chakras - cld.pt .templo juaÇÃ do amanhecer 1 temas doutrinÁrios chakras c hakras são pontos

Download CHAKRAS - cld.pt .TEMPLO JUAÇÃ DO AMANHECER 1 TEMAS DOUTRINÁRIOS CHAKRAS C hakras são pontos

Post on 21-Sep-2018

215 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • TEMPLO JUA DO AMANHECER

    TEMAS DOUTRINRIOS

    1

    CHAKRAS

    Chakras so pontos de captao e emisso de energias do corpo etrico, distribudos em pontos correspondentes aos plexos do corpo fsico, a este ligados pelo sistema nervoso e, especialmente, pelo Centro Coronrio.

    De forma circular, o chakra um vrtice, com giro espiralado, que tem seu maior dimetro no nvel do corpo etrico, aprofundando-se seu cone at o nvel da pele, onde seu talo se liga a um feixe nervoso. Para se ter uma ideia do vrtice, a forma como se captam ou se emitem energias, em forma espiral, e podemos compar-lo a um volume de lquido que rodopia ao ser agitado em um liquidificador em alta velocidade. o movimento dos vendavais, dos furaces, enfim, do deslocamento da energia.

    Os vrtices funcionam como mantenedores das transferncias energticas entre o ser humano - na totalidade de sua estrutura, compreendendo os corpos fsico, etrico e astral - com o mundo exterior, fsico e espiritual, especialmente atravs do Eixo Solar.

  • TEMPLO JUA DO AMANHECER

    TEMAS DOUTRINRIOS

    2

    Pela emisso de suas energias, formam a aura, que pulsa com vibraes intensas, coloridas e brilhantes. A aura se expande, normalmente, a cerca de 45 cm do corpo fsico.

    Na medida em que o esprito encarnado evolui, melhor sintonizados nos planos superiores, os chakras vo absorvendo energia de frequncia mais elevada e se purificam, ampliando o campo urico. Na Linha Oriental, os raios dos chakras so chamados ptalas.

    Cada chakra tem suas aes emocionais e espirituais especficas, exercendo ligao entre os rgos, as glndulas, os centros nervosos do corpo e as foras vitais que animam o corpo fsico. Eles regulam o fluxo do prana e outras energias que iro manter a sade do corpo.

    O mau funcionamento de um chakra pode ocorrer por atitudes imprprias, temores, culpas ou fatores transcendentais, e ir provocar srios problemas nos rgos a ele ligados, que no recebero o fluxo vital adequado. Essa insuficincia poder causar leses degenerativas, destrutivas ou cancerosas queles rgos.

    Um problema emocional pode causar o mau funcionamento de um chakra - bloqueio ou excesso do fluxo energtico - determinando graves enfermidades, como, por exemplo, o tumor maligno ou cncer.

    Por serem as entradas energticas do ser humano, so pontos onde se colocam, nas diversas terapias alternativas, projees de energias que emanam das cores, de pedras, cristais, etc.

    Na realidade, tudo que existe na Natureza emite vibraes, e estas podem ter ao positiva ou negativa sobre os chakras. O que se tem mais detalhadamente estudado o efeito de luzes coloridas - a Cromoterapia - que, conforme palavras de Tia Neiva, em aula no Templo, seria aplicada em nossos trabalhos a partir de orientaes do Mestre Tumuchy. Todavia, por motivos que ignoramos, nunca foi dado prosseguimento a esses estudos,

  • TEMPLO JUA DO AMANHECER

    TEMAS DOUTRINRIOS

    3

    embora tenhamos sua aplicao em todos os nossos setores de trabalho, onde podemos ver uma grande variedade de cores.

    Outras formas de energizao dos chakras so, na atualidade, largamente usadas em diversas linhas esotricas, tais como msicas, pedras, cristais, metais, flores, ervas, enfim, tudo quanto a mente humana pode buscar como gerador de energia.

    A energia de cada chakra mantm o equilbrio dos rgos que lhe esto prximos. Como elementos de ligao com o Plano Espiritual, sua intensidade depender de seu perfeito funcionamento e manuteno, sendo muito importante o papel desempenhado pelas energias Kundalini e do Ectoltrio nesta ao de equilibr-los.

    Ectoltrio a energia que se forma no ectoltero, desprende-se do Sol Interior e faz uma trajetria muito rpida, mas intensa, por todos os principais chakras, energizando-os e emitindo o padro vibratrio da pessoa. uma espcie de Kundalini, s que no fica adormecida e, sim, em permanente ao, porm tendo sua natureza e intensidade dependendo do equilbrio e energizao do Sol Interior.

    Pelos chakras desce a energia multidimensional que sustenta o corpo fsico; por eles sobem as informaes colhidas neste plano, que alimentam a alma.

    O prana e outras diferentes modalidades de energias que fluem dos outros planos so absorvidas pelos chakras que se situam no corpo etrico e no corpo astral, para depois chegarem ao corpo fsico. Todavia, os chakras quase se sobrepem, no trabalho dessas energias. Por isso as influncias dos astros so, ainda, objeto de estudos que caminham numa abordagem diferente da que lhe atribuda pela popularizao de horscopos e previses astrolgicas.

    Pela mentalizao pode-se fazer eficiente trabalho de energizao dos chakras.

  • TEMPLO JUA DO AMANHECER

    TEMAS DOUTRINRIOS

    4

    Segundo o tamanho e funes, os chakras so grupados em Magnos, Grandes, Mdios e Pequenos. Essa classificao varia nas diversas linhas ou doutrinas, mas o importante conhecer os chakras que usamos na maior parte de nossos trabalhos, que poderamos designar como chakras principais:

    CHAKRA SACRO, FUNDAMENTAL ou BSICO - Ligado extremidade da coluna vertebral cccix -, se situa na regio pbica inferior e emite quatro raios, firmando a energia da alma no plano fsico. Seu talo atravessa o plexo plvico, o hipogstrio, terminando entre a vrtebra sacra e a primeira coccgea. Est

    relacionado com os processos de absoro, assimilao, excreo e reproduo. As principais questes relacionadas com esse nvel so o senso de realidade, a ligao com a Terra, a sexualidade e os instintos de sobrevivncia. Ali a sede das energias denominadas Kundalini - o Fogo Serpentino, principais energias de criao, manifestao e construo da conscincia superior, o centro sexual para os homens, e armazena tenso. Bem equilibrado, libera tenses, permitindo que talentos de vidas passadas possam aflorar, dando estabilidade emocional e sensao de bem estar e equilbrio. Vibra na cor vermelho escuro. Suas ondulaes so divididas em quadrantes, alternando as cores vermelha e alaranjada. O vermelho e o preto abrem e firmam este chakra; o verde a cor que o fecha, quando necessria a diminuio da atividade sexual. So utilizados ativadores, nas diversas terapias: metal: ferro; pedras: granada, rubi e coralina; ervas: arruda e manjerico; flores: hibisco e antrio. Est relacionado com a Terra e com as sensaes do olfato.

  • TEMPLO JUA DO AMANHECER

    TEMAS DOUTRINRIOS

    5

    CHAKRA ESPLNICO ou HEPTICO - Situado entre os chakras Sacro e Umbilical, emite seis raios, aos quais se acrescenta mais um, em determinados casos, e o centro sexual das mulheres, responsvel pela maternidade e pelo fluxo prnico de maneira geral. Embora o prana flua por todo o corpo,

    este chakra responsvel pela distribuio central da energia prnica. Seu talo atravessa o plexo heptico, com seu terminal entre a 1a. e a 2a. vrtebras lombares. Sua perfeita vibrao leva ao aumento da criatividade, equilbrio emocional e maior realizao nos relacionamentos ntimos. Seu desajuste causa tenses, raiva e represso sexual. Sua cor o alaranjado brilhante, intenso. O alaranjado abre; o azul fecha este chakra. intensamente alimentado pela energia dos raios do Sol. Ativadores: metal: cobre; pedras: mbar e coralina; erva: cavalinha; flor: rosa amarela. Est relacionado com a gua e com o paladar.

    CHAKRA UMBILICAL - Emitindo dez raios, funciona em conjunto com o Plexo Solar, regulando problemas emocionais, mgoas, depresses e tenses. Intuio e sensitividade so ampliados pelo seu bom funcionamento. Recebe a energia primria, que se subdivide em dez radiaes, de modo que vibra como que dividido em dez ondulaes ou ptalas. Seu talo atravessa o Plexo Solar e termina entre a oitava e nona vrtebras dorsais. A cor que o abre o amarelo; o violeta o fecha. Est

    relacionado com o fogo e com a viso.

    PLEXO SOLAR - O SOL INTERIOR - Formado por trs vrtices, na regio pouco acima do umbigo, o chakra mais complexo, pois faz a ligao do corpo astral ao corpo fsico, processando energias que se originam nas vibraes dos Astral inferior, Astral superior e

  • TEMPLO JUA DO AMANHECER

    TEMAS DOUTRINRIOS

    6

    Mental inferior. Esferas sobre esferas, os trs vrtices unem-se em um talo complexo que termina entre a 1a. e a 2a. vrtebras lombares. Sua projeo como a luz do Sol, branco-dourada, e como o branco a projeo de todas as cores, nenhuma cor o fecha. O branco e o dourado ativam suas funes, sendo utilizado o preto para firmar a energia astral no corpo fsico. Essa uma das razes de ser preta a camisa do Jaguar. Seu funcionamento est ligado ao poder pessoal. Para informaes mais detalhadas desse chakra veja: SOL INTERIOR. o chakra de trabalho dos Apars, com grande sensibilidade da natureza das cargas que recebe. Ativadores: metal: ouro; pedras: citrino e topzio; ervas: boldo e carqueja; flores: margarida e girassol.

    CHAKRA CARDACO - Situado na rea sobre o corao, emite doze raios em cores suaves, como um arco-ris, com predominncia do verde. o centro de equilbrio para os corpos sutis. Como o corao atua no corpo fsico, o chakra coronrio pulsa energia por todo o campo da aura. Seu desequilbrio acarreta problemas

    circulatrios, deficincias no sistema imunolgico e extremos emocionais. Bem equilibrado, emite Amor, em cores puras e resplandecentes, como em vrias representaes de Jesus. o principal centro de equilbrio para os corpos sutis. Seu talo atravessa a regio mamria esquerda, o plexo cardaco e termina entre a 1a. e 2a. vrtebras dorsais. Tambm no fechado, e pode ser ativado pelo verde, a cor principal, pelo dourado, rosa e violeta. Quando se aprende a desenvolver e a manifestar os aspectos espirituais deste chakra, aumenta-se o poder curador de males fsicos, no somente da rea do corao, mas de todo o corpo fsico. Est diretamente relacionado com o Astral superior e com o Fogo. Ativa-se: metais