calculo de honorÁrios - arquitetura e engenharia

Download CALCULO DE HONORÁRIOS - ARQUITETURA E ENGENHARIA

Post on 27-Nov-2015

85 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • TABELA DE REFERNCIADE HONORRIOSPROFISSIONAIS

    Registrada no CREA-PRSesso Plenria n. 741, de 10/06/1.997

  • 2INTRODUO

    H muito tempo o C.E.A.L. - Clube de Engenharia e Arquitetura de Londrina,pretende elaborar uma tabela de honorrios profissionais de servios tcnicos prestadospor engenheiros e arquitetos de Londrina.

    Finalmente, depois de longas horas de debates e estudos entre os profissionais darea, conclumos os trabalhos.

    Esta primeira edio no pretende esgotar o assunto e nem estabelecer critriosrgidos, mas contribuir como um referencial de preos de servios tcnicos.

    Participaram da elaborao deste trabalho, as seguintes Cmaras do C.E.A.L.:Arquitetura, Estrutura, Eltrica, Hidrulica, Fundaes, Segurana e Avaliao e Percia,juntamente com vrios profissionais experientes em suas reas de atuao, que emmuito contriburam com suas crticas e sugestes.

    Tambm contamos com o apoio especial do Instituto de Engenharia de SoPaulo, que nos inspirou com a publicao Critrios para Fixao dos Preos deServios de Engenharia e particularmente do Engenheiro Eletricista Paulo Barreto,que gentilmente participou da mesa redonda com os profissionais de nossa cidade paradiscutir o assunto.

    A importncia da tabela de honorrios grande, pois serve como referencial paranegociaes de servios de engenharia e arquitetura, orienta o profissional recmformado e aquele afastado da rea especfica, alm de servir como diretriz para asociedade contratante de nossos servios.

    Esta tabela ser revisada e atualizada quando no mais representar a vontade dosnossos associados ou de acordo com as leis de mercado e ainda com sugestes para seuaprimoramento.

    Agradecemos a todos que participaram direta ou indiretamente na elaboraodeste trabalho e esperamos com isso contribuir para a valorizao do profissionalengenheiro e arquiteto.

    A Diretoria do C.E.A.L.Binio 1.997 - 1.998

  • 3CAPTULO IARQUITETURA

    01 - Embasamento legal

    A presente tabela de honorrios estabelece as condies de contratao eremunerao dos servios Projetos de Arquitetura, incluindo os direitos autoraisrespectivos, observando a seguinte legislao:

    1.01 - Decreto Federal no 23.569 de 11/12/33;1.02 - Lei Federal no 5.194 de 24/12/66;1.03 - Lei Federal no 5.988/73 (regulamenta o direito Autoral);1.04 - Resoluo no 205 de 30/12/70 do CONFEA (tica profissional);1.05 - Resoluo no 118 de 29/06/73 do CONFEA (Atribuies Profissionais);1.06 - Resoluo no 221 de 29/08/74 do CONFEA (ao autor do projeto cabe o direito de vistoriar periodicamente a execuo da obra).1.07 - Os valores referenciais contidos nesta tabela podero ser usados no caso

    da aplicao da lei 8.666/93, artigo 48 quanto a preos aviltantes.

    02 - Condies Gerais

    2.01 - Os honorrios profissionais fixados na presente tabela so referenciais e que os profissionais habilitados tm direito a cobrar pela prestao de servios.

    2.02 - Todos os Projetos de Arquitetura includos na presente tabela,obedecendo ao disposto nas normas pertinentes estabelecidas pela Associao Brasileira de Normas Tcnicas - ABNT e Legislao Federal, Estadual e Municipal em vigor.

    2.03 - A utilizao no autorizada de Estudos Preliminares, Anteprojetos ou Projetos legais para a execuo da obra e suscetvel de aplicao de dispositivos legais relativos ao mau uso do projeto e obriga ao pagamento de indenizao correspondente a (3) trs vezes o valor global do projeto.

    2.04 - Uma vez iniciado o trabalho de cada uma das fases do projeto, ficar assegurado ao Autor, o direito de termin-lo e receber integralmente a remunerao correspondente.

    2.05 - O projeto contratado poder ser executado somente para os fins e local indicados nos desenhos e documentos do projeto.

    2.06 - A remunerao pelos Direitos Autorais no implica na cesso destes.

    2.07 - Sero fornecidos pelo contratante todos os elementos requeridos pelo autor do projeto, necessrios ao desempenho profissional tais como: plantas, documentos, alvars, dados geolgicos, topolgicos e scio econmicos.

  • 42.08 - Todas as alteraes solicitadas nos projetos, que no decorram de omisses do Autor do Projeto, aps o incio de suas respectivas fases, sero cobrados em separado e o seu valor definido por ocasio de sua ocorrncia.2.09 - O CUB (Custo Unitrio Bsico) utilizado na presente tabela fornecido pelo SINDUSCON - PR (Sindicato da Indstria da Construo Civil no Estado do Paran).

    EDIFICAES

    03 - Projeto de Arquitetura de Edificao

    3.01 - Estudo Preliminar - Determinao de viabilidade econmica e legal da edificao, o partido a ser adotado e as caractersticas genricas do projeto.

    3.02 - Anteprojeto - Soluo geral com definio do partido adotado, de concepo estrutural e das instalaes em geral, possibilitando clara compreenso da obra a ser executada.

    3.03 - Projeto Legal - Soluo definitiva do anteprojeto, representado em plantas, cortes, elevaes, especificaes e memoriais de acordo com as exigncias dos poderes pblicos a que sero submetidos.

    3.04 - Projeto de Execuo - Projeto com especificaes detalhadas, representaes em escalas adequadas e necessrias boa compreenso na execuo da obra e as desenvolvimento dos demais projetos.

    3.05 - Detalhes - Detalhes e especificaes de esquadrias, mobilirios fixos, localizao de aparelhos hidrulicos, pontos de luz e mais componentes da edificao, em escalas adequadas execuo da obra.

    3.06 - Modalidades e Remunerao.

    3.06.1 - As edificaes para efeito de remunerao so divididas em oito categorias, classificadas a seguir:

    TIPO CATEGORIA

    1-HABITAO1.1-PERMANENTEa) Conjunto de edifcios populares de at 4 pavimentos IIb) Edifcios de apartamentos padro mdio IIIc) Edifcios de apartamentos padro elevado IVd) Residncias padro simples IVe) Residncias padro mdio VIf) Residncias padro elevado VIII1.2 TEMPORRIAa) Albergues, pousadas, hotis simples e motis III

  • 5b) Hotis de luxo V1.3 COLETIVAa) Alojamentos, asilos, orfanatos, internatos, conventose mosteiros

    III

    b) Quartis Vc) Presdios e penitencirias VI

    2 TRABALHO2.1 - AGROPECURIAa) Galpes para mquinas, armazns, estbulos,cocheiras, pocilgas, avirios rurais simples

    I

    b) Matadouros e instalaes rurais especializadas III2.2 - INDSTRIAa) Galpes, oficinas e depsitos Ib) Fbrica simples IIc) Laboratrio simples IVd) Usinas, fbricas especializadas IVe) Laboratrios especializados VI

    2.3 - COMRCIOa) Armazns, depsitos, supermercados, hortomercados, pavilhes para a realizao de feiras eexposio.

    I

    b) Lojas de departamentos, magazines,, centroscomerciais e shopping centers

    II

    c) Mini-shopping IVd) Lojas, boutiques, stands e show-rooms VIII2.4 - SERVIOS2.4.1 - Administrao e finanasa) Edifcios de escritrios e edifcios administrativos IIIb) Bancos, sede de empresas, instituies e rgospblicos

    V

    c) Centros de processamento de dados VII

    2.4.2 - Educaoa) Creches, escolas primrias e secundrias IIIb) Escolas tcnicas, especializadas, superiores euniversidades

    V

    2.4.3 - Sadea) Ambulatrios e postos de sade IIIb) Clnicas e consultrios Vc) Hospitais VI2.4.4 - Transportea) Garagens simples / estacionamento IIb) Edifcios-garagem, pedgios e postos de servios IIIc) Terminais e estaes rodovirias, hidrovirias e V

  • 6ferroviriasd) Aeroportos VIII2.4.5 - Comunicaesa) Agncias e centrais postais, telegrficas e telefnicas Vb) Estdios e estaes de gravao, cinema, rdio eteleviso

    VII

    3 - LAZER3.1 - Esportea) Quadras cobertas e galpes para barcos Ib) Clubes, ginsios e instalaes esportivas simples IVc) Estdio e instalaes esportivas especializadas VII3.2 - Entretenimentoa) Restaurante, boates, casa de espetculo, cinema eteatro simples

    VI

    b) Planetrios e teatros especializados VIII3.3 - Acervos Artsticos-Culturaisa) Galerias de artes, salas de exposio, arquivos,bibliotecas e museu simples

    V

    b) Arquivos, bibliotecas e museus especializados VIII

    4 - DIVERSOSa) Templos religiosos, capelas morturias e cemitrios VIb) Monumentos VIIIc) Auditrios, salas de conferncias e pavilhes para arealizao de congressos

    VI

    CUSTO POR CATEGORIACUSTO POR ETAPA

    I - 0.012 0.020 CUB/M2Estudo preliminar - 20%II - 0.020 0.025 CUB/M2Anteprojeto - 20%III - 0.025 0.030 CUB/M2Projeto legal - 20%IV - 0.030 0.035 CUB/M2Projeto Executivo - 20%V - 0.035 0.040 CUB/M2Detalhes - 20%VI - 0.040 0.045 CUB/M2VII - 0.045 0.050 CUB/M2VIII - 0.050 0.050 ou mais CUB/M2

    NOTANo caso de repeties de unidades iguais (uma loja, uma

  • 7residncia, um pavimento, um galpo, um projetopadro, etc.) aplica-se apenas a primeira unidade,cabendo a remunerao de 25% do valor da primeirapara cada repetio.

    REPETIES EM CONJUNTO DE EDIFCIOSda 1 a 10a - 25% do valor para cadarepetioda 11 a 20 a - 20% do valor para cadarepetioda 21 a 30 a - 15% do valor para cadarepetioacima de 30 a - 10% do valor para cadarepetio

    IMPLANTAO: Para cada conjunto de edifcios aoscustos acima ser acrescido 25% do valor encontrado,considerando-se sempre como tratando-se do 1o

    conjunto.

    - CUB (custo unitrio bsico) - SINDUSCON - PR- Qualquer projeto ter custo referencial de 2 CUBs.

    CUSTOS DIVERSOS- Os servios discriminados a seguir, sero cobradosaplicando seus coeficientes sobre o valor encontrado doprojeto de arquitetura de edificao, como segue:- Coordenao de todos os projetos 0.15- Levantamentos arquitetnicos 0.10- Estudos e viabilidade (tcnica e legal) arquitetnica 0.05- Memorial descritivo e oramento 0.10- Lay-outs 0.15