campo magnético gerado por um condutor (fio) .desconsidere o campo magnético terrestre. com base

Download Campo Magnético gerado por um condutor (fio) .Desconsidere o campo magnético terrestre. Com base

Post on 12-Oct-2018

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • www.nsaulasparticulares.com.br Pgina 1 de 15

    Campo Magntico gerado por um condutor (fio) reto

    1. (Unesp 2015) Dois fios longos e retilneos, 1 e 2, so dispostos no vcuo, fixos e paralelos

    um ao outro, em uma direo perpendicular ao plano da folha. Os fios so percorridos por correntes eltricas constantes, de mesmo sentido, saindo do plano da folha e apontando para o

    leitor, representadas, na figura, pelo smbolo . Pelo fio 1 circula uma corrente eltrica de

    intensidade 1i 9 A e, pelo fio 2, uma corrente de intensidade 2i 16 A. A circunferncia

    tracejada, de centro C, passa pelos pontos de interseco entre os fios e o plano que contm a

    figura.

    Considerando 70T m

    4 10 ,A

    calcule o mdulo do vetor induo magntica resultante,

    em tesla, no centro C da circunferncia e no ponto P sobre ela, definido pelas medidas

    expressas na figura, devido aos efeitos simultneos das correntes 1i e 2i .

    2. (Ufg 2014) Os campos magnticos produzidos pelo corpo humano so extremamente

    tnues, variando tipicamente entre 10-15

    T e 10-9

    T. O neuromagnetismo estuda as atividades cerebrais, registrando basicamente os sinais espontneos do crebro e as respostas aos estmulos externos. Para obter a localizao da fonte dos sinais, esses registros so feitos em diversos pontos. Na regio ativa do crebro, um pequeno pulso de corrente circula por um grande nmero de neurnios, o que gera o campo magntico na regio ativa. As dificuldades em medir e localizar esse campo so inmeras.

  • www.nsaulasparticulares.com.br Pgina 2 de 15

    Para se compreender essas dificuldades, considere dois fios muito longos e paralelos, os quais so percorridos por correntes de mesma intensidade i, conforme ilustrado no arranjo da figura acima. Desconsidere o campo magntico terrestre. Com base no exposto, a) calcule o mdulo do campo magntico gerado pela corrente de cada fio no ponto em que se

    encontra o detector, em funo de h, i e 0;

    b) determine a intensidade da corrente i, em funo de h, de 0 e do mdulo do campo

    magntico B medido pelo detector. 3. (Uern 2012) As figuras representam as sees transversais de 4 fios condutores retos,

    percorridos por corrente eltrica nos sentidos indicados, totalizando quatro situaes diferentes: I, II, III e IV.

    Se a corrente tem a mesma intensidade em todos os fios, ento o campo magntico induzido no ponto P nulo na(s) situao(es) a) I b) I, III c) I, II, III d) II, IV 4. (Ifsp 2011) Considere dois fios retilneos e muito extensos situados nas arestas AD e HG de

    um cubo conforme figura a seguir. Os fios so percorridos por correntes iguais a i nos sentidos indicados na figura. O vetor campo magntico induzido por estes dois fios, no ponto C, situa-se na direo do segmento

    Obs: Desconsidere o campo magntico terrestre. a) CB. b) CG. c) CF. d) CE. e) CA.

  • www.nsaulasparticulares.com.br Pgina 3 de 15

    5. (Ufpr 2011) Na segunda dcada do sculo XIX, Hans Christian Oersted demonstrou que um

    fio percorrido por uma corrente eltrica era capaz de causar uma perturbao na agulha de uma bssola. Mais tarde, Andr Marie Ampre obteve uma relao matemtica para a intensidade do campo magntico produzido por uma corrente eltrica que circula em um fio condutor retilneo. Ele mostrou que a intensidade do campo magntico depende da intensidade da corrente eltrica e da distncia ao fio condutor. Com relao a esse fenmeno, assinale a alternativa correta. a) As linhas do campo magntico esto orientadas paralelamente ao fio condutor. b) O sentido das linhas de campo magntico independe do sentido da corrente. c) Se a distncia do ponto de observao ao fio condutor for diminuda pela metade, a

    intensidade do campo magntico ser reduzida pela metade. d) Se a intensidade da corrente eltrica for duplicada, a intensidade do campo magntico

    tambm ser duplicada. e) No Sistema Internacional de unidades (S.I.), a intensidade de campo magntico A/m. 6. (Unemat 2010) Segundo a experincia de Oersted, conclui-se que toda corrente eltrica gera ao redor de si um campo magntico, pode-se afirmar que as linhas do campo magntico, originadas por um condutor reto percorrido por uma corrente eltrica constante, so: a) linhas retas entrando no condutor. b) linhas paralelas ao condutor. c) circunferncias concntricas ao condutor, situadas em planos paralelos ao condutor. d) circunferncias concntricas ao condutor, situadas em planos perpendiculares ao condutor. e) linhas retas saindo do condutor. 7. (Uepg 2010) Em 1820, o fsico Hans Christian Oersted demonstrou existir uma ntima

    relao entre os fenmenos eltricos e os fenmenos magnticos. Nascia assim, a teoria

    eletromagntica na qual preciso substituir as foras eltrica e magntica por uma nica fora,

    a fora eletromagntica. Sobre as relaes entre efeitos eltricos e efeitos magnticos,

    assinale o que for correto.

    01) Uma carga eltrica cria no espao sua volta um campo magntico que atuar sobre outra carga eltrica, exercendo sobre ela uma fora magntica.

    02) Sempre que um condutor retilneo percorrido por uma corrente eltrica surge um campo magntico cujas linhas de induo so circulares com centro sobre o condutor.

    04) Uma bobina, quando percorrida por uma corrente eltrica alternada, comporta-se como um im.

    08) Devido ao seu comportamento magntico, a grande maioria das substncias existentes na natureza classificada em dois grupos, as substncias diamagnticas e as substncias paramagnticas.

    16) Fenmenos eletrostticos podem ser produzidos por efeitos magnticos.

  • www.nsaulasparticulares.com.br Pgina 4 de 15

    8. (Ufg 2009) Em uma excurso acadmica, um aluno levou uma lanterna com uma bssola

    acoplada. Em vrias posies durante o dia, ele observou que a bssola mantinha sempre uma

    nica orientao, perpendicular direo seguida pelo Sol. noite, estando a bssola sobre

    uma mesa e prxima de um fio perpendicular a ela, notou que a bssola mudou sua orientao

    no momento em que foi ligado um gerador de corrente contnua.

    A orientao inicial da agulha da bssola a mostrada na figura a seguir, onde a seta

    preenchida indica o sentido do campo magntico da Terra.

    Ao ligar o gerador, a corrente sobe o fio (saindo do plano da ilustrao). Assim, a orientao da

    bssola passar ser a seguinte:

    a) b) c)

    d) e)

    9. (Ueg 2008) A figura a seguir descreve uma regra, conhecida como "regra da mo direita",

    para anlise da direo e do sentido do vetor campo magntico em torno de um fio percorrido

    por uma corrente eltrica.

    Analisando a figura, responda aos itens a seguir.

    a) O que representam, na figura, as setas que esto ao lado dos dedos polegar e indicador?

    b) Faa um esboo (desenho) das linhas de campo magntico em torno desse fio.

    c) Faa uma anlise qualitativa relacionando a dependncia do mdulo do vetor campo

    magntico nas proximidades do fio com a intensidade de corrente eltrica e com a distncia em

    que se encontra do fio.

  • www.nsaulasparticulares.com.br Pgina 5 de 15

    10. (Unicamp 2008) O alicate-ampermetro um medidor de corrente eltrica, cujo princpio de

    funcionamento baseia-se no campo magntico produzido pela corrente. Para se fazer uma

    medida, basta envolver o fio com a ala do ampermetro, como ilustra a figura a seguir.

    No caso de um fio retilneo e longo, pelo qual passa uma corrente i, o mdulo do campo

    magntico produzido a uma distncia r do centro do fio dado por B = 0( i)

    (2 r)

    , onde 4 = 0

    10-7

    Tm/A. Se o campo magntico num ponto da ala circular do alicate da figura for igual a

    1,0 10-5

    T, qual a corrente que percorre o fio situado no centro da ala do ampermetro?

    11. (Pucsp 2007) O Eletromagnetismo estuda os fenmenos que surgem da interao entre

    campo eltrico e campo magntico. Hans Christian Oersted, em 1820, realizou uma

    experincia fundamental para o desenvolvimento do eletromagnetismo, na qual constatou que

    a agulha de uma bssola era defletida sob a ao de uma corrente eltrica percorrendo um fio

    condutor prximo bssola. A figura a seguir representa as seces transversais de dois fios

    condutores A e B, retos, extensos e paralelos. Esses condutores so percorridos por uma

    corrente eltrica cujo sentido est indicado na figura a seguir.

    Uma pequena bssola colocada no ponto P equidistante dos fios condutores. Desprezando

    os efeitos do campo magntico terrestre e considerando a indicao N para polo norte e S para

    polo sul, a alternativa que apresenta a melhor orientao da agulha da bssola

  • www.nsaulasparticulares.com.br Pgina 6 de 15

    12. (Ufpel 2007) A figura a seguir mostra dois fios retos e longos, ortogonais entre si, cada um

    percorrido por uma corrente eltrica i, de mesma intensidade, com os sentidos mostrados.

    De acordo com seus conhecimentos e com as informaes dadas, das regies I, II, III, IV,

    aquelas em que podem existir pontos nos quais o campo magntico resultante criado pelas

    correntes seja "no nulo", so

    a) apenas I e IV. b) I, II, III e IV. c) apenas II e III. d) apenas II, III e IV. e) apenas I, II e III. 13. (Ufmg 2007) Um fio condutor reto e vertical passa por um furo em uma mesa, sobre a qual,

    prximo ao fio, so colocadas uma esfera carregada, pendurada em uma linha de material

    isola