ÇÃo multicriterial das fazendas .avaliação multicriterial das fazendas verticais canadenses como

Download ÇÃO MULTICRITERIAL DAS FAZENDAS .Avaliação Multicriterial das fazendas verticais canadenses como

Post on 10-Nov-2018

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • RAI - Revista de Administrao e Inovao

    ISSN: 1809-2039

    campanario@uninove.br

    Universidade de So Paulo

    Brasil

    Pessoa de Lucena, Leandro; Kliemann Neto, Francisco Jos; Mariano Massuia, Fernanda; Donizete

    Fanti, Leonardo

    AVALIAO MULTICRITERIAL DAS FAZENDAS VERTICAIS CANADENSES COMO MODELOS

    SUSTENTAVEIS DE AGRICULTURA URBANA

    RAI - Revista de Administrao e Inovao, vol. 11, nm. 1, enero-marzo, 2014, pp. 181-202

    Universidade de So Paulo

    So Paulo, Brasil

    Disponvel em: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=97330611010

    Como citar este artigo

    Nmero completo

    Mais artigos

    Home da revista no Redalyc

    Sistema de Informao Cientfica

    Rede de Revistas Cientficas da Amrica Latina, Caribe , Espanha e Portugal

    Projeto acadmico sem fins lucrativos desenvolvido no mbito da iniciativa Acesso Aberto

    http://www.redalyc.org/revista.oa?id=973http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=97330611010http://www.redalyc.org/comocitar.oa?id=97330611010http://www.redalyc.org/fasciculo.oa?id=973&numero=30611http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=97330611010http://www.redalyc.org/revista.oa?id=973http://www.redalyc.org

  • RAI Revista de Administrao e Inovao

    ISSN: 1809-2039

    DOI: 10.5773/rai.v11i1.1159

    Organizao: Comit Cientfico Interinstitucional

    Editor Cientfico: Milton de Abreu Campanario

    Avaliao: Double Blind Review pelo SEER/OJS

    Reviso: Gramatical, normativa e de Formatao

    AVALIAO MULTICRITERIAL DAS FAZENDAS VERTICAIS CANADENSES COMO

    MODELOS SUSTENTAVEIS DE AGRICULTURA URBANA

    Leandro Pessoa de Lucena

    Doutor em Agronegcios pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul UFRGS

    Professor Adjunto da Universidade Federal de Mato Grosso UFMT

    lepecena@hotmail.com (Brasil)

    Francisco Jos Kliemann Neto

    Doutor em Engenharia de Produo pelo Institut National Polytechnique de Lorraine - INPL

    Professor Associado da Universidade Federal do Rio Grande do Sul UFRGS

    kliemann@producao.ufrgs.br (Brasil)

    Fernanda Mariano Massuia

    Especialista em Administrao de Recursos Humanos pela Fundao Armando lvares Penteado

    FAAP

    fernandamassuia@hotmail.com (Brasil)

    Leonardo Donizete Fanti

    Graduando do curso de Administrao da Universidade Federal de Mato Grosso UFMT

    leo_fanti@hotmail.com (Brasil)

    RESUMO

    H expectativas entre os especialistas demgrafos que a populao humana global atinja o nmero de

    9,4 bilhes nos prximos 50 anos. Esse fenmeno implicar numa srie de consequncias,

    principalmente ao que representa necessidade de terras adicionais, a fim de, se produzirem alimentos

    a toda essa populao. Estima-se que esse montante em bocas consumidoras venha a demandar a

    ordem de 109 hectares em terras frteis, ou seja, uma rea aproximada ao tamanho do Brasil. Por outro

    lado, no h geograficamente essa quantidade adicional de terra ao globo terrestre com a qualidade

    necessria que possa representar a expanso das atividades agrcolas dado aos atuais moldes de

    produo e consumo. Portanto, algumas das alternativas ao alcance da manuteno da segurana

    alimentar, bem como, ao equilbrio dos preos dos alimentos, j esto muito alm do processo de

    intensificao da produo. E uma das alternativas possveis so as fazendas verticais, um modelo de

    produo de alimentos sustentvel envolvendo a juno do rural com o urbano. Logo o objetivo desse

    trabalho foi avaliar a viabilidade econmica do modelo de fazenda vertical canadense de maneira a

    averiguar seus ganhos econmicos e sua amplitude sustentvel. O mtodo utilizado foi o Non-

    Tradicional Investment Criteria, atravs da condio observatrio participante. Os resultados

    apresentaram como um modelo viavelmente econmico e sustentvel, bem como, inovador no

    achatamento das cadeias produtivas.

    Palavras-chave: Segurana Alimentar; Uso da Terra; Nanotecnologia Alimentar.

    mailto:lepecena@hotmail.com

  • Avaliao Multicriterial das fazendas verticais canadenses como modelos sustentveis de agricultura

    urbana

    Revista de Administrao e Inovao, So Paulo, v. 11, n.1, p.181-202, jan./mar. 2014.

    182

    1. INTRODUO

    Atualmente, segundo dados da Organizao das Naes Unidas ONU mais de 800 milhes de

    hectares so destinados agricultura, ou aproximadamente, 38% da superfcie continental do planeta.

    inegvel a modificao da paisagem, dado o avano da agricultura vinculado ao crescimento da

    populao, pois muitos dos campos hoje cultivveis e demais pastos destinados a rebanhos tiveram a

    sua origem a eliminao das ecozonas, o que culminou a reduzidas unidades fragmentadas e semi-

    funcionais da vegetao e fauna do globo terrestre.

    A prpria ONU (2013) estima que nos prximos 50 anos a populao global continue

    crescendo e venha a alcanar entre 8.8 a 9,4 bilhes de habitantes, exigindo 109 hectares adicionais de

    terra (rea aproximada a do Brasil) para aliment-las. Entretanto, esse adicional de rea agricultvel

    no encontra - se disponvel com a qualidade agronmica necessria, a fim de, expandir a oferta de

    alimentos. Por outro lado, em termos econmicos h pelo menos mais dois outros fatores de produo

    (capital e terra) que vo se tornando escassos ou tecnicamente inviveis ao longo do avano

    consumista da humanidade, principalmente ao que se refere s taxas marginais decrescentes de retorno

    da agricultura.

    Dessa maneira, as estratgias alternativas a se obter uma fonte de alimento abundante e variada,

    sem invadir os poucos ecossistemas funcionais restantes, alm de se garantir uma segurana alimentar

    a populao global com a manuteno dos preos finais dos alimentos, tem sido afrontado a cincia e

    aos gestores pblicos como um verdadeiro desafio para as prximas dcadas.

    Porm, uma das ferramentas alternativas a esse controle sobre a oferta e demanda de alimentos,

    bem como, ao controle da segurana alimentar, apresentado sociedade por alguns cientistas

    alternativos, como o professor Dickson Despommier microbiologista da Universidade de Columbia

    na cidade de Nova Iorque e Hubert de Bom agrnomo e cientista em vegetais pertencente ao centro

    de estudos francs CIRAD - Centre de coopration internationale en recherche agronomique pour le

    dveloppement. Ambos disseminam o conhecimento da Agricultura Urbana Verticalizada ou mais

    popularmente Fazendas Verticais.

    Em sntese as fazendas verticais so estruturas produtivas verticais localizadas nos grandes

    centros urbanos com alto grau de desenvolvimento tecnolgico, tanto na parte de gesto administrativa

    como tambm ao que caracteriza a evoluo gentica dos alimentos, encurtamento do ciclo produtivo

    das culturas agrcolas, reduo da emisso de CO2 atravs do achatamento das cadeias produtivas,

    entre outros benefcios ao bem estar das geraes futuras.

  • Leandro Pessoa Lucena, Francisco Jos Kliemann Neto, Fernanda Mariano Massuia & Leonardo Donizete

    Fanti

    Revista de Administrao e Inovao, So Paulo, v. 11, n.1, p. 181-202, jan./mar. 2014.

    183

    Entende se que as fazendas verticais se exercida futuramente em grande escala nos centros

    urbanos poder potencialmente fornecer alimento suficiente, de maneira sustentvel, a boa parte da

    populao metropolitana, alm de, permitir que grandes reas urbanas abandonadas e no utilizveis

    possam at mesmo se modificarem atravs das paisagens arquitetnicas, restaurando assim as funes

    e servios do ecossistema e do bem estar social.

    Por fim, essa nova forma de atividade agroindustrial torna - se uma ferramenta alternativa a

    manuteno da segurana alimentar e controle dos preos. Pois, tem sido atravs das fazendas verticais

    que os gestores pblicos e privados de Vancouver Canad, tem conseguido otimizar seus recursos

    naturais e tecnolgicos aumentando assim a oferta de alimentos, estabelecendo um contnuo

    abastecimento da produo anual de frutas, legumes e verduras, bem como, perdas zero em suas

    colheitas, uma vez que, uma produo rigidamente blindada e controlada, tornou se isenta as

    potenciais prejuzos devido as bruscas mudanas climticas e/ou demais intemperes da natureza.

    2. OBJETIVO

    Avaliar o inovador modelo de agricultura urbana das fazendas verticais canadenses sob a tica

    multicriterial de sua viabilidade econmica, social e ambiental.

    3. PROCEDIMENTOS METODOLGICOS

    Aps o avano das investigaes bibliogrficas esse trabalho discorreu empiricamente com

    uma visita in locu a Cidade de Vancouver Canad na segunda quinzena de janeiro do ano de 2013,

    mais exatamente na Rua British Columbia, 120 no prdio da companhia Alterrus. Naquele local

    averiguou - se a estrutura da fazenda vertical, suas tecnologias, seus custos econmicos, seus preos

    finais de venda, e por fim, os ganhos sociais e ambientais do modelo.

    Para averiguao da viabilidade econmica, social e ambiental do inovador modelo de

    agricultura urbana canadense, utilizou se, o mtodo de anlise multicriterial NCIC ou em ingls Non-

    Tradicional Investment Criteria. Esse modelo tem como principal caracterstica mensurar no somente

    os valores quantitativos do projeto, mas tambm os valores qualitativos ou mensurveis (quadro 1).

    Segundo, Wicks e Boucher (1993) como Kimura e Suen (2003) Enquanto o Valor Presente

    Liquido - VPL possibilita a avaliao quantitativa da viabilidade de investimentos do ponto de vista

    financeiro, o Non-Tradicional Investment Criteria - NCIC permite o estudo qualitativo do desempenho

    empresarial sob diversas persp