Carta mensal 07 2011

Download Carta mensal 07 2011

Post on 10-Jul-2015

487 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

<ul><li><p>01</p><p>Flvio Aparecido Zunta I Governador 2011-2012Conhea a si mesmo paraEnvolver a Humanidade</p><p>Carta MensalN 01 JULHO DE 2011 DISTRITO 4630</p><p>MENSAGEM DO GOVERNADOR</p><p>JULHO/2011 - MS DA POSSES</p><p>Prezados Companheiros, Companheiras e demais membros da Famlia Rotria,</p><p>Este ms o Rotary International vive o momento maior de confraternizao, pois esto acontecendo no mundo todo a renovao dos membros diretivos para ano rotrio 2011-2012.</p><p>O nosso Distrito participa deste momento, onde Valdete e eu estamos e n t u s i a s m a d o s e c o n s c i e n t e s d a r e sponsab i l idade da Governador ia , oportunidade que temos de agradecer os trabalhos realizados com dedicao e sucesso dos Conselhos Diretores 2010-2011 que como voluntrios, elevaram nosso Distrito junto a comunidade mundial.</p><p>Aos Conselhos Diretores, atravs do(a)s presidentes 2011-2012, desejamos todo sucesso e realizaes dos sonhos de cada um, pois temos a certeza de que com a Famlia Rotria atuante, presente e envolvida nas comunidades possamos levar Amor, Paz, Compreenso e Esperana s comunidades menos assistidas.</p><p>Estaremos sempre nos reportando as nfases do nosso Presidente de Rotary International, Companheiro Kalyan Banerjee:</p><p>1- A FAMLIA, pois esta a clula mater da sociedade e, que alimentada pela Sabedoria, tica e Harmonia, muito poderemos avanar nas esperanas para encontrarmos a Paz e Compreenso Mundial;</p><p>2- A CONTINUIDADE, devemos consolidar as iniciativas das aes benficas Humanidade atravs dos Programas da Plio Plus e da Fundao Rotria;</p><p>3 - A INOVAO, submeter-nos s mudanas necessrias para agilizarmos e adequarmos nosso processo, iniciando pela reflexo interior, mudando a ns mesmos para fazermos as mudanas que pretendemos para o mundo.</p><p>Nosso Lema Rotrio 2011-2012 " C O N H E A A S I M E S M O PA R A ENVOLVER A HUMANIDADE" sem</p><p>dvida o primeiro procedimento a ser adotado por ns rotarianos e rotarianas para iniciarmos as mudanas que desejamos.</p><p>Valdete e eu estaremos levando a cada um de vocs a mensagem do nosso Presidente Kalyan Banerjee, bem como, o aprendizado adquirido em nosso treinamento durante a Assemblia International em San Diego, Estados Unidos da Amrica.</p><p>Queremos tambm abra-los e fazer companheirismo para continuar nosso aprendizado rotrio, uma vez que, os Clubes so as razes que do sustentao a esta magnfica rvore (Rotary International) que produz os frutos que alimentam a humanidade.</p><p>Gostaramos de estar presentes fisicamente com vocs todos os dias, por isso, queremos nos envolver durante os momentos de trabalho e companheirismo em nossas visitas, para fortalecer os laos de amizades que nos une, pois a saudade a substncia que materializa nossas aes.</p><p>Feliz Ano Rotrio</p><p>Flvio Aparecido Zunta e ValdeteCASAL GOVERNADOR 2011-2012DISTRITO 4630</p><p>INSTRUES ROTRIAS</p><p>INSTRUO ROTRIA N 01 REUNIES SEMANAIS DE CLUBES </p><p>As reunies semanais precisam ser marcantes, bem preparadas e despertar o desejo de retornar ao clube, pelo seu contedo, companheirismo e atividades. </p><p>A programao deve prover aos associados as informaes e a motivao necessrias para aumentar sua participao em atividades de prestao de servios no clube, na comunidade e em todo o mundo. Para garantir que as reunies semanais sejam eficazes e bem planejadas, as seguintes medidas devem ser tomadas: - D e t e r m i n a r a p r o g r a m a o c o m antecedncia. -Relacionar a programao a projetos e atividades do clube levando em considerao o calendrio rotrio. -Delegar a responsabilidade de organizar as reunies comisso de administrao do clube. -Incluir na programao atualizaes sobre informaes e instrues rotrias. - Iniciar e encerrar a reunio pontualmente. - Ter um plano de contingncia para o caso de o programa proposto ser cancelado. </p><p>Reunies bem estruturadas, que contam com programao atraente e relevante, ajudam a aumentar os conhecimentos dos</p><p>associados sobre o Rotary, reforar o valor da associao entidade e conscientizar sobre as necessidades da comunidade local e internacional.</p><p>Fonte: Base no Manual do Presidente de Clube pag. 42</p><p>INSTRUO ROTRIA N 02 ASSEMBLIAS DE CLUBE</p><p>As assembleias de clube renem os integrantes do quadro associativo, e oferecem oportunidades de discutir os programas e atividades do clube, bem como de orientar os associados. Associados novos devem ser especialmente incentivados a comparecer a esses encontros para aprender sobre o trabalho realizado pelo Rotary Club. </p><p>Assembleias de clube peridicas contribuem para que a comunicao seja mais aberta entre associados, lderes do clube e lderes distritais. Devem ser planejadas pelo presidente do clube a quem cabe presidi-las ou designar outro dirigente que possa faz-lo. </p><p>As assembleias de clube possibilitam aos associados: -Estabelecer metas e elaborar planos de ao. - Coordenar as atividades das comisses. -Compreender como os planos de ao do clube so executados. -Engajar-se em discusses informais que estimulem solues criativas. -Aprender sobre o Rotary e seus programas. -Avaliar pontos fortes e fracos do clube. </p><p>Tpicos relevantes para discusso incluem: -Metas anuais e de longo prazo ;-Projetos de prestao de servios e atividades do clube;-Estratgias de desenvolvimento do quadro associativo e de reteno de associados;-Conferncias distritais ou outros encontros do distrito e do RI;-Programas rotrios ;-Qualquer assunto que tenha recebido destaque em frum de discusso.Cronograma - O ideal que sejam conduzidas de quatro a seis assembleias por ano, embora alguns clubes prefiram realiz-las mensalmente. Sugere-se o seguinte cronograma: 1. Imediatamente aps a assembleia distrital (antes de 1 de julho) para descrever, avaliar e discutir os planos de trabalho desenvolvidos e sugeridos na assembleia distrital e como o Lema e as nfases do RI sero implementados no clube (presidida pelo presidente eleito do clube). 2. Aps 1 de julho - discutir e definir a p r o g r a m a o p a r a o a n o . 3. Duas semanas antes da visita oficial do </p></li><li><p>03</p><p>Conhea a si mesmo paraEnvolver a Humanidade</p><p>Conhea a si mesmo paraEnvolver a Humanidade</p><p>02</p><p>Carta Mensal 4630Governador Flvio Aparecido Zunta</p><p>Carta Mensal 4630Governador Flvio Aparecido Zunta</p><p>MENSAGEM DO PRESIDENTE</p><p>Prezados irmos em Rotary:</p><p>H mais de 75 anos, o fundador do Rotary, Paul Harris, escreveu: O mundo muda constantemente, e o Rotary deve estar preparado para mudar com ele uma mensagem que continua relevante em todos os Rotary Clubs do mundo at hoje.</p><p>A mudana a razo pela qual estamos aqui e o que buscamos, pois no estamos satisfeitos com o menor denominador comum. Vemos o mundo no como ele , mas como deveria ser, e acreditamos, assim como Gandhi, que devemos ser a mudana que desejamos ver no mundo.</p><p>Em seus clubes, lares e por todo o distrito, todos vocs tm o potencial de ser a mudana que sonham. Neste ano rotrio, ao Conhecerem a Si Mesmos para Envolver a Humanidade, peo que tenham coragem, que abram suas mentes e coraes para novas possibilidades no servir e que permaneam no caminho certo. Gostaria de parafrasear o poeta Robert Frost:</p><p>Cordialmente,Kalyan Banerjee</p><p>Presidente, 2011-1</p><p>Em 2011-12, peo aos rotarianos que Conheam a Si Mesmos para Envolver a Humanidade. Peo que olhem dentro de si para compreender que a humanidade, como um todo, tem os mesmos sonhos, esperanas e aspiraes, e enfrenta problemas semlhantes.</p><p>Quem quer que sejamos e onde quer que estejamos, cada um de ns anseia pela mesma paz, a mesma alegria e a mesma satisfao em nosso dia a dia. O que queremos p r o p o r c i o n a r a o u t r o s , d e v e m o s primeiramente proporcionar a ns mesmos, pois o que desejamos a ns aquilo que outros</p><p>Tenho promessas a cumprir,E milhas para caminhar antes de dormir,</p><p>Vamos aproveitar a jornada.</p><p>Lema Rotrio e nfases do Presidente</p><p>Conhea a Si mesmo para Conhecer a Humanidade</p><p> tambm desejam para si.Antes de falarmos em paz mundial, </p><p>devemos encontrar nossa paz interior, e ento estabelecer a paz em nossos lares, em nossas famlias e em nossas comunidades.</p><p>No podemos chegar paz mundial sem a paz em nossas casas. Para semearmos paz, amizade e tolerncia no mundo, o primeiro passo praticar a paz ao nosso redor. Quando alcanamos a paz interior, temos paz em nossos lares, e ento podemos transmiti-la a outros. Quando estamos felizes e satisfeitos na companhia daqueles que amamos e a quem queremos bem, conseguimos nos importar com os demais.</p><p>Acredito que quando algum se fortalece, aqueles a sua volta tambm so fortalecidos.</p><p>Uma famlia forte representa uma base slida. Aqueles que possuem esta fora interior podem, juntos, melhor servir humanidade e isso o que fazemos em Rotary.</p><p>Teremos em 2011-12 trs nfases: f o r t a l e c e r n o s s a s f a m l i a s , d a r continuidade ao que fazemos de melhor e mudar tudo o que for preciso.</p><p>A primeira nfase ser a famlia, pois nela que tudo comea: o nosso servir e tudo que desejamos realizar no mundo. Me e filho so a essncia de toda famlia; comeando com eles poderemos levar nosso trabalho adiante, com um impacto positivo em cada pessoa e comunidade.</p><p>A s e g u n d a n f a s e s e r a continuidade, para identificarmos o que fazemos de bom e fazermos ainda melhor. Cada um de ns j obteve sucesso em algum servio rotrio.Devemos aproveitar essas realizaes e multiplic-las, para que possamos ajudar ainda mais pessoas. </p><p>Devemos continuar nossas iniciativas para aplacar doenas, prover gua potvel, promover a alfabetizao, trabalhar em prol das novas geraes e buscar a paz.</p><p>Ao mesmo tempo, sabemos que h coisas que podemos fazer melhor, e outras que precisamos mudar. Devemos ser capazes de identific-las e ter coragem para mud-las. Mahatma Gandhi disse: Voc deve ser a mudana que deseja ver no mundo. Em R o t a r y , n o s e m p e n h a m o s p a r a viver de maneira tica e honesta, compartilhar a amizade e a boa-vontade, e enxergar o verdadeiro valor de cada ser humano.</p><p>No estamos interessados no menor denominador comum, pois o Rotary certamente no comum, e os rotarianos so extraordinrios. por isso que nos comprometemos a nos elevarmos, e assim elevar o mundo. A maior razo de sermos rotarianos que queremos mudar o mundo.</p><p>Acreditamos que nele pode haver mais alegria, sade e paz; acreditamos tambm que o futuro pode ser, e ser, melhor que o passado. Somos idealistas e damos vida aos nossos ideais atravs do servio rotrio.</p><p>Sendo assim, a terceira nfase ser a mudana, comeando por aquela que desejamos ver no mundo. Se desejarmos a paz, comecemos vivendo em paz com ns mesmos, em nossos lares e em nossas comunidades. Se desejarmos a erradicao da plio ou de qualquer outra doena, o fim da degradao ambiental, a reduo da mortalidade infantil, mais alfabetizao e o combate pobreza, devemos ser o instrumento de mudana e reconhecer que ela deve comear dentro de cada um de ns.</p><p>Conhea a Si Mesmo para Envolver a Humanidade. Estando em paz e harmonia e compartilhando a amizade, conquistaremos as mudanas e um futuro repleto de alegrias para todos ns.</p><p>Kalyan BanerjeePresidente, Rotary International, 2011-12</p><p> Governador Flvio Zunta, D-4630Presidente Michello Scandelae-RC Santa F</p><p>Transmisso de Cargo de PresidenteRC Santa F</p><p>Presidente Helton J. da Silva para oPresidente Michello Scandelae</p><p>Transmisso de Cargo da GovernadoriaGov. Jos Manoel M.H.Filho para o</p><p>Gov. Flvio Zunta</p><p>POSSE CONJUNTA</p><p>governador - Preparao para a visita oficial. 4. Durante a visita oficial - discutir a situao atual do clube com o governador de distrito. 5. Meio do ano rotrio (janeiro/fevereiro) - Avaliar o progresso do clube em direo a suas metas e definir o planejamento para o restante do ano. 6. Abril ou maio - Oferecer oportunidade para discusses abertas (ideias e sugestes podem ser implementadas para auxiliar o clube a atingir suas metas). </p><p>Fonte: Base no Manual do Presidente de Clube - pag. 44</p><p>INSTRUO ROTRIA N 03 DIRETOR DE PROTOCOLO</p><p>O Diretor de Protocolo o coordenador de todo e qualquer evento rotrio em estreita colaborao com aquele que o preside. Sua misso tem incio na preparao da reunio. sempre o primeiro a chegar e o ltimo a sair. O protocolo rotrio formal em todo o mundo. Funes e Responsabilidades: o Coordenar a equipe de protocolo em parceria com a comisso de companheirismo; o Preparar a reunio com antecedncia, confirmando a presena de convidados, quando necessrio; o Escolher o cardpio e supervisionar a arrumao das mesas e da decorao em geral; o Verificar o funcionamento do ar condicionado e da iluminao; o Fazer a formao da mesa diretora com observncia das normas de precedncia, tanto as enunciadas pelo Rotary International - Manual de Procedimento 2010, pag. 71 e 72 - como as governamentais, militares e religiosas, com numerao dos lugares ou anotao dos nomes dos participantes; o Colocar a tribuna esquerda da mesa diretora, com iluminao suficiente para a leitura; o Orientar a disposio das bandeiras na panplia, colocao do sino polido e martelo; o Recepcionar e anunciar corretamente os presentes; o Manter os horrios nas reunies ordinrias e nas festivas; o Ficar atento s necessidades do presidente, durante a reunio; o Acolher os convidados atrasados, designando companheiros do clube para atend-los; o Atender o servio do restaurante; o Providenciar materiais e equipamentos para o orador, como projetor, datashow, som, microfone e gua; o Alertar o palestrante sobre o tempo destinado ao seu pronunciamento, bem como fazer aviso discreto de que o tempo est terminando; o Atentar para que nenhum som ou conversa paralela atrapalhe a palestra; o Ao final da reunio guardar as bandeiras, som e crachs. O Diretor de Protocolo deve conduzir-se com discrio nos seus modos e palavras. Evitar </p><p>gracejos e piadas. Esforar-se ao mximo para pronunciar corretamente o nome dos convidados, visitantes e companheiros. No deve fazer parte da mesa diretora, pois isso dificultaria sua movimentao para atender aos detalhes e s eventualidades ocorrentes. Precisa vestir-se adequadamente. No precisa ser orador, mas indispensvel ter algum conhecimento do idioma vernculo. </p><p>Fonte: Normatizao para as Reunies do Rotary no Brasil - Alceu Antimo Vezozzo - Diretor do RI em 2001-2003 (baixe um exemplar atravs do Blog dos C o o r d e n a d o r e s - http://coordenadorrotary.blogspot.com/ - Literatura Rotria</p><p>INSTRUO ROTRIA N 04 SUBCOMISSO DE FREQNCIA</p><p> A subcomisso de frequncia responsvel por ajudar o secretrio a registrar a presena dos associados e incentivar o comparecimento. Esta pode contribuir tambm se certificando de que os associados estejam familiarizados com as seguintes normas: -Todos os associados devem comparecer s reunies regulares de clube. -Um associado considerado presente se participar de pelo menos 60% de cada reunio. Incentivo frequncia. A frequncia pode ser incentivada atravs das seguintes medidas: -Garantir que as reunies sejam relevantes e atraentes. -Enfatizar a importncia de compensar as faltas. -Convidar o associado faltante para visitar outro Rotary Club e, assim, recuperar a reunio a qual faltou. -Utilizar questionrio para determinar os motivos pelos quais os associados faltam s reunies. -Homenagear associados que...</p></li></ul>