como desentupir cabeças de impressão epson

Download Como desentupir cabeças de impressão epson

Post on 13-Apr-2017

182 views

Category:

Engineering

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

COMO DESENTUPIR CABEAS DE IMPRESSO EPSON? MITOS E SOLUES.

As impressoras epson so as mais usadas por quem usa Bulk Ink,mas elas tem um defeito chato,o entupimento da cabea de impresso.

Navegando na net achei esse tutorial perfeito de detalhes fantsticos feito pela inkmixx e estou trazendo para vocs.

Todos os crditos desse tutorial so daInkmixx.

Como desentupir cabeas de impresso Epson? Mitos e Solues.

As falhas de impresso nas impressoras Epson so frequentemente associadas a entupimentos nos micro orifcios dos cabeotes de impresso, mas nem sempre eles esto obstrudos.

Estas falhas podem ser causadas por diversos motivos. Vamos enumerar vrias destas possibilidades em particular associadas ao uso do sistema de alimentao contnuo de tintas (Bulk Ink), que o nosso caso, uma vez que com a utilizao de cartuchos originais estas falhas de impresso so quase que inexistentes.

Vamos relacionar abaixo as hipteses relacionadas as falhas de impresso e depois apresentar as solues:

1) Ausncia de tintas nos cartuchos2) Respiro dos reservatrios de tintas tampados3) Regulador de presso desbalanceado4) Reservatrios do Bulk Ink posicionados na altura incorreta5) Tintas de m qualidade6) Mangueiras estranguladas7) Obstruo dos orifcios do cabeote de impresso pelo ressecamento de tinta8) Entupimento dos orifcios do cabeote de impresso9) Desvio de Jatos10) Impresso de grandes volumes em baixa resoluo11) Falha transversal no sentido da impresso12) Defeito na bomba peristltica13) Cartucho com defeito14) Micro Bolhas de Ar15) Defeito na Cabea de impresso

Uma breve explicao sobre o funcionamento e limpeza das cabeas de impresso Epson se faz necessrio para melhor entendimento do processo.

As cabeas Epson utilizam o processo de injeo de tintas por atuadores Piezeltrico. Os piezoeletricos so micro palhetas que vibram em freqncias altssimas e assim empurram as tintas pelos bicos injetores(veja vdeo). Para limpeza das cabeas a prpria impressora j vem dotada de com uma bomba peristltica de alto poder de suco, que tem a funo de puxar a tinta dos cartuchos enchendo todos os canais internos da cabea de impresso eliminado o ar e as micro bolhas que por ventura esto impedindo a tinta de fluir pelos capilares (micro dutos) de 70 micros de espessura. Este processo de limpeza das cabeas ser utilizado por ns inmeras vezes acessado diretamente pelo driver de impresso ou pelo boto da 'gotinha' no painel da impressora.

Para executar a LIMPESZ DAS CABEAS pelo driver de impresso, acesse no menu:

Entre cada processo de Limpeza efetue uma verificao de jatos

NO EFETUE MAIS QUE 5 LIMPEZAS CONSECUTIVAS SE AS FALHAS PERSISTEM PROCURE IDENTIFICAR O MOTIVO PASSO A PASSO

1) Ausncia de tintas nos cartuchos:

pode acontecer depois de muito uso que o nvel de tinta dos cartuchos (B) diminua ou at acabe totalmente, ento necessrio checar o nvel dos cartuchos. Caso o nvel esteja baixo ou o cartucho vzio, retire o tampo de borracha do cartucho (A) e encaixe o bico de uma seringa e sugue lentamente afim de encher este cartucho de tinta. (J) Folha em branco.

2) Respiro dos reservatrios de tintas tampados:

os reservatrios tm duas aberturas superiores: o de maior dimetro (F) para ser usado no reabastecimento e deve sempre ser mantido tampado; o de menor dimetro (E) o do respiro do conteiner de regulagem de presso (G) e deve estar sempre aberto. Somente feche o respiro em caso de transporte para evitar vazamento. (J) Folha em branco.

3) Regulador de presso desbalanceado:

o reservatrio de tinta tem dois containers; o maior onde fica armazenado a tinta (H) e o menor que funciona como um regular de presso (G). Este reservatrio menor do respiro (G) um sistema similar aos bebedores de gua de pssaros, a tinta passa do conteiner maior para o do respiro a medida que a impressora consome a tinta, mantendo a presso regulada. O balanceamento de presso muito importante para que no ocorram falhas de impresso. No deixe destampado o container (F) pois o nvel vai igualar e o regulador (G) passa a ser ineficiente. (J) Imagem apresenta riscos (falhas) no sentido do deslocamento da cabea de impresso.

4) Reservatrios do Bulk Ink posicionados na altura incorreta:

os cartuchos originais so dotados de uma vlvula de controle e tintas extremamente bem projetada e construda(veja vdeo). um sistema de membrana e mola que permite a passagem da tinta quando os atuadores piezeltricos comeam a injetar as tintas e assim que a impresso termina esta vlvula se fecha impedido que a tinta desa para a cabea de impresso pela ao da gravidade. No caso os cartuchos usados no sistema contnuo no possuem esta vlvula de membrana, ento outro recurso foi usado para o controle da presso. O principio o controle sobre a coluna de tinta e a presso que esta faz sobre a cabea de impresso. muito simples;manter o nvel da tinta dos reservatrios ligeiramente abaixo da cabea de impresso, assim a presso da coluna de tinta sobre a cabea e impresso levemente negativa, ou seja a tinta tende a voltar quando no est imprimindo, no tendo o risco da tinta descer para as cabeas de impresso acarretando vazamentos pela cabea e tambm falhas de impresso por "afogamento". Os atuadores piezoeletricos tem fora para sugar a tinta, mas caso o nvel de tinta dos reservatrios estar muito abaixo do nvel da cabea as cabeas os atuadores no tero fora suficiente para puxar a tinta, tambm causando falhas de impresso. No caso de presso positiva a tinta "empurrada" para as cabeas e ocorre um afogamento. (J) Na folha de impresso apresentam manchas grandes de tintas.

Se o reservatrio estiver muito baixo em relao a cabea de impresso ocorre o efeito contrrio, ou seja, presso negativa e neste caso as cabeas de impresso no tem fora para puxar a tinta.

5) Tintas de m qualidade:

as tintas so solues basicamente compostas por: gua, solventes, glicois, corante. So inmeros os fabricantes e procedncias e ai que est um dos pontos mais importantes, se no o mais importante nas recargas em geral. Uma tinta de boa qualidade tem que ter ser produzida com: gua deionizada, corantes desalinizados, viscosidade e PH controlados, alm de padronizao nas cores e qumica fina. Muito o que se v no mercado no obedece com rigor as normas e padres necessrios para um produto de qualidade e isso se traduz em tintas de baixo preo que sempre tem como conseqncia damos irreparveis nos cabeotes. Em exemplo simples de mal funcionamento relacionado as tintas uma propriedade dos lquidos chamadotenso superficial. As cabeas Epson tem capilares extremamente finos e as tintas s fluem por estes capilares se a tenso superficial estiver no padro ideal. Outra caracterstica fcil de identificar se a tinta de boa qualidade observar se as mangueiras esto transparentes como novas aps longo uso, se as tintas mancha as mangueiras por que foi usado solventes inapropriados e se corroeu o plstico imagina o que faz nas cabeas de impresso. Ento, j sabe, use somente tintas de boa procedncia.

6) Mangueiras estranguladas:

caso um ou mais tubinhos da mangueira de fita estiver com algum estrangulamento as tintas ficam impedidas de fluir, neste caso siga a mangueira por toda extenso at encontrar algum destes pontos de estrangulamento e corrija a posio da mesma para que a tinta possa fluir corretamente.

7) Obstruo dos orifcios do cabeote de impresso pelo ressecamento de tinta:

este ressecamente ocorre externamente e na parte inferior da cabea de impresso e tem basicamente 2 motivos: longo perodo tempo sem ligar a impressora e acmulo de resduos por excesso de uso. Para eliminar este acumulo de resduos necessrio colocar sobre a cabea um feltro (que no solte fiapos) embebido em uma soluo de limpeza por no mnimo 2 horas. O local para posicionar este feltro na posio de descanso do cabeote, no canto direito da impressora. Com a impressora desligada afaste o carro de impresso e acomode o feltro embebido com soluo de limpeza na almofada de descanso do carro de impresso, desloque o carro para o canto direito novamente com o carro sobre o feltro. Deixe de 'molho' por 30 minutos, retire o feltro e processada com a limpeza de cabea pelo drive de impresso.

8) Entupimento dos orifcios do cabeote de impresso:

a obstruo efetiva da cabea no ocorre normalmente, pois a prpria cabea tem um filtro extremamente fino com a finalidade de reter as impurezas antes que elas cheguem nos micro dutos e orifcio de sada do jato. E tambm no fcil de desentupir. O ideal recorrer a um tcnico especializado, que ir retirar a cabea e aplicar uma limpeza em numa bandeja de ultrasom. Mas vamos aqui dar as dicas de primeiros socorros.

Ser necessrio:

uma seringa com mangueira de silicone (B) da marca Dubro (usado em combustvel de aeromodelos) - fundamental o uso desta mangueira de silicone, pois ela veda perfeitamente no pino (A) de entrada da tinta.liquido de limpeza (utilize Veja Multiuso) - Nunca use qualquer tipo de lcool ou solvente - isso vai ressecar os resduos de tinta na cabea e danificar permanentemente a cabea de impresso.

Retire os cartuchos e encaixe a mangueira de silicone (B), no pino de entrada de tinta (A), com o cuidado de estar bem vedado e injete 20 ml de liquido de limpeza lentamente, em seguida ainda com a mangueira plugada no pino faa o movimento contrrio sugando e deixando a cabea livre de qualquer liquido. Repita o processo em todas as cores.

O procedimento acima foi adquirido em anos de experiencia com impressoras com Buk Ink, e por mais estranho que parea o melhor liquido de limpeza mesmo o Veja Multiuso.

9) Desvio de jatos:

em alguns casos vemos falhas de impresso (J) que parecem falhas por entupimento de jato, mas quando fazemos a verificao de jatos vemos que nenhum jatos esta obstrudo. Observamos que a "escada" que representa a sequencia dos jat