capa dicas exportação 2015 .pdf 1 05/01/2015 20:00:40 ?ão.pdf · roteiro de exportaÇÃo........

Download Capa Dicas Exportação 2015 .pdf 1 05/01/2015 20:00:40 ?ão.pdf · ROTEIRO DE EXPORTAÇÃO..... 77…

Post on 11-Nov-2018

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Paulo Narcizo Rodrigues

    Rua Cndido Carneiro, 273 - CEP. 15014-200Tel: PABX - (17) 3302 - 8400 - Fax: (17) 3234 2968 SO JOS DO RIO PRETO - SPPraa Mau, 42 - 5. andar Cj. 53 - CEP. 11010-901Tel: (13) 3219-9014 - 3219-9333 - 3219-3261 - Fax: (13) 3219-8546 - SANTOS - SPwww.caribbeanexpress.com.brcaribbean@terra.com.br

    Capa Dicas Exportao_2015_.pdf 1 05/01/2015 20:00:40

  • Dicas para Exportao - 1 -

    Rua Cndido Carneiro, 273 - CEP. 15014-200Tel: PABX - (17) 3302 - 8400 - Fax: (17) 3234 2968

    SO JOS DO RIO PRETO - SP

    Praa Mau, 42 - 5. andar Cj. 53 - CEP. 11010-901Tel: (13) 3219-9014 - 3219-9333 - 3219-3261 - Fax: (13) 3219-8546

    SANTOS - SP www.caribbeanexpress.com.br - e-mail: caribbean@terra.com.br

    Capa, Diagramao: Flvio S. Damasceno (17) 98115-6734(Vivo) / 99216-6599(Claro)

  • - 2 - Paulo Narcizo Rodrigues

  • Dicas para Exportao - 3 -

    PAULO NARCIZO RODRIGUES Consultor de Comrcio Exterior

    Despachante Aduaneiro - REG. 7D.00.737

    PAULA SERRA NEGRA RODRIGUES Consultora e Professora de Comrcio Exterior

    Despachante Aduaneiro - REG. 8D.04.354

    Nossa Misso

    Levar informao necessria sobre importao e exportao, visando dar conhecimento aos nossos clientes para que possam realizar uma operao

    de comrcio exterior com sucesso.

  • - 4 - Paulo Narcizo Rodrigues

  • SUMRIODICAS PARA EXPORTAR ..........................................................................9EXPORTAO .......................................................................................11MODALIDADES DE EXPORTAO ........................................................16COMISSO DE AGENTE ......................................................................18EXPORTAO VIA CORREIO ................................................................19RECEBIMENTO DAS DIVISAS DE EXPORTAO ...................................21FORMAO DE PREO PARA EXPORTAO ......................................23PLANILHA PARA FORMAO DE PREO NA EXPORTAO ...............24DETERMINAO DO PREO ................................................................25CERTIFICADO DE ORIGEM ....................................................................26EMBARQUE DAS MERCADORIAS .........................................................28POTENCIAIS IMPORTADORES ..............................................................29HABILITAO DA EMPRESAPARA IMPORTAR/EXPORTAR ...................30CAPTULO I - DAS MODALIDADES DE HABILITAO ..........................32DTE (DOMICLIO TRIBUTRIO ELETRNICO) ......................................35CERTIFICADO DIGITAL E-CPF .............................................................37DESPACHANTE ADUANEIRO .................................................................38CLASSIFICAO FISCAL DE MERCADORIAS ........................................39NCM - NOMENCLATURA COMUM DO MERCOSULEXTRUTURA - XXI SEES - 96 CAPTULOS .........................................40SISCOMEX SISTEMA INTEGRADO DE COMRCIO EXTERIOR .............41SISCOMEX NA EXPORTAO ...............................................................42INCOTERMS ..........................................................................................43DRAWBACK ...........................................................................................51DRAWBACK VERDE AMARELO .............................................................52COMO SER UM PROFISSIONAL DE COMRCIO EXTERIOR .................55MODELO DE CARTA EM ESPANHOL.....................................................67MODELO DE CARTA EM INGLS ...........................................................68CONTAINERS .........................................................................................69FUSO HORRIO DO BRASIL EM RELAO S PRINCIPAIS CAPITAIS DO MUNDO: .........................................................................71PORTOS NO MUNDO ...........................................................................72ROTEIRO DE EXPORTAO ..................................................................77SITES PARA PESQUISA EM COMRCIO EXTERIOR ...............................78

  • - 6 - Paulo Narcizo Rodrigues

  • Dicas para Exportao - 7 -

    Uma das sadas do Brasil o aeroporto, mas a sada para o Brasil a exportao.

    Podemos constatar a afirmao acima tendo em vista o desempenho das da China, pas que vem crescendo com suas exportaes.

    Desta forma elaboramos este material que acreditamos possa contribuir para transmitir informao no que diz respeito exportao.

    Na hora de importar ou exportar, no deixe de nos consultar.

    A Caribbean Express, desde 1992, oferece sua empresa uma assessoria completa em comrcio exterior, sem nus, para que voc saiba quais os passos para importar ou exportar com segurana.

    Contamos com profissionais competentes e o principal os despachantes aduaneiros da Caribbean Express fazem parte do quadro societrio da empresa, assim nossos clientes tm maior credibilidade e segurana em suas operaes com o mercado internacional.

    Dispomos de escritrio prprio no porto de Santos e contamos com parceiros nos principais pontos de entrada e sada de mercadorias do Brasil.

    Nossa equipe composta por quatro despachantes aduaneiros e cinco ajudantes de despachantes, alm de tcnicos em exportao e importao.

    Somos Centro Autorizado de Envio da FedEx Express, desde agosto de 2000, em So Jos do Rio Preto, para envio de documentos, amostras e encomendas para mais de 220 pases.

    Confira nossa capacidade profissional, em sua prxima importao ou exportao, consulte-nos. Recomendamos uma visita em nossa home page: www.caribbeanexpress.com.br , alm da apresentao de nossos servios V.S., poder transferir para seu microcomputador, inteiramente grtis, o livro IMPORTAO & EXPORTAO SEM COMPLICAO, sendo este um instrumento auxiliar para seus colaboradores.

    http://www.caribbeanexpress.com.br/

  • - 8 - Paulo Narcizo Rodrigues

  • Dicas para Exportao - 9 -

    DICAS PARA EXPORTAR

    Quando da iniciativa pelo mercado de exportao a empresa ter que buscar uma srie de informaes, as quais esto disponveis em sites governamentais e comerciais, visando agrupar dados estatsticos e comportamento de exportao

    da linha de produo de todos os seus produtos ou daqueles definidos para o mercado externo.

    No necessariamente ter uma empresa que produz para ser exportador a exemplo das Tradings Companies e Comerciais Exportadoras as quais compram produtos no mercado interno e vendem no exterior.

    No caso de se vender um produto a uma Trading Company, empresa que ser sempre uma S/A, os produtos devero ser entregues em local alfandegado para serem exportados e quando se negocia com essa empresa como se de fato tivesse exportado, pois a responsabilidade pela sada ao exterior da Trading Company.

    Quando se negocia com uma Empresa Comercial Exportadora comum (Ltda.), deve-se observar alguns cuidados, o produto vendido comercial exportadora que ter que comprovar ao fabricante/produtor, atravs de um documento chamado MEMORANDO DE EXPORTAO a sada para o exterior, sem este poder ser intimado pelos rgos federais e estaduais para a comprovao ou pagamento dos tributos desde a emisso da nota fiscal para exportao, uma vez que neste caso a Comercial Exportadora e o fabricante respondem solidariamente pela suspenso dos tributos at a exportao propriamente dita, ficando assim isento dos impostos incidentes no mercado interno.

    Salvo algumas excees, seja qual for atividade da empresa, produo ou comercializao ter que previamente obter informaes acerca do comportamento do mercado internacional e mercado interno para garantir o fornecimento aos importadores.

  • - 10 - Paulo Narcizo Rodrigues

    Trataremos, em primeiro plano, a iniciativa da empresa que produz e busca o mercado externo e em segundo as empresas intermedirias que podem ser uma alternativa para produtores e fabricantes para escoar seus produtos via exportao.

    Ao optar pelo mercado de exportao a empresa, no importando o seu porte, ter que reunir informaes visando definir o mercado de atuao para suas primeiras incurses sejam elas em visita ao pas alvo, via internet, participao de feiras, ou misses internacionais, tanto no Brasil quanto no exterior, ou com envio de prospectos e catlogos.

    imprescindvel que o site da empresa esteja em ingls e espanhol.

    O ideal se a empresa no exporta ou pretende ampliar sua atuao na exportao recomendado utilizar-se em primeiro plano das informaes disponveis pelo Ministrio das Relaes Exteriores, Ministrio do Desenvolvimento, Indstria e Comrcio Exterior.

    Definindo um produto para exportao, pode-se obter dados e chegar a concluso de qual ser o ponto de partida. Acessar o site http://alice-web2. mdic.gov.br/ o interessado dever estar de posse da classificao fiscal de mercadorias, que no Brasil a NCM Nomenclatura Comum do Mercosul, composta de 08 dgitos, sendo os seis primeiros de utilizao universal a mesma classificao que se usa para definir o IPI ou seja a TIPI. Tabela de Incidncia sobre Produtos Industrializados.

    Poder tambm acessar o site da Unio Europeia http://ec.europa.eu/ta-xation_ customs/dds2/taric/taric_consultation.jsp?Lang=pt para o busca de dados estatsticos e outras informaes como para saber os impostos que se paga para produtos no Mercado Comum Europeu. Link para o idioma portugus.

    J para o mercado americano as informaes podem ser obtidas no site www.usitc.gov/taffairs.htm - Harmonized Tariff Schedule of the United States HTSUS -

    Acessando os sites, seja no Brasil ou no exterior, poder obter dados estatsticos do ano corrente e de outros anos passados, volume de exportao etc.

    http://aliceweb2/http://aliceweb2/http://ec.europa.eu/taxation_http://ec.europa.eu/taxation_http://www.usitc.gov/taffairs.htm