composiÇÃo de espÉcies distribuiÇÃo e abundÂncia .composiÇÃo de espÉcies, distribuiÇÃo

Download COMPOSIÇÃO DE ESPÉCIES DISTRIBUIÇÃO E ABUNDÂNCIA .COMPOSIÇÃO DE ESPÉCIES, DISTRIBUIÇÃO

Post on 07-Feb-2019

214 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

1 HAIMOVICI, M; COSTA, P.A.S.; SANDOS, R.A.; MARTINS, A.S.; OLAVO, G. 2007. Composio de espcies, distribuio e abundnciade cefalpodes do talude da regio central do Brasil. In: COSTA, P.A.S.;OLAVO, G.; MARTINS, A.S. (Eds.) Biodiversidade da faunamarinha profunda na costa central brasileira. Rio de Janeiro: Museu Nacional. p.109-132 (Srie Livros n.24).

COMPOSIO DE ESPCIES, DISTRIBUIO E ABUNDNCIADE CEFALPODES DO TALUDE DA REGIO CENTRAL DO BRASIL

MANUEL HAIMOVICI, PAULO A. S. COSTA, ROBERTA AGUIAR DOS SANTOS,AGNALDO SILVA MARTINS & GEORGE OLAVO

RESUMO: Quarenta e nove espcies de cefalpodes pertencentes a 25 famlias foram registradas em dois cruzeiros de prospecopesqueira pelgica e demersal realizados em maio-julho de 1999 e junho-julho de 2000 com redes de meia-gua e de arrasto defundo na regio central da costa brasileira. As amostras foram obtidas a bordo do N/Pq Thalassa, arrendado pelo governo doestado da Bahia em convnio com o Programa REVIZEE. As campanhas incluram 51 arrastos de meia-gua e 67 arrastos defundo com redes de grande abertura vertical, dos quais 24 e 61, respectivamente, foram positivos. Os rendimentos obtidosnessas campanhas no indicaram um potencial pesqueiro de cefalpodes na Zona Econmica Exclusiva da regio central doBrasil, porm evidenciaram uma considervel riqueza de espcies. Nos arrastos de meia-gua foram capturados 4.230 exemplarespertencentes a 12 espcies, com peso mdio de 2,5 g, entre as quais predominaram Abralia veranyi, A. redfeldi, juvenis de Loligoplei e juvenis de Illex sp. Nos arrastos de fundo, foram capturados 1.123 exemplares pertencentes a 42 espcies, com peso mdiode 163,5 g. As mais abundantes em peso foram Pholidoteuthis adami, Illex coindetti, Ornithoteuthis antillarum e Histioteuthiscorona corona. As maiores densidades em peso ocorreram na faixa de 500 a 1.500 m de profundidade. A distribuio batimtricaapresentou um nmero crescente de espcies nas faixas de profundidade crescentes. Anlises multivariadas evidenciaram certograu de variao latitudinal na composio de espcies. Verificou-se que a distribuio de vrias espcies do Hemisfrio Norte,anteriormente registradas at o Caribe, atingem o Brasil central, incluindo Rossia tortugaensis, Rossia (bullisi), Nectoteuthispourtalesi, Benthoctopus oregonae e Illex coindetti. Observou-se que espcies austrais de guas profundas, como Moroteuthisrobsoni e Moroteuthis ingens, tambm atingem baixas latitudes em guas profundas. Vampyroteuthis infernalis, Cirroteuthismuellei e Cirroteuthis magna so os primeiros registrados no Atlntico Sul ocidental.

Palavras-chave: cefalpodes, Brasil, biodiversidade, distribuio, abundncia.

ABSTRACT: Cephalopods from Eastern Brazilian continental slope.

Cephalopods of 49 species and 25 families were collected in two surveys with midwater and bottom trawls in May-July, 1999and June-July 2000 off Brazilian slope, aboard of the french research vessel Thalassa. The ship was at the service for the BahiaState, in collaboration with the REVIZEE (living resources of the Brazilian economic zone) program. Overall 51 mid-water and67 bottom fishing hauls, 24 and 61 of which had cephalopods in the catch. Yields were low and no fishing potential forcephalopods was detected but the study area showed a considerable richness of species. The catch of the midwater haulsincluded 4230 cephalopods of 12 species and a mean weight of 2.5 g among which Abralia veranyi, A. redfeldi, juveniles ofLoligo plei and of Illex sp were dominant. In the bottom trawls hauls 1123 specimens of 42 species weighting in mean 163.5g were caught. The most abundant species were Pholidoteuthis adami, Illex coindetti, Ornithoteuthis antillarum and Histioteuthiscorona corona. Higher densities occurred between 500 a 1500 m depth and diversity (number of species) increased withdepth ranges. Multivariate analysis showed some changes in the species composition with increasing latitudes. Several speciesrecorded formerly in the northern hemisphere up to the Caribbean Sea were found in the central Brazilian slope, as Rossiatortugaensis, Rossia (bullisi), Nectoteuthis pourtalesi, Benthoctopus oregonae e Illex coindetti. Species as Moroteuthis robsoniand Moroteuthis ingens, formerly known for higher latitudes, were shown to attain low latitudes in deep waters. Vampyroteuthisinfernalis, Cirroteuthis muellei e Cirroteuthis magna were first recorded for the southwestern Atlantic.

Keywords: cephalopods, Brazil, biodiversity, distribution, abundance.

INTRODUO

Os cefalpodes, junto com peixes, crustceos eoutros moluscos, constituem a quase totalidade dosrecursos pesqueiros marinhos explorados pelohomem. O nmero de espcies estimado entre 650

e 1.000, sendo importantes componentes do bentose do ncton que ocupam ambientes nerticos eocenicos e todas as faixas de profundidade, desdeo epipelagial at ao menos 5.000 m (Nesis, 1987;Norman, 2000). Os ambientes ocenicos e de guasprofundas, devido a sua vastido, abrigam o maior

M.HAIMOVICI, P.A.S.COSTA, R.A.SANTOS, A.S.MARTINS & G.OLAVO

110110

nmero de famlias de cefalpodes, e a faixa deprofundidades entre 500 e 1.500 m onde seobserva a maior diversidade de cefalpodespelgicos (Boyle & Rodhouse, 2005).

No Brasil, apenas a fauna costeira e do taludesuperior da regio sul relativamente bem conhecidaa partir do exame de colees em museus einstituies de pesquisa (Haimovici et al., 1989; Perez& Haimovici, 1991), levantamentos de cruzeiros depesquisa (Haimovici & Andriguetto, 1986; Haimovici& Perez, 1991), capturas de embarcaes comerciais(Perez et al., 2004) e de trabalhos de ecologia trficautilizando predadores (Santos & Haimovici, 2001;2002). Na regio nordeste, os estudos focaram aanlise da dieta de grandes peixes pelgicos (Vaske,2005) e polvos de guas rasas (Leite & Haimovici,2006). No h referncia de levantamentosespecficos sobre a fauna de cefalpodes das regiesnorte e central, apenas registros de exemplarescapturados nas grandes expedies do sculo XIX eincio do sculo XX e exemplares depositados emcolees de museus (Palacio, 1977; Haimovici et al.,1994). Em geral, considera-se que a fauna decefalpodes da regio ocenica da ZEE brasileira edo Atlntico Sul tropical ocidental, como um todo, pouco conhecida, quando comparada com outrasregies (Haimovici et al., 1994; Nesis, 1999; Voss &Toll, 1998).

O Programa REVIZEE na regio central incluiucampanhas de prospeco com redes de meia-guae arrasto de fundo de grande abertura vertical aolongo do talude continental superior e mdio, entreo cabo de So Tom (RJ) o Rio Real (BA). Osresultados dessas campanhas indicaram umpotencial pesqueiro muito limitado tanto em relaoa recursos demersais como de pequenos pelgicos,incluindo tanto peixes como cefalpodes (Costa etal., 2005; Madureira et al., 2004). Por outro lado,os cruzeiros real izados representaram umaoportunidade nica para a coleta sistemtica decefalpodes desde a borda da plataforma atprofundidades superiores a 2.000 m.

O presente captulo tem como objetivo caracterizar afauna de cefalpodes do talude da regio central emtermos de riqueza de espcies, abundncia relativa edistribuio latitudinal e batimtrica. Uma descriotaxonmica detalhada das espcies capturadas no foi

objetivo deste trabalho, embora comentrios sobre aidentificao da maioria das espcies tenham sidoincludos. Como resultado, foi registrado um nmeroelevado de espcies antes no registradas para o Brasil,assim como alguns exemplares de espciesprovavelmente ainda no descritas.

MATERIAL E MTODOS

As amostras foram obtidas em duas campanhas deprospeco pesqueira com o navio Thalassa, doInstituto Francs de Pesquisas para a Explotao doMar (IFREMER), arrendado pela Bahia Pesca S.A.,visando o levantamento dos recursos pesqueirosentre o Rio Real (BA) e o Cabo de So Tom (RJ)(11o- 22oS) como parte das atividades do ProgramaREVIZEE na costa central brasileira.

A primeira campanha, de prospeco pesqueira pelgicapor mtodo hidroacstico, denominada Bahia-1, incluiu51 arrastos efetivos de meia-gua e 10 arrastos de fundo,realizados entre 25 de maio e 7 de julho de 1999 aolongo da costa e sobre os bancos ocenicos (Figura 1a).A rede de meia-gua utilizada era de 292 m decircunferncia, 191 m de comprimento e malha de 20mm no saco e 6 mm entre ns opostos com a malhaesticada no forro interno. Os arrastos de fundo foramrealizados entre 56 e 910 m de profundidade, com umarede tipo GOV com 47 m de tralha superior e 36 m detralha inferior, equipada com 45 bobinas de borrachade 10-20 cm de dimetro; as malhas foram de 50 mmno saco e de 20 mm no forro interno.

A segunda campanha, denominada Bahia-2, visava prospeco de recursos demersais com arrasto defundo sobre a quebra de plataforma e no taludecontinental, tendo sido realizados 58 lances entre 180e 2.200 m e distribudos ao longo da costa centralentre 6 de junho e 10 de julho de 2000 (Figura 1b).Nessa campanha foi utilizada uma rede de arrasto dotipo ARROW. Esta possui um conjunto de 40 bobinasde borracha, com 53,3 cm de dimetro, dispostas aolongo da tralha inferior (26,8 m) e uma tralha superior(47,2 m), com flutuadores capazes de suportarprofundidades de at 2.200 m. As portas eram dotipo WV-12, com uma rea de 7 m2 e 2.200 kg depeso total. A distncia entre as portas e a rede foi de135 m, que eram ligadas ao guincho principal donavio por um cabo real de arrasto. Os tamanhos de

COMPOSIO DE ESPCIES, DISTRIBUIO E ABUNDNCIA DE CEFALPODES DO TALUDE DA REGIO CENTRAL DO BRASIL

111111

malha foram: 110 mm no saco da rede e de 20 mmno forro interno, medido entre ns opostos com amalha esticada. Em mdia, durante os arrastosrealizados, a abertura horizontal da rede variou entre28 e 45,5 m, e a abertura vertical entre 3 e 10,6 m,correspondendo a uma abertura mdia de 195 m2.Maiores detalhes sobre o navio, os petrechos e ascampanhas em Costa et al. (2005).

Na campanha

Recommended

View more >