caminho das Águas: a Água na cidade de sÃo .a cidade de são paulo foi marcada pelas águas desde

Download CAMINHO DAS ÁGUAS: A ÁGUA NA CIDADE DE SÃO .A cidade de São Paulo foi marcada pelas águas desde

Post on 08-Nov-2018

219 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • CAMINHO DAS GUAS:

    A GUA NA CIDADE DE SO PAULO

    FABOLA ARAUJO DE CARVALHO1

    Orientador: Prof. Me Lus Felipe Xavier

    RESUMO

    Este trabalho apresenta a histria da cidade de So Paulo, contada atravs da percepo da relao

    da gua com a cidade e com sua populao. Salientando a importncia da gua, recurso natural e

    finito (indispensvel para vida), repassando a histria da gua em todo o processo de

    desenvolvimento e formao de So Paulo de Vila cidade, atravs: a evoluo dos sistemas de

    abastecimento; da alterao da matriz de transporte; da alterao das trocas comerciais e das

    mercadorias que alteraram a economia; de como funciona e se alterou a forma como a cidade se

    utilizou do recurso gua. Como surgiu metrpole que hoje So Paulo e como se alterou a relao

    que a cidade tem com as guas. A industrializao e a modernizao que transformou radicalmente

    o territrio, com retificaes e canalizaes dos principais rios e crregos da cidade, assim como

    tambm alterou suas reas de drenagem e vrzeas. A modernizao da cidade transformou a

    paisagem natural e as consequncias so sentidas hoje, com a poluio dos rios e enchentes, criando

    a possibilidade do resgate dos rios para com a cidade de So Paulo e melhorando a qualidade de

    vida do paulistano.

    Palavras-chave: gua. Abastecimento de gua. Histria de So Paulo. So Paulo.

    ABSTRACT This paper presents the history of the city of So Paulo, told through the perception of the

    relationship of water to the city and its population. Stressing the importance of water, and finite

    natural resource (essential for life), reviewing the history of water in the whole process of

    development and formation of So Paulo - the city of Vila through: the evolution of supply systems,

    changing the transport matrix, the change of trade and goods that have altered the economy, how it

    works and has changed the way the city used the water feature. How did the metropolis of So

    Paulo today and how it changed the relationship the city has with the waters. The industrialization

    and modernization which radically transformed the territory, with corrections and channels of major

    rivers and streams of the city, as well as alter their drainage areas and wetlands. The modernization

    of the city transformed the natural landscape and the consequences are felt today, with the pollution

    of rivers and floods, creating the possibility of the redemption of the rivers to the city of So Paulo

    and improving the quality of life in So Paulo.

    Key-words: Water. Water supply. History of So Paulo. So Paulo.

    INTRODUO

    A pesquisa deste trabalho originou-se da observao contnua no rio Tiet, principal rio da cidade

    de So Paulo e famoso por seu passado, no to longnquo assim, de competies de natao ou

    praticas de remo, dos barqueiros que cruzavam o rio levando e trazendo mercadorias e extraindo

    1 Aluna do Curso de Ps-Graduao em Arquitetura, Cidade e Sustentabilidade do Centro Universitrio Belas Artes de

    So Paulo; Arquiteta e Urbanista, graduada na UNIBAN em 1999; Trabalha atualmente na UNIESP como arquiteta. fabiolacarvalho@gmail.com

    mailto:fabiolacarvalho@gmail.com

  • 2

    dele a areia e a argila to necessria para a construo. No s dos barqueiros, como tambm das

    lavadeiras, pescadores, agueiros, zeladores de chafarizes, sentinelas de pontes, servios hoje

    esquecidos. Hoje o rio Tiet est associado a enchentes e a poluio, um rio morto, no qual a

    populao da cidade de So Paulo no pode ter acesso e observado de longe, todos os dias por

    quem cruza suas pontes ou por quem passam nas marginas, vias expressas construda ao seu lado.

    Caminho das guas pretende mostrar qual foi o caminho percorrido pelas guas na cidade de So

    Paulo, o que aconteceu, onde tudo foi modificado e a gerao mais nova, hoje em dia, no consegue

    acreditar ou imaginar que no foi sempre assim. Ser que um dia ele poder voltar a ter vida?

    A metodologia de pesquisa adotada constitui basicamente na reviso bibliogrfica, de livros,

    revistas e artigos, partindo da anlise de mapas e fotos, no levantamento histrico dos fatos

    relevantes da formao da cidade e como foi a participao da gua no decorrer da formao da

    Vila cidade de So Paulo.

    Mostrar a histria da cidade de So Paulo, desde sua fundao, em 1554, como era o povoado,

    como viviam seus habitantes e como eram os rios e crregos desta poca, como foi o

    desenvolvimento e a urbanizao da cidade de So Paulo.

    1. A GUA NA CIDADE DE SO PAULO

    Observar a grande Metrpole que se transformou a cidade de So Paulo. difcil imaginar que um

    dia ela era apenas um povoado, com apenas um colgio jesuta e algumas construes ao seu redor,

    feitas em pau a pique ou taipa de pilo. Difcil tambm entender e saber a importncia da gua nisso

    tudo.

    A cidade de So Paulo foi marcada pelas guas desde a sua fundao e conhecer a historia do

    desenvolvimento da cidade, contada atravs das guas, uma oportunidade de reunir alguns dados e

    informaes necessrias preservao da memria, de forma a permitir que as intervenes futuras

    possam recuperar a essncia deste territrio.

    Os rios, fontes e chafarizes da cidade foram fundamentais na organizao e desenvolvimento da

    cidade, principalmente na escolha do local para a sua fundao, quando a paisagem natural ainda

    dominava a regio.

    Com o conhecimento do cotidiano e costumes de seus habitantes, atravs dos anos, como se

    relacionavam com a gua, trar a compreenso de como foi formada a cidade de hoje e assim

    podero surgir aes de recuperao e valorizao tanto das guas como da paisagem urbana da

    cidade.

    O conhecimento da histria de uma cidade, de sua paisagem natural como identidade ambiental,

    indica que apesar de vrias transformaes da paisagem e da sobreposio, cada territrio guarda

    caractersticas inalterveis e que ainda podero ser recuperadas.

    1.1 COMO TUDO COMEOU Desde sua fundao, a cidade de So Paulo, esteve rodeada da presena das guas. Foi escolhida,

    como a maioria dos locais de fundao de uma cidade, ou simplesmente pouso de um viajante,

    estrategicamente em um morro2, para melhor visualizar seus invasores e rodeada de gua, pois sem

    a presena da gua no tinha como sobreviver.

    O local de fundao da cidade de So Paulo, contou com trs importantes recursos hdricos: o rio

    Anhangaba que fornecia a gua e o alimento, pois era um rio calmo e tranquilo, o rio Tamanduate

    e o Tiet que forneciam transporte.

    Ao contrario de outros rios que correm para o mar, o rio Tiet corre para o interior, possibilitando

    assim a explorao de matrias primas, que eram exportadas pelo Porto de Santos, para o

    desenvolvimento e sobrevivncia da regio.

    2 KAHTONI, 2004.

  • 3

    A cidade de So Paulo est localizada em um ponto estratgico entre o mar e o interior, interligando

    o local de exportao e de troca de mercadorias o Porto de Santos e contato com o mundo, com o

    interior, local de explorao e riquezas.

    Depois do oceano, era necessrio vencer a grande muralha, a Serra do Mar, para assim ganhar o

    interior. Mas vencer a serra no era tarefa nada fcil, e depois da difcil subida, que era feita a p, se

    tornou necessrio um pouso, um descanso e abastecimento para os viajantes.

    E no dia 25 de Janeiro de 1554, num altar improvisado, os padres jesutas rezaram a primeira missa

    nas rsticas instalaes do colgio dedicado a So Paulo. Foi fundado assim, pelo jesuta Manoel da

    Nbrega e por Jos de Anchieta, o Colgio So Paulo de Piratininga, que daria incio ao povoado

    que se formou ao seu redor.

    Figura 01: Fundao de So Paulo, Antnio Parreiras, 1913.

    Fonte: http://www.sabercultural.com, acesso em 10 de junho de 2013.

    Mas viver em So Paulo nesta poca de 1554, no era fcil, pois era uma vila com um pequeno

    povoado habitado por ndios, mamelucos e portugueses, que dispunham de poucos recursos, at

    mesmo, para o sustento3.

    carta de 1 de setembro de 1554, em que Padre Jos de Anchieta relata que para comer, era

    necessrio trazer farinha de pau de trinta milhas de distncia, e que os padres jesutas viviam em

    uma casa pobrezinha, feita de barro e paus, e coberta de palha de 14 passos de comprimento e 10

    de largura que era ao mesmo tempo escola, enfermaria, dormitrio, refeitrio, cozinha e despensa4.

    O que definia a localizao de uma vila ou cidade era, em primeiro lugar a segurana com relao a

    ataques indgenas, depois a proteo de intempries da natureza e finalmente a presena de gua nas

    proximidades. As primeiras habitaes foram construdas com troncos que serviam como estrutura

    para coberturas de palhas, construes simples e com poucos equipamentos5. Cobrir a casa com

    telhas foi um desafio resolvido posteriormente, uma vez que eram raros os artesos portugueses no

    alm-mar. Quando os arteses chegavam de Portugal, preferiam permanecer no litoral, pois era

    3 PORTA, 2004. Volume I.

    4 Cartas dos primeiros jesutas do Brasil, v. II, p. 105.

    5 PORTA, 2004. Volume I.

    http://www.sabercultural.com/

  • 4

    mais seguro6. A falta de mo de obra especializada fez de So Paulo uma cidade modesta, se

    comparada a Salvador ou Rio de Janeiro7.

    Ao contrrio de outras cidades, So Paulo seguia uma lgica diferente, estava situada de costas para

    o Oceano Atlntico, pois a geografia da regio cortava natura

Recommended

View more >