Ciencias Humanas

Download Ciencias Humanas

Post on 12-Jun-2015

405 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

<p>QuestesCInCIas humanas e suas teCnologIasApresentado pela:Prezado(a),Sentimo-nos orgulhosos de receb-lo(a) neste Simulado. Leia com ateno as instrues abaixo:1)Confra, nas folhas pticas, seu nome e nmero de inscrio. Se constatar algum erro, informe ao fscal de sala.2)Preencha com ateno a Folha ptica de Respostas da Prova, pois no haver folha avulsa para substituir a original. Ao faz-lo nesta folha, destinada marcao das respostas, obedea ao limite dos quadrculos.3)Indique, com o preenchimento total dos quadrculos, as respostas referentes s alternativas A, B, C, D ou E de cada questo da prova.4)AssineaFolhapticadeRespostasdaProva,noespaoreservadonorodapdafolha,seminvadiroscampos destinados s respostas.5)Use somente caneta esferogrfca azul ou preta.6)No dobre nem rasure a Folha ptica de Respostas da Prova.7) Coloque embaixo da carteira universitria todo o seu material (celular, apostilas, cadernos, bolsa etc.). Os celulares devero permanecer desligados durante toda a prova.8)Antes de 2 (duas) horas de prova, nenhum candidato poder deixar a sala, tampouco as dependncias da Universidade.9)Casofaltealgumafolha,soliciteimediatamenteaofiscaldesalaoutrocadernocompleto.Noseroaceitas reclamaes posteriores.10)No ser permitida nenhuma espcie de consulta nem uso de calculadora para a realizao da prova.11)Utilizeosespaosdesignadospararascunhonoprpriocadernodequesto;mas,ateno,poisestesnosero considerados para a correo de sua prova.12)Administreseutempo!Otempototaldasduasprovas(CinciasHumanaseSuasTecnologiaseMatemticaeSuas Tecnologias) de 5 (cinco) horas.13)Ao terminar, entregue ao fscal de sala a Folha ptica de Respostas da Prova.BOA PROVA!Realizao:4 CINCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS Questo 1 Suponha que a imagem apresentada a seguir tenha como propsito divulgar algum encontro mundial realizado pela Organizao das Naes Unidas (ONU).Fonte: Marco Aurlio. Antologia Brasileira do Humor. J a Z. Porto Alegre: L&amp;PM, 1976. volume 2A imagem seria mais adequada para divulgar uma reunio sobre a) o tratado de no proliferao nuclear. b) o desarmamento global.c) a explorao do trabalho infantil.d) a gerao de empregos.e) o Protocolo de Kyoto. Questo 2 Leia o texto.O conceito da economia marxista defnido pelo conjunto das foras produtivas e das relaes de produo. O modo de produo se confunde, de certa maneira, com a estrutura econmica da sociedade, englobando a produo, distribuio, circulao e consumo. Louis Althusser entende o modo de produo como uma totalidade que articula a estrutura econmica, a estrutura poltico-jurdica (leis, Estado) e uma estru-tura ideolgica (ideias, costumes). Teoricamente, numa formao social concreta, podem estar presentes vrios modos de produo, tendo um como dominante. Embora a questo da sucessividade histrica obrigatria dos modos de produo tenha dominado os estudos marxistas por muito tempo, ela no encontra respaldo terico nas obras de Marx, e nem mesmo nas de Engels.Fonte:SANDRONI, Paulo. Verbete Modo de Produo. In:_Dicionrio de Economia do Sculo XXI. Rio de Janeiro: Record, 2005. p. 565-566Aps a leitura atenta do texto, assinale a alternativa em que aparecem listados, em ordem cronolgica, os quatro mais importantes modos de produo da histria da humanidade. a) Escravista / Feudal / Asitico / Capitalista.b) Capitalista / Feudal / Asitico / Escravista.c) Feudal / Escravista / Capitalista / Asitico.d) Asitico / Escravista / Feudal / Capitalista.e) Asitico / Feudal / Escravista / Capitalista. Questo 3 Observe atentamente as informaes abaixo para responder questo. Numa palavra, em todas as partes os comunistas apoiam todo movimento revolucionrio contra as condies sociais e polticas existentes. Em todos esses movimentos, pem em destaque como questo fundamental do mo-vimento a questo da propriedade, tenha ela alcanado ou no uma forma mais desenvolvida. Os comunistas recusam-se a ocultar suas opinies e suas intenes. Declaram abertamente que seus objetivos s podem ser alcanados com a derrubada violenta de toda a ordem so-cial at aqui existente. Que as classes dominantes tremam diante de uma revoluo comunista. Os proletrios nada tm a perder nela a no ser suas cadeias. Tm um mundo a ganhar: Proletrios de todos os pases, uni-vos!Fonte: MARX, Karl e ENGELS, Friedrich. Manifesto do Partido Comunista. So Paulo: Vozes, 1993. p. 99O sculo XX foi marcado por uma srie de movimen-tos que tomaram por base as ideias de Marx e Engels sobre uma possvel Revoluo Comunista. Assinale a alternativa na qual aparecem, na ordem histrica em que aconteceram, trs dos mais importantes desses movimentos: a)Revoluo Russa / Revoluo Cubana / Revoluo Chinesa.b)Revoluo Cubana / Revoluo Mexicana / Revoluo Sandinista. c)Revoluo Chinesa / Revoluo Russa / Revoluo Cubana.d)Revoluo Cubana / Revoluo Russa / Revoluo Chinesa.e) Revoluo Russa / Revoluo Chinesa / Revoluo Cubana. 5 CINCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS Questo 4 De acordo com dados divulgados no fm de 2008 pelo Ministrio de Minas e Energia, a produo e o consumo de leo diesel no Brasil para os prximos 20 anos apresentaro o seguinte comportamento: 2:81 2:91 2::1 3111 3121 3131 3141Ccrsamc lrcaa(+c ae aiesel ae retrcleclrcaa(+c ae aiesel ae retrclec - h-bic e |icaieselQSPEVP!F!DPOTVNP!EF!EJFTFM!(mil|ces m3)2362118661361Fonte: Ministrio de Minas e EnergiaCom base nos dados apresentados no grfco, avalie as seguintes afrmativas: I. O consumo de leo diesel continuar elevado em razo de a matriz predominante de transportes brasileira ser excessivamente dependente do modelo rodovirio.II. A partir de 2015, a ampliao da oferta de leos vege-tais, incrementada por polticas pblicas de incentivo produo de combustveis renovveis e menos poluentes, ser responsvel pelo supervit na oferta geral de diesel. III. A partir de 2020 haver reduo no ritmo de cresci-mento da produo de diesel de petrleo, em decorrncia das presses ambientalistas favorveis diminuio do uso de fontes no renovveis responsveis pela grande emisso de CO2 na atmosfera.Considerando-se as afrmaes, pode-se dizer que a) apenas a II e a III esto corretas.b) apenas a I e a II esto corretas. c) todas esto corretas.d) apenas a I e a III esto corretas.e) apenas a II est correta. Questo 5 De acordo com o Relatrio do Desenvolvimento Humano 2007/2008, nas prximas dcadas, as alteraes climticas globais infuenciaro a produo agrcola de muitos pases. Observe no grfco as projees para o ano de 2080.NVEBOBT!OP!QPUFODJBM!BHSDPMB)b!edbeb!ef!3191!dpn!&amp;!ep!qpufodjbm!ef!3111*31 21gsjdb1 .21 .31Bnsjdb!MbujobPsjfouf!Nejpf!opsuf!eb!gsjdbtjbQbtftfn!wjb!efeftfowpmwjnfoupNvoepQbtft!joevtusjbjtFonte: ONU - Relatrio do Desenvolvimento Humano 2007/2008. p. 91Com base nessas informaes, avalie as afrmativas a seguir:I. A produo agrcola mundial ser muito afetada.II. O potencial agrcola poder aumentar 8% nos pases desenvolvidos.III. O potencial agrcola dos pases em desenvolvimento ser mais afetado do que o dos pases ricos.IV. Entre todas as regies consideradas, a frica ser a mais afetada. correto o que se afrma em:a) II, III e IV, somente. b) I, II e III somente.c) I, II, III e IV.d) III e IV, somente.e) II e IV, somente.6 CINCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS Questo 6 Leia atentamente as informaes abaixo, referentes ao Imprio Macednico, comandado por Alexandre Magno.Alexandre expandiu o seu imprio em direo da sia e da frica. Conquistou o imprio persa, a Fencia, o Egito e a parte da ndia. Ele pretendia conquistar at a regio do rio Ganges, na ndia, porm seus soldados, cansados de tantas guerras seguidas, se recusaram a segui-lo. De qualquer maneira, a Macednia j havia se tornado o centro de um dos maiores imprios do mundo antigo: O Imprio de Alexandre. Uma das principais caractersti-cas de Alexandre Magno foi a maneira como ele tratou os povos vencidos: Respeitou suas religies e instituies polticas; Incentivou o casamento entre vencidos e vencedores; Permitiu que jovens persas participassem dos exrcitos greco-macednicos; Tentou fundir os povos, buscando eliminar as diferenas e as desigualdades entre eles.Agindo assim, Alexandre Magno criava condies para uma integrao cultural no vasto imprio por ele conquistado. O resultado mais importante do seu trabalho foi a chamada cultura helenstica, que se originou da fuso da cultura grega (helnica) com a cultura oriental.Fonte: Alexandre Magno e a Cultura Helenstica. Disponvel em: www.infoescola.com/historia/alexandre-magno-e-a-cultura-helenistica/. Acesso em 5 de maro de 2009A anlise das informaes contidas no texto acima nos permite concluir que:a)ao implantar uma Monarquia Teocrtica, Alexandre Magno contribuiu para a fuso das culturas oriental e ocidental, uma vez que a maior caracterstica poltica grega foi levada aos povos dominados.b)adotando a concepo persa de democracia, Alexan-dre Magno, ao retornar para a Grcia, implementou esse sistema de governo, que atingiu seu auge na cidade de Atenas.c)o respeito s culturas dos povos conquistados ga-rantiu a Alexandre Magno o controle sobre vastos territrios, reduzindo o nmero de revoltas das populaes dominadas. d)a tentativa de minar as tradies culturais dos povos dominados fez com que surgissem inmeras revoltas contra o governo de Alexandre Magno, levando queda de seu Imprio. e)a fuso de padres culturais macednicos com pa-dres latinos e persas deu origem Cultura Helens-tica, difundida pela expanso do Imprio de Alexan-dre Magno. Questo 7 Para responder questo, leia atentamente os textos abaixo:Texto IH poesia e grandeza imensas, indomvel energia, tenaci-dade incomparvel, nesses bandos de aventureiros que, sem itinerrio, sem bssola, sem abrigo, l se iam conquista do remoto serto misterioso! E, obstinados, sem desanimar ante inmeras catstrofes, percorrem o interior do Brasil, durante um sculo inteiro, descortinam regies enormes, sustentando longas e sanguinolentas campanhas, descobrindo o ouro e os diamantes. Minas Gerais, Mato Grosso, o oeste de S. Paulo foram explorados, sem interveno do governo, graas audaz iniciativa deles. Os bandeirantes eis a nota galharda e rubra dos nossos anais.Fonte: CELSO, Affonso. Porque Me Ufano de Meu Pas. Texto original de 1900. Rio de Janeiro: Expresso e Cultura, 2001. p. 177-179Texto IIA partir de 1619, os bandeirantes intensifcaram os ataques contra as redues jesuticas, e os artesos e agricultores gua-ranis foram escravizados em massa. No entanto, muito antes de surgirem os primeiros aldeamentos na bacia do Prata, os paulistas j percorriam o serto, buscando na preao do ind-gena o meio para sua subsistncia. Ligados a uma cultura de subsistncia baseada no trabalho escravo dos ndios, os paulis-tas comearam suas expedies de apresamento (ou preao) em 1562, quando Joo Ramalho atacou as tribos do vale do rio Paraba. As redues organizadas pelos jesutas no interior do continente foram, para os paulistas, um presente dos cus: reuniam milhares de ndios adestrados na agricultura e nos trabalhos manuais. Para os paulistas, atacar as reduesjesuticas era a via mais fcil para o enriquecimento.Fonte: CAMPOS, Francisco Antonio Luciano de. Bandeirismo de Preao. 1999. Disponvel em: www.geocities.com/bandeiras99/preacao.htmAcesso em 5 de maro de 2009Assinale a alternativa que melhor expressa a relao existente entre os dois textos:a)Os textos se complementam, uma vez que ambos enaltecem a fgura heroica dos bandeirantes paulis-tas, destacando sua contribuio econmica.b)A relao impossvel entre os textos, j que o pri-meiro trata da expanso territorial e o segundo, do aprisionamento de ndios pelos bandeirantes.c)Os textos se contradizem, pois o primeiro coloca em dvida a participao dos bandeirantes no proces-so de expanso territorial e o segundo enaltece sua contribuio.d) Os textos se complementam, uma vez que ambos criticam a participao dos bandeirantes no massacre e na escravizao de naes indgenas.e) O segundo texto contesta o primeiro ao eliminar a ima-gem dos bandeirantes como fguras heroicas, atribuin-do-lhes responsabilidade na escravizao dos ndios.7 CINCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS Questo 8 Observe os grfcos para responder questo.Mulheres HomensBrasil7.080 anos ou mais75 a 79 anos70 a 74 anos65 a 69 anos60 a 64 anos55 a 59 anos50 a 54 anos45 a 49 anos40 a 44 anos35 a 39 anos30 a 34 anos25 a 29 anos20 a 24 anos15 a 19 anos10 a 14 anos5 a 9 anos0 a 4 anos6.0 5.0 4.0 3.0 2.0 1.0 0.0 1.0%2.0 3.0 4.0 5.0 6.0 7.0Mulheres HomensRssia7.0 6.0 5.0 4.0 3.0 2.0 1.0 0.0 1.0%2.0 3.0 4.0 5.0 6.0 7.0Mulheres HomensIndia7.0 6.0 5.0 4.0 3.0 2.0 1.0 0.0 1.0%2.0 3.0 4.0 5.0 6.0 7.080 anos ou mais75 a 79 anos70 a 74 anos65 a 69 anos60 a 64 anos55 a 59 anos50 a 54 anos45 a 49 anos40 a 44 anos35 a 39 anos30 a 34 anos25 a 29 anos20 a 24 anos15 a 19 anos10 a 14 anos5 a 9 anos0 a 4 anosMulheres Homensfrica do Sul7.0 6.0 5.0 4.0 3.0 2.0 1.0 0.0 1.0%2.0 3.0 4.0 5.0 6.0 7.080 anos ou mais75 a 79 anos70 a 74 anos65 a 69 anos60 a 64 anos55 a 59 anos50 a 54 anos45 a 49 anos40 a 44 anos35 a 39 anos30 a 34 anos25 a 29 anos20 a 24 anos15 a 19 anos10 a 14 anos5 a 9 anos0 a 4 anosMulheres HomensChina7.0 6.0 5.0 4.0 3.0 2.0 1.0 0.0 1.0%2.0 3.0 4.0 5.0 6.0 7.0COMpOSIO dA pOpULAO rESIdENTE, pOr SExO, SEGUNdO OS GrUpOS dE IdAdEBrASIL, rSSIA, NdIA, CHINA E frICA dO SULPerodo 2005/201080 anos ou mais75 a 79 anos70 a 74 anos65 a 69 anos60 a 64 anos55 a 59 anos50 a 54 anos45 a 49 anos40 a 44 anos35 a 39 anos30 a 34 anos25 a 29 anos20 a 24 anos15 a 19 anos10 a 14 anos5 a 9 anos0 a 4 anos80 anos ou mais75 a 79 anos70 a 74 anos65 a 69 anos60 a 64 anos55 a 59 anos50 a 54 anos45 a 49 anos40 a 44 anos35 a 39 anos30 a 34 anos25 a 29 anos20 a 24 anos15 a 19 anos10 a 14 anos5 a 9 anos0 a 4 anos Fonte: IBGE - Sntese de indicadores sociais 2008, p. 26/27De acordo com os dados da Diviso de Populao das Naes Unidas, para o perodo 2005-2010, foram construdas pirmides etrias a fm de comparar a estrutura etria do Brasil com a de outros pases considerados economias emergentes Rssia, ndia, China e frica do Sul.Com base nas pirmides etrias acima e em seus conhecimentos sobre a populao desses pases, pode-se afrmar que:a)a China apresenta uma estrutura etria mais jovem, contrastando com a estrutura um pouco mais envelhecida do Brasil e da frica do Sul.b) o formato da pirmide brasileira corresponde ao tipo de grfco representativo do estgio de transio demogrfca. c) a Rssia apresentou altas taxas de mortalidade na ltima dcada, o que explica o encolhimento da base de sua pirmide etria.d)nos prximos dez anos, a pirmide etria da frica do Sul apresentar um desenho muito prximo da pirmide chinesa.e)o comportamento demogrfco do Brasil nos prximos 30 anos far com que a sua pirmide apresente o mesmo comportamento da estrutura etria da ndia.8 CINCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS Questo 9 Leia os textos para responder questo.Desde o fnal dos anos 1960, Odair [Jos] comeou a ter problemas com o rgo repressor ofcial do pas na poca da ditadura [militar]. Vrias letras de sua autoria foram dilaceradas, desmembradas e proibidas pelos agentes da cen-sura. Mas Odair no se dava por vencido e seguia compondo e cantando. Talvez a msica mais emblemtica da carreira de c...</p>