catálogo amostral de registros rupestres em ?· este catálogo amostral de registros rupestres em...

Download Catálogo Amostral de Registros Rupestres em ?· este Catálogo Amostral de Registros Rupestres em Lajeado…

Post on 25-Sep-2018

213 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Catlogo Amostral de Registros Rupestres em Lajeado e Palmas, Tocantins

    Palmas, TOSetembro de 2015

  • Presidenta da Repblica Dilma Rousseff

    Ministro da CulturaJuca Ferreira

    Presidenta do Instituto do Patrimnio Histrico e Artstico NacionalJurema de Sousa Machado

    Superintendente do IPHAN no TocantinsAntnio Miranda dos Santos

    Chefe da Diviso Tcnica IPHAN-TOCejane Pacini Leal Muniz

    Chefe da Diviso Administrativa IPHAN-TOLincon Rodrigo Henke

    Organizao do CatlogoAriana Silva BragaRmulo Macdo Barreto de Negreiros

    DiagramaoRmulo Macdo

    Endereo:Superintendncia do IPHAN no TocantinsQuadra 104 Sul, Rua SE 03, Conj. II, Lote 01, 2 PisoCEP:77020-016 Palmas, TOE-mail: iphan-to@iphan.gov.br

  • O Tocantins um estado com grande extenso cujo territrio foi ocupado por grupos humanos

    atravs de diversificados processos, tanto em perodos pr-histricos quanto histricos.

    Infelizmente, poucos estudos cientficos retratam esses processos. Publicar este catlogo, que

    apresenta registros rupestres, gravuras e pinturas, sinais deixados pelo homem h,

    provavelmente, mais de cinco mil anos, sustenta a responsabilidade da Superintendncia do

    Iphan/TO no cumprimento de sua misso de preservar e divulgar o patrimnio cultural

    brasileiro, atravs de uma publicao que torna conhecido alguns desses vestgios dos nossos

    antepassados.

    Antonio Miranda dos Santos

    Superintendente do IPHAN no Tocantins

  • INTRODUO

    Muitas vezes na cultura do outro, do estrangeiro, que os artistas se inspiram

    para dar vida nova s suas criaes. Artefatos de sociedades pretritas, por falarem de

    outros tempos e lugares, so exticos por definio, logo, so igualmente inspiradores.

    Artefatos pretritos j fascinavam os seres humanos desde a Idade Antiga. No

    sculo IV a. C., por exemplo, Bel-Shati-Nannar, uma das filhas do rei Nabonide, montou

    o primeiro museu de antiguidades que se tem notcia, composto por uma coleo de

    artefatos babilnicos antigos. Entretanto, foi somente no Renascimento que buscas

    sistemticas por remanescentes materiais de civilizaes de outrora tiveram incio.

    Desde ento, incontveis runas de cidades histricas foram descobertas nos cinco

    continentes. A cada novo artefato desenterrado, o passado se revelava, atualizado e

    ressignificado. Exemplos desse passado revivido podem ser vistos mundo afora: colunas

    jnicas foram emuladas em edificaes de grandes centros urbanos; o padro grego de

    beleza foi adotado nas esculturas de arte sacra renascentista; obeliscos de tipo egpcio

    podem ser apreciados em Buenos Aires, Londres e Washington; cidades pr-

    colombianas, reais e imaginrias, foram tema recorrente na literatura e cinema do

    sculo XX.

    Com o passar o tempo e com a mudana de paradigma, o fascnio pelo passado

    abarcou tambm os vestgios de sociedades tradicionais, que no so caracterizados

    necessariamente pela monumentalidade, como caso, com algumas excees, dos

    stios pr-histricos brasileiros.

    A pr-histria inspira cada vez mais nossos arteses. No difcil encontrar em

    lojas especializas ou em feiras populares rplicas de vasilhames tapaj e marajoara, dos

    muiraquits e as peas da Cermica Serra da Capivara.

    Funcionando desde 1993 no povoado Barreirinho, municpio de Coronel Jos

    Dias, sudeste do Piau, a Cermica Serra da Capivara usa os registros rupestres do Parque

    Nacional Serra da Capivara na decorao de suas peas utilitrias e/ou ornamentais.

    Pela beleza plstica de suas peas e pelo seu compromisso socioambiental, a Cermica

    Serra da Capivara destaca-se no cenrio nacional e internacional. Os registros rupestres

    esto presentes tambm em outras plataformas, estampando camisas, cartes-postais,

    bons, cadernos, etc.

    Inspiradas em parte pela bem sucedida experincia idealizada no entorno do

    Parque Nacional Serra da Capivara, as artess da AMAE Associao das Mulheres

    Artess e Empreendedoras de Lajeado, TO, voltaram-se para as formaes rochosas de

    sua cidade, onde, pintados em abrigos sob rocha da Serra do Lajeado ou gravados em

    mataces a cu aberto na beira e no leito do rio Tocantins, pode ser observada parte do

    repertrio simblico de grupos pr-histricos que viveram na regio h, talvez, milhares

    de anos.

    Atualmente, nenhum dos stios arqueolgicos do Tocantins est preparado para

    receber visitantes. As visitas podem ocorrer somente em casos excepcionais, sendo

  • imprescindvel o acompanhamento por parte de um arquelogo ou de outro profissional

    capacitado a fim de inibir ou evitar impactos integridade dos stios, sejam esses

    impactos motivados por vandalismo ou por desconhecimento. importante salientar

    que os stios arqueolgicos so patrimnio da unio (Artigo 216 da Constituio Federal

    e Lei Federal n 3924/1961) e sua destruio, inutilizao, deteriorao e conspurcao,

    ocorrendo de forma culposa ou dolosa, constituem crimes (Lei de Crimes Ambientais n

    9605/1998)1.

    Alm disso, a maior parte dos stios de Lajeado se encontra em locais de difcil

    acesso ou de acesso restrito. Essas limitaes comprometem o trabalho das artess,

    que, pela dificuldade em visitar os stios arqueolgicos, so alijadas do referencial

    simblico que almejam para compor suas peas.

    Assim, buscando cumprir com sua misso institucional de preservar os stios

    arqueolgicos e de promover o patrimnio cultural brasileiro, o IPHAN-TO desenvolveu

    este Catlogo Amostral de Registros Rupestres em Lajeado e Palmas, Tocantins.

    Este catlogo apresenta alguns dos registros rupestres, pinturas2 e gravuras3,

    que podem ser vistos em stios nos municpios de Lajeado e - por fazer parte da mesma

    rea arqueolgica Palmas. Dentro do rico e complexo universo de registros rupestres

    dessa rea, optou-se por vetorizar aqueles grafismos que melhor resistiram ao

    degradante dos agentes naturais e humanos, com destaque para as figuras animais

    (zoomorfos) e humanas (antropomorfos).

    Portanto, o objetivo deste catlogo servir como uma fonte de consulta para os

    artesos da regio, em que tero acesso, de forma prtica e segura, a smbolos da pr-

    histria do mdio rio Tocantins, que podero usar para enriquecer ainda mais seus

    trabalhos.

    Rmulo Macdo Barreto de Negreiros Arquelogo

    Diviso Tcnica Superintendncia do IPHAN no Tocantins

    1 Legislao em anexo. 2 Pintura rupestre a tcnica onde se aplica no suporte rochoso tintas de origem mineral, vegetal ou animal. 3 Gravuras rupestres a tcnica onde o suporte rochoso alvo de abraso, frico e picoteamento com a finalidade de se produzir registros em baixo e/ou alto relevo.

  • TOCANTINS

    LajeadoPalmas

  • Catlogo Amostral de Registros Rupestres de

    Lajeado e Palmas, Tocantins

  • Stio Abrigo da Jiboinha Localizao: Palmas

    Zoomorfo Pintura

    Stio Abrigo da Jiboinha Localizao: Palmas

    Zoomorfos Pintura

  • Stio Abrigo da Jiboinha Localizao: Palmas

    Zoomorfo Pintura

    Stio Abrigo da Jiboinha Localizao: Palmas

    Zoomorfo Pintura

  • Stio Abrigo da Jiboia Localizao: Palmas

    Zoomorfo Pintura

    Stio Abrigo da Jiboia Localizao: Palmas

    Zoomorfo Pintura

  • Stio Abrigo da Jiboia Localizao: Palmas

    Antropomorfo Pintura

    Stio Abrigo da Jiboia Localizao: Palmas

    Zoomorfo Pintura

  • Stio Abrigo da Jiboia Localizao: Palmas

    Zoomorfo Pintura

    Stio Abrigo da Jiboia Localizao: Palmas

    Zoomorfo Pintura

  • Stio Ponta da Serra 1 Localizao: Palmas

    Grafismo puro Pintura

    Stio Ponta da Serra 1 Localizao: Palmas

    Antropomorfo Pintura

  • Stio Ponta da Serra 1 Localizao: Palmas

    Zoomorfos Pintura

    Stio Ponta da Serra 1 Localizao: Palmas

    Zoomorfos Pintura

  • Stio Ponta da Serra 1 Localizao: Palmas

    Antropomorfo e Zoomorfo Pintura

    Stio Ponta da Serra 1 Localizao: Palmas

    Antropomorfo Pintura

  • Stio Ponta da Serra 1 Localizao: Palmas

    Zoomorfo Pintura

    Stio Ponta da Serra 1 Localizao: Palmas

    Grafismo Puro Pintura

  • Stio Vo do Caititu Localizao: Lajeado

    Antropomorfo Pintura

    Stio Vo do Caititu Localizao: Lajeado

    Grafismo puro Pintura

  • Stio Vo do Caititu Localizao: Lajeado

    Zoomorfos Pintura

    Stio Vo do Caititu Localizao: Lajeado

    Zoomorfo Pintura

  • Stio Vo do Caititu Localizao: Lajeado

    Antropomorfo Pintura

    Stio Vo do Caititu Localizao: Lajeado

    Zoomorfo Pintura

  • Stio Vo Grande Localizao: Palmas

    Zoomorfos Pintura

    Stio Vo Grande Localizao: Palmas

    Zoomorfos Pintura

  • Stio Vo Grande Localizao: Palmas

    Zoomorfo Pintura

    Stio Vo Grande Localizao: Palmas

    Grafismos Puros Pintura

  • Stio Vo Grande Localizao: Palmas

    Zoomorfos Pintura

    Stio Vo Grande Localizao: Palmas

    Zoomorfo Pintura

  • Stio Vo Grande Localizao: Palmas

    Grafismo Puro Pintura

    Stio Vo Grande Localizao: Palmas

    Zoomorfo Pintura

  • Stio Vo Grande Localizao: Palmas

    Zoomorfos Pintura

    Stio Vo Grande Localizao: Palmas

    Zoomorfo Pintura

    Stio Vo Grande Localizao: Palmas

    Zoomorfo Pintura

  • Stio Foz do Lajeado Localizao: Lajeado

    Gravuras

    Stio Foz do Lajeado Localizao: Lajeado

    Gravura

  • Stio Foz do Lajeado Localizao: Lajeado

    Gr