clinica medica 2013 tipo1

Download Clinica Medica 2013 TIPO1

Post on 03-Jan-2016

127 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • A R E M G PROCESSO SELETIVO UNIFICADO 2013

    PR-REQUISITO CLNICA MDICA

    TIPO 1

    18 DE NOVEMBRO DE 2012

    DETERMINAES

    1. NO ABRA O CADERNO DE PROVA SEM AUTORIZAO.

    2. Este teste consta de 50 questes de mltipla escolha. 3. Cada questo apresenta quatro opes (A, B, C, D),

    comportando uma e somente uma opo como resposta certa.

    4. Assinale na folha de respostas com caneta azul ou preta, como indicado ( ).

    5. A prova ter a durao de 2 horas e 30 minutos, incluindo o tempo para a marcao da folha de respostas.

    6. Ao terminar, levante o brao e aguarde a presena do fiscal de prova, a quem voc dever entregar a folha de respostas.

    7. No sero concedidas revises de provas. 8. O gabarito da prova ser publicado aps as 18:00 horas do

    dia do teste.

  • P R O C E S S O S E L E T I V O U N I F I C A D O 2013

    1

    QUESTES DE CLNICA MDICA

    Questo 01 Um homem de 63 anos, com histria de tratamento aparentemente bem-sucedido de tuberculose pulmonar, procura servio de Pronto Atendimento relatando episdios recorrentes de hemoptise. Com base nessas informaes e na tomografia computadorizada do trax abaixo reproduzida, o diagnstico MAIS provvel :

    A) Aspergiloma B) Carcinoma bronquolo-alveolar C) Recidiva da tuberculose pulmonar D) Sarcoidose

  • P R O C E S S O S E L E T I V O U N I F I C A D O 2013

    2

    Questo 02 O diagnstico da chamada hidrocefalia de presso normal baseia-se nas seguintes manifestaes clnicas, EXCETO: A) Dificuldade de marcha (marcha magntica), passvel de

    melhora transitria coincidindo com a retirada de 30-50ml de liquor

    B) Dilatao ventricular expressiva, desproporcional ao grau de atrofia cerebral

    C) Histria de fatores predisponentes como, por exemplo, antecedente de hemorragia subaracnidea espontnea

    D) Reteno urinria Questo 03 Na maioria dos casos, a nefropatia por IgA primria (doena de Berger) manifesta-se por: A) Hematria microscpica assintomtica persistente

    (acompanhada de dismorfismo eritrocitrio e cilindros hemticos) ou hematria macroscpica recorrente, em geral aps episdios de infeco das vias areas superiores

    B) Hipostenria C) Insuficincia renal rapidamente progressiva D) Sndrome nefrtica, acompanhada de lipoides

    birrefringentes e corpos graxos ovalados no exame do sedimento urinrio

  • P R O C E S S O S E L E T I V O U N I F I C A D O 2013

    3

    Questo 04 Em face do traado eletrocardiogrfico abaixo reproduzido, seria lcito esperar que o paciente referisse a seguinte queixa:

    A) Dor precordial irradiada para a borda do msculo trapzio esquerdo, aliviada pela posio sentada, com o trax inclinado para a frente, e agravada pela inspirao profunda e pelo decbito dorsal

    B) Dor precordial irradiada para a borda do msculo trapzio esquerdo, aliviada pela inspirao profunda e agravada pela posio sentada, com o trax inclinado para a frente

    C) Dor precordial irradiada para o brao esquerdo, aliviada pelo decbito dorsal e agravada pela inspirao profunda e pela posio sentada, com o trax inclinado para a frente

    D) Dor precordial irradiada para o dorso, aliviada pelo decbito dorsal e agravada pela posio sentada, com o trax inclinado para a frente

  • P R O C E S S O S E L E T I V O U N I F I C A D O 2013

    4

    Questo 05 No que concerne aos acidentes ofdicos no Brasil, de grande relevncia na rea rural, so vlidas as seguintes afirmativas, EXCETO: A) A fcies miastnica ou neurotxica constitui a expresso

    clnica mais comum no envenenamento por coral verdadeira (gnero Micrurus), ao passo que no envenenamento por surucucu-pico-de-jaca (gnero Lachesis) as manifestaes clnicas so indistinguveis daquelas observadas no acidente botrpico, a menos que, no acidente laqutico, apaream manifestaes vagais como bradicardia, hipotenso arterial, clicas abdominais e diarria

    B) As manifestaes locais (dor, edema, equimose, formao de bolhas e necrose cutnea) so evidentes nos acidentes por Crotalus durissus, mas inexpressivas nos acidentes por serpentes do gnero Bothrops

    C) O gnero Bothrops responde pela maior parte das serpentes peonhentas encontradas no Pas, ao passo que o gnero Crotalus representado por uma nica espcie (Crotalus durissus)

    D) O veneno de Crotalus durissus provoca manifestaes neurolgicas (turvao visual, ptose palpebral, oftalmoplegia), rabdomilise, mioglobinria e insuficincia renal aguda

  • P R O C E S S O S E L E T I V O U N I F I C A D O 2013

    5

    Questo 06 Em face da ressonncia magntica abaixo reproduzida, esperar-se-iam os seguintes achados ao exame clnico de paciente com lombociatalgia aguda:

    A) Reflexo aquileu diminudo ou abolido, marcha na ponta dos

    ps dificultada B) Reflexo aquileu diminudo ou abolido, marcha sobre os

    calcanhares dificultada C) Reflexo aquileu preservado, marcha na ponta dos ps

    dificultada D) Reflexo aquileu preservado, marcha sobre os calcanhares

    dificultada

  • P R O C E S S O S E L E T I V O U N I F I C A D O 2013

    6

    Questo 07 Mulher de 56 anos, encaminhada da Unidade de Pronto Atendimento com dor intensa em epigstrio nas ltimas horas, seguida de vmitos. Relatava tambm crises de dor em hipocndrio direito, do tipo clica, nas ltimas semanas. Trazia consigo resultado de amilase srica de 1850UI/l (VR at 150UI/l). A frequncia respiratria era 28ipm e a frequncia cardaca 105bpm. Em relao avaliao prognstica desta afeco CORRETO afirmar: A) A presena do pseudocisto e os sinais de acometimento da

    gordura peripancretica detectados pela ressonncia relacionam-se a pancreatite aguda grave

    B) A protena C reativa, produzida pelo fgado em reposta sntese de interleucina 1 e 2, um marcador inflamatrio no-invasivo, porm inespecfico

    C) A tomografia computadorizada pode estar normal nas primeiras 48 horas e, por este motivo, deve ser realizada aps 72 horas do incio dos sintomas

    D) Os critrios de Ranson com pontuao maior ou igual a 2 e/ou o escore de APACHE II maior que 6 caracterizam sua gravidade

  • P R O C E S S O S E L E T I V O U N I F I C A D O 2013

    7

    Questo 08 Homem de 32 anos, usurio de cocana, encontra-se internado na enfermaria de Clnica Mdica com quadro sptico, em uso de cefepime. Foi isolado Klebsiella sp em 3 amostras de hemocultura e o plantonista acionado pela enfermagem para avaliar achado de gangrena em artelhos de ambos os ps. Havia tambm sinais de necrose hemorrgica na pele dos antebraos e das mos. Diante do quadro, CORRETO afirmar: A) A fibrinlise secundria gera diminuio dos produtos de

    degradao da fibrina e aumento do D-dmero B) O consumo e o aumento de funo dos fatores de

    coagulao so responsveis pelo alargamento da atividade de protrombina e do tempo de tromboplastina parcial ativado

    C) O depsito de fibrina intravascular causa fragmentao das hemcias e gera aparecimento de esquizcitos no sangue perifrico

    D) Os produtos de degradao da fibrina so potentes agentes tromboflicos e se associam a trombose microvascular

  • P R O C E S S O S E L E T I V O U N I F I C A D O 2013

    8

    Questo 09 Homem de 47 anos apresenta-se com 6 a 10 evacuaes por dia com fezes lquidas h 6 dias, sem vmitos, afebril, mas desidratado (+/4+). CORRETO afirmar: A) A pesquisa de Giardia lamblia e do rotavirus por meio de

    imunoensaio em material fecal apresenta elevada sensibilidade

    B) Dentre as causas infecciosas, as mais comuns so aquelas de etiologia viral (rotavirus e norovirus) e bacterianas (Salmonella sp. e Escherichia coli enterohemorrgica)

    C) O diagnstico de infeces por protozorios extracelulares como criptosporidium e isospora realizado por meio de pesquisa direta nas fezes

    D) O exame de coprocultura auxilia a abordagem teraputica, pois define o agente etiolgico quando a causa bacteriana

    Questo 10 Mulher de 69 anos, diabtica h 12 anos e, h 2 anos bem controlada. Evolui com fadiga, hiporexia e diarreia h cerca de 6 semanas. Ao exame fsico, foi constatado presena de glossite. Os exames laboratoriais evidenciaram anemia macrocitica e diminuio dos nveis sricos de vitamina D. No havia alteraes nos exames cardiopulmonares realizados. Qual seria o diagnstico MAIS provvel? A) Deficincia de IgA associada a diminuio dos nveis

    sricos de cido flico B) Doena celaca associada deficincia de piridoxina C) Hipocloridria secundria a gastrite auto-imune tipo B D) Supercrescimento bacteriano com aumento dos nveis

    sricos do cido metilmalnico

  • P R O C E S S O S E L E T I V O U N I F I C A D O 2013

    9

    Questo 11 Homem de 47 anos atendido no consultrio com anti-HVC e o estudo qualitativo do RNAHCV positivos. Relata que h 4 meses notou escurecimento transitrio da cor da urina, assim como as escleras estavam ligeiramente amarelas naqueles dias. Com base nesses dados CORRETO afirmar: A) A evoluo para cirrose heptica ocorre em 40 a 50% dos

    casos e acontece, em mdia, aps 20 anos do contgio B) Cerca de 30% dos pacientes permanecem com

    transaminases dentro dos valores de referncia e, raramente, evoluiro para cirrose

    C) O quadro clnico apresentado pode estar relacionado hepatite C aguda e a taxa de negativao do vrus ocorre at o 6 ms em 50% dos casos

    D) Uma vez com cirrose heptica, a taxa anual de incidncia do carcinoma hepatocelular 8 a 10%

  • P R O C E S S O S E L E T I V O U N I F I C A D O 2013

    10

    Questo 12 Mulher, 22 anos, procura atendimento mdico com queixa de dispnia aos grandes esforos, iniciada h cerca de 2 meses. Sem outras queixas. Relata passado de febre reumtica na adolescncia. Trouxe consigo radiografia de trax recente. FC: 74bpm;