caos no abc - .folha de pagamento para vale-refeição e plano médico. a fuabc refuta as...

Download CAOS NO ABC - .folha de pagamento para vale-refeição e plano médico. A FUABC refuta as alega-ções

Post on 24-Jan-2019

216 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

sitvel por causa de ponto de alagamento e na Vila Joaninha houve deslizamento de terra. O temporal tambm afetou o funcionamento da linha da CPTM que corta o ABC. As prefeituras informaram que os trabalhos para minimizar os efei-tos das enchentes seguiriam por toda

CAOS NO ABCChuvas provocam morte, desabamento e alagamentos

sbado e domingodiarioregional.com.br Ano 27 N 4372 R$ 2,0024 e 25 de noVembRo de 2018

Pgina 4

Uma pessoa morreu afogada na Praa Samuel Sabatine, no Centro de So Bernardo; casa desabou em Mau

Pgina 6

Pgina 8

Incio das atividades contou com programao especial, com msica e recreao para a garotada

Marcelo Gonalves/Sigmapress/Folhapress

Thiago Benedetti/PMD

promoes

Black Friday bateu vendas totais de 2017 s 17h, mas desconto falso liderou queixas

pItstop no so paulo repatrIao clssIco

Cuca anuncia pausa e abre

caminho para Abel no Santos

Questionado, Andr Jardine pode perder chance de

efetivao em 2019

Negociao para a volta de

Fbio Carille ao Corinthians avana

Final da Copa Libertadores

vai parar a Argentina

Pgina 9 Pgina 9 Pgina 10 Pgina 10

As chuvas que caram na tarde de ontem (23) provocaram alagamentos, desabamento e morte no ABC. Em razo do temporal, uma pessoa morreu afoga-da na Praa Samuel Sabatine, Centro de So Bernardo. Em Mau, uma casa desabou, mas a ocorrncia no deixou

feridos. Em Santo Andr, cidade mais afetada, motoristas ficaram ilhados com enxurradas nas ruas. Um homem, uma mulher e uma criana tiveram de ser resgatados de um caminho com aux-lio de um helicptero da Polcia Militar. No Shopping Gran Plaza, prximo ao

Tamanduate, parte dos corredores foi fechada por causa da enchente. Lojistas tiveram dificuldade para retomar o aten-dimento. Em outro ponto da cidade, no cemitrio da Vila Pires, um muro desa-bou e afetou alguns tmulos. Em Diade-ma, a regio do Piraporinha ficou intran-

Fbrica de Cultura de Diadema inicia atividades

A Prefeitura de Mau divulgou nota, ontem (23), afirmando que mesmo com repasses regulares por parte do mu-nicpio, a Fundao do ABC (FUABC) de-ixou de depositar mais de R$ 563,3 mil a 1.374 funcionrios, referentes a ltima folha de pagamento para vale-refeio e plano mdico. A FUABC refuta as alega-es da administrao municipal e afir-ma que todos os valores repassados pela prefeitura tm sido gerenciados com a maior lisura, com o objetivo de evitar o colapso do sistema.

A Fbrica de Cultura Diadema iniciou as atividades ontem (23), com programa-o especial. Primeira unidade fora da ca-pital, o equipamento tem 6.000 m de rea

Pgina 6

mau

Prefeitura afirma que FUABC no

paga funcionrios; fundao nega

ndicePoltica.................................................2 e 3Economia..................................................4Nacional................................................... 5Minha Cidade......................................6 a 8Esportes.............................................9 e 10Classificados................................... 11 a 14

Manh Tarde NoiteCLIMAH je

20 22

Sol com muitas nuvens durante o dia. Perodos de nublado, com chuva a qualquer hora

Tarde

a noite. Em Santo Andr, os parques perma necero fechados e a atividades programadas para hoje foram cancela-das. A previso de pancadas de chuva para hoje, com declnio da temperatura, as quais comearo a diminuir de inten-sidade a partir de amanh.

construda e a previso que sejam atendi-das 100 mil pessoas por ano. A Fbrica es-tar aberta ao pblico de tera a domingo, das 9h s 17h, com atividades gratuitas. Em

janeiro, o pblico poder curtir a program-ao de frias e fazer as inscries para os atelis e trilhas que acontecero no con-traturno escolar. A populao de Diadema

merece este espao incrvel. Aqui teremos ainda mais cultura e desenvolvimento so-cial para os nossos jovens, afirmou o pre-feito Lauro Michels.

Polticajornalismo@diarioregional.com.br

Sbado e Domingo, 24 e 25 de novembro de 2018 2

Aprovados em concurso da Guarda Municipal de 2016 protestam na Cmara de Diadema

Grupo critica a no convocao dos aprovados; prefeitura diz que contratao ser feita at o final da vigncia do certame, em 2020

n ENTRE ASPAS

Queremos uma justificativa plausvel para a no convocao dos aprovadosJorge Luiz Andr dos Santos

AngelicA RichteRangelica@diarioregional.com.br

Aprovados no concurso para a Guarda Civil Munici-pal (GCM) realizado em 2016 fizeram protesto durante a sesso na Cmara de Diade-ma nesta quinta-feira (22). Representantes do grupo uti-lizaram a tribuna para ques-tionar a prefeitura sobre a descontinuidade das etapas da seleo dos aprovados e o nmero do efetivo.

Queremos uma justifica-tiva plausvel para a no convo-cao dos aprovados. Questio-namos, tambm, a defasagem do quadro de funcionrios da Secretaria de Defesa Social, que leva ao contnuo crescimento da violncia, colocando Diade-ma novamente no ranking da criminalidade, destacou Jorge Luiz Andr dos Santos, um dos representantes do grupo.

Segundo Santos, durante reunies com o prefeito foi in-formado que o municpio no

tem recursos. Com o nosso concurso foram arrecada-dos s com inscrio mais de R$ 500 mil. Hoje a GCM de Diadema est com quadro defasado, com menos de 100 GCMs na ativa, afirmou.

Vanderson dos Santos de Medeiros, corrobora com Santos, destacando que como gestor o prefeito sabia das fi-nanas da cidade. Foram con-templados vrios cargos nesse concurso, em especial para GCMs, sendo 30 vagas para o sexo feminino e 50 para o mas-culino. O prefeito concorria reeleio em 2016. Ento ,tinha conhecimento da sade finan-ceira do municpio. Nenhum gestor autorizaria abertura de concurso pblico sabendo que tem de haver receita disponvel para tal proviso. Ento, ques-tionamos: houve dentro desta ou da gesto anterior do pre-feito previso oramentria que condiz com a realidade de abertura do concurso pblico? Se houve, qual o motivo de at o momento nenhum con-cursado ter sido convocado para as demais etapas previs-tas no edital?, questionou.

n nOMeAOA prefeitura informou,

por meio de nota, que a GCM conta hoje com 220 guardas. Afirmou, ainda, que conforme

Cirurgia de Bolsonaro adiada; exames mostram inflamaoCirurgia para a retirada da

bolsa de colostomia do presi-dente eleito Jair Bolsonaro (PSL) foi adiada aps exames apontarem inflamao na membrana que recobre a parede abdominal. Aps Bolso-naro passar por srie de exam-es pr-operatrios nesta sexta-feira (23)no hospital Hospital Albert Einstein, em So Paulo, mdicos que acompanham seu caso consideraram que ele no est apto para nova cirurgia.

A bolsa de colostomia, que coleta suas fezes e gases, decorrncia do atentado a faca

que sofreu em Juiz de Fora (MG), no dia 6 de setembro. O procedimento ocorreria aps a diplomao de Bolso naro como presidente pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), depois do dia 10 de dezem-bro. No entanto, segundo boletim mdico, a cirurgia s ser realizada depois de sua posse, em janeiro.

Encontra-se bem clini-camente e mantm tima evoluo. Porm, os exames de imagem ainda mostram inflamao do peritnio e pro-cesso de aderncia entre as

alas intestinais. A equipe de-cidiu em reunio multiprofis-sional postergar a realizao da reconstruo do trnsito intes-tinal. O paciente ser reavali-ado em janeiro para definio do momento ideal da cirurgia, informa o boletim.

O peritnio uma mem-brana transparente que reco-bre toda a parede abdominal, incluindo o intestino grosso, rgo afetado pela facada que o presidente eleito sofreu.

n cicAtRiZAOSegundo informaes da

edital de Concurso Pblico, em seu artigo 3 do Captulo 15 a aprovao no concurso e a classificao final geram para o candidato apenas a expectativa de direito nomeao, ficando a concretizao desse ato condi-cionada observncia das dis-posies legais. No entanto, a administrao far a contrata-o de aproximadamente 80 GCMs at o final da vigncia do Concurso Pblico em 2020. A prefeitura tambm informou que o efetivo consegue atender as demandas da cidade.

Segundo o vereador Jose-mundo Queiroz, o Josa (PT),

ntida a falta de reposio do efetivo da GCM. A Cmara tem feito essa discusso. Te-mos cobrado muito isso, e essa reposio seria possvel me-dida que fosse chamado quem prestou concurso. Pelo que en-tendi de toda essa discusso, existe por parte da prefeitura uma negativa em fazer isso, alegando falta de recurso. A vinda de vocs aqui mais uma vez suscita um problema que de todos ns, afirmou.

Para o petista, tratar de segurana pblica no um problema s do prefeito e do governador, mas tambm da

Arquivo

Vereadores da base e da oposio corroboraram com questionamentos dos manifestantes

Seja nosso Franqueado!franquias@vipmedocupacional.com.br

(19) 3601.4200 / 3601.4300 / 3601.4400 / 3601-4500www.vipmedocupacional.com.br

Sade e Segurana para sua Empresa

Um bom anuncio faz voc vender mais

Anuncie: 4057-9000

sociedade e da Cmara. im-portante que a gente saia daqui com encaminhamento prtico. No adianta ficar cobrando s do Estado, pontuou.

O lder de governo, Clio Boi (PSB), durante as discusses, marcou reunio com os secre-trios de Gesto e de Defesa Social, Srgio Luiz Lucchini e Paulo Alexandre Fagundes, respectivamente, para tratar do tema. legtima essa dis-cusso. Precisamos entender melhor qual o motivo de estar expirando o concurso e no se chamar (os aprovados). Como lder de governo, a minha fun-

o buscar entendimento, para que se possa chegar em uma concluso melhor pos-svel. Marquei uma reunio com o secretrio Lucchini, que da pasta de Gesto, e t