cargo : auxiliar administrativo - : :

Download CARGO : AUXILIAR ADMINISTRATIVO - : :

Post on 13-Dec-2018

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

CONCURSO PBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAMARAJ - BA

EDITAL 001/2012

RESULTADO DOS RECURSOS IMPETRADOS CONTRA A PROVA OBJETIVA DE MLTIPLA ESCOLHA

CARGO : AUXILIAR ADMINISTRATIVO

Questo 01: Candidatos: Andr Lucas Oliveira dos Santos. Recurso(s): INDEFERIDO Justificativa: Julgo improcedente o recurso porque se considerada a noo de gnero e tipo textual, preconizada nos Parmetros Curriculares Nacionais, nos CBCs e nas Diretrizes Nacionais do Ensino Mdio, tem-se por trs da concepo de texto como interao a viso sociointeracionista da linguagem. Nessa concepo de texto e viso terica adotada, cabe destacar o terico Bakhtin: Na noo de gnero discursivo proposta por Bakhtin (1999), a linguagem um fenmeno social, histrico e ideolgico. Nesse sentido, o autor define os gneros do discurso como formas estveis de enunciados elaborados de acordo com as condies especficas de cada campo da comunicao verbal. Essa definio remete situao scio-histrica de interao que envolve o tempo, o espao, os participantes, a finalidade discursiva e o suporte midiolgico. Assim, cada esfera produz seus prprios gneros.

O candidato alega que no h nada no texto que sugira que se trata da principal matria do veculo de comunicao. Considerando que a questo solicitava exatamente a anlise da funcionalidade do gnero carta ao leitor e ainda, que tal gnero, estvel e muito recorrente em revistas semanais assume essa funo, a questo no apresenta nada a ser contestado. Questo 18: Candidatos: Andr Lucas Oliveira dos Santos. Recurso(s): INDEFERIDO Justificativa: Julgo improcedente o recurso porque: 1) O enunciado da questo no sugere fidedignidade com o texto original, apenas fala do segmento retirado do texto, a alterao da redao que estava em anlise; 2) A alternativa D marca uma expresso adverbial, assim, a mesma, quando da opo de ser marcada, intercalada, deve vir isolada por vrgula; 3) A alternativa indicada pelo candidato no poderia ser aceita em hiptese alguma, uma vez que separa sujeito de predicado.

CONCURSO PBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAMARAJ - BA

EDITAL 001/2012

RESULTADO DOS RECURSOS IMPETRADOS CONTRA A PROVA OBJETIVA DE MLTIPLA ESCOLHA

Questo 19: Candidatos: Andr Lucas Oliveira dos Santos. Recurso(s): INDEFERIDO Justificativa: Julgo improcedente o recurso porque: 1) O enunciado da questo deixa muito claro o que se est avaliando, no caso em tela, a substituio dos termos repetidos por pronomes; 2) Segundo o candidato, os dois primeiros elementos no so fatores de prclise, o que um equvoco, visto que ardorosamente um advrbio e portanto partcula atrativa, no segundo caso, opcional; 3) Apesar do verbo mereceria estar no futuro e portanto ser indicado a mesclise, Bechara chama a ateno para o uso dessa colocao, alertando que a mesma s dever ocorrer quando no houver partcula atrativa. No caso em tela, tem-se a partcula atrativa, o advrbio supostamente. Outra coisa, se o candidato coloca que a alternativa correta a C demonstra no ter domnio do uso de pronomes segundo a transitividade dos verbos, no caso em questo, venda da virgindade objeto indireto, assim, exige-se o pronome lhe. Questo 22: Candidatos: Andr Lucas Oliveira dos Santos. Recurso(s): DEFERIDO Justificativa: NULA Questo 25: Candidatos: Andr Lucas Oliveira dos Santos. Recurso(s): DEFERIDO Justificativa: NULA Questo 34: Candidatos: Andr Lucas Oliveira dos Santos. Recurso(s): INDEFERIDO Justificativa: Independentemente do Sistema Operacional Utilizado, qualquer arquivo deletado de um pen drive ser deletado permanentemente da sua memria, pois estes tipos de dispositivos utilizam memria do tipo Flash, a mesma utilizada por mp3, cartes de memrias entre outros.

CONCURSO PBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAMARAJ - BA

EDITAL 001/2012

RESULTADO DOS RECURSOS IMPETRADOS CONTRA A PROVA OBJETIVA DE MLTIPLA ESCOLHA

CARGO : ENFERMEIRO

Questo 02: Candidatos: Lucia Ramos Cisnandes, Vera Lucia Silva dos Santos Pazenatto, Marleide Nery Monteiro. Recurso(s): INDEFERIDO Justificativa: Julgo improcedente o recurso uma vez que a candidata alega no se tratar de depoimento, mas sim defesa de ponto de vista. A passagem abaixo ilustra depoimentos que so recursos utilizados pela autora para e na construo do ponto de vista. H coisa de trinta anos, eu ainda professora universitria, recebamos as primeiras levas de alunos sados de escolas enfraquecidas pelas providncias negativas: tiraram um ano de estudo da meninada, tiraram latim, tiraram francs, foram tirando a seriedade, o trabalho: era a moda do aprender brincando. Nada de esforo, punio nem pensar, portanto recompensas perderam o sentido. Contaram-me recentemente que em muitas escolas no se deve mais falar em reprovao, reprovado, pois isso pode traumatizar o aluno, marc-lo desfavoravelmente. Ento, por que estudar, por que lutar, por que tentar? Outro argumento improcedente o de que a alternativa D a que mais se aproxima. O pargrafo que poderia representar dados estatsticos seria o abaixo transcrito: Agora sai na imprensa um relatrio alarmante. Metade das crianas brasileiras na terceira srie do elementar no sabe ler nem escrever. No entende para o que serve a pontuao num texto. No sabe ler horas e minutos num relgio, no sabe que centmetro uma medida de comprimento. Quase a metade dos mais adiantados escreve mal, l mal, quase 60% tm dificuldades graves com nmeros. Grande contingente de jovens chega s universidades sem saber redigir um texto simples, pois no sabem pensar, muito menos expressar-se por escrito. Parafraseando um especialista, estamos produzindo estudantes analfabetos. No que diz respeito argumentatividade, pode-se observar a ausncia de fontes para tais dados. A autora lana mo de informaes da imprensa, porm, o que escreve fruto da sua leitura de tais dados. Assim, tal pargrafo faz mais uso da exemplificao do que dados estatsticos propriamente ditos.

CONCURSO PBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAMARAJ - BA

EDITAL 001/2012

RESULTADO DOS RECURSOS IMPETRADOS CONTRA A PROVA OBJETIVA DE MLTIPLA ESCOLHA

Questo 04: Candidatos: Ozeni Ramalho Braga. Recurso(s): INDEFERIDO Justificativa: Julgo improcedente o recurso uma vez que o candidato no apresenta qualquer argumento condizente com a justificativa para ser a resposta correta a letra A e no a letra D. Quanto resoluo da questo, h de se observar os verbos, DENUNCIAR, DISCUTIR, ANALISAR E CRITICAR. A partir da observao desses verbos pode-se observar que na planificao textual, no se pode perceber o cunho de denncia, mas de crtica tanto s teorias com s polticas de educao adotadas e os seus resultados. Questo 05: Candidatos: Victor Luiz Rocha Pires. Recurso(s): INDEFERIDO Justificativa: Julgo improcedente o recurso uma vez que a questo central do pargrafo em questo a negligncia do Estado. Apesar de a autora falar da situao das escolas particulares neste pargrafo, ela o faz para reafirmar que o Estado no garante a todas as crianas o que lhes de direito. Questo 06: Candidatos: Lucia Ramos Cisnandes, Vera Lucia Silva dos Santos Pazenatto, Marleide Nery Monteiro, Victor Luiz Rocha Pires, Valria Dantas, Liliam Moreira Silva Afonso, Sidicsio de Souza Rocha, Ozeni Ramalho Braga, Vanderson Fernandes da Silva, Rogrio Castro Pereira, Jssika Laiviny, Caroline de Santana Rodrigues, Diene Maria de Jesus. Recurso(s): INDEFERIDO Justificativa: Observe a passagem do texto: Naturalmente, a boa ou razovel escolarizao muito maior em escolas particulares: professores menos mal pagos, instalaes melhores, algum livro na biblioteca, crianas mais bem alimentadas e saudveis pois o estado no cumpre o seu papel de garantir a todo cidado (especialmente a criana) a necessria condio de sade, moradia e alimentao. Para responder s questes 6 e 7 retome o trecho acima: 6-Na expresso sublinhada acima, a utilizao do ou sugere que: a. a escolarizao em escolas particulares so razoveis; b. a escolarizao em escolas particulares so boas. c. A escolarizao em escolas particulares ou so boas ou so razoveis;

CONCURSO PBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAMARAJ - BA

EDITAL 001/2012

RESULTADO DOS RECURSOS IMPETRADOS CONTRA A PROVA OBJETIVA DE MLTIPLA ESCOLHA

d. A escolarizao em escolas particulares no so boas, so razoveis. Julgo como improcedente o recurso uma vez que o candidato deve perceber os diferentes efeitos de sentido decorrentes da situao de uso e dos diferentes valores semnticos que as conjunes podem assumir de acordo com o contexto. Utilizando uma noo de M. A. K. Halliday, a lngua um potencial de significado e, neste caso particular, h entre os falantes uma troca e uma negociao do significado a partir de uma coleco harmoniosa de significados apropriados ao seu contexto, com um objectivo comunicativo (Carlos Gouveia, "Texto e Gramtica: Uma Introduo Lingustica Sistmico-Funcional"). Se considerado os diferentes sentidos que uma dada palavra pode assumir nos diferentes contextos, podemos perceber o valor semntico do ou que ora pode assumir a ideia de excluso, ora de incluso, podendo ainda retificar ou assumir o carter explicativo e/ou corretivo. ( Bechara, Evanildo; Neves, Maria Helena de Moura). No texto em questo, o ou assume o valor corretivo, o que pode ser comprovado pelas expresses negritadas menos mal pagos, algum livro... Isso nos permite afirmar que, segundo a autora, os professores das escolas particulares no so bem remunerados, que o nmero de livros na biblioteca insuficiente, e por fim, que a escolarizao no so boas, so razoveis. Questo 08: Candidatos: Carla Moitinho Macedo. Recurso(s): INDEFERIDO Justificativa: Julgo improcedente o recurso uma vez que, ainda que se possa considerar a palavra em questo um neologismo, o mesmo formado pelo processo de composio. A prpria referncia utilizada pela candidata deixa claro: Esta pgina ou seco foi marcada para reviso, devido a inconsistncias e/ou dados de confiabilidade

Recommended

View more >