como as cidades inteligentes contribuem para o

Download COMO AS CIDADES INTELIGENTES CONTRIBUEM PARA O

Post on 14-Feb-2017

234 views

Category:

Documents

14 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Int. J. Knowl. Eng. Manag., ISSN 2316-6517, Florianpolis, v. 3, n.5, p. 98-120, mar2014/jun2014. 98

    COMO AS CIDADES INTELIGENTES CONTRIBUEM PARA O

    DESENVOLVIMENTO DE CIDADES SUSTENTVEIS?

    UMA REVISO SISTEMTICA DE LITERATURA

    Lucas Novelino Abdala*

    Tatiana Schreiner**

    Eduardo Moreira da Costa***

    Neri dos Santos****

    Resumo:

    A sustentabilidade global um dos grandes desafios a ser enfrentado no sculo XXI, sendo o

    desenvolvimento sustentvel amplamente entendido a partir da teoria do Triple Botton Line.

    Por sua vez, as cidades so o palco onde a dimenso social, econmica e ambiental se

    convergem com mais intensidade. Frente esses desafios, concepes de cidades so

    crescentemente mais estudadas na academia, destacando-se: cidades inteligentes e cidades

    sustentveis. Esse artigo tem como objetivo identificar como as cidades inteligentes esto

    contribuindo para a construo de uma cidade sustentvel. Por meio de uma reviso

    sistemtica de literatura foram analisadas quatorze publicaes relevantes. Como resultado do

    estudo, os autores contribuem com uma compreenso integrada dos conhecimentos estudados.

    Palavras-chave: Cidade inteligente. Cidade sustentvel. Reviso sistemtica.

    Desenvolvimento sustentvel. Viso integrada.

    * Doutorando em Gesto do Conhecimento EGC UFSC, ucasemc@gmail.com

    ** tatischreiner@gmail.com

    *** Professor Doutor do Programa de Ps Graduao em Engenharia e Gesto do Conhecimento EGC UFSC -

    educostainovacao@gmail.com ****

    Professor Doutor do Programa de Ps Graduao em Engenharia e Gesto do Conhecimento EGC UFSC

    - nerisantos@gmail.com

  • Int. J. Knowl. Eng. Manag., ISSN 2316-6517, Florianpolis, v. 3, n.5, p. 98-120, mar2014/jun2014. 99

    1 INTRODUO

    De acordo com a maioria dos autores, as questes de sustentabilidade globais so um dos

    grandes desafios a serem enfrentados no sculo XXI. A temtica da sustentabilidade tem se

    tornado um conceito cada vez mais aplicado e estudado, sendo amplamente exposto a partir

    da teoria do Triple Botton Line - em que o desenvolvimento sustentvel s possvel se as

    esferas sociais, econmicas e ambientais forem levadas em considerao (ELKINGTON,

    1999). Alm do mais, muitos autores apontam a sustentabilidade como o grande paradigma

    deste sculo (BECKS, 1992, LEMKOW; TBARA, 2006).

    De forma complementar, as cidades so o palco de grande parte dos problemas ambientais

    globais (GOMES, 2009), e no contexto urbano onde a dimenso social, econmica e

    ambiental se convergem mais intensamente (EUROPEAN COMMISSION, 2007). Nesse

    sentido, as cidades se tornam foco de ao na elaborao de solues, pois no se atingir a

    sustentabilidade global sem uma transformao no modelo de pensar, gerir e planejar os

    espaos urbanos.

    Frente a esses desafios, concepes e solues de cidades vm sendo crescentemente

    estudadas na academia, essas muitas vezes rotuladas como: smart city, sustainable city,

    cognitive city, knowledge-based city, entre outros. O presente estudo se concentra nas

    contribuies tericas provindas das cidades inteligentes e cidades sustentveis, sendo esta

    ltima, a definio considerada nesse estudo como:

    (...) cidade sustentvel o assentamento humano constitudo por uma sociedade com

    conscincia de seu papel de agente transformador dos espaos e cuja relao no se d

    pela razo natureza-objeto e sim por uma ao sinrgica entre prudncia ecolgica,

    eficincia energtica e equidade socioespacial. (ROMERO, 2007 p.51)

    J as cidades inteligentes so um fenmeno recente. O termo foi iniciado com o estudo de

    caso da iniciativa de Cingapura em se tornar uma cidade inteligente (MAHIZHNAN, 1999).

    Entretanto, outros estudos apontam que este conceito trata de novas tecnologias e suas

    aplicaes no contexto urbano (LIT et al, 2010; KUIKKANIEMI et al., 2011) bem como, na

    aplicao da gesto pblica tecno centrada (ODENDAAL, 2003; NAPHADE et al., 2011;

  • Int. J. Knowl. Eng. Manag., ISSN 2316-6517, Florianpolis, v. 3, n.5, p. 98-120, mar2014/jun2014. 100

    LEE; BAIK; LEE, 2011) ou ainda, nos estudos sobre o ponto de vista geogrfico e social

    (SHAPIRO, 2005; WINTERS, 2011).

    Assim, so muitas as definies encontradas na literatura para cidade inteligente, entretanto

    essas ainda so consideradas nebulosas e imprecisas conforme Hollands, (2008) e Caragliu,

    Del Bo e Nijkamp (2011). Para este estudo, adota-se a seguinte definio operacional:

    Uma cidade inteligente se forma quando investimentos em capital humano e social e

    tradicional (transporte) e moderna (TIC) infraestruturas tecnologias de comunicao

    alimentam uma crescimento econmico sustentvel e qualidade de vida, com uma

    gesto sbia dos recursos naturais por meio de uma governana

    participativa.(CARAGLIU; DEL BO; NIJKAMP, 2011)

    Frente a essas duas definies de cidades - sustentveis e inteligentes - apresentadas, este

    artigo tem como objetivo, por meio de uma reviso sistemtica de literatura, identificar como

    as cidades inteligentes esto contribuindo para a construo de uma cidade sustentvel. Dessa

    maneira, o estudo busca o entendimento de novos conhecimentos a partir de uma viso

    integrativa de temas acadmicos.

    2 PROCEDIMENTOS METODOLGICOS

    Para Sampaio e Manciniu (2007) uma reviso sistemtica, assim como outros tipos de estudo

    de reviso, uma forma de pesquisa que utiliza como fonte de dados a literatura sobre

    determinado tema, o que disponibiliza um resumo das evidncias relacionadas a uma

    estratgia de interveno especfica, mediante aplicao de mtodos explcitos e

    sistematizados de busca, apreciao crtica e sntese da informao selecionada.

    Da mesma maneira, a reviso integrativa da literatura um mtodo de pesquisa de reviso

    sistemtica que permite sintetizar as evidncias disponveis sobre o tema de investigao ao

    identificar e avaliar as evidncias disponveis sobre o tema proposto. So particularmente

    teis para integrar as informaes de um conjunto de estudos realizados e identificar temas

  • Int. J. Knowl. Eng. Manag., ISSN 2316-6517, Florianpolis, v. 3, n.5, p. 98-120, mar2014/jun2014. 101

    que necessitam de evidncia, auxiliando na orientao para investigaes futuras, sendo

    definida como:

    Um dos recursos da prtica baseada em evidncias, ou seja, a reviso integrativa da

    literatura, a qual possibilita a sntese e a anlise do conhecimento cientfico j

    produzido sobre o tema investigado. ( URSI; GAVO,2006, p. 126)

    Assim, Sampaio e Manciniu (2007) concluem que o expor a metodologia adotada no estudo

    de extrema importncia, pois, por essas estratgias de pesquisa e os passos realizados de

    forma sistmica, permite que novos pesquisadores possam avaliar a qualidade do estudo, bem

    como sua credibilidade e seriedade, alm de executarem novamente a pesquisa, com o intuito

    de chegar aos mesmos resultados.

    Os autores, por essa lgica, definem essa forma de reviso em cinco etapas, como forma de

    estratgia, detalhadas a seguir:

    Primeiro passo: compreende a formulao de pergunta ou questo de pesquisa

    de forma clara;

    Segundo passo: busca por evidncias que levam definio de termos ou

    palavras-chave, seguida das estratgias de busca, definio das bases de dados

    e de outras fontes de informao a serem pesquisadas;

    Terceiro passo: corresponde reviso e seleo dos estudos onde se avalia os

    ttulos e os resumos (abstracts) identificados na busca inicial e se estabelece

    critrios de incluso e excluso de artigos;

    Quarto passo apreciao dos registros selecionados quanto abordagem dos

    trabalhos;

    Quinto passo Apresentam-se os resultados, estes que podem vir sintetizados

    e/ou ordenados em quadros terminando a reviso.

  • Int. J. Knowl. Eng. Manag., ISSN 2316-6517, Florianpolis, v. 3, n.5, p. 98-120, mar2014/jun2014. 102

    3 RESULTADOS E ANLISES DA PESQUISA

    Para o presente estudo de reviso, formulou-se o primeiro passo com a seguinte questo:

    Como as cidades inteligentes contribuem para o desenvolvimento de cidades sustentveis?

    Uma vez que, a proposta se direciona a levantar as pesquisas totais j realizadas nesse tema,

    no segundo passo, o termo(s) chave(s) definido(s) para a reviso foram pelas combinaes de

    Smart Cit* e Sustainable Cit*.

    Definido os termos, parte-se para as estratgias de busca, escolha e justificativa da base de

    dados utilizada para a pesquisa. Por um primeiro levantamento, utilizou-se a busca padro

    pelo portal de peridicos da Capes1, onde, buscados em todos os campos as combinaes dos

    termos definidos; foram encontrados treze registros que correspondem s seguintes bases de

    dados: OneFile, SciVerse, ScienceDirect, Web of Science, Directory of Open Access Journals,

    SpringerLink, Medline, SpringerLink Open Access, Repositrio Cientfico de Acesso Aberto

    de Portugal e CrossRef.

    Como estratgia para se selecionar apenas uma base de dados, foi consultada a base de dados

    da Scopus2, onde, buscando por todos campos de pesquisa, foram recuperados 31 registros.

    Estes artigos foram encontrados por uma reviso iniciada pelo termo Smart Cit*, o que

    resultou em 506 registros, estes que foram posteriormente filtrados pela ocorrncia do termo

    Sustainable Cit* resultando em 19 publicaes. De forma anloga, em um segundo processo

    de busca, a reviso foi iniciada pelo termo Su

Recommended

View more >