cardpio ucharia

Download Cardpio Ucharia

Post on 13-Mar-2016

219 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

cardapio, ucharia

TRANSCRIPT

  • Cardpio

    Na despensa do Conde (Ucharia significa despensa)

    poder encontrar um leque alargado de produtos de

    Ourm, nomeadamente vinhos, azeites, mel e doces.

    Destaque, tambm, para os enchidos e queijos.

    Atreva-se e entre connosco num espao nico de

    sabores tradicionais.

    Sabores de Tradio,com um toque especial.

  • Entradas

    Po e broa

    Tbuas de entradas regionaisEnchidos (morcela de arroz, negrita, linguia, chourio)Queijo fresco com molho de orgos ou queijo seco da serraAzeitonas

    1,20

    5,00Tbua pequenaTbua grande 8,00

    Delcias da Serra (po caseiro com tomate e queijo) 2,00

  • Inda eu era pequenino, j a minha me me dizia com mgoaQuando o disparate era grande e a pachorra, tambm noS me arranjas trabalhos, abbora, que arrosa a guaCarlos Preto

    Sopa de abbora

    Sopa

    Com estatuto de terapia para grvidas e doentesSopinhas de po com pedaos da penosa rabugentaSacrifcio partilhado por quem lhe afinfava os dentesE, num queixume, sussurrava: chia, nem oito, nem oitenta!Carlos Preto

    Canja de galinha da capoeira 2,00

    Em Espanha chamam-lhe berroEm Frana, cresson de fontaineNs por c, apesar do iodo e do ferro s agrio, nada de muito soleneCarlos Preto

    Sopa de agrio 2,00

    2,00

    Dana a cebola e o azeite com o feijo demolhadoO lombardo e a cenoura, aguardam com esperanaEnquanto o toucinho, gorducho atrevido e salgadoDiz colher de pau: desculpe, a menina dana?Carlos Preto

    Sopa Lavrador 2,00

  • As migas cabem igualmente na mesa do patro ou do operrioSo um petisco que nos suscita o apetite para nos pormos a jeitoPar mais que perfeito para o bacalhau que se pretende solidrioAo naco e vazia, acompanham com garbo e sem preconceitoCarlos Preto

    Bacalhau com migas

    Peixe

    O tremoo disfarado e vadio, longe do fino e da cervejaAlia-se ao fiel amigo numa pardia, com espiga, mas sem sarilhoE, num prato digno de, ao rei e ao conde, fazer invejaOuve-se o chcharo dizer ao bacalhauNum sussurro de marialva atrevido:Ela broa como o milhoCarlos Preto

    Chicharo com bacalhau e broa 9,50

    9,50

    Cru, cozido, frito ou desfiado, mo desarmadaA nadar nas travessas, onde reinam o azeite e o alhoNuma meia, bem desfeita, ou metido em bacante caldeiradaFica em brasa, se as loiras o disputam ao murro e ao malhoCarlos Preto

    Bacalhau no forno com broa e batata a murro 9,50

  • Depois de fugir o coelho,O conselho tomado pelo vilo!Mas para prevenir tal veneno,At o coelho ter o seu dia de Feijo. Coelho com feijo branco 9,50

    Fala-se em cabidelaAfia-se uma faca cus! Que horror!O monco j me caiNunca supusQue isto, meu amor?Accio de Paiva

    Galo de cabidela 9,50

    Pula daqui, pula dali,e nunca pra de berrar.Procura a ruminar, o capim, E nisso cresce... passa a vida.Cabrito assado no forno com batatinha 12,50

    Carne

    Quer-se jovem, tenro e que ao paladar, no seja avesso Bem regado, para nele banhar o po e, porque no, sujar os dedos Seja ensopado, to somente estufado, ou moda de Vale Travesso Avancemos sobre ele, como os heris medievais: sem medos!Carlos Preto

    Carneiro Vale Travesso 9,50

  • Antes lrico madrugador, perseguido por botas e pela raposaMarialva, de crista ao vento, dono e senhor da capoeiraAgora vergado pelas penas da reforma antecipada e dolorosaCumpre, na panela a tarefa derradeira, mas ambiciosa, De guisar a pacincia cozinheiraCarlos Preto

    Galo caseiro com couve 9,50

    Todos os segredos so donos de alguma douraE muitos doces preservam, da receita, o segredoNo , por isso, estranho, que a batata na sua canduraAjude, em segredo, ao lombo degustar deste enredo.Carlos Preto

    Lombo de porco assado com mel e alecrim 9,50

    Quer-se jovem, tenro e que ao paladar, no seja avesso Bem regado, para nele banhar o po e, porque no, sujar os dedos Seja ensopado, to somente estufado, ou moda de Vale Travesso Avancemos sobre ele, como os heris medievais: sem medos!Carlos Preto

    Carneiro Vale Travesso

    Favas com entrecosto 9,50

    Variao em tom menor da chanfana,Cujo mote de festa aqui desdenhaAlia-se agora plebe em preparosOnde se poupa no lume e no temperoMantm contudo a nobreza da espcieE a rigidez com que se empenhaS o bagao lhe amolece as carnesE nos alivia os dentes do caprino exageroCarlos Preto

    Catrepe 9,50

    Friginada 9,00

    Carne

    Sopas de Verde 8,00

  • Doaria

    Arroz Doce 2,50

    Pra bbeda em calda de mel 3,00

    Bailarotes regados com mel 2,50

    Bolo do arco(com tbua de doces regionais) 4,00

    Pudim do Conde 2,50

    Pudim de Chcharos 2,50

    2,00

    Torta D. Mcia 2,50

    Bolo de Azeite 2,00

    Bolachinhas 2,00

    Fruta da poca 2,00

  • Bebidas

    gua

    Sumo de laranja natural 1,50

    Limonada 1,50

    Refresco de mel 1,50

    Refresco de groselha 1,50

    copo jarro

    1,50

    3,50

    3,50

    3,00

    3,00

    Caf e Infuses

    Caf

    Infuso de Hortel

    Infuso de Tlia

    Infuso de Cidreira

    chvena bule

    1,50

    1,50

    1,50

    1,50

    1,00

    1,00

    1,00

    1,00

    Licores

    Vinho Licoroso - Abafado

    Ginja

    Aguardente

    1,00

    1,00

    2,00

    Infuso de Barbas de Milho 1,501,00

    Infuso de Limo 1,501,00Infuso de Carqueja 1,501,00

    Infuso de Marmeleiro 1,501,00

    Infuso de S. Roberto 1,501,00

  • Vinhos

    Pela particularidade do seu solo, escolha das suas

    plantas e mtodo do seu fabrico, salienta-se destaca-

    damente com renome j famoso, a regio de Vila

    Nova de Ourm; os seus produtos so realmente duma

    apresentao que encanta. Ligeiros, finos, hilariantes,

    sobretudo, esses vinhos renem tais qualidades e agra-

    dos, que podem ao mesmo tempo extasiar o paladar e

    a vista. Por isso a parte onde chegam, por justo ttulo,

    tm de todos uma estima, um apreo e uma prefern-

    cia exquisitamente singulares.

    LOPES, Antnio Marques da Cruz e Antnio Vieira,

    Manual Prtico Vinho de Ourm,Cmara Municipal de Ourm, Oum, 2004.

  • Medieval de Ourm

    GPQuinta do Montalto

    Carlos SousaCarlos Sousa

    Abadia de TomaresDivinis

    Branco

    Cepa Pura (Ferno Pires)Quinta do Montalto

    Colinas de Ftima (750ml) Divinis

    Colinas de Ftima (350ml)Divinis

    Vinha da MalhadaQuinta do Montalto

    ColegiadaDivinis

    Casal dos FradesDivinis

    8,50

    7,00

    7,00

    7,50

    7,50

    6,00

    6,00

    5,00

    4,50

    Quinta da SerranaQuinta da Serrana

    5,50

  • Tinto

    D. Mcia ReservaDivinis

    Vinha da Malhada ReservaQuinta do Montalto

    Colinas de Ftima (750ml) Divinis

    Colinas de Ftima (350ml) Divinis

    Vinha da MalhadaQuinta do Montalto

    ColegiadaDivinis

    Vinho com Histria, Castelo Vista (350ml)Antnio Simes

    Casal dos FradesDivinis

    8,00

    7,50

    7,50

    6,00

    6,00

    5,00

    3,50

    4,50

    Quinta da SerranaQuinta da Serrana

    5,50

  • Ros

    Vinha da MalhadaQuinta do Montalto

    Casal dos FradesDivinis

    5,00

    4,50

    Espumante

    GP Reserva - BrutoQuinta do Montalto

    GP Reserva - SecoQuinta do Montalto

    7,50

    7,50

  • Ourm - Portugal

    GPS: 39 38 36,60 N 8 35 28,14 W

    www.uchariadoconde.com