catálogo edições sesc sp 2014-2015

Download Catálogo Edições Sesc SP 2014-2015

Post on 01-Apr-2016

218 views

Category:

Documents

3 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Catálogo Edições Sesc SP 2014-2015

TRANSCRIPT

  • catlogo 2014-2015

  • EdiEs sEsc sO PAULORua Cantagalo, 74 13/14 andar03319-000 So Paulo SP BrasilTel. 55 11 2227-6500edicoes@edicoes.sescsp.org.brsescsp.org.br/edicoes

  • Educar, comunicar, dialogar, desafiar. Essas aes tm definido o trabalho desenvolvido pelo Sesc, caracterizado pela integrao de ideias, o convvio das diferenas, a promoo da reflexo, a valorizao da identidade e da diversidade cultural.

    Pautado pelo conceito de educao permanente, o Sesc promove as relaes entre as pessoas e diferentes manifestaes artstico-culturais, que, neste caso, concretizam-se pela publicao de livros em diversas reas do conhecimento, com nfase em artes e cincias humanas. Alm disso, vivemos uma situao mpar, pois, a programao artstico-cultural uma das principais fontes de gerao de contedos para a editora.

    Com um catlogo ecltico, voltado preservao e difuso de trabalhos diferenciados, que buscam contribuir para a reflexo sobre mltiplos aspectos da contemporaneidade, a editora confirma sua vocao fundamentalmente humanista.

    Soma-se a isso o reconhecimento alcanado por alguns projetos no mbito do pblico e da crtica, como Geraldo de Barros: Isso, as obras de Edgar Morin, Mauro Maldonato, Adauto Novaes, alm de anlises sobre o trabalho de Antunes Filho no Centro de Pesquisa Teatral CPT.

    Desta forma, as Edies Sesc So Paulo contribuem para a democratizao da cultura, misso abraada pela instituio ao longo de sua existncia.

  • sumrio artes 9 teatro e dana 20 fotografia 24 cinema 27 msica 33 arquitetura e urbanismo 35 artes visuais 39 sesc videobrasil 51 fico e crnicas

    CiNCias HumaNas 56 cincias humanas 61 filosofia 72 sociologia 78 antropologia 82 histria 88 educao 92 terceira idade

    96 prximos laNameNtos

  • artes

  • teatro e dana

  • artes 9

    ANTUNES FILHO | Poeta da cenafotos | Emidio Luisitexto | Sebastio Milar 2011 | 392 pginas239 imagens p&b23,5 23,5 cmISBN 978-85-7995-011-7

    Um dos mais prestigiados encenadores no panorama internacional, Antunes Filho criou espetculos que veiculam todo um pensamento sobre o teatro contemporneo e refletem uma metodologia que envolve os intrpretes no estudo da esttica, da filosofia, das fontes tericas e dos documentos histricos associados ao tema encenado. Esta publicao acompanha a trajetria do diretor a partir de amplo material fotogrfico realizado por Emidio Luisi, e de textos de Sebastio Milar elaborados a partir de uma perspectiva histrica e biogrfica.

    Premiado pela Associao Paulista de Crticos de Arte APCA em 2011.

    teatro e dana

  • 10 artes

    HiEROFANiA | O teatro segundo Antunes FilhoSebastio Milar 2010 | 398 pginas19 25 cmISBN 978-85-7995-002-5

    Fruto de dez anos de pesquisa, Hierofania documenta e discute o mtodo criado pelo diretor, as referncias estticas, os meios desenvolvidos, os exerccios, a bibliografia, a prtica e a ideologia, bem como reflete sobre os espetculos resultantes deste trabalho. A primeira parte foca na fundao do Grupo Macunama e do CPT, no que se refere s tcnicas e meios expressivos para o ator. A segunda parte traz o mtodo sistematizado e a descrio de seus exerccios, fundamentada na ideologia de que preciso formar e transformar o ser humano para que se forme o ator.

    Vencedor do prmio de melhor publicao dedicada ao universo do teatro, da Cooperativa Paulista de Teatro, em 2010.

    teatro e dana

  • artes 11

    HisTRiA dO TEATRO BRAsiLEiRO i Das origens ao teatro profissional da primeira metade do sculo XXorganizadores | Jacob Guinsburg e Joo Roberto FariaEdies Sesc So Paulo e Editora Perspectiva2012 | 528 pginas18 25,5 cmISBN 978-85-98112-031-5

    O livro traa um panorama do teatro brasileiro abran-gendo desde suas razes no teatro jesutico e as heran-as hispnica e portuguesa, at o teatro profissional dos anos 1920 a 1950. Neste primeiro volume, so abordados temas como teatro romntico, teatro realista, teatro de entretenimento, as tentativas naturalistas, o teatro no pr-modernismo e o teatro profissional de 1920-1950.

    Prmio Jabuti 2013 na categoria Artes e Fotografia.

    HisTRiA dO TEATRO BRAsiLEiRO iido Modernismo s tendncias contemporneasorganizadores | Jacob Guinsburg e Joo Roberto FariaEdies Sesc So Paulo e Editora Perspectiva2013 | 493 pginas18 25,5 cmISBN 978-85-7995-056-8

    O segundo volume da Histria do teatro brasileiro aborda questes do novo teatro, desde sua fase modernista, a partir da segunda metade do sculo XX, at a contempo-raneidade, oferecendo alm de um panorama histrico, uma anlise crtica e terica dos problemas estticos e artsticos dos trabalhos apresentados nos palcos brasilei-ros na atualidade.

    teatro e dana teatro e dana

  • 12 artes

    diciONRiO dO TEATRO BRAsiLEiROTemas, formas e conceitosorganizadores | J. Guinsburg, Joo Roberto Faria e Mariangela Alves de LimaEdies Sesc So Paulo e Editora Perspectiva2009 | 358 pginas18 25,5 cmISBN 978-85-98112-88-6

    luz de cuidadosa filtragem acadmica, o livro apresen-ta o que de mais caracterstico e significativo realizou o moderno teatro brasileiro. Mais que um simples dicion-rio, este um volume com tpicos orientados de acordo com a tradio brasileira, com textos que abordam ques-tes relativas esttica teatral, s formas dramticas e ao universo da encenao. Com mais de 200 verbetes, apesar de no ser um dicionrio histrico, recorre his-tria sempre que necessrio para a construo de certos conceitos ao longo do tempo.

    cORPO POTicOUma pedagogia da criao teatralJacques Lecoq colaboradores | Jean-Gabriel Carasso e Jean-Claude LalliasEdies Sesc So Paulo e Editora Senac So Paulo2010 | 239 pginas | 1a reimpresso14 21 cmISBN 978-85-7995-000-1

    Jacques Lecoq (1921-1999) fundou sua escola interna-cional de teatro em Paris em 1956. Pedagogo atento ao que h de universal no teatro, ao mundo e a seus mo-vimentos, Lecoq constituiu um ponto de referncia em que seus muitos alunos puderam basear-se e educar-se, respeitados diferenas culturais, histria, imaginrio, possibilidades e talentos de cada um. Fruto de numero-sas entrevistas concedidas aos organizadores, este livro apresenta a trajetria de Jacques Lecoq, seus objetivos e mtodos de ensino.

    teatro e dana

  • artes 13

    ENcONTROs cOM ARiANE MNOUcHKiNEErguendo um monumento ao efmero Josette Fral Edies Sesc So Paulo e Editora Senac So Paulo2010 | 183 pginas14 21 cmISBN 978-85-7995-005-6

    Ariane Mnouchkine fundou em 1964 o Thtre du Soleil, que, j na dcada de 1970, tornava-se uma das maiores companhias nacionais e internacionais. No Soleil, todos recebem o mesmo salrio e o elenco definitivo s de-cidido aps os atores terem passado por diversos papis. L, a abordagem universal das grandes questes polticas e humanas une-se pesquisa de formas narrativas e confluncia das artes do Oriente e do Ocidente. Centrado em Ariane e seu trabalho com atores, este livro investiga suas convices sobre questes fundamentais do teatro.

    O TEATRO LABORATRiO dE JERZY GROTOWsKi 1959-1969textos e material | Jerzy Grotowski e Ludwik Flaszenensaio | Eugenio Barbaprefcio | Carla PollastrelliEdies Sesc So Paulo, Perspectiva e Fondazione Pontedera Teatro2010 | 253 pginas | 2a edio16 22 cmISBN 978-85-98112-35-0

    Grotowski (1933-1999) foi um dos maiores diretores e te-ricos teatrais do sculo XX. Desenvolveu o training, exerccio dramatrgico continuado, props uma tica do ator como sujeito de experincias autnticas, aperfeioando ideias de Stanislavski, e definiu o grupo teatral como lugar de investiga-o pessoal e artstica. Esta coletnea rene alguns dos mais importantes textos do encenador polons, como Em busca de um teatro pobre, Teatro e ritual, Da companhia teatral arte como veculo e O diretor como espectador de profisso.

    teatro e dana teatro e dana

  • 14 artes

    O TEATRO dA MORTETadeusz Kantororganizador | Denis BabletEdies Sesc So Paulo e Editora Perspectiva 2008 | 276 pginas12,5 22,5 cmISBN 978-85-98112-76-3

    Esta coletnea de escritos do artista plstico, cengrafo e encenador polons Tadeusz Kantor (1915-1990) bus-ca explic-lo e a sua obra por meio de uma seleo de seus manifestos, partituras de espetculos e performan-ces, entrevistas, ensaios, artigos. Atrelado ao espetculo A classe morta, O teatro da morte o ttulo do ltimo manifesto de Tadeusz Kantor, trabalho que significou uma mudana em suas pesquisas, passando a explorar as noes de memria, histria, mito, criao artstica e o artista como cronista do sculo XX.

    POd MiNOGA sTUdiOA arte de brincar no palco sem pedir licenaorganizadora | Silvia Fernandes 2008 | 304 pginas23,5 23,5 cmISBN 978-85-98112-59-6

    Grupo de teatro com forte influncia das artes plsticas que desenvolveu suas atividades na dcada de 1970, o Pod Minoga Studio era liderado por Naum Alves de Sou-za e teve entre seus fundadores Carlos Moreno, Dionsio Jacob, Flvio de Souza e Mira Haar. Ao relatar aspectos como o histrico, o processo de criao e a esttica do Pod Minoga em textos de autores como Maringela Al-ves de Lima e Alberto Guzik, o livro resgata um impor-tante momento do teatro brasileiro contemporneo, em que afloravam os trabalhos de criao coletiva.

    teatro e dana

  • artes 15

    teatro e dana teatro e dana

    MQUiNA PARA Os dEUsEsAnotaes de um cengrafo e o discurso da cenografiaCyro del NeroEdies Sesc So Paulo e Editora Senac So Paulo2009 | 384 pginas21 23 cmISBN 978-85-98112-89-3

    A cenografia pode ser entendida como a arte de orga-nizar plasticamente o palco e de dominar seus aspectos em todos os tipos de representao: dramtica, lrica ou coreogrfica. Mquinas para os deuses discute as origens da arte cenogrfica e sua evoluo, registrando a cria-o e a utilizao de cenrios e de diversas mquinas e dispositivos mecnicos ao longo do tempo. Farto em documentao iconogrfica, o livro tambm reproduz desenhos de projetos cenogrficos do autor.