catalogo corbel

Download Catalogo Corbel

Post on 04-Jul-2015

41 views

Category:

Documents

7 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

CAGE CERVICAL EM PEEK (ALIF)

A SCIENTX

COMPANY

GAIOLA CERVICAL (CERVICAL CAGE) ANATMICA EM PEEK

Design anatmico perfeito para uma tima estabilidadeAumento da estabilidade e fuso

A artrodese intersomtica uma tcnica segura e eficiente para tratar patologias da coluna cervical. Esta gaiola cervical anterior em PEEK atende a todas as necessidades dessa tcnica. Seu design nico permite uma fuso intersomtica mxima. Este design anatmico da gaiola cervical em PEEK oferece uma tima estabilidade e sua ampla gama de tamanhos permite uma adaptao perfeita a cada anatomia do paciente. A forma especfica e a composio pura de PEEK deste implante garantem uma excelente fuso ssea.

Design original para uma ideal estabilidade primria para restaurar o espao intersomtico e preservar a lordose cervical Ampla superfcie do enxerto para acentuar a fuso ssea

Forma anatmicaProjetada para maximizar o contato com as placas terminais intervertebrais

Segurana reforadaDentes inferiores e superiores na superfcie para evitar riscos de migrao

2A SCIENTX COMPANY

GAIOLA CERVICAL (CERVICAL CAGE) ANATMICA EM PEEK

Caractersticas e benefcios do PEEK-OPTIMAO PEEK-OPTIMA da Invibio um material PEEK puro projetado para atender s exigncias dos implantes dentrios, dos quadris e da coluna. Segurana A elasticidade evita o afundamento: menos risco da penetrao da placa terminal. O mdulo de ruptura mais baixo que o metal: menos risco de dano sseo Resiste a repetidas esterilizaes com autoclave Imagens mdicas (Raio-X, TC, RMI) Material radiolucente para permitir um acompanhamento exato da fuso Marcadores de ouro embutidos para facilitar a verificao da colocao do implante Biocompatibilidade Sem fibras de carbono: sem risco de reao inflamatria Marcado com o selo CE e liberado pela FDA para implantes de longo prazo no corpo humano.Mdulo de Young (GPa)200 150 PEEK-OPTIMA 100 50 0Osso cortical Osso esponjoso Titnio TA6V Ao inoxidvel

Fuso ssea acentuada Sem stress shielding Diviso ideal de carga Intensificao do crescimento sseo graas aos micromovimentos

ImplantesComprimento Altura

Largura Gaiola cervical em PEEK - comprimento 12mm - largura 15mm A l tu r a ( m m ) 4,5 5,5 6,5 7,5 8,5 9,5 10,5 Implante de teste para LK10-15___ R e fe r n c ia

InstrumentosComprimento (mm) Referncia

Pino de distrao 3,5 mm

14 16 18

L070-2001 L070-2002 L070-2003* L070-1002 L070-2000

LK10-1545 LK10-1555 LK10-1565 LK10-1575 LK10-1585* LK10-1595* LK10-1505* L070-15__Empurrador de enxerto Distrator cervical Porta gaiola Porta-gaiola com stopper Soquete Chave para distrao de pino

200

L070-1003 L070-1004 L070-1001 L070-1000

* Sob encomenda - tempo para entrega a ser confirmada com o pedido

* Sob encomenda - tempo para entrega a ser confirmada com o pedido.

3

1 Protocolo cirrgico / Posicionamento do pacienteRealiza-se o procedimento mediante anestesia geral com intubao endotraqueal. Posiciona-se o paciente na posio supina em uma mesa padro. Coloca-se a cabea na posio neutra ou girada na posio oposta ao acesso. A rotao dever ser de aproximadamente 30 para limitar o stress no msculo esternocleidomastideo. Abaixam-se os ombros, e estes so fixados com tiras auto-adesivas a fim de liberar a coluna cervical inferior. A inciso cutnea foca o nvel da leso a ser tratada. Esta marcada na pele aps localizar a leso com um intensificador de imagem. Esta deve ser horizontal, ao longo da prega cutnea, estendida ao lado oposto da linha mediana no caso de acesso bilateral, ou, alm disso, de acordo com o nmero de nveis a ser tratado. Secciona-se o msculo plastima no mesmo plano da pele, ento, criam-se dois deslocamentos superior e inferior para evitar a tenso muscular. Os planos aponeurticos so seccionados com o dedo acima da superfcie anterior da espinha. Os msculos ao longo do pescoo so separados e raspados com rugina para liberar completamente a rea de cirurgia e permitir uma retrao adequada usando um distrator auto-esttico.

Sob controle escpico, localiza-se o nvel adequado, ento, posicionam-se os pinos do distrator Caspar no meio dos corpos vertebrais sobre- e subjacente ao espao discal a ser tratado e paralelos s placas terminais. Ento, faz-se a inciso no ligamento vertebral anterior, abaixo dos processos articulares uncovertebrais, antes da distrao do espao. Realiza-se ento, cuidadosamente a discectomia, se necessrio com a ajuda de um microscpio.

4

2 Discectomia e preparao do local cirrgicoA discetomia inicia-se com a resseco retangular da parte anterior do nulo fibroso, usando um bisturi. O material discal ressecado usando curetas e rongeurs. Pode ser necessrio usar um microscpio para a ressco do material discal posterior.

Aps completar a discectomia, faa a resseco do osteofitose posterior e a parte caudal do uncus, permitindo a liberao do orifcio. Para herniaes de disco simples, pode ser suficiente abrir o ligamento em direo raiz e remover a herniao. Este estgio cirrgico essencial fornece acesso direto ao lado anterior da medula e das razes do nervo.

Distrator cervical

21DST02Pino de distrao 3,5 21FCD35-xx Chave para pino de distrao 21TRV03

3 Preparando as placas vertebraisA preparao da placa terminal realizada com uma cureta. Esta etapa deve ser suficientemente completa a fim de se extrair todos os detritos discais, mas no de forma to acentuada de modo a arruinar o osso esponjoso, o que levaria a um colapso secundrio do enxerto. A altura interssomtica pode ser restaurada de varias formas: enxerto heterlogo, autlogo ou gaiolas intersomticas. O posicionamento da placa realizado aps a resseco da osteofitose anterior. Esta etapa necessria para obter um contato aproximado entre a placa e a superfcie do corpo vertebral anterior. A escolha da placa e seu correto posicionamento so etapas essenciais da osteosntese.

5

4 Colocando os implantes de testeUsa-se um conjunto de implantes de teste para determinar o tamanho ideal do implante. Os tamanhos dos implantes de teste so de 4,5 a 10,5 mm. Essas diferenas no tamanho permitem encontrar o implante adequado anatomia e s necessidades do paciente. O implante de teste fixo ao portaimplante e implantado no espao intervertebral. No apresentando extremidades de reteno, o implante de teste pode ser facilmente removido.

Implantes de teste 21CC2A15-xx

5 Retirada do enxerto e enchimento da gaiola (cage)Pode-se encher a gaiola com um substituto sseo ou enxerto autlogo. No caso de enxerto sseo autgeneo, realiza-se a retirada do enxerto por meio de uma inciso de 15 mm na crista ilaca anterior. Pode-se adaptar uma trefina especfica por impacto na crista ilaca, e isso permite obter uma retirada transcortical em diferentes ngulos. Em geral, uma ou duas amostras so suficientes para preencher a gaiola. O fechamento do retalho do osso ilaco feita aps a hemostasia com cera.

Dispositivo de coleta de osso 20TRE01

Soquete para Cage (gaiola) Samarys 21SOC08

Empurrador de enxerto 21COM07

Posiciona-se a gaiola em seu soquete durante a fase de enchimento. As faces inferior e superior da gaiola esto amplamente abertas para oferecer um volume de enxerto e rea de contato ideais. Usa-se um empurrador de enxerto compatvel com a forma da gaiola para compactar o enxerto.

6

6 Inserindo a gaiolaAps o enchimento, prende-se a gaiola com o porta-gaiola. O porta-gaiola , ento, posicionado na gaiola. A parte da extremidade do porta-gaiola , ento, inserida na parte frontal do implante garantindo um travamento completo. O porta-gaiola possui pequenas dimenses e trava na continuao da gaiola. Pode-se implantar a gaiola ou instal-la com uma pequena distrao no distrator. A trava segura no topo do porta-gaiola permite realizar o implante. Remove-se o porta-gaiola aps o implante da gaiola.

Porta-gaiola 21CC2Axx

Observao: A gaiola cervical garante uma estabilidade ps-operatria da espinha, mas, em alguns casos, de acordo com a orientao do mdico, pode-se adicionar uma fixao interna com uma placa de osteossntese cervical anterior, ou colar externo ou cinto externo, de acordo com os hbitos do cirurgio.

7 Fechando o acessoFecha-se o acesso aps o enxge. Verifica-se a hemostasia e coloca-se um tubo de suco na face anterior da espinha. Pode-se restaurar cuidadosamente o msculo platisma, e fechar a pele por suturas intradrmicas com fio reasorbvel.

8 Removendo o implanteSe a instrumentao tiver de ser removida, antes da fuso, usa-se o acesso cervical, abaixo da rea instrumentada. As pontes sseas entre o implante e os corpos vertebrais devem ser seccionadas. O porta-gaiola colocado na gaiola para facilitar a remoo do implante.

7

Fabricante: Surgiview 18, rue Robespierre BP 23 62217 Beaurains FRANA

tablissement SpineNetwork TL +33 (0)3 21 21 59 60 FX +33 (0)3 21 21 59 70 www.spinenetwork.info sales@spinenetwork.info

Importador e distribuidor exclusivo para o Brasil:CATLOGO CORBEL - 03/09

Figuras no-contratuais. Leia cuidadosamente as instrues com relao ao boletim de uso. Os dispositivos podem estar sujeitos modificao. Patenteado.7099-DC05 / Verso 1.4 Maro 2008

Material de uso exclusivo dos Consultores do Grupo Osteocamp