Como funciona o sistema - do Sistema Valorfito.pdf · Pequenos Pontos de Venda Pontos de Retoma Grandes…

Download Como funciona o sistema - do Sistema Valorfito.pdf · Pequenos Pontos de Venda Pontos de Retoma Grandes…

Post on 10-Nov-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

TRANSCRIPT

<ul><li><p>1 VALORFITO - Sistema Integrado de Gesto de Embalagens e Resduos em Agricultura</p><p>Como funciona</p><p>VALORFITO?o sistema</p></li><li><p>2 VALORFITO - Sistema Integrado de Gesto de Embalagens e Resduos em Agricultura</p><p>O Valorfito orgulha-se de ajudar os agricultores a encontrarem um destino adequado para os resduos de embalagens de produtosfitofarmacuticos, biocidase sementes que so gerados nas exploraes agrcolas.Por amor terra.</p></li><li><p>Funcionamento do Sistema Valorfito 32 VALORFITO - Sistema Integrado de Gesto de Embalagens e Resduos em Agricultura</p><p>1 . MBITO</p><p>O Despacho n 6560/2017 concede Sigeru, Lda., entidade </p><p>responsvel pelo Sistema Valorfito, licena para a gesto de </p><p>resduos de embalagens primrias dos seguintes produtos:</p><p>:: Produtos fitofarmacuticos, homologados ao abrigo do </p><p>Regulamento EU n 1107/2009;</p><p>:: Biocidas de controlo de animais prejudiciais e de prote-</p><p>o da madeira homologados ao abrigo do Regulamen-</p><p>to EU n 528/2012;</p><p>:: Sementes destinadas a utilizao profissional.</p><p>Fazem parte da responsabilidade do Valorfito as embala-</p><p>gens primrias (que esto em contacto direto com o produ-</p><p>to), de todas as dimenses e capacidades, independente-</p><p>mente do tipo de material de que so constitudas.</p><p>As embalagens abrangidas pelo Valorfito devem, obrigato-</p><p>riamente, ostentar no seu rtulo o smbolo identificador do </p><p>sistema.</p><p>Os resduos de embalagens primrias acima mencionadas </p><p>so considerados perigosos, classificados com o Cdigo </p><p>LER 15 01 10*, com excepo das embalagens que tenham </p><p>contido sementes no tratadas com qualquer tipo de pro-</p><p>duto.</p></li><li><p>4 VALORFITO - Sistema Integrado de Gesto de Embalagens e Resduos em Agricultura</p><p> Viso Global 2016 ClipboardPageNumber</p><p>APA</p><p>DGAV</p><p>Pequenos Pontos de VendaPontos de Retoma</p><p>GrandesAgricultores</p><p>Pequeno e MdioAgricultor</p><p>OperadoresEconmicos</p><p>DistribuidoresPontos de Retoma</p><p>Operador de Gesto de Resduos</p><p>Fluxo de informao Fluxo financeiro Produtos (embalagens) Resduos de embalagens</p><p>Outros Utilizadores </p><p>Viveiros, aplicadores profissionais e prestadores de servios</p><p>Como funciona o sistemaVALORFITO?</p></li><li><p>4 VALORFITO - Sistema Integrado de Gesto de Embalagens e Resduos em Agricultura Funcionamento do Sistema Valorfito 5</p><p> Viso Global 2016 ClipboardPageNumber</p><p>APA</p><p>DGAV</p><p>Pequenos Pontos de VendaPontos de Retoma</p><p>GrandesAgricultores</p><p>Pequeno e MdioAgricultor</p><p>OperadoresEconmicos</p><p>DistribuidoresPontos de Retoma</p><p>Operador de Gesto de Resduos</p><p>Fluxo de informao Fluxo financeiro Produtos (embalagens) Resduos de embalagens</p><p>Outros Utilizadores </p><p>Viveiros, aplicadores profissionais e prestadores de servios</p><p> 2 . INTERVENIENTES E RESPETIVA PARTICIPAO NO SISTEMA</p><p>:: 2.1 Operadores econmicos</p><p>Empresas responsveis pela colocao de produtos no mercado nacional, embaladores e/ou </p><p>importadores de produtos. Incluem-se todos os detentores de uma Autorizao de Venda, </p><p>concedida por autoridade competente, sempre que a mesma seja exigida para a colocao </p><p>dos respetivos produtos no mercado. Esto nesta situao, os produtos fitofarmacuticos e </p><p>os biocidas includos no mbito Valorfito. </p><p>Os operadores econmicos devem ter um contrato com a Sigeru, vlido at ao final do pero-</p><p>do de vigncia da atual licena 31 de Dezembro de 2022. Com este contrato, os operadores </p><p>econmicos transferem para a Sigeru a responsabilidade pela gesto dos seus resduos de </p><p>embalagens.</p><p>Os operadores econmicos contribuem para o sistema Valorfito atravs do pagamento de </p><p>uma prestao financeira anual Ecovalor, proporcional s embalagens que anualmente co-</p><p>locam no mercado nacional.</p><p>:: 2.2 Rede de recolha</p><p>Os resduos de embalagens da responsabilidade do Valorfito podem ser recolhidos em:</p><p>2.2.1 Estabelecimentos de venda autorizados / Pontos de Retoma</p><p>Empresas que esto aptas para a comercializao de produtos fitofarmacuticos ao abrigo </p><p>da Lei n 26/2013. De acordo com a legislao estes estabelecimentos esto obrigados a </p><p>retomar as embalagens vazias destes produtos, consequentemente a inscreverem-se no Va-</p><p>lorfito, no podendo recusar recolher embalagens de produtos que no tenham sido por si </p><p>vendidos. Uma vez que esto aptos a retomar embalagens de produtos fitofarmacuticos, </p><p>ficam tambm em condies de o fazer para sementes e biocidas.</p><p>O Valorfito fornece um dstico prprio que deve ser afixado em local bem visvel, para assim </p><p>ficarem claramente identificados como Pontos de Retoma. </p><p>As embalagens retomadas devem ser armazenadas temporariamente em espao que deve </p><p>ter as mesmas condies de segurana e higiene que a lei define para os produtos fitofarma-</p><p>cuticos ou no interior do prprio armazm destes produtos.</p></li><li><p>6 VALORFITO - Sistema Integrado de Gesto de Embalagens e Resduos em Agricultura</p><p>O Valorfito promove a sustentabilidadede uma agricultura moderna, cada vez mais respeitadora do ambiente.</p></li><li><p>6 VALORFITO - Sistema Integrado de Gesto de Embalagens e Resduos em Agricultura Funcionamento do Sistema Valorfito 7</p><p>2.2.2 Utilizadores Finais</p><p>Enquadram-se neste grupo:</p><p>:: Exploraes agrcolas que, pela sua dimenso, possam ser consideradas locais de levanta-</p><p>mento direto de resduos;</p><p>:: Viveiros de produo de plantas que, no caso das embalagens de sementes de hortcolas, </p><p>devem ser considerados os pontos fundamentais de concentrao dos respetivos resduos </p><p>de embalagens;</p><p>:: Empresas prestadoras de servios de aplicao quer de produtos fitofarmacuticos quer </p><p>de biocidas, que acabam por ficar na posse dos resduos de embalagens.</p><p>Em qualquer dos casos, necessria a solicitao de inscrio como Ponto de Retoma e de-</p><p>vem ser seguidas as regras de segurana previstas na lei, no que diz respeito armazenagem </p><p>das embalagens vazias.</p><p>:: 2.3 Agricultores e outros produtores de resduos de embalagens</p><p>Os produtores agrcolas so os principais geradores de resduos de embalagens de produtos </p><p>fitofarmacuticos e de sementes de uso profissional. Devem proceder ao armazenamento </p><p>temporrio desses resduos, na explorao agrcola, no mesmo espao onde so armazena-</p><p>dos os fitofrmacos. Posteriormente devem proceder sua entrega num Ponto de Retoma </p><p>autorizado. Igual procedimento deve ser seguido por outros produtores de resduos desta </p><p>natureza, quando a sua dimenso no justifica um levantamento direto por parte do Valorfito.</p><p>De acordo com a legislao em vigor as embalagens vazias de produtos fitofarmacuticos, </p><p>biocidas e sementes, devem ser obrigatoriamente encaminhadas para o sistema Valorfito.</p><p>:: 2.4 Operador de gesto de resduos</p><p>Empresa contratada pelo Valorfito responsvel pelos servios de recolha, transporte e reci-</p><p>clagem / valorizao dos resduos. A contratao feita por concurso pblico e a referida </p><p>empresa tem que estar devidamente licenciada para o efeito.</p></li><li><p>8 VALORFITO - Sistema Integrado de Gesto de Embalagens e Resduos em Agricultura</p><p>Defendemos um sistema simples no funcionamentoe eficaz nos resultados, com uma taxa de retoma acima dos 50%*</p><p>* Dados de 2016</p></li><li><p>8 VALORFITO - Sistema Integrado de Gesto de Embalagens e Resduos em Agricultura Funcionamento do Sistema Valorfito 9</p><p>3 . REGRAS E CONDIES DE OPERACIONALIDADE</p><p>:: 3.1 Fluxo financeiro</p><p>O sistema Valorfito isento de contrapartidas financeiras com excepo daquelas que de-</p><p>correm das condies contratuais entre a Sigeru, Operadores Econmicos e Operadores de </p><p>Gesto de Resduos. Os operadores econmicos so as entidades que financiam o sistema. </p><p>Declaram ao Valorfito a quantidade (kg) de material de embalagem colocado no mercado </p><p>anualmente e efetuam o pagamento do designado Ecovalor. </p><p>Por sua vez, o operador de gesto de resduos contratado, cobra ao Valorfito um preo rela-</p><p>tivo aos servios de recolha, transporte e tratamento dos resduos.</p><p>:: 3.2 Preparao das embalagens vazias</p><p>Todas as embalagens rgidas com capacidade inferior a 25 litros e que tenham contido um </p><p>produto para aplicar em forma de calda, devem ser triplamente lavadas aquando da ltima </p><p>utilizao, devendo as guas de lavagem ser utilizadas para completar a calda de pulveriza-</p><p>o. As restantes devem ser esvaziadas do seu contedo e acondicionadas como tal.</p><p>A indicao do procedimento a seguir, nomeadamente se deve ou no ser efetuada a opera-</p><p>o de tripla lavagem est indicada no rtulo da embalagem.</p><p>As embalagens rgidas de capacidade inferior a 25 litros devem ser colocadas nos sacos </p><p>Valorfito, retirando a tampa, que deve tambm ser colocada no mesmo saco. aconselhvel </p><p>comprimir as embalagens antes de as colocar no saco de forma a economizar espao. </p><p>As embalagens devem ser armazenadas na explorao agrcola, em condies de segurana, </p><p>no mesmo espao dos fitofrmacos, bem limpas e lavadas e sem quaisquer restos de produ-</p><p>to ou a escorrer.</p><p>:: 3.3 Recipientes (sacos) Valorfito</p><p>O Valorfito disponibiliza recipientes prprios para o acondicionamento e armazenamento </p><p>temporrio de embalagens vazias. Existem os seguintes tipos de sacos:</p><p>:: Transparentes incolores, para embalagens perigosas; sacos com capacidades de 50L, 115L </p><p>e 600L.</p><p>:: Transparentes de cor verde, para embalagens no perigosas (sementes no tratadas); sa-</p><p>cos com capacidade de 600L.</p><p>Os sacos Valorfito so fornecidos em regime de cauo, isto , o primeiro pago e, contra a </p><p>sua entrega, j cheio, h lugar a uma reposio de um outro vazio, gratuito, do mesmo tipo.</p><p>Os estabelecimentos com venda autorizada de produtos fitofarmacuticos esto obrigados </p><p>por lei a possuir sacos Valorfito para fornecer aos agricultores.</p></li><li><p>10 VALORFITO - Sistema Integrado de Gesto de Embalagens e Resduos em Agricultura</p><p>:: 3.4 Procedimento de entrega num Ponto de Retoma</p><p>Os sacos Valorfito com as embalagens vazias devem ser entregues depois de cheios, </p><p>devidamente fechados e em boas condies de conservao, por exemplo, ausncia de </p><p>rasgos. As embalagens rgidas de capacidade superior a 25 litros devem ser entregues </p><p>separadamente, fora dos sacos.</p><p>Na entrega de embalagens, o agricultor deve pedir o respectivo comprovativo de entrega </p><p>que ter que ser fornecido pelo Ponto de Retoma.</p><p>O Ponto de Retoma regista a entrega na plataforma Extranet Valorfito, tendo em consi-</p><p>derao o nmero de sacos de cada tipo que foram entregues, bem como as embalagens </p><p>fora de sacos. da sua responsabilidade verificar as condies em que lhe foram entre-</p><p>gues os resduos, nomeadamente se os sacos esto danificados ou se existem embala-</p><p>gens com restos de produtos ou a verter. No podem ser aceites sacos que no sejam </p><p>do Valorfito.</p><p>:: 3.5 Procedimento de levantamento de resduos</p><p>O pedido de levantamento de resduos feito atravs da Extranet Valorfito que, aps </p><p>validado pela Sigeru, encaminhado para o Operador de Gesto de Resduos contratado </p><p>para efetuar o servio de recolha.</p><p>Um Ponto de Retoma pode pedir um levantamento em qualquer uma das suas instala-</p><p>es prprias ou diretamente numa explorao agrcola. Em ambos os casos, a respon-</p><p>sabilidade da operao de levantamento perante o Valorfito do Ponto de Retoma, que </p><p>deve ter em conta que so cumpridas as regras bsicas seguintes, para alm das que j </p><p>foram descritas anteriormente:</p><p>:: Colagem de etiquetas Valorfito em todos os sacos a levantar, bem como nas emba-lagens rgidas de capacidade superior a 25 litros. Sacos ou embalagens individuais </p><p>no etiquetadas no sero levantados. As etiquetas devem ser requisitadas atravs da </p><p>Extranet e so gratuitas.</p><p>:: No colocar sacos pequenos dentro de sacos maiores; este procedimento d origem a erros de contagem na Extranet, que se refletem na qualidade do servio de levanta-</p><p>mento, incluindo a substituio dos sacos cheios por sacos vazios.</p><p>:: Verifique se no existem embalagens com restos de produto; o Valorfito no est licenciado para a gesto de obsoletos, pelo que caso sejam aceites, o custo da destrui-</p><p>o recai sobre o Ponto de Retoma.</p><p>No caso de um pedido de levantamento ser feito por outro elemento da rede de recolha, </p><p>devero ser respeitadas exatamente as mesmas regras descritas anteriormente.</p></li><li><p>10 VALORFITO - Sistema Integrado de Gesto de Embalagens e Resduos em Agricultura Funcionamento do Sistema Valorfito 11</p><p>Faa parte da famlia Valorfito,por amor agriculturae terra de todos ns!</p></li><li><p>VALORFITO uma marca registada SIGERU , Lda.Sistema Integrado de Gesto de Embalagens e Resduos em Agricultura</p><p>contacto.valorfito@sigeru.pt</p><p>Os elementos da rede de recolha tero acesso Extranet Valorfito, onde podero requisitar, dsticos, etiquetas, folhetos, cartazes e outras formas de apoio.</p><p>www.valorfito.com</p><p>Tel. 214 107 209</p><p>Fale connosco!</p><p>VALO</p><p>RFIT</p><p>O d</p><p>ezem</p><p>bro </p><p>2017</p><p> . To</p><p>dos o</p><p>s dire</p><p>itos r</p><p>eser</p><p>vado</p><p>s.</p>mailto:contacto.valorfito@sigeru.pt</li></ul>

Recommended

View more >