Comunicando com Maria-jun 2013

Download Comunicando com Maria-jun 2013

Post on 09-Mar-2016

218 views

Category:

Documents

4 download

DESCRIPTION

Informativo da Parquia N. S. de Ftima So Jos dos Campos-SP

TRANSCRIPT

  • Informativo da Parquia Nossa Senhora de FtimaAltos de Santana - Diocese de So Jos Dos Campos

    Ano 8 - n 82 - Junho de 2013

    Romaria Paroquialpgina 8

    Festa de Corpus ChristiPgina 8

  • 2MariaComunicandocom Ano 8 - n 82Junho de 2013Palavra do ProcoEditorial

    Pe. Thiago Dias

    Expediente Comunicando com Maria - Distribuio Gratuita Publicao mensal da Parquia Nossa Senhora de Ftima - Rua Serra Dourada, 180 - Altos de Santana - So Jos dos Campos - SP - CEP: 12214-130 - Telefone: (12) 3942-4226 Jornalista Responsvel: Ana Cristina da Costa Silveira MTB(PA): 1.317 - Reviso: Pe. Thiago Dias - Edio, Projeto Grfico e Editorao: Ana Cristina da Costa Silveira Colaboram nesta edio: Mrio Santos, Rogria Machado e Luizinho. Impresso: Jac Editora (12) 3928 1555 - Tiragem: 1.500 exemplares

    A hora da Juventude

    Agende-seFesta de Nossa Senhora dos Mon-tes ClarosData: 23 de junho - Hora: 11h Local: Comunidade Montes Claros

    Jornada de Valorizao da VidaData: 23 a 26 de junhoHora: 19h30Local: Matriz

    Festa JuninaData: 29 e 30 de junho noiteLocal: Matriz

    Festa de SantAna - JaguariTrduo: 4 a 6 de julho - Hora: 19hFesta: 7 de julho - Hora: 11h

    Semana Missionria JMJData: 15 a 20 de julho

    Mais uma vez a Festa de Maria aconteceu. Nos perguntamos o que ficou? Penso que ficaram graas, vida, uma f mais madura e comprometida. Atravessamos a Porta e adentramos no Corao Eucarstico de Jesus. Corao este que emana vida e es-perana.

    E para aprofundar nossa f con-to-lhes uma histria: Um homem havia pintado um lindo quadro. No dia da apresentao ao pblico, con-vidou vrias pessoa para v-lo. Com-pareceram as autoridades do local, fotgrafos, jornalistas, enfim, uma multido. Afinal, o pintor alm de um grande artista era tambm muito famoso. Chegado o momento, tirou-se o pano que velava o qua-dro. Houve caloroso aplau-so. Era uma impressionante figura de JESUS batendo su-avemente porta de uma casa. Com o ouvido junto porta, ELE parecia querer ouvir se l dentro algum respondia. Houve discursos e elogios. Todos admiravam aquela obra de arte. Po-rm, um curioso observador, achou

    uma falha no quadro. A porta no tinha fechadura. E intrigado, foi per-guntar ao artista...

    - Sua porta no tem fechadura? - Como se far para abri-la? Respondeu-lhe o artista: - assim mesmo. - Esta a porta do corao huma-

    no, s se abre pelo lado de dentro.

    Queridos amigos, muitas vezes o que mais precisamos, est bem den-tro de ns mesmos. Pare um pou-

    quinho... Preste ateno. Oua o que seu Esprito tem a dizer. E escute no com os ouvidos, mas sim com o corao. A partir desta escuta iremos nos comprometer com o que Deus realmente quer de ns.

    Agradecemos mais uma vez a todos que se

    empenharam, participaram da Festa a Maria, pois foi atravs de Nossa Se-nhora que abrimos a porta do Cora-o de Jesus.

    A porta do corao A coroao da imagem de Nossa Senhora, no dia 26 de maio, na igreja Nossa Senhora Auxiliado-ra foi um momento de muita emoo. Devido a Campanha da Fraternidade tratar o tema da Juventude e tambm a JMJ RIO 2013, ento a ideia foi mos-trar o rosto jovem da parquia e dizer aos pais e mes que ainda h esperan-a, que a juventude no esta perdida, que temos que acreditar e investir no jovem. Fazer com que jovens de va-rias realidade sociais, afetivas e nacio-nalidades participassem da coroao da Me de Deus, unindo tudo isso s apresentaes nas novenas, dos anjos levando at Maria as realidades que precisam de sua intercesso. Explica o seminarista Ricardo Leite que orga-nizou as coroaes da Festa de Maria deste ano. A festa de Nossa Senhora Auxiliadora o destaque desta edio, nas pginas 4 e 5.

    Noticiamos tambm, na pgina 8, a Festa de Corpus Christi e a Romaria Paroquial a Aparecida.

    Estamos a um ms da Jornada Mun-dial da Juventude no Rio, a expectativa grande para os inscritos. Mas uma semana antes da partida para o Rio de Janeiro, nossa diocese receber cerca de 2 mil jovens de diferentes naciona-lidades, que vivero dias inesquecveis com uma programao que envolver momentos de espiritualidade, cultura e experincia missionria. Ser a Semana Missionria que acontecer de 15 a 20 de julho. Ento vamos nos preparar-mos para acolh-los bem.

  • MariaComunicandocom

    3

    Ano 8 - n 82Junho de 2013

    O Dicono Entre Ns

    O reino de Deus est prximo

    Ns nos enganamos, quando pensamos que impossvel ser feliz, vivendo num mundo to cheio de turbulncias. Quando pensa-mos assim, sinal de que estamos de-positando a nossa confiana somente no potencial humano, esquecendo de que ao nosso alcance, existe uma fora maior que ultrapassa toda potencia-lidade humana, a fora que nos vem do alto. Somos seres terrenos que s se realizam plenamente se ligados ao Divino.

    Do encontro entre humano e Di-vino, abrem-se novas perspectivas, amplia-se a viso humana, passamos a enxergar possibilidades que antes no vamos.

    Jesus que vem possibilitar este encontro transformador entre humano e Divino, Ele que vem nos mostrar o rosto do Pai. Portanto, a felicidade que tanto almejamos possvel sim, e est ao nosso alcance, basta estarmos em sintonia com o Pai, na pessoa de Jesus.

    O nosso encontro com Jesus nos transforma por inteiros, assim como transformou a vida dos seus primeiros discpulos, homens simples que deixa-ram tudo para segui-lo.

    Quando Jesus dizia: O reino de Deus est prximo Ele falava de si mesmo, pois a sua pessoa a prpria presena do Reino Deus. Jesus conti-nua a nos falar deste Reino de amor e de justia.

    Quando acolhemos a sua mensa-gem, ocorre uma mudana radical em

    (Lc 10,9)

    Dicono Joo Mateus de Oliveira

    ns, ficamos parecidos com Ele, passa-mos a olhar o irmo com o olhar Dele, a fazer o que Ele fazia.

    As aes de Jesus em favor do ou-tro passam atravs de ns, de den-tro do nosso corao que Jesus chega ao irmo que sofre e so muitos, os irmos necessitados das mos Jesus em nossas mos, das Suas palavras na nossa boca.

    Jesus nos convida desafiante mis-so de ser no mundo uma presena viva do seu amor. urgente a necessidade de operrios corajosos, dispostos a lan-ar as redes em guas mais profundas, a plantar a semente da esperana nos coraes abatidos pelo desnimo.

    A nossa misso, deve desenvolver-se em clima de gratuidade, de humil-dade e de desprendimento e a nossa recompensa ser a alegria de poder servir. a certeza da presena de Jesus que nos motiva a confiar e a assumir com mais empenho e alegria o anuncio de todas as propostas do Reino.

    A todo instante, somos chamados a sermos discpulos e missionrios do Senhor. Todos so chamados, Jesus no faz restries de pessoas. Para ser um anunciador da Boa Nova de Jesus, no preciso possuir cursos acadmi-cos, basta anunci-La no silncio do nosso testemunho de vida. A caminha-da do discpulo que se faz missionrio rdua, mas gratificante, pois regida o tempo todo pela lei do amor.

    Se quisermos ser felizes, deixemos que Jesus seja tudo em ns.

    QuermesseClic na

  • 4MariaComunicandocom Ano 8 - n 82Junho de 2013

    BICICLETARIADO

    ALEXANDRE

    Dedicao total em qualidade a voc!!!

    Bicicletas novas e usadas

    em geral Peas e acessrios Servios

    Av. Pico das Agulhas Negras, 600 - Altos de Santana - SJC - SP

    Fone: (12) 3913-1757 / 9764-3695

    DEPSITO DO LUIZODEPSITO DO LUIZOMateriais para Construo

    Vila Unidos:

    Vila So Geraldo:

    Rua Jaguari, 1210

    Estrada Juca de Carvalho, 1049

    Fones: 3921-0136 e 3922-9125

    Fone: 3922 7419

    Celebraes e homenagens a Nossa Senhora AuxiliadoraFeliz Aquela que Acreditou (lc 1,45)

    Na manh do dia 26, uma carreata percorreu as principais ruas de nossa parquia.

    A novena de Nossa Senhora Auxiliadora, no Telespark, comeou no dia 17 de maio e seguiu at o dia 25. No dia 26, a festa da padroeira da comunidade teve incio s 16h com missa celebrada pelos padres da Parquia, seguida da procisso pelas ruas do bairro e da coroao da imagem de Nossa Senhora

    No dia 19 de maio, na Solenidade de Pentecostes, que aconteceu dentro da novena, padre Thiago fez um momen-to de orao com os jovens que iro participar da JMJ RIO, antes de apagar o crio pascal.

    Pentecostes

    Alguns dos pedidos de intercesso a Nossa Senhora levados pelos anjos que participaram todos os dias da novena

    O oratrio de Nossa Senhora Auxiliadora que visitou as famlias noveneiras e a homenagem das Marias Me de Deus

    A coroao da imagem de Nossa Senhora Auxiliadora contou com a participao de diversos jovens engajados no servio pastoral da parquia

  • MariaComunicandocom

    5

    Ano 8 - n 82Junho de 2013

    Celebraes e homenagens a Nossa Senhora AuxiliadoraA novena de Nossa Senhora Auxiliadora, no Telespark, comeou no dia 17 de maio e seguiu at o dia 25. No dia 26, a festa da padroeira da comunidade teve incio s 16h com missa celebrada pelos padres da Parquia, seguida da procisso pelas ruas do bairro e da coroao da imagem de Nossa Senhora

    A igreja lotada no encerramento da festa

    Alguns dos pedidos de intercesso a Nossa Senhora levados pelos anjos que participaram todos os dias da novena

    A procisso aps a missa festiva e o momento inicial da coroao: o anjo d uma mensagem de esperana s mes

    A coroao da imagem de Nossa Senhora Auxiliadora contou com a participao de diversos jovens engajados no servio pastoral da parquia

  • 66

    MariaComunicandocom Ano 8 - n 82Junho de 2013Obra de Ao Social N. Sra. de Ftima

    CNPJ 07.756.782/0001-32Utilidade Pblica Lei 7.176/06 de 29/09/06

    Rua das Araras, 15 - Bairro Altos de SantanaSo Jos dos Campos - So Paulo

    Telefone: (12) 3942-7118

    Relatrio das Atividades do ms de Maio/2013

    ATIVIDADES ATENDI-MENTOSArtesanato 06 pessoasAtendimento social 10 pessoasMassoterapia 09 pessoasPsicloga 28 pessoasIoga 04 pessoasAula de Violo 06 pessoasDoao (alimentos em geral) 08 pessoasDoao (roupas, fraldas e mveis) 02 pessoas

    Vagas em aberto:Massagem teraputica e AcupunturaYogaPintura em tecidoPsiclogaMais informaes pelo telefone 3942 7118 das 13h s 17h30.

    Comunicado da Obra Social

    QuermesseClic na+

    Caminhar, eis a oportunidade que concedida aos jovens em Julho no Rio de Janeiro, onde se espera reunir cerca de 2 milhes de peregrinos provindo de inmeros pases. Nossa parquia se prepara com um grupo de 54 pesso-as.

    Mas o que significa caminhada? sair do lugar e ir em direo a algo, caminhar locomover-se. Ns j nos deslocamos como, por exemplo: Ca-minhamos nos estudos para ser um profissional, caminhamos no traba-lho para conquistar nossos bens, ca-minhamos com a Igreja para intensi-ficar nossa f. Caminhamos rumo a JMJ, momento de encontramos com outros jovens e partilhar sonhos, de-safios, fragilidades, esperanas.

    Pensemos em nossa caminha-da... O que mais trazemos? O que

    Mochila de um Peregrino

    histria e memria (trago comigo minha famlia e os valores atribu-dos por aqueles que nos precedem, por isso trago fatos e fotos) e a f (a Bblia, os sacramentos, minhas ora-es, meu catecismo e meu dilogo com Deus. E neste tempo forte de caminhada em preparao para ca-minhar rumo ao Rio nos movemos linguagem do amor.

    Agradecemos a todos os paro-quianos que tem nos ajudado a co-locar em nossa mochila esperana e vida. Que sejamos jovens que faam a diferena.

    colocamos em nossa bagagem? Penso que na mochila do peregrino devem ir: gratuidade na juventude (realizan-do de maneira espontnea e solidria nossas aes), esperan-a (queremos ser jovens que acredita, busca e alcana), de-terminao (com meu esforo sou convidado a fa-zer a diferena)

    Parquia na JMJ 2013

  • 7MariaComunicandocom

    7

    Ano 8 - n 82Junho de 2013

    Espao da Sobriedade

    A maior parte das suas dores acontece porque voc esconde alguns sentimentos. Quando voc sente medo, seja l do que for, os outros podem saber, sim. No vergo-nhoso sentir medo: ele s um sinal de autoproteo.

    Quando voc sente raiva, expres-se-a! Ela um sentimento to natural quanto a afeio. Se voc pode dizer a algum que o quer bem, por que no pode dizer-lhe que sente raiva tam-bm?

    Se no seu corao existem mgo-as, lave-o! Fale sobre elas com quem magoou voc. No deixe que elas cor-roam sua alma e seu esprito. Muitas vezes a pessoa nem sabe o quanto ma-goou e, se voc lhe disser, talvez vo-cs tenham a chance de, em conjunto, esclarecer algo pequeno que pareceu to grande.

    Se ressentimento o que sente, por que esconde-lo?

    O ressentimento, depois de ex-pressado, fica mais leve para quem o sente e, um dia, desaparece. Quando menos esperar voc notar que veio o perdo em seu lugar.

    Se h depresso, h outros cami-

    Mostre-se

    nhos diferentes da opo pelo isola-mento. Escolha ouvidos amigos, fale e abra-se para ouvir as respostas, sejam elas quais forem. Mesmo que venham palavras pouco agradveis de ouvir, elas podem ser o gancho para trazer-lhe de volta a alegria de viver, a capaci-dade para enxergar que nem tudo so trevas.

    Amigo no s aquele que lhe empresta o ombro para chorar:

    Muito mais amigo aquele que traz o tapa que desperta, que o faz acordar para a Vida. No h ningum neste mundo que nunca foi ferido, ma-goado, machucado. E tambm no h quem no conhea a alegria de retor-nar ao porto da felicidade. Voc ser entendido e compreendido.

    Esteja voc como estiver, no se esconda! Mostre-se! Todo sentimen-to tem seu prprio e real valor. Ponha a boca no mundo! No h barreiras que possam impedi-lo de encontrar AMOR!

  • 8888

    MariaComunicandocom Ano 8 - n 82Junho de 2013 Christi

    A Solenidade de Cor-pus Christi, no dia 30 de maio, teve incio na Matriz, s 15h, com adorao ao Santssimo Sacramento. s 16h, o padre Chico conduziu o ostensrio, acompanhado por centenas de paroquianos em procisso pelas ruas do bairro Altos de Santana.

    O trajeto da procisso foi enfeitado por tapetes, confeccionados por agen-tes de pastorais, movimentos e repre-sentantes de setores, com desenhos religiosos feitos de serragens coloridas, flores, tampinhas de garrafas, entre outros objetos.

    Aps a procisso a missa foi cele-brada na Matriz, com uma expressiva participao dos fiis.

    9 Romaria Paroquial

    Corpus

    Diversos paroquianos visitaram o Santu-rio Nacional de Aparecida na 9 edio da romaria paroquial, no dia 9 de junho.

    Na Baslica os devotos participaram da missa das 8h, juntamente com o Padre Chico.