check çlist nr 20

Click here to load reader

Post on 26-Nov-2015

79 views

Category:

Documents

9 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Item 20.5: PROJETO DA Instalao

20.5.2.1No projeto das instalaes Classe I devem constar os dispostos nas seguintes alneas: (Conforme Art. 3 da Portaria n 30812012 de 0610312012, o prazo para adequao do item 20.5.2.1 de 12 meses a partir da data do sua publicao, ou seja, entrada em vigor em 06/03/2013): 1. Descrio das instalaes e seus respectivos processos atravs do manual de operaes; 2. Planta geral de locao das instalaes;3. Caractersticas e informaes de segurana, sade e meio ambiente relativas aos inflamveis e lquidos combustveis, constantes nas fichas com dados de segurana de produtos qumicos, de matrias primas, materiais de consumo e produtos acabados;4. Plantas, desenhos e especificaes tcnicas dos sistemas de segurana da instalao;5. Identificao das reas classificadas da instalao, para efeito de especificao dos equipamentos e instalaes eltricas;

ATENDIDOSIMNOCOMO ADEQUAR/PRAZO

Evidncia:Documentao tcnica do projeto contendo: Planta geral de Locao das instalaes; FISPQs dos produtos movimentados; Plantas, desenhos e especificaes tcnicas dos sistemas de segurana; Identificao das reas classificadas da instalao;

20.5.2.2No projeto, devem ser observadas as distncias de segurana estabelecidas em normas tcnicas nacionais.

ATENDIDOSIMNOCOMO ADEQUAR/PRAZO

Evidncia: Distncias dos tanques e bombas a divisa do terreno e as vias pblicas iguais ou superiores aos valores estabelecidos nas normas tcnicas nacionais.

20.5.2.3O projeto deve incluir o estabelecimento de mecanismos de controle para interromper e/ou reduzir uma possvel cadeia de eventos decorrentes de vazamentos, incndios ou exploses.

ATENDIDOSIMNOCOMO ADEQUAR/PRAZO

Evidncia: Mureta de conteno ao redor da rea de descarga a distncia Canaletas de conteno ao redor da pista de abastecimento Sistema de sprinkler ou espuma

20.5.3Os projetos das instalaes existentes devem ser atualizados com a utilizao de metodologias de anlise de riscos para a identificao da necessidade de adoo de medidas de proteo complementares. (Conforme Art. 30 da Portaria n 308/2012 de 06/03/2012, para instalaes Classe I, o prazo para adequao do item 20.5.3 foi estabelecido em 18 meses a partir do doto do suo publicao, ou seja, entrando em vigor em 06/09/2013):

ATENDIDOSIMNOCOMO ADEQUAR/PRAZO

Evidncia: Anlises de risco atualizadas das instalaes do Posto de Servio contendo recomendaes e planos de ao.

20.5.7No processo de transferncia, enchimento de recipientes ou de tanques, .devem ser definidas em projeto as medidas preventivas para:a) eliminar ou minimizar a emisso de vapores e gases inflamveis;b) controlar a gerao, acmulo e descarga de eletricidade esttica.(Conforme Art. 3 da Portaria n 308/2012 de 06/03/2012, o prazo para adequao do item 20.5.7 foi estabelecido em 6 meses a partir do data do sua publicao, ou seja, entrada em vigor em 06/09/2012

ATENDIDOSIMNOCOMO ADEQUAR/PRAZO

Evidncia: Projeto contendo definies de medidas preventivas de emisses e eletricidade esttica.

ITEM 20.6: SEGURANA NA CONSTRUO E MONTAGEM20 6 2As inspees e os testes realizados na fase de construo e montagem e no comissionamento devem ser documentados de acordo com o previsto nas Normas Regulamentadoras, nas normas tcnicas nacionais e, na ausncia ou omisso destas, nas normas internacionais e nos manuais de fabricao dos equipamentos e mquinas.

ATENDIDOSIMNOCOMO ADEQUAR/PRAZO

Evidncia: Registros de inspees e testes realizados na montagem e pr-partida de tanques e linhas demonstrando atendimento as normas tcnicas Registros de inspees e testes pr-partida de instalao de compressores, bombas de abastecimento e demais equipamentos crticos.

20.6.3Os equipamentos e as instalaes devem ser identificados e sinalizados, de acordo com o previsto pela Norma- Regulamentadoras e normas tcnicas nacionais.

ATENDIDOSIMNOCOMO ADEQUAR/PRAZO

Evidncia: Plaqueta de identificao nas bombas de abastecimento atendendo as normas construtivas adotadas Plaqueta de identificao e Registro de testes de construo de compressores

ITEM 20.7: SEGURANA OPERACIONAL20.7, 20.7. 1E 20.7.2O empregador deve elaborar, documentar, implementar, divulgar e manter atualizados procedimentos operacionais que contemplem aspectos de segurana e sade no trabalho, em conformidade com as especificaes do projeto das instalaes classe I e com as recomendaes das anlises de riscos. (Conforme Art, 3 da Portaria n 308/20/2 de 0610312012, o prazo para adequao do item 20,7 nos instalaes Classe I foi estabelecido em 12 meses em 50% da instalao e 18 meses em 100% do insto/ao a partir da data do sua publicao);Os procedimentos operacionais referidos no item 20.7. I devem ser revisados e/ou atualizados, no mximo trienalmente para. instalaes Classe I ou em uma das seguintes situaes (Conforme Art. 3 da Portaria n 308/2012 de 06/03/2012, o prazo para adequao do item 20.7.1.1 de 6 meses a partir da data de sua publicao, ou seja, entrando em vigor em 06/09/2012): Recomendaes decorrentes do sistema de gesto de mudanas; Recomendaes decorrentes das anlises de riscos; Modificaes ou ampliaes da instalao; Recomendaes decorrentes das anlises de acidentes e/ou incidentes nos trabalhos relacionados com inflamveis e lquidos combustveis Solicitaes da CIPA e SESMT;

ATENDIDOSIMNOCOMO ADEQUAR/PRAZO

Evidncia: Procedimentos operacionais desenvolvidos, implementados e atualizados, incluindo aspectos de segurana e sade ocupacional, com perodos de reviso e atualizao estabelecidos.

20.7.3Nas operaes de transferncia de inflamveis, enchimento de recipientes ou de tanques, devem ser adotados procedimentos para:a) eliminar ou minimizar a emisso de vapores e gases inflamveis;b) controlar a gerao, acmulo e descarga de eletricidade esttica.

ATENDIDOSIMNOCOMO ADEQUAR/PRAZO

Evidncia: Procedimentos operacionais estabelecendo: velocidades e vazes para descarga de produtos recebidos de caminhes-tanque; Velocidades e vazes de enchimento dos compartimentos de armazenagem dos veculos automotivos; Aterramento de caminhes-tanque para descarga

20 7 4No processo de transferncia de inflamveis e lquidos combustveis, deve-se implementar medidas de controle operacional e/ou de engenharia das emisses fugitivas, emanadas durante a descarga de veculos transportadores, para a eliminao ou minimizao destas emisses.

ATENDIDOSIMNOCOMO ADEQUAR/PRAZO

Evidncia: Procedimentos formalmente definidos e instalaes de suspiros posicionados observando condies ambientais, de sade e segurana; Sistema de controle de emisses fugitivas dimensionado de acordo com as normas vigentes.

ITEM 20.8: MANUTENO E INSPEO DAS INSTALAES20.8.1 e 20.8.2As instalaes classes I, II e III para extrao, produo, armazenamento, transferncia, manuseio e manipulao de inflamveis e lquidos combustveis devem possuir plano de inspeo e manuteno devidamente documentado, (Conforme Art. 30 da Portaria n 308/2012 de 06/03/2012, para instalaes Classe I, a prazo para adequao do item 20.8. 1 foi estabelecido em 15 meses a partir da data do sua publicao, ou seja, entrada em vigor em 06/06/2013):O plano de inspeo e manuteno deve abranger, no mnimo: 20.8.1 e 20.8.2a) Equipamentos, mquinas, tubulaes e acessrios, instrumentos;b) Tipos de interveno;c) Procedimentos de inspeo e manuteno;d) Cronograma anual;e) Identificao dos responsveis;f) Especialidade e capacitao do pessoal de inspeo e manuteno;g) Procedimentos especficos de segurana e sade;h) Sistemas e equipamentos de proteo coletiva e individual.

ATENDIDOSIMNOCOMO ADEQUAR/PRAZO

Evidncia: Plano de manuteno preventiva dos equipamentos e instalaes, incluindo os equipamentos crticos de segurana, levando em considerao aspectos de segurana e sade ocupacional, implementados e periodicamente revisados e atualizados.

20.8.4A fixao da periodicidade das inspees e das intervenes de manuteno deve considerar:a) O previsto nas Normas Regulamentadoras e normas tcnicas nacionais e, na ausncia ou omisso destas, nas normas internacionais;b) As recomendaes do fabricante, em especial dos itens crticos a segurana e sade do trabalhador;c) As recomendaes dos relatrios de inspees de segurana e de anlise de acidentes e incidentes do trabalho, elaborados pela CIPA ou SESMT;d) As recomendaes decorrentes das anlises de riscos;e) A existncia de condies ambientais agressivas.

ATENDIDOSIMNOCOMO ADEQUAR/PRAZO

Evidncia: Frequncia de manuteno dos equipamentos e instalaes definida atravs de critrios e procedimentos estabelecidos pelos fabricantes e/ou normas

20.8.5O plano de inspeo e manuteno e suas respectivas atividades devem ser documentados em formulrio prprio ou sistema informatizado

ATENDIDOSIMNOCOMO ADEQUAR/PRAZO

Evidncia: Plano de manuteno dos equipamentos e instalaes documentado e arquivado em meio fsico ou eletrnico.

20.8.6As atividades de inspeo e manuteno devem ser realizadas por trabalhadores capacitados e com apropriada superviso

ATENDIDOSIMNOCOMO ADEQUAR/PRAZO

Evidncia: Registro da manuteno de equipamentos e instalaes realizada por pessoal qualificado de acordo com: instalaes eltricas => NR 10 Compressores => NR 13 Equipamentos de combate a incndio => NBR 10721 (Extintor de incndio com carga de p), 12962 (inspeo, manuteno e recarga em extintores de incndio) e 13485 (Manuteno de terceiro nvel(vistoria) em extintores de incndio

20.8.7 e 20.8.7.1As recomendaes decorrentes das inspees e manutenes devem ser registradas e implementadas, com a determinao de prazos e de responsveis 20.8.7 e 20.8.7.1 pela execuo.A no implementao da recomendao no prazo definido deve ser justificada e documentada.

ATENDIDOSIMNOCOMO ADEQUAR/PRAZO

Evidncia: Recomendaes de inspees e de planos de manuteno transformadas em planos de ao documentados e com implementao monitorada. Desvios na implementao dos planos de ao justificados e