como vencer os sentimentos negativos - iní .pessoa que pensa afirmará que vivemos num mundo...

Download COMO VENCER OS SENTIMENTOS NEGATIVOS - Iní .pessoa que pensa afirmará que vivemos num mundo perfeito,

Post on 07-Nov-2018

214 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • DADOS DE COPYRIGHT

    Sobre a obra:

    YsdronNewsTime apresenta essa obrar apresenta essa obrar, com o objetivo de oferecer

    contedo para uso parcial em pesquisas e estudos acadmicos, bem como o simples teste da

    qualidade da obra, com o fim exclusivo de compra futura. expressamente proibida e

    totalmente repudivel a venda, aluguel, ou quaisquer usos comerciais do presente contedo.

    Sobre ns:

    O Ysdron disponibiliza contedo de domnio pblico e propriedade intelectual de forma

    totalmente gratuita, por acreditar que o conhecimento e a educao de uma forma de se

    libertar e se livre a toda e qualquer pessoa. Voc pode encontrar mais obras em nosso site:

    Ysdronnewstime.weebly.com.

    Ysdronnewstime.com.

    "O mundo e um lugar perigoso, no por causa dos que fazem, mas por causa dos que veem

    e no fazem nada."

    Ttulo original: "Creative Living for Today"

    Copyright 1967, Maxwell Maltz

    Crculo do Livro S.A.

    So Paulo, Brasil

    Traduo: Carlos Nayfeld

    Licena editorial para o Crculo do Livro por cortesia da Editora Artenova S.A.

    As histrias deste livro so verdadeiras, mas em alguns casos foram usados nomes fictcios.

  • PREFCIO

    As pessoas vivem cada vez mais nos dias de hoje; beneficiam-se do interesse governamental

    por seus problemas e do nosso crescente padro de vida. Contudo, acham a vida difcil.

    Escrevo este livro porque a necessidade de uma obra deste gnero muito grande, pois os

    anos das pessoas so desperdiados.

    Todo o nosso conceito de vida tem sido falso; h uma. necessidade drstica de mudar o nosso

    pensamento.

    Devemos fazer algo a respeito da inutilidade que tantas pessoas sentem; devemos fazer algo

    para devolver-lhes o sentimento de valor humano; devemos ajud-las a reafirmar sua crena

    em seu auto-respeito.

    Nos ltimos dez ou vinte anos vimos o incio de uma campanha resoluta destinada a

    proporcionar aos negros os direitos de oportunidade igual e auto-respeito humano; o mesmo

    deveria ser feito para as pessoas em geral, que so vtimas no do preconceito, mas da inrcia.

    O cidado individual deve preparar-se para enfrentar os desafios da vida criativa. Deve

    desejar uma mudana positiva em sua norma de vida, em sua atitude para consigo mesmo e em

    sua imagem de si mesmo, medida que se move construtivamente na corrente de vida que o

    cerca.

    Uma finalidade deste livro mostrar s pessoas que elas no precisam retirar-se da vida,

    adotar uma norma negativa de vida, que elas podem viver criativamente neste sculo de

    pessimismo.

    As pessoas devem aprender que quando fixam metas objetivas e seguem o hbito dirio de

    atingi-las a vida delas ter um significado. Devem compreender que a vida mais do que uma

    sucesso de vcuos de vinte e quatro horas. Todas as pessoas devem compreender que a vida

    criativa comea agora.

    O maior inimigo da vida a norma passiva a que as pessoas se entregam; dizendo a si

    mesmas que so pontinhos insignificantes num mundo enorme, elas tendem a contentar-se com

    um mnimo de entretenimento e se tornam simples "observadoras" num mundo que no toma

    conhecimento delas.

    uma idia bsica minha que enquanto voc est vivendo voc vive. Seus dias so cheios

  • de metas. Voc trabalha para fortalecer seus recursos, os instintos de sucesso dentro de voc

    todo, de modo que sai para o mundo com o melhor que est dentro de si mesmo. Constri uma

    imagem mental mais satisfatria de si mesmo. V que o conceito de seu prprio valor como

    pessoa que ativa e reativa o funcionamento de seu mecanismo de sucesso, sua capacidade

    inerente de conseguir realizao, ou que mergulha voc numa srie de fracassos. Assim, voc

    trabalha para bombear sade e mais sade em sua auto-imagem, dirigindo sua mente para metas

    produtivas, que meu conceito de psicociberntica.

    Um exagerado pensamento negativo est corroendo a mente das pessoas hoje em dia. Muitas

    pessoas desperdiam a vida sentindo-se deprimidas, perguntando-se para que serve a vida.

    Sinto que meu livro lhes dar esta esperana: que a vida pode ser uma aventura, que ainda

    existem novos horizontes, que no h fim para a fronteira espiritual.

    Seus anos no precisam ser vividos num calabouo emocional; voc pode sair para a vida

    objetivamente, utilmente e com orgulho de si mesmo.

    apenas ser realista dizer que, nesta "era de ansiedade", seus anos podem ser felizes.

    Maxwell Maltz

  • CAPTULO 1

    A procura de seus poderes criadores

    A vida deve ser uma aventura produtiva, crescente, para todos ns. Como criaturas do mundo

    natural, transcendendo as limitaes animais com o nosso equipamento mental singular, somos

    dotados de ferramentas poderosas para construir a felicidade.

    As rvores verdes e as guas azuis calmas em torno de ns proporcionam prazer a nossos

    sentidos e nos fornecem frutas e peixes para comer, enquanto l em cima no cu o sol derrama

    seu calor sobre ns. Embaixo de ns o solo frtil promete-nos ricos vegetais para nutrir nossos

    rgos.

    O cavalo e o cachorro so nossos amigos; a vaca e a galinha nos do leite, ovos e carne. Do

    amor e do desejo natural vm os bebs, que se tornam crianas e mais tarde assumem a

    responsabilidade de adultos em nossa comunidade. Dentro de ns circula o sangue, renovando

    nossos tecidos; a mquina mais eficiente jamais criada trabalha dentro de nosso corpo.

    Mais que tudo isso, nossa mente nossa e, com ela, podemos criar. Criamos maravilhas

    mecnicas: automveis, arranha-cus, avies, geladeiras, aparelhos de ar condicionado,

    televiso, satlites no espao extraterrestre. Com ela, podemos criar contentamento,

    contentamento num mundo alegre em que podemos operar mquinas para eliminar a maioria

    dos perigos e dificuldades.

    No somente nossa potencialidade construir vidas significativas, mas tambm uma

    obrigao para conosco.

    E contudo a busca da felicidade , para muita gente, como um grotesco congestionamento

    de trnsito. O motor mantm-se em funcionamento, mas o carro no pode mover-se.

    Muita gente renunciou felicidade; muita gente sente que a vida perdeu o estmulo que podia

    oferecer-lhe; muita gente no encontra finalidade em sua existncia.

    Por que acontece isso? Por que as pessoas renunciam vida? Por que renunciam a si

    mesmas?

    "A velocidade muito grande", dizem algumas. Apontam para os carros que roncam a cem

    quilmetros por hora em nossas estradas, para os jatos que zunem a quase mil quilmetros por

    hora nos cus. Falam na agitao e afobao da vida citadina, na velocidade com que as pessoas

  • se movimentam nos dias de trabalho. Criticam as mudanas em nossas idias: sobre o sexo,

    sobre a arte, sobre a moda. Quem pode acompanhar essas revolues do pensamento?

    "A individualidade est morta", dizem outras. "As grandes empresas dominam os negcios;

    o pequeno homem de negcios est desaparecendo; a automao est afligindo as pessoas. As

    pessoas esto se tornando dados, a serem arquivados no alimentador da mquina gigante a

    caminho de sua desumanizao."

    "A humanidade est condenada", proclamam outras. "Cada ano mais e mais naes possuem

    armas nucleares. Mais cedo ou mais tarde, haver um holocausto nuclear. Mesmo que evitemos

    isso, a disputa radioativa nos matar lentamente."

    Muito bem, h alguma verdade nas crticas ao mundo de hoje, no nego isso. Nenhuma

    pessoa que pensa afirmar que vivemos num mundo perfeito, ou que vivemos num mundo sem

    perigos tremendos.

    Mas as pessoas sempre viveram com a imperfeio e o perigo. Atravs de toda a histria

    encontramos pessoas enfrentando problemas; algumas viviam magnificamente, outras tinham

    medo de viver.

    E assim acontece hoje. H pessoas que vivem e pessoas que usam justificativas para no

    viverem plenamente.

    As crticas ao mundo moderno s servem de empecilhos se levam as pessoas a se afastarem

    da vida. Tais crticas so invlidas se isto, e no a avaliao construtiva, o seu propsito.

    No h desculpa para o pensamento negativo que desperdia a vida humana. Quando uma

    pessoa mergulha nesse tipo de pensamento, comete um crime inqualificvel contra si mesma.

    Contudo, em nossa complexa civilizao as pessoas mais freqentemente vivem com tdio

    ou inquietao do que com aventura.

    Agora que estou comeando a escrever este livro sobre vida criativa, antevejo cada captulo

    cada pgina com entusiasmo. Porque desejo comunicar-lhe minhas idias sobre o

    significado da vida. Porque anseio contar-lhe a respeito da boa vida que voc pode tornar

    realidade.

    J escrevi muitos livros; mas nunca houve um que eu desejasse escrever mais do que este.

    Penso que tenho uma certa perspectiva. Estando com mais de sessenta e cinco anos de idade,

    senti durante muito tempo os problemas de um ser humano que quer aproveitar o mximo de

    sua vida. Tenho levado a existncia com os olhos abertos e acho que o que os meus olhos tm

    visto os seus tambm podem ver.

  • Quero partilhar minha verdade com voc: que a vida encantadora, otimista, pode ser uma

    realidade para as pessoas, hoje.

    Quantas pessoas no vem esta verdade; as justificativas a obscurecem e o derrotismo a

    esmaga. Contudo, ela to real quanto a mesa em que voc come; to real quanto o fato de

    que voc macho ou fmea.

    Ao contrrio do que muita gente pensa, a verdade pode ser agradvel.

    Operando em sua mente

    Sou cirurgio plstico h uns quarenta anos. Tenho melhorad