como funciona o sistema - do sistema  · pequenos pontos de venda pontos de retoma grandes

Download Como funciona o sistema - do Sistema   · Pequenos Pontos de Venda Pontos de Retoma Grandes

Post on 10-Nov-2018

215 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1 VALORFITO - Sistema Integrado de Gesto de Embalagens e Resduos em Agricultura

    Como funciona

    VALORFITO?o sistema

  • 2 VALORFITO - Sistema Integrado de Gesto de Embalagens e Resduos em Agricultura

    O Valorfito orgulha-se de ajudar os agricultores a encontrarem um destino adequado para os resduos de embalagens de produtosfitofarmacuticos, biocidase sementes que so gerados nas exploraes agrcolas.Por amor terra.

  • Funcionamento do Sistema Valorfito 32 VALORFITO - Sistema Integrado de Gesto de Embalagens e Resduos em Agricultura

    1 . MBITO

    O Despacho n 6560/2017 concede Sigeru, Lda., entidade

    responsvel pelo Sistema Valorfito, licena para a gesto de

    resduos de embalagens primrias dos seguintes produtos:

    :: Produtos fitofarmacuticos, homologados ao abrigo do

    Regulamento EU n 1107/2009;

    :: Biocidas de controlo de animais prejudiciais e de prote-

    o da madeira homologados ao abrigo do Regulamen-

    to EU n 528/2012;

    :: Sementes destinadas a utilizao profissional.

    Fazem parte da responsabilidade do Valorfito as embala-

    gens primrias (que esto em contacto direto com o produ-

    to), de todas as dimenses e capacidades, independente-

    mente do tipo de material de que so constitudas.

    As embalagens abrangidas pelo Valorfito devem, obrigato-

    riamente, ostentar no seu rtulo o smbolo identificador do

    sistema.

    Os resduos de embalagens primrias acima mencionadas

    so considerados perigosos, classificados com o Cdigo

    LER 15 01 10*, com excepo das embalagens que tenham

    contido sementes no tratadas com qualquer tipo de pro-

    duto.

  • 4 VALORFITO - Sistema Integrado de Gesto de Embalagens e Resduos em Agricultura

    Viso Global 2016 ClipboardPageNumber

    APA

    DGAV

    Pequenos Pontos de VendaPontos de Retoma

    GrandesAgricultores

    Pequeno e MdioAgricultor

    OperadoresEconmicos

    DistribuidoresPontos de Retoma

    Operador de Gesto de Resduos

    Fluxo de informao Fluxo financeiro Produtos (embalagens) Resduos de embalagens

    Outros Utilizadores

    Viveiros, aplicadores profissionais e prestadores de servios

    Como funciona o sistemaVALORFITO?

  • 4 VALORFITO - Sistema Integrado de Gesto de Embalagens e Resduos em Agricultura Funcionamento do Sistema Valorfito 5

    Viso Global 2016 ClipboardPageNumber

    APA

    DGAV

    Pequenos Pontos de VendaPontos de Retoma

    GrandesAgricultores

    Pequeno e MdioAgricultor

    OperadoresEconmicos

    DistribuidoresPontos de Retoma

    Operador de Gesto de Resduos

    Fluxo de informao Fluxo financeiro Produtos (embalagens) Resduos de embalagens

    Outros Utilizadores

    Viveiros, aplicadores profissionais e prestadores de servios

    2 . INTERVENIENTES E RESPETIVA PARTICIPAO NO SISTEMA

    :: 2.1 Operadores econmicos

    Empresas responsveis pela colocao de produtos no mercado nacional, embaladores e/ou

    importadores de produtos. Incluem-se todos os detentores de uma Autorizao de Venda,

    concedida por autoridade competente, sempre que a mesma seja exigida para a colocao

    dos respetivos produtos no mercado. Esto nesta situao, os produtos fitofarmacuticos e

    os biocidas includos no mbito Valorfito.

    Os operadores econmicos devem ter um contrato com a Sigeru, vlido at ao final do pero-

    do de vigncia da atual licena 31 de Dezembro de 2022. Com este contrato, os operadores

    econmicos transferem para a Sigeru a responsabilidade pela gesto dos seus resduos de

    embalagens.

    Os operadores econmicos contribuem para o sistema Valorfito atravs do pagamento de

    uma prestao financeira anual Ecovalor, proporcional s embalagens que anualmente co-

    locam no mercado nacional.

    :: 2.2 Rede de recolha

    Os resduos de embalagens da responsabilidade do Valorfito podem ser recolhidos em:

    2.2.1 Estabelecimentos de venda autorizados / Pontos de Retoma

    Empresas que esto aptas para a comercializao de produtos fitofarmacuticos ao abrigo

    da Lei n 26/2013. De acordo com a legislao estes estabelecimentos esto obrigados a

    retomar as embalagens vazias destes produtos, consequentemente a inscreverem-se no Va-

    lorfito, no podendo recusar recolher embalagens de produtos que no tenham sido por si

    vendidos. Uma vez que esto aptos a retomar embalagens de produtos fitofarmacuticos,

    ficam tambm em condies de o fazer para sementes e biocidas.

    O Valorfito fornece um dstico prprio que deve ser afixado em local bem visvel, para assim

    ficarem claramente identificados como Pontos de Retoma.

    As embalagens retomadas devem ser armazenadas temporariamente em espao que deve

    ter as mesmas condies de segurana e higiene que a lei define para os produtos fitofarma-

    cuticos ou no interior do prprio armazm destes produtos.

  • 6 VALORFITO - Sistema Integrado de Gesto de Embalagens e Resduos em Agricultura

    O Valorfito promove a sustentabilidadede uma agricultura moderna, cada vez mais respeitadora do ambiente.

  • 6 VALORFITO - Sistema Integrado de Gesto de Embalagens e Resduos em Agricultura Funcionamento do Sistema Valorfito 7

    2.2.2 Utilizadores Finais

    Enquadram-se neste grupo:

    :: Exploraes agrcolas que, pela sua dimenso, possam ser consideradas locais de levanta-

    mento direto de resduos;

    :: Viveiros de produo de plantas que, no caso das embalagens de sementes de hortcolas,

    devem ser considerados os pontos fundamentais de concentrao dos respetivos resduos

    de embalagens;

    :: Empresas prestadoras de servios de aplicao quer de produtos fitofarmacuticos quer

    de biocidas, que acabam por ficar na posse dos resduos de embalagens.

    Em qualquer dos casos, necessria a solicitao de inscrio como Ponto de Retoma e de-

    vem ser seguidas as regras de segurana previstas na lei, no que diz respeito armazenagem

    das embalagens vazias.

    :: 2.3 Agricultores e outros produtores de resduos de embalagens

    Os produtores agrcolas so os principais geradores de resduos de embalagens de produtos

    fitofarmacuticos e de sementes de uso profissional. Devem proceder ao armazenamento

    temporrio desses resduos, na explorao agrcola, no mesmo espao onde so armazena-

    dos os fitofrmacos. Posteriormente devem proceder sua entrega num Ponto de Retoma

    autorizado. Igual procedimento deve ser seguido por outros produtores de resduos desta

    natureza, quando a sua dimenso no justifica um levantamento direto por parte do Valorfito.

    De acordo com a legislao em vigor as embalagens vazias de produtos fitofarmacuticos,

    biocidas e sementes, devem ser obrigatoriamente encaminhadas para o sistema Valorfito.

    :: 2.4 Operador de gesto de resduos

    Empresa contratada pelo Valorfito responsvel pelos servios de recolha, transporte e reci-

    clagem / valorizao dos resduos. A contratao feita por concurso pblico e a referida

    empresa tem que estar devidamente licenciada para o efeito.

  • 8 VALORFITO - Sistema Integrado de Gesto de Embalagens e Resduos em Agricultura

    Defendemos um sistema simples no funcionamentoe eficaz nos resultados, com uma taxa de retoma acima dos 50%*

    * Dados de 2016

  • 8 VALORFITO - Sistema Integrado de Gesto de Embalagens e Resduos em Agricultura Funcionamento do Sistema Valorfito 9

    3 . REGRAS E CONDIES DE OPERACIONALIDADE

    :: 3.1 Fluxo financeiro

    O sistema Valorfito isento de contrapartidas financeiras com excepo daquelas que de-

    correm das condies contratuais entre a Sigeru, Operadores Econmicos e Operadores de

    Gesto de Resduos. Os operadores econmicos so as entidades que financiam o sistema.

    Declaram ao Valorfito a quantidade (kg) de material de embalagem colocado no mercado

    anualmente e efetuam o pagamento do designado Ecovalor.

    Por sua vez, o operador de gesto de resduos contratado, cobra ao Valorfito um preo rela-

    tivo aos servios de recolha, transporte e tratamento dos resduos.

    :: 3.2 Preparao das embalagens vazias

    Todas as embalagens rgidas com capacidade inferior a 25 litros e que tenham contido um

    produto para aplicar em forma de calda, devem ser triplamente lavadas aquando da ltima

    utilizao, devendo as guas de lavagem ser utilizadas para completar a calda de pulveriza-

    o. As restantes devem ser esvaziadas do seu contedo e acondicionadas como tal.

    A indicao do procedimento a seguir, nomeadamente se deve ou no ser efetuada a opera-

    o de tripla lavagem est indicada no rtulo da embalagem.

    As embalagens rgidas de capacidade inferior a 25 litros devem ser colocadas nos sacos

    Valorfito, retirando a tampa, que deve tambm ser colocada no mesmo saco. aconselhvel

    comprimir as embalagens antes de as colocar no saco de forma a economizar espao.

    As embalagens devem ser armazenadas na explorao agrcola, em condies de segurana,

    no mesmo espao dos fitofrmacos, bem limpas e lavadas e sem quaisquer restos de produ-

    to ou a escorrer.

    :: 3.3 Recipientes (sacos) Valorfito

    O Valorfito disponibiliza recipientes prprios para o acondicionamento e armazenamento

    temporrio de embalagens vazias. Existem os seguintes tipos de sacos:

    :: Transparentes incolores, para embalagens perigosas; sacos com capacidades de 50L, 115L

    e 600L.

    :: Transparentes de cor verde, para embalagens no perigosas (sementes no tratadas); sa-

    cos com capacidade de 600L.

    Os sacos Valorfito so fornecidos em regime de cauo, isto , o primeiro pago e, contra a

    sua entrega, j cheio, h lugar a uma reposio de um outro vazio, gratuito, do mesmo tipo.

Recommended

View more >