composição química, atividade larvicida, repelente e ...· composição química, ......

Download Composição química, atividade larvicida, repelente e ...· Composição química, ... Comparação

Post on 10-Nov-2018

215 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 0

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO

    CENTRO DE CINCIAS BIOLGICAS

    DEPARTAMENTO DE BOTNICA

    Composio qumica, atividade larvicida, repelente e deterrente

    da oviposio de Aedes aegypti do leo essencial de Commiphora

    leptophloeos (Mart.) J. B. Gillet (Burseraceae)

    RAYANE CRISTINE SANTOS DA SILVA

    RECIFE

    2013

  • 1

    RAYANE CRISTINE SANTOS DA SILVA

    Composio qumica, atividade larvicida, repelente e deterrente

    da oviposio de Aedes aegypti do leo essencial de Commiphora

    leptophloeos (Mart.) J. B. Gillet (Burseraceae)

    RECIFE

    2013

    Dissertao apresentada ao Programa de

    Ps-Graduao em Biologia Vegetal, da

    Universidade Federal de Pernambuco, como

    parte dos requisitos para obteno do ttulo

    de Mestre.

    Orientador: Dr. Niccio Henrique da Silva

    rea de concentrao: Florstica e Sistemtica Vegetal

    Linha de Pesquisa: Botnica Aplicada

  • 2

    Catalogao na Fonte: Bibliotecrio Bruno Mrcio Gouveia, CRB-4/1788

    Silva, Rayane Cristine Santos da

    Composio qumica, atividade larvicida, repelente e deterrente da ovoposio de Aedes aegypti do leo essencial de Commiphora leptophloeos (Mart.) J. B. Gilett (Burseraceae) / Rayane Cristine Santos da Silva. Recife: O Autor, 2016. 52 f.: il. .

    Orientador: Niccio Henrique da Silva Dissertao (graduao) Universidade Federal de Pernambuco. Centro de Biocincias. Programa de Ps-graduao em Biologia Vegetal, 2016. Inclui referncias e apndices

    1. Aedes aegypti 2. Mosquito Controle I. Silva, Niccio Henrique da (orient.)

    II. Ttulo. 595.772 CDD (22.ed.) UFPE/CCB-2016-322

  • 3

    RAYANE CRISTINE SANTOS DA SILVA

    COMPOSIO QUMICA, ATIVIDADE LARVICIDA,

    REPELENTE E DETERRENTE DA OVIPOSIO DE Aedes

    aegypti DO LEO ESSENCIAL DE Commiphora leptophloeos

    (Mart.) J. B. Gillet (Burseraceae).

    APROVADA EM 28 DE FEVEREIRO DE 2013.

    BANCA EXAMINADORA:

    Dr. Niccio Henrique da Silva (Orientador) UFPE

    Dra. Maria Estrella Legaz Gonzalez Univ. Complultense de Madrid

    Dr. Antnio Fernando Morais de Oliveira - UFPE

    RECIFE PE

    2013

  • 4

    Dedico:

    A Jos Lindoval, meu pai e heri. Meus

    maiores passos foram dados porque

    tive grandes mos para me sustentar (in

    memoriam).

    Saudades eternas!

  • 5

    AGRADECIMENTOS

    Agradeo ao meu orientador Prof. Dr. Niccio Henrique por ter me fornecido toda a

    base de conhecimento cientifico que adquiri durante quase seis anos sob sua orientao, pelas

    vezes em que foi minha frente abrindo caminhos e pela presena em momentos importantes

    da minha vida.

    A Profa. Dra. Daniela Navarro por ter me dado a oportunidade de desenvolver meus

    experimentos no Laboratrio de Ecologia Qumica, onde pude ampliar conhecimentos e

    aprender novas tcnicas.

    A todos os integrantes do Laboratrio de Produtos Naturais que de forma direta ou

    indireta me ajudaram e me acompanharam durante essa jornada.

    Ao Dr. Paulo Milet-Pinheiro pela disponibilidade de ter me ensinado e ajudado

    durantes os experimentos eletrofisiolgicos.

    A Patrcia Bezerra por ter me ajudado nas anlises cromatogrficas e por ter se tornado

    uma nova amiga, aguentando minha falta de simpatia todas as vezes que um experimento no

    dava certo.

    A Geanne Novais e Kamilla Dutra por terem me iniciado nas tcnicas relacionadas

    atividade biolgica com Aedes aegypti.

    A Dra. Kelly Paixo pela disponibilidade e ajuda com os experimentos de olfatometria.

    A Alexandre Gomes pela ajuda nas coletas de campo e identificao do material

    botnico.

    As meninas do Laboratrio de Ecologia Qumica e aos rapazes que de forma direta ou

    indireta me ajudaram.

    Aos colegas da turma do mestrado, e em especial a Larissa Trigueiros por ter se

    tornado uma amiga e ter sido sempre aquela expectadora que coloca um sorriso positivo

    enquanto voc faz as apresentaes de trabalho mais tensas da sua vida.

    A Dra. Mnica Martins que me acompanhou em todas as minhas experincias

    cientficas e sempre uma opinio importante em meus trabalhos.

  • 6

    Aos meus amigos que me escutaram, acompanharam, trouxeram alegria e oraram por

    mim nesses dois anos que nem sempre foram fceis.

    Ao CNPq pela bolsa concedida.

    A minha querida famlia, me, pai, e irm, que me acompanharam, ensinaram valores

    e deram suporte durante toda a minha vida, vocs so minha base forte. Especialmente a

    minha me pelas idas Universidade nos finais de semana e feriados desde os tempos da

    Rural, sempre no sentido de proteo. E ao meu pai que apesar de no estar mais presente

    nesta vida seus valores, amor e carinho perduram.

    E principalmente a Deus pela vida, capacitao, sustento e amor.

  • 7

    Resumo

    O Aedes aegypti um mosquito de grande importncia epidemiolgica por ser o vetor

    de viroses como a febre amarela e a dengue estando distribudo entre as regies tropicais e

    subtropicais do globo. A fim de encontrar uma forma alternativa de combate ao mosquito,

    objetivou-se avaliar no presente estudo, a caracterizao qumica do leo essencial de

    Commiphora leptophloeos e sua atividade biolgica frente A. aegypti atravs de anlises

    eletrofisiolgicas, testes de atividade larvicida, repelente e deterrente de oviposio. As

    anlises por cromatografia gasosa acoplada a espectrometria de massa revelaram a presena

    de 55 compostos no leo essencial de C. leptophloeos sendo o - Felandreno, trans-

    Cariofileno e - Felandreno os constituintes do leo presentes em maior proporo,

    representando 26,26%, 18,01% e 12,93% respectivamente. Atravs de cromatografia gasosa

    acoplada deteco eletroantenogrfica foram obtidas 17 respostas aos constituintes do leo,

    sendo em sua maioria a sesquiterpenos, estando entre elas o trans- Cariofileno, um dos

    compostos majoritrios do leo. A partir dos testes comportamento de oviposio com fmeas

    grvidas de A. aegypti foi possvel observar que o leo essencial de C. leptophloeos

    apresentou atividade deterrente de oviposio nas concentraes de 100, 50 e 25 ppm, sendo a

    mdia de ovos deixadas no recipiente de teste menor que o depositado no controle (p

  • 8

    Abstract

    Aedes aegypti has a large epidemiological importance for being the vector of viruses,

    such as yellow fever and dengue fever, being distributed across the tropical and subtropical

    regions of the globe. To find an alternative way for eradicating the mosquito, in this study it

    was evaluated the chemical characterization of the essential oil of Commiphora leptophloeos

    and its biological activity against A. aegypti through electrophysiological analyzes and tests of

    larvicidal activity, repellent and oviposition deterrent. The analysis by gas chromatography-

    mass spectrometry revealed the presence of 55 compounds in the essential oil of C.

    leptophloeos being the -phellandrene, trans-caryophyllene and -phellandrene the

    constituents present in greater proportion, representing 26.26%, 18.01% and 12.93%

    respectively. By gas chromatography- electroantennographic detection were obtained 17

    responses to the constituents of the oil, most of them being the sesquiterpenes, among them

    trans-Caryophyllene, one of the major compounds from the oil. From behavior for

    oviposition, tests with pregnant females of A. aegypti reveled that the essential oil of C.

    leptophloeos showed oviposition deterrent activity at concentrations of 100, 50 and 25 ppm

    and the average of eggs left on the test vessel was smaller than the average deposited in the

    control vessel. Oviposition test were also carried out with the -phellandrene, the major

    compound of the oil, and two compounds that showed electrophysiological responses (trans-

    caryophyllene and -humulene). The -phellandrene showed no significant activity. The

    trans-Caryophyllene, in contrast, showed oviposition deterrent (p

  • 9

    LISTA DE FIGURAS

    FUNDAMENTAO TERICA

    Figura 1. Locais de ocorrncia de Commiphora leptophloeos no Brasil.............................. 17

    Figura 2. Ciclo de vida de Aedes aegypti demonstrando a fase de ovo, larva, pupa e

    adulto.....................................................................................................................

    19

    CAPTULO 1

    Figura 1. Respostas de oviposio de fmeas grvidas de Aedes aegypti ao leo

    essencial de Commiphora leptophloeos..............................................................

    40

    Figura 2. Percepo dos compostos do leo essencial de Commiphora leptophloeos

    pelas antenas de Aedes aegypti atravs de cromatografia gasosa acoplada a

    espectrometria de massa.....................................................................................

    42

    Figura 3. Respostas de oviposio de fmeas grvidas de Aedes aegypti aos compostos

    majoritrios do leo essencial de Commiphora leptophloeos e compostos que

    apresentaram respostas eletrofisiolgicas...........................................................

    43

  • 10

    LISTA DE TABELAS

    CAPTULO 1

    Tabela 1. Identificao dos constituintes do leo essencial obtido de folhas de

    Commiphora leptophloeos............