Comitê da Bacia Hidrográfica do Médio ?· Comitê da Bacia Hidrográfica do Médio Paranapanema Rua…

Download Comitê da Bacia Hidrográfica do Médio ?· Comitê da Bacia Hidrográfica do Médio Paranapanema Rua…

Post on 16-Nov-2018

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1

    Comit da Bacia Hidrogrfica do Mdio Paranapanema Rua Benedito Mendes Faria, 40a | Vila Hpica | Marlia/SP | CEP 17520-520

    Fone: 14 3417-1017 | Fax: 14 3417-1662 comitemp@ambiente.sp.gov.br

    http://www.comitemp.sp.gov.br/

    Deliberao CBH-MP n. 084/2007, de 20 de abril de 2007 Aprova diretrizes e critrios para distribuio dos recursos do FEHIDRO, destinados rea do CBH-MP.

    O Comit da Bacia Hidrogrfica do Mdio Paranapanema - CBH/MP, no uso de suas atribuies legais, e, Considerando a disponibilidade de recursos a serem destinados pelo Conselho Estadual de Recursos Hdricos CRH, rea de atuao do CBH-MP, do oramento 2007 do Fundo Estadual de Recursos Hdricos FEHIDRO; Considerando que cabe a este CBH-MP, com base no Plano Estadual de Recursos Hdricos, indicar as prioridades de aplicao dos recursos do FEHIDRO sua rea de atuao; Considerando as normas e procedimentos estabelecidos pelo Conselho de Orientao do FEHIDRO COFEHIDRO, em especial, no Manual de Procedimentos Operacionais do FEHIDRO; Considerando o trabalho desenvolvido pela Cmara Tcnica de Planejamento,Avaliao e Saneamento- CTPAS no sentido da definio das diretrizes e critrios do CBH-MP para alocao dos recursos do FEHIDRO, destinados a UGRHI-17, do exerccio de 2007, e para a definio de procedimentos administrativos para recebimento de solicitaes de financiamento, anlise e deciso sobre prioridades; Delibera: Artigo 1 - Ficam aprovadas as seguintes diretrizes gerais para a definio de prioridades de investimentos com recursos do FEHIDRO: I atender as normas e procedimentos estabelecidos pelo COFEHIDRO; II haver compatibilidade com as preposies do Relatrio Zero e com o Plano Estadual de Recursos Hdricos para a Bacia do Mdio Paranapanema; III dar preferncia a projetos, servios e obras que proporcionem benefcios de carter regional s aes eminentemente locais; IV beneficiar aes j iniciadas e/ou paralisadas, reconhecidamente prioritrias para a regio, cuja concluso seja viabilizada com o investimento pretendido; Artigo 2 - Fica aprovada a Ficha Resumo da Obra, Servio ou Projeto para Fins de Solicitao de Recursos do FEHIDRO, bem como o Cronograma e o Oramento, conforme anexos I, II e III do FEHIDRO, disponveis no site do SIGRH: www.sigrh.sp.gov.br, para consulta e preenchimento dos rgos e entidades atuantes na rea do CBH-MP, interessados em investimentos com recursos provenientes do FEHIDRO; Artigo 3 - Com base nas informaes da Ficha Resumo referido no Artigo 2, e, em conformidade com o disposto nesta deliberao, a CTPAS dever pontuar as solicitaes de recursos, para fins de hierarquizao e seleo dos investimentos a serem indicados ao FEHIDRO; Pargrafo 1 Fica estabelecido o seguinte cronograma, a ser observado pelos membros do Comit:

  • 2

    Comit da Bacia Hidrogrfica do Mdio Paranapanema Rua Benedito Mendes Faria, 40a | Vila Hpica | Marlia/SP | CEP 17520-520

    Fone: 14 3417-1017 | Fax: 14 3417-1662 comitemp@ambiente.sp.gov.br

    http://www.comitemp.sp.gov.br/

    a) Devoluo da Ficha Resumo e demais documentos Secretaria Executiva, (em 03 vias), sendo que todos os documentos devero estar autuados em pasta com numerao nas pginas: Dia 10 de Maio de 2007.

    b) Prazo limite para apresentao definitiva das licenas e outorgas (DEPRN/DAEE): Dia 06 de junho de 2007 (Protocolar na Secretaria Executiva em envelope fechado, constando o nome do tomador, o projeto e o Comit de Bacia).

    c) Reunio da Cmara Tcnica para pontuao dos projetos: Dia 13 de junho de 2007. d) Divulgao da Pontuao por tomador: Dia 14 e 15 de junho de 2007. e) Prazo para apresentao de Recurso pontuao: Dia 20 de junho de 2007, (Protocolar na

    Secretaria Executiva em envelope fechado, constando o nome do tomador, o projeto e o Comit de Bacia).

    f) Reunio da Cmara Tcnica para anlise dos recursos apresentados: dia 21 de junho de 2007.

    g) Reunio Plenria do CBH MP para priorizao dos Projetos: dia 28 de junho de 2007. Pargrafo 2 - A entrega dos projetos ser feita em envelope fechado, lacrado e assinado (no lacre) pelos interessados, em 03 (trs) vias (sendo que todos os documentos devero estar autuados em pasta com numerao nas pginas), contendo os seguintes documentos: 01) ndice dos documentos apresentados e do Projeto, conforme Anexo 1 desta Deliberao; 02) Projeto Bsico de acordo com a Lei n. 8666/93, conforme Anexo 2 desta Deliberao, com a apresentao, em anexo, de uma Ao de Educao Ambiental sobre o tema do Projeto, a ser desenvolvida pelo Tomador, durante a execuo do mesmo (anexo 4 desta Deliberao), como por exemplo: palestras, distribuio de folhetos, visitas monitoradas, trabalhos nas escolas , etc. 03) Para Empreendimentos relativos a obras e servios de Engenharia dever ser apresentada ART Anotao de Responsabilidade Tcnica (CREA/SP), do Projeto. 04) Cronograma Fsico Financeiro, anexo II do FEHIDRO; 05) Oramento, anexo III do FEHIDRO; 06) Fotos do local {no mnimo 05 (cinco) fotos, datadas}; 07) Atestados de adimplncia junto ao: Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), Fundo de Garantia por Tempo de Servio (FGTS), e Secretaria da Receita Federal (Tributos Federais), dentro do prazo de validade; 08) Todas as licenas exigidas pelas legislaes pertinentes, (conforme tabela no item f) tais como: Licenas Ambientais: Licena Prvia - LP, Licena de Instalao - LI, e Licena de Operao - LO e Outorgas dos rgos Estaduais e Federais, quando for o caso. (No sero aceitos protocolos, com exceo dos casos previstos nesta deliberao). 09) Comprovao de que a rea est legalmente disponvel (quando necessrio), por posse ou domnio para a implantao do empreendimento. No caso de controle de eroso rural dever ser apresentada carta de anuncia de cada proprietrio, e, no caso de controle de eroso urbana (GAP) cuja obra passe por propriedade particular, dever ser apresentada carta de anuncia do proprietrio do imvel).

  • 3

    Comit da Bacia Hidrogrfica do Mdio Paranapanema Rua Benedito Mendes Faria, 40a | Vila Hpica | Marlia/SP | CEP 17520-520

    Fone: 14 3417-1017 | Fax: 14 3417-1662 comitemp@ambiente.sp.gov.br

    http://www.comitemp.sp.gov.br/

    10) Declarao de que o Tomador no est inadimplente junto ao FEHIDRO, bem como junto ao Tribunal de Contas do Estado ( conforme Anexo do FEHIDRO, disponvel no site). 11) Declarao de que no recebeu, no est recebendo ou que no receber outros financiamentos com recursos pblicos para os mesmos itens do objeto a ser financiado pelo FEHIDRO (Anexo do FEHIDRO); 12) Mapa de localizao da rea, objeto do estudo/projeto (escala 1: 50.000 - IBGE ou mais detalhada). 13) Declarao do responsvel legal de que esta ciente e de acordo com as diretrizes e critrios, aprovados pelo Comit nas Deliberaes CBH-MP 084 e 085/2007 , para apresentao de projetos ao FEHIDRO 2007. Pargrafo 3 - Nos seguintes casos devero ser observadas as orientaes abaixo: a) Para as solicitaes de obras (conteno de eroso, galerias pluviais e controle de eroso rural) e restaurao da vegetao ciliar, dever ser entregue o parecer do DEPRN (autorizao ou dispensa). b) Para solicitaes onde haja interferncia direta no curso dgua (ex: canalizaes, travessias, poos de abastecimento etc.), dever ser apresentada, alm do parecer do DEPRN a Outorga ou Autorizao do DAEE. c) Nestes casos, em razo do grande nmero de solicitaes que se apresentam ao FEHIDRO, podero ser aceitos, na data da entrega dos documentos (10/05/07), os protocolos dos pedidos junto ao DEPRN e ao DAEE quando necessrio, sendo que at o dia 06 de junho de 2007 dever ser protocolado junto Secretaria Executiva do Comit, o Parecer ou Autorizao do DEPRN e Outorga ou Autorizao do DAEE definitivos. OBS.: O descumprimento do item c, no prazo estabelecido acima, acarretar a desabilitao do pedido, quaisquer que sejam as justificativas, no cabendo solicitao de recurso. Pargrafo 4 - As entidades que possuem parcelamento do INSS ou FGTS, que tenham porventura as certides vencidas na data prevista para protocolo do projeto (10/05/07), devero apresentar comprovao do parcelamento, do efetivo pagamento da parcela e o protocolo de solicitao da Certido nesta data, sendo que a certido emitida dever ser protocolada junto Secretaria Executiva do Comit, at o dia 06 de junho de 2007. Obs.: a) O descumprimento do Pargrafo 4, no prazo estabelecido acima, acarretar a desabilitao do pedido, quaisquer que sejam as justificativas, no cabendo solicitao de recurso. b) Os anexos do FEHIDRO podem ser encontrados no site do sistema, cujo endereo eletrnico : www.sigrh.sp.gov.br/fehidro. Pargrafo 5 - Da reviso de pontuao fica estabelecido que: a) A reviso de pontuao refere-se apresentao da argumentao sobre pontuao atribuda pela Cmara Tcnica a um dos critrios estabelecidos.

  • 4

    Comit da Bacia Hidrogrfica do Mdio Paranapanema Rua Benedito Mendes Faria, 40a | Vila Hpica | Marlia/SP | CEP 17520-520

    Fone: 14 3417-1017 | Fax: 14 3417-1662 comitemp@ambiente.sp.gov.br

    http://www.comitemp.sp.gov.br/

    b) Poder ser apresentada documentao complementar apenas para auxiliar o entendimento da argumentao. c) No podero ser substitudos documentos apresentados. d) No caber recurso a projetos desabilitados, sendo que a desabilitao somente ocorrer no caso de ausncia de documentos necessrios, conforme consta desta Deliberao. Exceo para os documentos que no so desclassificatrios (Anexo 3 desta Deliberao): declarao de cincia e de acordo com os critrios aprovados, ndice de informaes do projeto, ao de educao ambiental e, para os casos em que o tomador tenha apresentado o documento causador da desabilitao e por quaisquer motivos no tenha sido observado pela Cmara Tcnica na anlise do mesmo ( o recurso deve indicar o nmero da pgina do documento no processo protocolado). e) A ausncia da apresentao das respectivas licenas ambientais, outorga e das Certides, at o dia 06 de junho de 2007 implicar na desabilitao do projeto, quaisquer que sejam os motivos que o justifique. f) As licenas necessrias para habilitao dos projetos so as que constam na tabela seguinte, sendo que os casos no relacionados devem ser objeto de consulta por escrito, junto Secretaria Executiva do CBH/MP.

    Tipo de Projeto/Obra SMA/CETESB Licena LI e

    LO

    DEPRN Autorizao ou Parecer

    Tcnico

    DAEE Autorizao ou Outorga

    Sistema tratamento esgoto X Sistema disposio resduos slidos X Conteno eroso em solo urbano X Galerias pluviais X Conteno eroso rural X Poos de gua X Obras de interveno direta em recurso hdrico (exemplos: canalizaes abertas, captaes, lanamentos, travessias e barramentos).

    X X

    Restaurao da vegetao ciliar X

    Artigo 4 - As solicitaes de recursos do FEHIDRO de que trata esta Deliberao devero atender tambm aos seguintes requisitos:

    I Cada Entidade poder apresentar no mximo 01 (uma) solicitao de obra ou projeto. II Oferecimento de contrapartida mnima de 20% do valor total do projeto. No caso da SABESP dever ser oferecida contrapartida mnima de 50%.

    Artigo 5 - Esta Deliberao entrar em vigor na data de sua aprovao pelo CBH-MP.

    Oscar Gozzi Presidente

    Nelson Vieira

    Vice - Presidente

    Edson Geraldo Sabbag

    Secretrio Executivo

  • 5

    Comit da Bacia Hidrogrfica do Mdio Paranapanema Rua Benedito Mendes Faria, 40a | Vila Hpica | Marlia/SP | CEP 17520-520

    Fone: 14 3417-1017 | Fax: 14 3417-1662 comitemp@ambiente.sp.gov.br

    http://www.comitemp.sp.gov.br/

    ANEXO 01 INDICE ORIENTATIVO PARA A PONTUAO DO PROJETO

    Apresentao junto com o projeto, para fins de pontuao. I - Critrios gerais

    Item a ser indicado Pg. 1)Contrapartida oferecida 2)Comprovao do carter interinstitucional do projeto 3)Termo de Cooperao do tomador com outras entidades (Anexo FEHIDRO) que defina o carter intra-instituio do projeto

    4)Comprovao da abrangncia do projeto 5) Ao de Educao Ambiental (Anexo 4) II - Critrios Especficos

    Item a ser indicado Pg. Ao Estudos, avaliao e implantao e operao de sistemas de alerta, radares meteorolgicos, redes telemtricas, sensoriamento remoto e imagens de satlite. Monitoramento da qualidade e da quantidade da gua.

    1)Indicao de controle e melhora dos Recursos Hdricos 2)Indicao da srie histrica dos dados a serem obtidos Ao Educao Ambiental 1)Abrangncia regional e Pblico alvo 2)Estgio do Projeto (continuidade) Ao Obras e servios de sistemas de tratamento de esgotos urbanos 1)Custo de implantao 2)Carga orgnica removida em kg de DBO 3)Etapa de execuo da obra e entidades financiadoras das fases concludas 4)Volume tratado em relao ao volume total produzido pelo tomador Ao Adequao de sistema de tratamento de lixo e instalao de aterro sanitrio. 1)Localizao do empreendimento (considerar mapa de vulnerabilidade contaminao das guas subterrneas do Plano Estadual de Recursos Hdricos)

    2)Etapa de execuo da obra e entidades financiadoras das fases concludas 3)Custo do empreendimento Ao Preveno e defesa contra a eroso de solo rural e assoreamento de corpos de gua. 1)Indicao do tipo de manancial a ser protegido 2)Tipos de solos na rea e criticidade eroso segundo Relatrio Zero e IPT 3)Declividade mdia do terreno 4)Etapa de execuo da obra e entidades financiadoras das fases concludas 5)Dimenso da eroso a ser corrigida (texto e fotos) 6)Atividade do processo erosivo (texto e fotos)

    A pontuao do projeto depende da apresentao dos quesitos solicitados nos critrios gerais, para todos os projetos, e nos especficos, para cada ao definida pela Deliberao 085/2007.

  • 6

    Comit da Bacia Hidrogrfica do Mdio Paranapanema Rua Benedito Mendes Faria, 40a | Vila Hpica | Marlia/SP | CEP 17520-520

    Fone: 14 3417-1017 | Fax: 14 3417-1662 comitemp@ambiente.sp.gov.br

    http://www.comitemp.sp.gov.br/

    7)Tipo de atividade agro-pastoril predominante na bacia hidrogrfica 8)Distncia de corpos de gua do local a ser tratado (texto e fotos)

    Item a ser indicado Pg. Ao Servios e obras de preveno e defesa contra a eroso do solo urbano e o assoreamento dos corpos dgua (incluindo galerias de guas pluviais). No caso de galerias de guas pluviais, apenas para projetos que atendam a alnea c do sub item 2.1 (critrio de habilitao), do item 2 (Habilitao). Outros projetos de galeria sero excludos.

    1)Existncia de Plano de Drenagem Urbana 2)Indicao do tipo de manancial a ser protegido 3)Declividade mdia do terreno 4)Etapa de execuo da obra e entidades financiadoras das fases concludas 5)Tipos de solos na rea e criticidade eroso (Relatrio Zero e IPT) 6)Dimenso da eroso a ser corrigida (texto, mapa e fotos) 7)Atividade do processo erosivo (texto, mapa e fotos) 8)rea de drenagem da Bacia onde a obra ser instalada 9)Metragem e dimetro das tubulaes a serem instaladas 10)Custo do empreendimento Ao Reflorestamento e recomposio de vegetao em APP 1)Indicao do tipo de manancial a ser protegido 2)Posicionamento do reflorestamento ou reposio florestal na sub-bacia 3)Tipos de solos na rea (Relatrio Zero) 4)Declividade mdia do terreno Ao Produo de mudas de espcies nativas da regio de implantao do viveiro. 1)Cobertura vegetal nativa em porcentagem da rea analisada 2)Capacidade tcnica de produo de mudas 3)Vinculao a projeto...

Recommended

View more >