Cincias Humanas e suas Tecnologias - Histria Ensino Fundamental, 7 Ano Cultura na Colnia.

Download Cincias Humanas e suas Tecnologias - Histria Ensino Fundamental, 7 Ano Cultura na Colnia.

Post on 22-Apr-2015

102 views

Category:

Documents

0 download

TRANSCRIPT

  • Slide 1
  • Cincias Humanas e suas Tecnologias - Histria Ensino Fundamental, 7 Ano Cultura na Colnia
  • Slide 2
  • Histria, 7 Ano do Ensino Fundamental Cultura na Colnia Qual a identidade cultural do povo brasileiro? O meu pai era paulista Meu av, pernambucano O meu bisav, mineiro Meu tatarav, baiano Meu maestro soberano Foi Antonio Brasileiro (Para Todos, Chico Buarque)
  • Slide 3
  • E quem Antonio Brasileiro? "[...] Todos ns, brasileiros, somos carne da carne daqueles negros e ndios supliciados. Todos ns brasileiros somos, por igual, a mo possessa que os supliciou. A doura mais terna e a crueldade mais atroz aqui se conjugaram para fazer de ns sentida e sofrida que somos e a gente insensvel e brutal, que tambm somos. Como descendentes de escravos e de senhores de escravos, seremos sempre servos da maldade destilada e instilada em ns, tanto pelo sentimento da dor intencionalmente produzida para doer mais, quanto pelo exerccio da brutalidade sobre homens, sobre mulheres, sobre crianas convertidas em pasto de nossa fria. (Darcy Ribeiro, 1995) Disponvel em http://pt.wikipedia.org/wiki/O_Povo_Brasileiro Histria, 7 Ano do Ensino Fundamental Cultura na Colnia
  • Slide 4
  • Darcy Ribeiro, antroplogo brasileiro, em sua obra O povo brasileiro aborda a histria de sua formao, a partir do encontro dos europeus, africanos e indgenas no perodo em que o Brasil foi colonizado por Portugal. Imagem: Andr Koehne / GNU Free Documentation License Darcy Ribeiro - antroplogo, educador, poltico e escritor brasileiro, Imortal da Academia. Histria, 7 Ano do Ensino Fundamental Cultura na Colnia
  • Slide 5
  • Mas o que cultura? Aquele todo complexo que inclui o conhecimento, as crenas, a arte, a moral, a lei, os costumes e todos os outros hbitos e aptides adquiridos pelo homem como membro da sociedade. http://pt.wikipedia.org/wiki/Cultura Histria, 7 Ano do Ensino Fundamental Cultura na Colnia
  • Slide 6
  • Cultura o conjunto de manifestaes artsticas, sociais, lingusticas e comportamentais de um povo ou civilizao. Portanto, fazem parte da cultura de um povo as seguintes atividades e manifestaes: msica, teatro, rituais religiosos, lngua falada e escrita, mitos, hbitos alimentares, danas, arquitetura, invenes, pensamentos, formas de organizao social, etc. http://www.suapesquisa.com/o_que_e/cultura.htm Histria, 7 Ano do Ensino Fundamental Cultura na Colnia
  • Slide 7
  • Portanto, percebemos que uma cultura no vem pronta e acabada, ela se forma no dia a dia, no contato, na troca de experincias. A cultura colonial se forma a partir destes encontros ndio nativo Negro africano Branco europeu Histria, 7 Ano do Ensino Fundamental Cultura na Colnia
  • Slide 8
  • ndios, negros, mulatos e brancos manipulam as brechas no ritual da festa e as impregnam de representaes de sua cultura especfica. Eles transformam as comemoraes religiosas em oportunidade para recriar seus mitos, sua musicalidade, sua dana, sua maneira de vestir-se e a reproduzir suas hierarquias tribais, aristocrticas e religiosas. (...) o Estado Moderno est, por outro lado, empenhado em modificar os cdigos culturais que desabrochavam na Colnia (p. 89) DEL PRIORE, Mary Lucy. Festas e Utopias no Brasil Colonial. So Paulo, Brasiliense, 2000 A sociedade colonial se forma a partir das trs matrizes tnicas, independentemente da condio social, incontestvel a contribuio cultural de cada uma. A significativa presena destas etnias, as atividades comerciais e produtivas, a catequese imposta aos indgenas, a influncia europeia, foram elementos essenciais para a formao cultural no perodo colonial. Histria, 7 Ano do Ensino Fundamental Cultura na Colnia
  • Slide 9
  • Segundo a historiadora Mary del Priore, as festas foram elementos importantes na estrutura cultural da colnia. A presena das danas na festa ainda um resqucio do processo de catequese sofrido por essas populaes. Danava-se a chegana, a chula, o coco, o gongo, o lundu; dana de razes africanas e ibricas. DEL PRIORE, Mary Lucy. Festas e Utopias no Brasil Colonial. So Paulo, Brasiliense, 2000 Histria, 7 Ano do Ensino Fundamental Cultura na Colnia
  • Slide 10
  • A cultura religiosa A cultura religiosa foi o mais importante instrumento de colonizao. Toda ela importada pelos jesutas, que exerceram por trs sculos o monoplio da educao, do pensamento culto e da produo artstica. Histria, 7 Ano do Ensino Fundamental Cultura na Colnia
  • Slide 11
  • A minerao, no sculo XVIII, trouxe uma srie de transformaes sociais. A urbanizao, o desenvolvimento de um mercado interno, o surgimento de camadas intermedirias, a abundncia de trabalhadores livres. Este novo grupo social busca uma cultura que a distinga dos trabalhadores braais. Logo se tornaram consumidores da erudio e cultura europeias. Inicialmente influenciados pelos jesutas, esta camada consegue algum grau de liberdade intelectual aps a reforma pombalina que expulsa estes padres. Histria, 7 Ano do Ensino Fundamental Cultura na Colnia
  • Slide 12
  • Nasceu assim uma sociedade diferenciada, constituda no s de mineradores como de negociantes, advogados, padres, fazendeiros, artesos, burocratas, militares (...) A vida social concentrou-se nas cidades, centro de residncias, dos negcios, das festas comemorativas. Nelas, ocorriam manifestaes culturais no campo das artes, das letras e da msica. FAUSTO, Boris. Histria Concisa do Brasil, 2009 p.55 Histria, 7 Ano do Ensino Fundamental Cultura na Colnia
  • Slide 13
  • Em Minas Gerais, desenvolveu-se a arquitetura civil. No Nordeste, as cidades no tiveram os esplndidos edifcios pblicos de Minas Gerais; faltaram-lhes as torres e os portes dos edifcios de Ouro Preto e as linhas harmoniosas dos de Mariana. Fonte: http://pt.shvoong.com/humanities/arts/134 6084-cultura-colonial-brasil/#ixzz1yNLvFa9a Rua da cidade de Mariana-Minas Gerais - Brazil Imagem: Tecnocrata / Creative Commons Attribution-Share Alike 2.5 Generic Histria, 7 Ano do Ensino Fundamental Cultura na Colnia
  • Slide 14
  • O movimento barroco, surgido na Europa, repercutiu profundamente no Brasil colonial, atravs dos jesutas. Porm, como o enriquecimento do pas foi progressivo, a igreja s podia ornamentar-se medida que as riquezas aumentavam. Fonte: http://pt.shvoong.com/humanities/arts/1346084-cultura-colonial-brasil/#ixzz1yNQvNaDB Histria, 7 Ano do Ensino Fundamental Cultura na Colnia
  • Slide 15
  • Sugesto de atividade: observar os aspectos da arquitetura, da pintura e escultura mineiras nas imagens, para identificar as caractersticas predominantes no estilo barroco. MestreAtaide Convento de So Francisco do Largo da Carioca - Igreja da Venervel Ordem Terceira de So Francisco da Penitncia - Teto da nave Papai nao identificada, Sacristia da Igreja da Ordem Terceira de So Francisco, Salvador Imagens: (a)Manuel da Costa Atade / public domain; (b) Halleypo / Creative Commons Attribution-Share Alike 3.0 Unported; (c) Autor desconhecido / Creative Commons Attribution-Share Alike 3.0 Unported Histria, 7 Ano do Ensino Fundamental Cultura na Colnia
  • Slide 16
  • Apesar da influncia inicial do Barroco europeu, a arte barroca no Brasil assumiu caractersticas prprias. A arte barroca evoca a religio em cada detalhe: 1.Altares geralmente em madeira 2.Ricos ornamentos espirais ou florais, entalhados com figuras de anjos e imagens revestidas de uma fina pelcula de ouro. 3.Santos em relevo se espalham pela capela da nave central, teto representando geralmente um cu em perspectiva, que aumenta a sensao de profundidade no ambiente. Histria, 7 Ano do Ensino Fundamental Cultura na Colnia
  • Slide 17
  • Minas Gerais: o barroco mineiro "O Barroco Mineiro nasceu mestio como seus criadores, filtrando influncias de vrias partes de Portugal e do Brasil. Muitas vezes, seu esplendor se esconde no interior das pequenas igrejas de paredes de taipa, quadradas e brancas, revelando-se com impacto quando se abrem as portas. o que acontece, por exemplo, na Igreja de Nossa Senhora do , em Sabar, ou na Capela do Padre Faria, em Vila Rica, e em vrias outras construes da primeira metade do sculo XVIII". (Saga: a grande Histria do Brasil. So Paulo: Abril Cultural, 1981, vol. 2-p.127) http://www.historiamais.com/barrocoII.htm Histria, 7 Ano do Ensino Fundamental Cultura na Colnia
  • Slide 18
  • Profeta Ezequiel - Doze profetas de Aleijadinho Congonhas Minas Gerais O maior expoente do barroco mineiro Antnio Francisco Lisboa, o Aleijadinho. Escultor, entalhador e arquiteto, Aleijadinho trabalhava principalmente em Vila Rica, atual Ouro Preto, e Congonhas do Campo. Tem obras espalhadas em So Joo Del Rey, Sabar e Mariana. Imagem: Aleijadinho/ disponobilizado por Luis Rizo / public domain. Histria, 7 Ano do Ensino Fundamental Cultura na Colnia
  • Slide 19
  • A literatura e o teatro, influenciados pelo universo religioso, trazem um discurso retrico e moralizante. Os primeiros sinais de uma produo cultural de carter nativista aparecem no livro de poemas Msica no Parnaso, de Manoel Botelho de Oliveira (1636-1711). Significativa tambm a obra satrica de Gregrio de Matos e Guerra, que traa amplo painel da vida na Bahia. Histria, 7 Ano do Ensino Fundamental Cultura na Colnia
  • Slide 20
  • Nos sculos XVI e XVII, destacamos a chamada Literatura de Informao ou dos Viajantes, que abordava aspectos do cotidiano dos colonos e nativos e fornecia, em muitos casos, informaes detalhadas sobre natureza, clima, alimentao, etc. Merecem destaque: - Histria do Brasil, do Frei Vicente do Salvador. - Histria da Provncia de Santa Cruz e Tratado da Terra do Brasil, de Pero de Magalhes Gandavo. - Tratado Descritivo do Brasil, de Gabriel Soares de Sousa. - Cultura e Opulncia das Terras do Brasil, do Padre Antonil. - Viagens e Aventuras no Brasil, de Hans Staden. - Histria de Uma Viagem Feita Terra do Brasil, de Jean de Lry. - A obra religiosa e didtica do Padre Anchieta (poemas, autos, etc.). Destaque maior ainda merecem os autores do estilo Barroco no Brasil: Gregrio de Matos e Guerra, conhecido como Boca do Inferno, que, apesar de se inspirar nas regras do Barroco europeu, desenvolveu ideias prprias e retratou a sociedade brasileira colonial, principalmente com seus poemas satricos, como Os Eplogos. O padre Antnio Vieira foi o maior orador religioso da lngua portuguesa, com seus famosos Sermes (Sermo da Sexagsima, Sermo dos Peixes, Sermo para o Bom Sucesso das Armas de Portugal contra as de Holanda, etc.). http://jchistorybrasil.webnode.com.br/igreja,%20educa%C3%A7%C3%A3o%20e%20cultura%20no%20brasil%20colonial/ Literatura de informao Histria, 7 Ano do Ensino Fundamental Cultura na Colnia
  • Slide 21
  • Gregrio de Matos foi um importante poeta colonial brasileiro do sculo XVII Boca do inferno foi o apelido dado a Gregrio por sua ousadia em criticar a Igreja Catlica, muitas vezes ofendendo padre e freiras. Tambm criticava a cidade de Salvador, BA. Uma cidade to nobre, uma gente to honrada veja-se um dia louvada desde o mais rico ao mais pobre: cada pessoa o seu cobre, mas se o diabo me atia, que indo a fazer-lhe justia algum saia a justiar, no me podero negar que por direito, e por Lei esta a justia, que manda El- Rei Trecho tirado do poema Finge que Defende a Honra da Cidade e Aponto os Vcios de Seus Moradores Frontispcio De Edio De 1775 Dos poemas De Gregrio de Matos. Imagem: Andr Koehne / public domain Histria, 7 Ano do Ensino Fundamental Cultura na Colnia
  • Slide 22
  • Arcadismo Mineiro No sculo XVIII, destacamos o Arcadismo Mineiro, com seu bucolismo e com sua linguagem mais simples que a do Barroco. Seus autores usavam pseudnimos, imitando os europeus e quase todos participaram da Inconfidncia Mineira. Histria, 7 Ano do Ensino Fundamental Cultura na Colnia
  • Slide 23
  • Arcadismo Na literatura, a regio v nascer o arcadismo, primeira escola literria da colnia. Por volta de 1760, surge um movimento literrio especfico da regio das minas, o arcadismo. Privilegia o buclico e a simplicidade, utiliza imagens da mitologia e modelos literrios greco-romanos. Destacam-se a obra lrica de Toms Antnio Gonzaga e os poemas picos de Cludio Manuel da Costa. Os rcades mineiros criticam a opresso colonial e participam da Inconfidncia Mineira. Histria, 7 Ano do Ensino Fundamental Cultura na Colnia
  • Slide 24
  • Entre as caractersticas do movimento no Brasil, destacam-se a introduo de paisagens tropicais, como em Caramuru, valorizao da histria colonial, o incio do nacionalismo e da luta pela independncia e a colocao da colnia como centro das atenes. Caramuru Imagem: 555/ public domain Histria, 7 Ano do Ensino Fundamental Cultura na Colnia
  • Slide 25
  • No sculo XIX, o sistema colonial entrou em crise por uma srie de fatores Novas ideias; Transformaes econmicas e sociais; Desenvolvimento das colnias resultado do investimento e das exploraes realizadas pelos colonizadores gerando na populao colonial o sentimento de emancipao. Histria, 7 Ano do Ensino Fundamental Cultura na Colnia
  • Slide 26
  • Tabela de Imagens n do slide direito da imagem como est ao lado da foto link do site onde se conseguiu a informaoData do Acesso 4Andr Koehne / GNU Free Documentation License http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Darcy_Ribeiro.jpg 03/09/2012 13Tecnocrata / Creative Commons Attribution- Share Alike 2.5 Generic http://commons.wikimedia.org/wiki/File%3AMaria na-MG.jpg 03/09/2012 15AManuel da Costa Atade / public domainhttp://commons.wikimedia.org/wiki/File:MestreAta ide4.jpg 03/09/2012 15BHalleypo / Creative Commons Attribution- Share Alike 3.0 Unported http://commons.wikimedia.org/wiki/File%3AConve nto_santo_antonio_igreja_sao_francisco_teto.jpg 03/09/2012 15CAutor desconhecido / Creative Commons Attribution-Share Alike 3.0 Unported http://commons.wikimedia.org/wiki/File%3AIgreja_ de_S%C3%A3o_Francisco_-_Salvador_- _Estatu%C3%A1ria_barroca.jpg 03/09/2012 18Aleijadinho / disponobilizado por Luis Rizo / public domain. http://commons.wikimedia.org/wiki/File%3AEzequi el_2_-_Aleijadinho.jpg 03/09/2012 21Andr Koehne / public domainhttp://commons.wikimedia.org/wiki/File:Greg%C3 %B3rio_de_Matos_1775.jpg#filelinks 03/09/2012 24555/ public domainhttp://commons.wikimedia.org/wiki/File:Caramuru _capa.jpg 03/09/2012

Recommended

View more >