Comunicando com Maria-JUL 2012

Download Comunicando com Maria-JUL 2012

Post on 16-Mar-2016

219 views

Category:

Documents

7 download

DESCRIPTION

Informativo da Parquia N. S. de Ftima So Jos dos Campos-SP

TRANSCRIPT

  • Informativo da Parquia Nossa Senhora de FtimaDiocese de So Jos Dos Campos Ano 7 - n 73- Julho de 2012

    Catequese na Diversidade 2 anos Pgina 6

    Festa Junina Pgina 8

  • 2MariaComunicandocom Ano 7 - n 73Julho de 2012Palavra do Proco

    Expediente Comunicando com Maria - Distribuio Gratuita - www.pnsenhoradefatima.org.br - www.facebook.com/pnsenhoradefatimaPublicao mensal da Parquia Nossa Senhora de Ftima - Rua Serra Dourada, 180 - Altos de Santana - So Jos dos Campos - SP - CEP.: 12214-130 - Telefone: (12) 3942-4226 Equipe PASCOM: Bianca, Cristina, Cremildo, Daniel, Gabriel, Geruza, Isaias, Janete, Johnny, Jorge, Luizinho, Mrio, Pollyana, Quitria, Rafaela e Rogria - Fotos: Equipe PASCOM Jornalista Responsvel: Ana Cristina da Costa Silveira MTB(PA): 1.317 - Reviso: Pe. Thiago Dias - Edio, Projeto Grfico e Editorao: Ana Cristina da Costa Silveira Impresso: Jac Editora (12) 3928 1555 - Tiragem: 1.500 exemplares

    Editorial

    Agende-se

    Pe. Thiago DiasProco

    Festa de SantAna - JaguariTrduo: 19 a 20 de julho Hora: 19hFesta: 22 de julho Hora: 10h

    Encontro de NoivosData: 21 e 22 de julho - Hora: 12h30 (sbado) 7h30 (domingo)Local: Centro Pastoral Pe. Wagner

    Encontro de BatismoData: 4 de agosto Hora: 16h30Local: Centro Pastoral Pe. Wagner

    Semana da FamliaData: 13 a 18 de agosto Hora: 19hLocal: Matriz

    Chegamos ao ms de julho e o Comunicando com Maria traz para os leitores os ltimos acon-tecimentos de nossa parquia.

    Tivemos o Encontro Despertar III, a Solenidade do Sagrado Corao de Jesus, a ordenao de trs diconos transitrios. Todos publicados na p-gina 3.

    Entre os assuntos abordados nas pginas centrais esto o 2 Ch bingo dos Vicentinos, o encontro anual dos missionrios da Me Rainha e a Jorna-da de Valorizao da Vida.

    Na seo destinada a Jornada Mun-dial da Juventude, pgina 6, noticia-mos a visita de trs colombianos que estiverem conhecendo a cidade com a finalidade de participarem da Semana Missionria da Diocese em 2013, antes de seguirem para o Rio na JMJ2013.

    Mas lembramos a todos que no dia 30 de julho de 2006, em missa presidi-da por Dom Moacir Silva, s 16h30, foi instalada a Parquia Nossa Senhora de Ftima. De l pra c muita coisa mu-dou, a Parquia cresceu no apenas em estrutura fsica, mas hoje somos uma comunidade muito ativa e espiri-tualmente forte. Por isso no final deste ms vamos celebrar o 6 ano com mui-to entusiasmo e gratido a todos que fazem dessa parquia, a cada dia, uma comunidade melhor.

    Parabns a todos os paroquianos!

    Comunidade AtivaBote F na Vida

    Ao findarmos o 1 semestre de 2012 muita coisa aconteceu, na vida, na histria e em nossa pa-rquia, at nos d a impresso de que na correria do cotidiano esquecemos de parar, de discernir, de repensar e at de autoavaliar. Entrarmos na cor-reria frentica e esquecemos muitas vezes de botar f na vida, de acredi-tar, de pensar nos sonhos e projetos e coloc-los em prtica. Por isso convido voc a fazer um discernimento e fazer memria daquilo que j viveu e expe-rimentou neste ano.

    Fazer memria no como sau-dosismo, mas verificar aquilo que foi bom para aperfeioar e melhorar aquilo que no foi to bom.

    Ento j fazemos memria com Deus na Histria da Vida: primeiro Ele criou a luz (dia), o firmamento (cu), a terra, o mar, o Sol, a Lua e as estrelas. Vendo que tudo isso, mesmo sendo maravilhoso, no era suficiente, criou ento a VIDA, primeiro a vida vegetal

    (ervas, sementes, rvores, frutos) e depois criou a vida animal (pssaros, baleias, peixes, animais domsticos, rpteis e feras). Coroando Seu traba-lho, criou ento o homem e a mulher, tendo soprado sobre eles um sopro de vida, os tornando seres viventes. (Gnesis, 1)

    Dentro dessa concepo, sugiro tambm que voc bote f na vida e reze pela vida que est ao seu redor: pela vida de todos aqueles que tra-balham e daqueles que buscam em-prego, dos felizes e dos que faltam felicidade, dos injustiados, dos pro-fissionais e daqueles que buscam um profissionalismo, dos estudantes, dos polticos, dos religiosos, pobres e dos ricos, dos que sofrem, com torturas, ou so marginalizados, pobres sem condio de vida, doentes, dentre outros, mas tambm para exaltar o que Jesus nos disse: Eu vim para que todos tenham vida, e a tenham com abundncia.(Jo 10-10).

    Que Maria com seu amor de me, nos ajude a aprender a amar uns aos outros incondicionalmente e que emanados pelo amor de Cristo seja-mos capazes de nos doar para garantir a vida plena a todos, sem distino de cor, raa, credo e/ou espcie de vida.

  • 3MariaComunicandocomAno 7 - n 73Julho de 2012O Dicono Entre Ns

    Dicono Valdair Donizeti Adriano

    Quem o PadreMs Vocacional (4 de Agosto)

    algum escolhido por Deus, dentro de uma comunidade, no seio de uma fa-mlia, para ser o continuador da obra sal-vadora de Jesus. Ele assume a misso de construir a comunidade.

    Por graa e vocao, o padre age em nome de Jesus (o bispo e o presbtero agem in persona Christi Capitis (na pes-soa de Cristo Cabea) (LG10):, ele recon-cilia seus irmos com Deus e entre si; ele trs a bno de Deus para todos.

    aquele que celebra a vida de Deus na vida da comunidade. Na Celebrao Eu-carstica, ele trs Jesus para as comuni-dades. A Eucaristia a razo primeira do sacerdcio. Alimenta seus fiis por esse sacramento, pela sua pregao e pelo seu testemunho.

    o modelo por excelncia de Jesus Cris-to, o bom Pastor. Por esse motivo ele deve ser como o Cristo Pastor atencioso ao seu rebanho.

    Deve guiar por bons caminhos, orientan-do nas dificuldades e prevenindo quando necessrio. Deve defender seus irmos dos lobos modernos que devoram os menos es-clarecidos e dos ladres que atacam, con-fundem e dispersam o nico rebanho do Senhor.

    Padre o homem de Deus que deve es-tar no meio do povo: nas Parquias, nas Pastorais, nos Seminrios, nos Hospitais, nas Escolas e Faculdades, nos Meios de Comunicao Social, nas Comunidades Inseridas e entre os mais pobres e margi-nalizados... um sinal de que o Reino de Deus existe entre ns.

    Onde nascem as vocaes?Na famlia que reza unida; Nos grupos de

    catequese, de adolescentes, de coroinhas ou aclitos; Nos grupos de jovens, grupos missionrios, grupos de vivncia da f;

    Nas parquias e comunidades eclesiais, onde o Padre deve ser o maior incentiva-dor das vocaes...

    Eis a nossa mensagem para que tenha-mos mais padres, rezando sempre pelas vocaes;

    Faamos de tudo para incentivar os jo-vens e adolescentes para que sigam essa vocao;

    Vamos falar bem da vocao sacerdotal na famlia, na escola, na catequese, nos grupos de adolescentes, de jovens...

    Vamos implantar em nossa comunidade o trabalho vocacional, instituindo um ca-sal ou uma equipe que se interesse pelas vocaes, que promova, incentive e orien-te os adolescentes e jovens a participarem dos encontros vocacionais;

    Faamos de tudo para criar na comuni-dade um clima favorvel ao surgimento das vocaes. Este um trabalho con-junto exercido pelo Proco, pelos jovens, pelos catequistas, pelas famlias, demais movimentos, pelos que animam a liturgia e grupos de reflexo. Somos respons-veis para que tenhamos mais sacerdotes. O Papa Joo Paulo II nos ensina: Descei no meio dos jovens e chamai, no tenhais medo de chamar. Devemos chamar sem-pre. Que tal fazermos algo concreto pelas vocaes em nossa comunidade? O que po-deremos fazer?

    No dia 15 de junho, a Igreja realizou a So-lenidade do Sagrado Corao de Jesus. O dia foi dedicado orao pela santificao dos Sacerdotes. Em nossa parquia houve Tero e adorao ao Santssimo Sacramento s 17h seguido da missa, na Matriz.

    Solenidade do Sagrado Corao de Jesus

    Encontro Despertar III

    Com o lema: Eu estou no meio de vs, como Aquele que serve! (Lc 22,27), os seminaristas Messias Rochinski, Francisco Jos da Silva e Benedito Paulo de Carvalho foram or-denados diconos transitrios pela im-posio das mos do Bispo Dom Moacir Silva, no dia 29 de junho, na Parquia Esprito Santo, Jardim Satlite.

    Ordenao Diaconal

    Quatro paroquianos participaram do encontro vocacional Despertar III, no dia 17 de julho, na parquia Nos-sa Senhora do Bonsucesso (Monteiro Lobato). O encontro, que reuniu os jovens vocacionados da Regio Pasto-ral II, teve incio com a missa presidida pelo padre Djalma, proco local. Na homilia, o sacerdote abordou o tema do amor de Deus na perspectiva da vo-cao. Em seguida o seminarista Ricar-do falou sobre a Virgem Maria, como vocacionada do Pai. As irms da Con-gregao das Filhas do Imaculado Co-rao de Maria (irms cordimarianas) conduziram a adorao ao Santssimo Sacramento encerrando o encontro. O prximo passo vocacional desses jo-vens ser o encontro vocacional Des-pertar IV, quando ser iniciada a fase diocesana da caminhada vocacional.

  • 4MariaComunicandocom Ano 7 - n 73Julho de 2012

    BICICLETARIADO

    ALEXANDRE

    Dedicao total em qualidade a voc!!!

    Bicicletas novas e usadas

    em geral Peas e acessrios Servios

    Av. Pico das Agulhas Negras, 600 - Altos de Santana - SJC - SP

    Fone: (12) 3913-1757 / 9764-3695

    DEPSITO DO LUIZODEPSITO DO LUIZOMateriais para Construo

    Vila Unidos:

    Vila So Geraldo:

    Rua Jaguari, 1210

    Estrada Juca de Carvalho, 1049

    Fones: 3921-0136 e 3922-9125

    Fone: 3922 7419

    Cerca de 150 pessoas partici-param do 2 Ch bingo de So Vicente, no dia 17 de junho, na sede dos Vicentinos, na Vila Si-nh. No evento houve muita descon-trao, msica e um intervalo para que todos pudessem saborear um chazinho, bolachas e torradinhas. A participao foi surpreendente, pois achvamos que no teria muita gen-

    2 Ch Bingo de So Vicente

    te. Alm de junho ter vrias festas, ainda teve festa de Santo Antonio na Vila Sinh (prximo a sede). Foi uma

    amostra do que ser nossa festa de So Vicente de Paulo em se-tembro que ter mais atraes, afirma o coordenador do movi-mento, Ernane Marcondes, que cantou o Bingo. Em setembro os vicentinos celebram seu pa-droeiro com trduo, missa fes-tiva, almoo e bingo. Em breve estaro divulgando o evento.

    Encontro Anual dos Missionrios da Me Rainha

    Coordenadores e missionrios das regies pastorais I e II reuniram-se no dia 17 de junho, no salo Joo Paulo II, na Parquia de SantAna, para o encontro anual dos Missionrios da Me Rainha.

    Com o tema O tesouro est em nossas mos, o encontro foi conduzido pela Irm Sumaia e contou com a pre-sena dos coordenadores diocesanos do movimento, Luiza e Agnaldo.

    Os missionrios viveram um dia fes-

    tivo, com cantos e orao e puderam aprofundar-se sobre a espiritualidade do movimento, refletindo-se sobre as cinco pistas para se chegar ao Tesouro: vida de orao, estudo dos mdulos, vinculao ao Santurio, Aliana de Amor e partici-pao ativa nas reunies. Os participan-tes conheceram um pouco mais da vida de Joo Luiz Pozzobon, missionrio que iniciou no Brasil a Campanha da Me Pe-regrina, e tambm j se preparam para a Festa do Centenrio da Campanha da Me Peregrina em 2014.

    Campanha para as crianas

    Vamos comemorar 6 anos da Parquia

    A Pastoral da Comunicao (Pascom) e a Catequese iniciaram, no

    dia 24 de junho, a campanha Eu vou missa todo domingo dirigida s crianas que participam da missa das 9h, na Ma-triz, aos domingos.

    O objetivo da campanha incentivar a participao de mais crianas na missa. Por isso, o brinde s entregue criana presente no momento do sorteio.

    O Centro Pastoral Padre Wagner, con-cludo em 2007, os bancos da matriz adquiridos em abril de 2010 e o Centro Pastoral Trs Pastorinhos, em fase de acaba-mento, so exemplos de conquistas materiais da parquia nestes 6 anos de existncia.

  • 5MariaComunicandocomAno 7 - n 73Julho de 2012

    Um tnel mostrando, atravs de imagens e reportagens, as eta-pas da dependncia qumica foi montado pela Pastoral da Sobrie-dade, na Matriz, no perodo de 20 a 24 de junho, durante a Jornada de Valo-rizao da Vida. A Jornada uma ini-

    Catequistas da Parquia estive-ram reunidos na manh do dia 1 de julho, no Centro Pastoral Padre Wagner, refletindo sobre como fazer uma catequese ainda melhor.

    Jornada de Valorizao da Vida

    Como fazer uma Catequese ainda melhor

    Campanha para as crianas

    Maria Ceclia e Yasmin: as ganhadoras no dia 24 de junho

    Este encontro tam-bm foi preparatrio Assembleia da Ca-tequese na Regio Pastoral 2 que acon-tecer no dia 2 de setembro e contar com a presena de ca-tequistas das 6 par-quias da regio. Cada regio da diocese far

    sua assembleia, em datas diferentes, que servir para conhecer e avaliar a realidade da catequese, os desafios e as perspectivas.

    ciativa da Pastoral em prol do combate ao uso indevido de drogas.

    Na programao da Jornada cons-tou ainda a participao do agente da Pastoral da Sobriedade da Par-quia Corao Eucarstico de Jesus, do Novo Horizonte, Waldir Gaioso, que refletiu o tema Alegrai-vos no Senhor fora das drogas no dia 20 de junho, com os participantes do grupo de ora-o Nova Voz, na Matriz. Na missa de

    quinta-feira, no Telepark, foram exibi-dos um vdeo sobre a vida e uma carta no podemos ficar alheio a situao das drogas. E na tarde de sbado os agentes da Pastoral falaram com jo-vens crismandos sobre o barato das drogas.

    Vamos comemorar 6 anos da Parquia

    No prximo dia 30 de julho, a Parquia Nossa Senho-ra de Ftima completa 6 anos de instalao. Para celebrar a ocasio, alm de missa de ao de graas a ser celebrada no dia 29 de julho, a Parquia realiza o Bailo da Padroeira no dia 21 deste ms, no Luso Brasileiro.

    Para a paroquiana, Berna-dete Nunes, da Catequese com Adultos, a comunidade tem mui-to a comemorar neste seis anos de existncia da parquia. Te-mos a comemorar o crescimento da Parquia na parte material, mas tambm espiritual. uma Parquia nova com paroquia-nos entusiasmados. Este tempo de crescimento tambm foi de amadurecimento. O caminho longo, mas estamos dispostos a percorr-lo. Parabns Parquia! Eu tambm fao parte!.

  • 6MariaComunicandocom Ano 7 - n 73Julho de 2012

    Anunciante do Ms

    Obra de Ao Social N. Sra. de FtimaCNPJ 07.756.782/0001-32

    Utilidade Pblica Lei 7.176/06 de 29/09/06Rua das Araras, 15 - Bairro Altos de Santana

    So Jos dos Campos - So PauloTelefone: (12) 3942-7118

    Relatrio das Atividades do ms de Junho/2012

    ATIVIDADES ATENDI-MENTOSArtesanato 06 pessoasAtendimento social 13 pessoasAtendimento Jurdico 13 pessoasMassoterapia 09 pessoasPsicloga 27 pessoasIoga 10 pessoasAula de Violo 15 pessoasDoao (alimentos em geral) 10 pessoasDoao (pagamento de contas: gua, luz e gs) 01 pessoaDocao (psicloga) 05 pessoasDoao (roupas, fraldas e mveis) 01 pessoaDoao (Aula de Violo) 01 pessoa

    Adriana Reis de Paula Silva e Srgio Silva, proprietrios da oficina Serginho Auto-Eltrica, so colaboradores do Comunicando com Maria h mais de 6 anos. Para eles importante divulgar a oficina, mas muito gratificante cola-borar com as aes da Parquia.

    H 17 anos, a oficina Serginho Auto-Eltrica oferece servios de auto-eltri-ca em geral.

    Disponvel: Reflexologia Podel, Cromoterapia, Aculputura, Corio, Esttica, Massagem Teraputica e Quiromassagem. Mais informaes: 3942-7118 / 8130-0728 (Bete).

    Comunicado da Obra Social

    No dia 26 de junho, a Cateque-se na Diversidade completou dois anos de implantao na parquia. O projeto trabalha a valori-zao da pessoa com deficincia, res-peitando as suas limitaes, alm de estimular os familiares ao convvio em comunidade, favorecendo a troca de experincias, informaes e suporte entre eles.

    Com os objetivos de chamar aten-o dos fiis e despertar o interesse em mais pessoas para participar do projeto, os catequistas fizeram uma apresentao, na missa com as crian-as no dia 24 de junho, mostrando

    Catequese na Diversidade completa 2 anos na Parquia

    para a comunidade a importncia da incluso da pessoa com necessidades especiais na comunidade. Coragem, f, santidade, amor e incluso foram as palavras usadas na dramatizao.Os Encontros - Cinco catequistas de-senvolvem o trabalho com os partici-pantes nos encontros que acontecem aos sbados, das 10 s 11h, no Centro Pastoral Padre Wagner, no Telespark. Os pais desses catequizandos, parale-lamente, recebem formao de uma psicloga e de voluntrios do projeto.

    As inscries podem ser feitas aos sbados com os prprios catequistas, a partir de agosto.

    Colombianos visitam So Jos dos Campos

    Padre Carlos Ivn Martnez Urrea, Idalba Giraldo e Liza Johana Lopez, colombianos da Arquidiocese de Bo-got, estiveram em So Jos dos Campos nos dias 3 e 4 de julho, interessados em ficar na cidade durante a Semana Missio-nria, em 2013. Eles so da Pastoral Uni-versitria da Arquidiocese e responsveis pela organizao de um grupo de 600 pe-regrinos de quatro pases latino-america-nos (Colmbia, Venezuela, Panam, Nica-ragu) e da Espanha.

    O grupo, que ficou hospedado na casa paroquial de nossa parquia, foi recep-

    cionado pelo padre Thiago Dias, responsvel pela orga-nizao da Semana Missio-nria na Diocese. O sacer-dote colombiano escolheu nossa Diocese atravs de uma pesquisa na internet. Procurei uma diocese no eixo Rio-So Paulo, e ao

    entrar no site de vocs, me deparei com uma Igreja viva, dinmica, com uma pas-toral ativa e organizada e realmente estou vendo que uma bela diocese, comentou ele. Mas a primeira resposta dada pelo padre Carlos foi que o Esprito Santo os guiou, pois rezou muito para Deus auxiliar na escolha. Esta a nica diocese que ire-mos visitar, contou ele.

    Padre Carlos j participou de seis jor-nadas. Segundo ele, 70% dos jovens que viro tm entre 15 e 22 anos e aproxima-damente 50% so homens e 50% so mu-lheres.

    Fonte: www.diocesesjc.org.br

    Parquia na JMJ 2013

  • 7MariaComunicandocomAno 7 - n 73Julho de 2012Espao da Sobriedade

    Fonte: cartilha lcool, Drogas e Adolescncia.Compromisso de todos e responsabilidade de cada um. Programa municipal Antidrogas SJC

    Quanto mais informao me-lhor. Porm, o principal sa-ber onde e como pedir ajuda e apoio. Ter uma boa comunicao com seu filho favorece que ele ad-quira informaes a partir da relao com os pais, familiares e educadores. A informao nos livros, internet e outros meios nem sempre atraem os jovens. Porm, a informao dada de forma viva, atravs da confiana na re-lao, partir do interesse e procura do adolescente torna essas informaes muito mais relevantes. Eventualmente materiais podem ajudar, porm, para o adolescente, contar com pessoas que estejam informadas e preparadas pode mudar sua relao com as dro-gas.

    Qual o papel da escola e da Fa-mlia na Preveno?

    Tanto a escola quanto a famlia tem um papel fundamental na preveno, so responsveis pela formao da criana e do adolescente em diversos aspectos: a educao formal, moral, a segurana emocional, identitria, vn-culos significativos e a construo de espaos prazerosos de lazer e cultura. Quanto mais vnculos afetivos signifi-cativos, insero em atividades cultu-rais e de lazer, mais protegido estar o adolescente. Isso se d por diversos motivos bastantes profundos relacio-nados ao desenvolvimento emocional e psicolgico. Alm disso, a exposio da criana, desde idades iniciais, e a

    O que seu filho precisa saber para evitar problemas com lcool e drogas?

    estimulao de formas diversas e cons-trutivas de obter prazer com a vida, as relaes e as produes humanas de forma geral, favorece o repertrio do adolescente e coloca a droga como apenas uma das opes da vida. Para aqueles que no tm a oportunidade de se desenvolver e se formar dessa maneira, as drogas podem parecer um caminho muito mais atraente. Portan-to, a parceria da famlia com a escola torna a preveno ao uso de drogas muito mais eficaz. Nesse sentido, a escola pode propiciar, por exemplo, Palestra e grupos de discusso sobre o tema. Ao perceber que um aluno vem usando droga, deve tambm informar aos pais, dividindo assim a responsabi-lidade e propiciando a uma ajuda m-tua com objetivo de analisar a situao e propor a melhor forma de favorecer auxlio ao jovem. muito importante que os pais acompanhem o desenvol-vimento escolar de seus filhos. O reco-nhecimento e a valorizao dos jovens contribuem para o aumento da auto-estima e da autoconfiana, que por sua vez so fatores fundamentais de proteo para uso de drogas.

  • 8MariaComunicandocom Ano 7 - n 73Julho de 2012A Renovao Carismtica Catlica de nossa Parquia realizou de 2 a 8 de julho, o Seminrio de Vida. Uma oportunidade para os participantes conhecerem ou aprofundarem o rela-cionamento com Cristo. Os encontros dirios aconteceram s 19h, na igreja Nossa Senhora Auxiliadora, no Tele-park, com orao, pregao, louvor, teatro e partilha fraterna.

    Seminrio de Vida

    Festa Junina da Parquia

    A bno do mastro de Santo Antnio, So Joo e So Pedro deu incio festa junina na parquia, no dia 30 de junho. O Trio Damas de Ouro, a quadrilha infantil da parquia, o bumba meu boi e a quadrilha de Luiz Gongaza, de Parabuna, foram as atraes do sbado. No domingo, 1 de julho, teve o forr caipira do grupo Cabelo de Milho e as apresentaes das quadrilhas da Juventude e Paroquial.

    Na missa do dia 12 de junho, Pe. Thia-go concedeu a bno aos casais de namorados presentes na celebrao.

    Bno dos Namorados