clima - fatores - .paisagens- ) clima fatores climáticos os fatores climáticos são

Download Clima - Fatores - .paisagens- ) CLIMA Fatores Climáticos Os fatores climáticos são

Post on 20-Nov-2018

216 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Pgina 1

    com Prof. Giba

    (Disponvel em http://geofagia.blogspot.com.br/2009/06/formacao-das-

    paisagens-naturais.html)

    CLIMA

    Fatores Climticos

    Os fatores climticos so os responsveis pelas caractersticas ou modificaes dos elementos do clima e devem ser analisados em conjunto: uma localidade, por exemplo, pode estar perto do mar e ser seca, ou pode estar prxima a linha do equador e ser fria.

    Os principais fatores so a latitude, a altitude, a maritimidade (a distncia de uma localidade em relao ao mar), as correntes martimas e as massas de ar, alm daqueles relacionados s atividades humanas.

    Latitude

    - Quanto maior a latitude, mais frio ser. Junto ao equador os raios solares so mais concentrados porque atingem uma rea menor e nas grandes latitudes so

    dispersos pois atingem uma rea bem maior.Em funo da inclinao dos raios solares ao incidirem a superfcie terrestre, a radiao solar mais intensa no Equador e diminui na direo dos plos.

  • Pgina 2

    com Prof. Giba

    (Disponvel em http://geofagia.blogspot.com.br/2009/06/formacao-das-

    paisagens-naturais.html)

    Altitude

    Quanto maior a altitude, mais frio ser e quanto menor a altitude, mais quente. Isto ocorre, entre outros motivos, porque os raios solares chegam com certo comprimento de onda e ao refletirem de volta para o espao mudam este comprimento. Alm disso, nas baixas altitudes o ar mais concentrado (maior densidade) e por isso tem maior capacidade de acumular calor, enquanto nas altas altitudes o ar mais rarefeito e possui menor capacidade de armazenar calor. A altitude to importante para a determinao da temperatura que mesmo em reas de baixa latitude podemos encontrar montanhas com neve eterna.

    Vegetao

    A cobertura vegetal impede que os raios solares incidam diretamente sobre a superfcie, diminuindo, consequentemente, a absoro de calor e a temperatura. As plantas retiram umidade do solo pelas razes e a transferem para a atmosfera pelas folhas (evapotranspirao), aumentando a umidade. reas desmatadas tm diminuio umidade do ar e aumento da temperatura.

    Relevo

    Alm de estar associado altitude, o relevo influi na temperatura e na presso, facilita ou dificulta a circulao atmosfrica, dificulta a entrada de massas de ar ocenicas no interior dos continentes, influencia diretamente nas precipitaes e, conseqentemente, nos ndices pluviomtricos. Maritimidade / Continentalidade

    As grandes massas de gua possuem a caracterstica de reter o calor dos raios solares por mais tempo do que o solo. Assim como, tambm, possuem a caracterstica de resfriar mais lentamente. Isso acaba interferindo no clima das regies prximas, tais como as regies costeiras. Como a gua retm calor por mais tempo que o solo, a temperatura das regies litorneas se mantm praticamente constante, pois de dia enquanto ainda est quente, a gua absorve o calor do sol e, noite, quando deveria estar frio, a

  • Pgina 3

    com Prof. Giba

    (Disponvel em http://wikigeo.pbworks.com/w/page/36429950/Correntes%20Mar%C3%ADtimas)

    irradiao lenta do calor absorvido pela massa de gua faz com que o ar em torno se aquea, mantendo a temperatura. A proximidade ou o distanciamento do mar interfere nos climas. Regies prximas a grandes pores de gua tm climas amenos, com baixas amplitudes trmicas, enquanto regies distantes dos mares e grandes pores de gua apresentam maiores variaes trmicas durante o dia.

    Correntes Marinhas

    As correntes martimas so movimentos de grandes massas de gua dentro de

    um oceano ou mar. Tal qual a circulao dos ventos, as correntes martimas tm a

    caracterstica de influenciar o clima das regies em que atuam, possuem direes

    e constncias bem definidas.

    As correntes martimas tm sua origem na circulao dos ventos na superfcie e

    pelo movimento de rotao da Terra. Elas so responsveis pela distribuio da

    umidade e do calor entre as zonas climticas do planeta.

    As correntes marinhas podem ser quentes como a Corrente do Golfo, que se

    move no sentido sul-norte pela costa leste dos EUA e depois pela Europa, a

    Corrente do Brasil, que se move no sentido norte-sul pela costa brasileira. Essas

    correntes tm maior capacidade de evaporao e tornam o clima mais mido por

    onde passam.

  • Pgina 4

    com Prof. Giba

    As correntes frias tm menor capacidade de evaporao e por isso tornam os

    climas mais frios e secos, como a Corrente de Humbolt ou do Peru, que se move

    pelo Oceano Pacfico e responsvel pelo Deserto de Atacama, e a Corrente de

    Benguela, que se move da Antrtida em direo costa oeste da frica e resulta

    no Deserto da Nambia.

    TESTES

    1. (UFRGS) Considere as seguintes afirmaes a respeito da influncia dos fatores do clima no comportamento do mesmo. I. A temperatura mdia anual de Porto Alegre de aproximadamente 20, enquanto que a de Belm de cerca de 26. A diferena da mdia trmica anual entre as duas cidades deve-se, principalmente, influncia da altitude, que na cidade gacha bem maior que na paraense. II. Quanto menor o albedo, maior a absoro de raios solares e, portanto, maior o aquecimento. III. A corrente fria do Golfo, ou Gulf Stream, acelera o congelamento de setores no mar do Norte, favorecendo os rigores climticos do inverno na poro noroeste da Europa. IV. Por possuir uma quantidade de terras emersas muito maior que o Hemisfrio Sul, o Hemisfrio Norte tem uma amplitude trmica anual maior. Quais esto corretas? (A) Apenas I. (B) Apenas II. (C) Apenas I e III. (D) Apenas I e IV. (E) I, II, III e IV. 2. (UFRGS) Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas do enunciado abaixo, na ordem em que aparecem. Na cidade de Alegrete, na fronteira oeste do estado do Rio Grande do Sul, a amplitude trmica anual ............ que na cidade de Tramanda, localizada no litoral norte, devido ............ . J na cidade de So Francisco de Paula, localizada no Planalto Meridional, as temperaturas mdias sofrem a influncia da ..............., que as ................. . (A) menor maritimidade latitude aumenta (B) maior continentalidade altitude diminui (C) igual maritimidade altitude mantm (D) maior continentalidade latitude mantm (E) igual continentalidade altitude diminui

  • Pgina 5

    com Prof. Giba

    3. (UFSM) Observe o grfico:

    A partir da anlise do grfico em relao ao turismo de praia, assinale verdadeira (V) ou falsa (F) em cada afirmativa a seguir. ( ) A avaliao do nmero de horas mensais de insolao nas cidades litorneas destacadas revela uma vantagem natural dos polos nordestinos de turismo. ( ) Florianpolis tem o maior perodo de insolao em cerca de 8 meses do ano, revelando grande vantagem em relao s demais cidades ilustradas. ( ) Na comparao entre Fortaleza, Natal, Salvador e Florianpolis, observa-se que a capital cearense apresenta o maior perodo de insolao em cerca de 6 meses, podendo o turista usar esses dados para escolher o seu roteiro de viagem. A sequncia correta (A) V - V - F. (B) F - V - F. (C) V - V - V. (D) F - F - V. (E) V - F - V. 4. (UNISC) A tragdia do Titanic em 15 de abril de 1912 completou cem anos, mas ainda motivo para curiosidade da cincia. As teses sobre fatores ambientais para o desastre so diversas. O clima parece ter sido decisivo para o desfecho do navio. O New York Times, de 5 de maio de 1912, noticiou: O inverno quente sem precedentes em todo rtico a possvel causa do grande nmero de icebergs flutuando no Atlntico Norte e para eles terem alcanado latitudes to baixas . Acorrente de Labrador, onde estava o Titanic, foi muito mais ao Sul que o normal, carregando o gelo. Fonte: adaptado de http://www.correiodopovo.com.br /Impresso/?Ano=117&Numero=198& Caderno=0&Noticia=412538 Sobre as correntes martimas, podemos dizer que I- so pores de gua que se deslocam pelos oceanos, apresentando temperatura, salinidade, presso e velocidade prprias.

  • Pgina 6

    com Prof. Giba

    II- as correntes quentes se formam nas reas equatoriais e irradiam calor para o ar atmosfrico nas reas por onde circulam. III- as correntes frias se formam nas reas polares e provocam a queda da temperatura nas reas litorneas prximas. Assinale a alternativa correta. (A) Somente a afirmativa I est correta. (B) Somente as afirmativas I e II esto corretas. (C) Somente as afirmativas I e III esto corretas. (D) Somente as afirmativas II e III esto corretas. (E) Todas as afirmativas esto corretas.

    5. (UPF-2012/2) Sobre a dinmica climtica, no correta a afirmativa: (A) Nos perodos interglaciais, como o que vivemos atualmente, o derretimento das geleiras e o desprendimento de gigantescos blocos de gelo, os icebergs, provoca a elevao do nvel dos mares, ou seja, a transgresso marinha, interferindo nas correntes marinhas que regulam o clima nas costas ocenicas. (B) A maior parte dos fenmenos atmosfricos e das nuvens ocorre na Troposfera, onde a densidade do ar e a temperatura diminuem com a altitude (em mdia 10C a cada 1000 metros). (C) Algumas reas do interior da Amrica do Norte e da sia so desrticas porque o ar mido que vem do oceano sobe ao encontrar cadeias montanhosas e, com isso, a umidade se precipita, fazendo com que os ventos que chegam ao interior estejam secos. (D) Muitas regies apresentam um clima peculiar, diferente do clima da regio que as cerca, como por exemplo, nas grandes cidades, onde o asfalto, os prdios e o concreto substituram as reas verdes, possibilitando maior irradiao de calor e menor circulao de ar. (E) Quanto mais perto uma rea estiver do oceano, menor a influncia martima no clima, pois alm de fornecer umidade aos ventos, os oceanos trocam energia com as terras emersas, assim, a superfcie lquida se aquece e se resfria mais rapidamente, amenizando o clima e possibilitando maior var

Recommended

View more >