campanha lançada escuteiros católicos: formamos líderes ...· «escuteiros católicos: formamos

Download Campanha lançada Escuteiros Católicos: Formamos Líderes ...· «Escuteiros Católicos: Formamos

If you can't read please download the document

Post on 11-Jan-2019

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

De: Secretrio Nacional para a Gesto

Para: Agrupamentos, Juntas de Ncleo e Juntas Regionais

Circular: 15-01-053, de 9 de junho Assunto: Calendrio 2016 Campanha lanada

Caros Dirigentes As melhores saudaes.

Escuteiros Catlicos: Formamos Lderes para o Sc. XXI o lema da Campanha do Calendrio 2016, que celebra 40 anos desta iniciativa do CNE, de singular impacto nos agrupamentos participantes, mas tambm nos restantes nveis organizativos da Associao.

Para alm de solidria, a mais importante iniciativa financeira do CNE , tambm, uma oportunidade educativa a apresentar aos escuteiros, que podero compreender o valor do trabalho em equipa para financiamento das atividades escutistas ou de pequenas obras na sede, pela participao direta na mesma. Em consequncia, os agrupamentos que no participem na Campanha do Calendrio 2016 no podero candidatar-se aos Fundos de Apoio ao Escutismo Local do CNE.

Recordo as habituais finalidades desta campanha, desde o seu lanamento:

Dotar o CNE, a todos os nveis, de recursos financeiros capazes de contribuir para uma prtica escutista de maior qualidade.

Atenuar o esforo financeiro das famlias dos escuteiros.

Divulgar o Escutismo e o Corpo Nacional de Escutas de forma proativa.

Tendo presentes os resultados das ltimas campanhas, creio estarem ao nosso alcance os seguintes objetivos de campanha:

Vender ao pblico 400.000 calendrios.

Envolver, pelo menos, 650 agrupamentos na campanha.

Mantemos o PVP do calendrio ( 1,50) e damos incentivos s Juntas Regionais bnus por objetivos de vendas que podero permitir-lhes condies de venda aos agrupamentos mais interessantes.

Estou certo que esta campanha ser muito enrgica e criativa, dela surgindo receitas que suavizem custos da prtica escutista, nos agrupamentos e nos escuteiros e suas famlias.

Converter o impossvel em possvel, como nos ensinou BP, uma prtica a que os escuteiros esto habituados. Inventar novas estratgias de venda por parte dos escuteiros e respetivas estruturas de enquadramento e apoio um desafio que, a cada ano, lanado ao CNE.

Para ajudar, segue em anexo o Cartaz de Ideias para a Venda do Calendrio - para afixar na sede -, sugestes para aes promocionais que podero contribuir para boas vendas e para levar ao envolvimento de mais agrupamentos na campanha.

Para qualquer esclarecimento ou informao complementar sobre esta campanha, devem contactar o Secretrio Executivo Joo Teixeira (jteixeira@escutismo.pt; 21 842 70 34; 93 920 51 18).

Sem outro assunto, fico

Sempre Alerta para Servir

Manuel Lavadinho Secretrio Nacional para a Gesto Anexo: os referidos.

mailto:jteixeira@cne-escutismo.pt

CAMPANHA DO

CALENDRIO 2016

CONDIES GERAIS_AGRUPAMENTOS

1. Enquadramento

A Campanha do Calendrio uma iniciativa de

angariao de fundos, de mbito nacional, do Corpo

Nacional de Escutas (CNE).

2. Finalidades da Campanha do Calendrio

2.1. Dotar o CNE, a todos os nveis, de recursos

financeiros capazes de contribuir para uma prtica

escutista de maior qualidade.

2.2. Atenuar o esforo financeiro das famlias dos

escuteiros.

2.3. Divulgar o Escutismo e o Corpo Nacional de

Escutas.

3. Objetivos da Campanha do Calendrio

2015

3.1. Vender ao pblico 400.000 calendrios.

3.2. Envolver, pelo menos, 650 agrupamentos na

campanha.

3.3. Divulgar o Escutismo e o Corpo Nacional de

Escutas de forma proativa.

4. Dever de solidariedade

Sendo esta iniciativa de mbito nacional, para todo o

CNE, em particular para os agrupamentos, tm estes

o dever solidrio de participar, envolvendo todos os

seus escuteiros.

5. Retorno financeiro para os agrupamentos

Parte dos resultados financeiros do nvel nacional da

Campanha do Calendrio canalizada para o

financiamento de trs fundos operacionais do CNE,

em cada ano: Fundo Francisco Sousa Dias (rea

internacional), Fundo Manuel Faria (rea

pedaggica), Fundo Canto de Patrulha (rea de

infraestruturas).

6. Acesso aos fundos financeiros

operacionais

O acesso aos fundos financeiros referidos em 5.

reservado apenas aos agrupamentos que participem

na Campanha do Calendrio.

7. Preo de venda ao pblico

O preo final de venda ao pblico 1,50.

8. Preos de compra e venda internos

8.1. Os preos de venda dos Servios Centrais s

Juntas Regionais foram j indicados, no sendo

aceites devolues.

8.2. O preo de venda aos ncleos e agrupamentos

determinado por cada Junta Regional.

9. Encomendas de calendrios

9.1. As encomendas so feitas exclusivamente

atravs das Juntas Regionais ou, nos casos

aplicveis, conforme procedimento regional, atravs

das Juntas de Ncleo, utilizando o talo de

encomenda anexo a esta circular.

9.2. Para uma melhor racionalizao da contagem e

expedio das encomendas, estas tero que ser

feitas em mltiplos de 100 calendrios (100, 200,

300, etc.).

10. Entrega de calendrios

10.1. A entrega dos calendrios ser efetuada por

ordem de chegada da encomenda.

10.2. Os calendrios devem ser conferidos no ato de

receo, sendo aceites reclamaes, para mais ou

para menos, apenas at cinco dias seguidos aps a

entrega.

Objetivos per capita e regionais 2016

Base: Censo de 2014 1. Campanha

Calendrio 2015

2. Objetivos *

Calendrio 2016

Regio

(ordenao cf. per capita) Efetivo

Calend.

vendidos

Per

capita

Per

capita

Calend.

a vender

Setbal 4.444 42.300 9,51 10 44.440

Lisboa 13.481 116.400 8,63 9 121.329

Aveiro 3.213 20.100 6,26 7 22.491

Madeira 1.032 6.150 5,96 6 6.192

Viana do Castelo 1.694 10.001 5,90 6 10.164

Genebra 77 400 5,71 6 462

Porto 9.293 50.100 5,39 6 55.758

Beja 990 5.250 5,30 6 5.940

Guarda 1.078 5.650 5,24 6 6.468

Portalegre e Castelo Branco 1.115 5.700 5,11 6 6.690

Algarve 2.266 10.000 4,41 5 11.330

Santarm 2.499 10.500 4,20 5 12.495

Braga 14.884 60.000 4,03 5 74.420

Coimbra 4.562 15.800 3,46 4 18.248

vora 1.659 4.400 2,65 3 4.977

Vila Real 1.411 3.000 2,13 3 4.233

Bragana 424 800 1,89 2 848

Viseu 2.202 3.700 1,68 2 4.404

Macau 73 100 1,60 2 146

Leiria 2.618 4.100 1,57 2 5.236

Aores 3.731 3.300 0,88 1 3.371

Lamego 562 100 0,18 1 562

Mais informaes com as Juntas Regionais * Cf. Censo de 2014

Prmio

Agrupamento

TopCalendrio

Enquadramento

O Prmio Agrupamento TopCalendrio uma

iniciativa da Secretaria Nacional para a Gesto e

mais um incentivo para os agrupamentos serem

ainda mais criativos e empenhados na Campanha

do Calendrio.

Finalidades

As finalidades desta iniciativa so muito simples:

1) Estimular as vendas.

2) Criar um fonte de receita extra dos

agrupamentos.

Condies de participao no concurso

1) Preencher o formulrio anexo a esta circular e

remet-lo, at 15 de Dezembro de 2015,

conforme indicado, para os Servios Centrais.

2) O Prmio Agrupamento TopCalendrio tem

20 vencedores.

3) Os vencedores recebem, alm do bnus, um

certificado de Vencedor.

4) Consideram-se calendrios vendidos os

adquiridos s respectivas Juntas Regionais ou de

Ncleo.

5) Os resultados do concurso so divulgados na

Flor de Lis.

Tabela de bnus

TopCalendrio

Primeiro 1.000

Segundo 950

Terceiro 900

Quarto 850

Quinto 800

Sexto 750

Stimo 700

Oitavo 650

Nono 600

Dcimo 550

Dcimo primeiro 500

Dcimo segundo 450

Dcimo terceiro 400

Dcimo quarto 350

Dcimo quinto 300

Dcimo sexto 250

Dcimo stimo 200

Dcimo oitavo 150

Dcimo nono 100

Vigsimo 50

Calendrio 2016 / Talo de encomenda

Agrupamento n Localidade

Ncleo

Regio

Encomenda calendrios x =

Chefe de Agrupamento

d d m m

2 0 1 5

Assinatura legvel

Vistos (assinatura legvel)

Junta de Ncleo Cf procedimento regional em vigor

Assinatura legvel

Junta Regional Cf procedimento regional em vigor

Assinatura legvel

Secretaria Nac. para a Gesto

Assinatura legvel

d d m m 2 0 1 5 d d m m 2 0 1 5 d d m m 2 0 1 5

Observao: Este Talo de encomenda enviado pelo Agrupamento para a Junta de Ncleo respetiva e por esta

para a Junta Regional, nos casos aplicveis, que a reenvia para os Servios Centrais, por fax (21 842 70 39),

correio regular (Rua D. Lus I, 34 1200-152 Lisboa) ou e-mail (jteixeira@escutismo.pt). Cada interveniente

deve guardar uma cpia deste Talo de encomenda.

mailto:jteixeira@escutismo.pt

Campanha do Calendrio 2016

Prmio

Recommended

View more >