pela experi-ncia e pelos anseios dos outros. Atravs do relato das experincias do outro, cada um tem maior possibilidade de perceber a si mesmo e de entender as pessoas com as quais convive. No Grupo de Autoajuda as pessoas orien-tam suas vidas, buscam o autoconhe-cimento e novas formas de solucionar os problemas que as afligem.

    O Grupo de Autoajuda da Pastoral da Sobriedade utiliza o modelo sist-mico para ajudar as famlias a encon-trarem solues aos abalos que sofrem quando um ou mais membros esto afetados pela dependncia qumica. O paradigma sistmico no est restrito psicologia, mas a uma nova forma

    de pensar da cincia, que auxilia o sis-tema familiar na busca do equilbrio. A dificuldade de um dos membros compartilhada por todos e cada um, tem sua participao e responsabili-dade no processo de mudana.

    O Grupo de Autoajuda da Pastoral da Sobriedade desenvolvido atravs de reunies semanais. Essas reunies esto baseadas na reflexo e na vivn-cia de 12 temas bblicos que preten-dem levar a uma converso, a um Pro-

    grama de Vida Nova. Isto porque a Pastoral da Sobriedade no se limita apenas em blo-quear o uso da droga e o abuso do lcool, mas prope a redes-coberta do verdadeiro sentido da vida. O ob-

    jetivo da reunio tratar o problema da dependncia qumica abrangen-do o grupo familiar, sem, no entanto, promover um confronto entre eles. Enquanto o dependente participa bus-cando a libertao, a sobriedade, o fa-miliar participa para orientar e ajudar de maneira efetiva na recuperao de seu(a) dependente. Assim, atravs de uma interao dinmica pela partilha da experincia de vida de cada parti-cipante que acontece nos grupos de partilha, dependentes e familiares to-mam conscincia dos problemas que esto prejudicando o bom relaciona-mento entre eles.

    A IDENTIDADE DA PASTORAL DA SOBRIEDADE O GRUPO DE AUTOAJUDA (Parte 1)

    Reunio dos Grupos de Autoajuda:Toda sexta-feira, s 19h15, na igreja Ma-triz (Altos de Santana)

  • 88

    MariaComunicandocom Ano 8 - n 76Outubro de 2012

    Esta chegando o 4 Disco Dan-ce de nossa parquia. Neste ano a novidade ser FANTASY. Ser uma oportunidade de colocar uma fantasia referente poca dos anos 60,70 e 80 e rolar na pista at amanhecer. Os convites avulsos j esto disponveis ao preo de R$ 26,00 na secretaria da parquia. As mesas so para 10 pessoas. A melhor fantasia e a mesa mais ani-mada ganharo brindes. Ento no fique fora dessa! Mais informaes pelo telefone 3942 4226.

    A terceira Gincana Bblica da Per-severana, no dia 30 de setem-bro, iniciou-se com a missa das 9h, na Matriz. Aps a missa, cerca de 110 crianas e adolescentes realiza-ram as atividades na quadra coberta do poliesportivo do Altos de Santana. Houve premiao com medalhas para os 1, 2 e 3 lugares e certificado para o 4 colocado. A mesa de jurados foi composto por 4 agentes de diferentes pastorais. O evento foi organizado pe-los catequistas da perseverana com ajuda de catequistas da etapa 1. Dois profissionais de educao fsica ani-maram os participantes. Foi distribu-do lances aos catequizandos.

    Terceira Gincana Bblica da Catequese Disco Dance Fantasy

    5 Ch Bingo ParoquialNo encerramento, padre Thiago reali-zou um momento de reflexo, uma di-nmica e a entrega das medalhas para as equipes vencedoras.

    As crianas realizando uma das provas da gincana

    A equipe que ficou em 3 lugarA equipe vencedora

    A equipe que ficou em 2 lugar Venha degustar um delicioso ch, se divertir e viver mais um momento de comunho na parquia. O nosso famoso ch bingo acontece no dia 24 de novem-bro, tarde, com a premiao de um fogo, um forno micro-ondas, um moedor eltrico, um forno el-trico e uma batedeira. Cartelas venda com as pastorais e movimen-tos a R$5,00.