caderno linha azul 20 de junho 2014

Download Caderno Linha Azul 20 de junho 2014

Post on 23-Mar-2016

233 views

Category:

Documents

10 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Jornal O Estado (Ceará)

TRANSCRIPT

  • Linha Azul FORTALEZA - CEAR - BRASILSexta-feira, 20 de junho de 2014

    Ora, sem f impossvel agradar-lhe; porque necessrio que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que galardoador dos que o buscam

    (HEBREUS 11 : 6)

    2 e 3 sutesTodos os apartamentos com vista para o mar.

    bspar.com.br

    Empreendimento com Registro de Incorporao n R.07/2324 da Matrcula n 2324 do Cartrio de Registro de Imveis da 5 Zona. CRECI 9194. Junho de 2014.

    LANAMENTO DUNAS VENDAS 3052.3534

  • 2LINHA AZUL

    E D I TO R A: Wanda Palhano C O O R D E N A O G E R A L :

    Soraya de Palhano COLABORAO: Iratu Freitas PROJE TO: Kelton Vasconcelos DIAGRAMAO E ARTE FINAL: Wevertghom e J. Jnior.

    EXPEDIENTE

    IAN GOMESian.gomes2008@gmail.com

    comum ouvirmos a seguinte colo-cao: o tempo est voando! Por isso vale uma refl exo sobre o que diz o escritor norte americano Mark Twain: daqui a vinte anos voc estar mais decepcionado pelas coisas que voc no fez do que pelas coisas que voc fez. Portanto livre-se das bolinas. Na-vegue longe dos portos seguros. Pegue os ventos da aventura em suas velas. Temos que ressaltar, no entanto, que muitos optam pelo comodismo, mesmo estanto infeliz. Outros, agem sem medir as consequncias, o que pode gerar arrepedimento. No entanto, o mais importante ter prudncia seja qual for o mar que voc deseje lanar seu barco. Em algum destino ele chegar.

    CONVERSANDO A GENTE SE ENTENDE

    MATUSAHILA SANTIAGOmatusahilasantiago@hotmail.com

    Crescemos ouvindo sempre que: O CALAR DE OURO, E O FALAR DE PRATA, provr-bio chins que fez parte de nossa educao. Lembro-me bem: o que ouvir l, l deixa, no precisa trazer para casa. Estas foram nossas tarefas eternas e dirias.

    Hoje, olhando para o nosso atrs, enxerga-mos o mundo de razes e verdades que este provrbio cumula em seu interior. Podemos at esquecer o que disseram na ntegra no mo-mento indevido, mas como nos sentimos ja-mais esqueceremos!

    Pior ainda se nosso sentimento for de hu-milhao! Deve ser uma dor to imensa que no se apagar nunca! Porque amor prprio algo muito forte! Felizmente poder destruir ou construir.

    Certa vez, conversando a chorar com meu pai, ele foi l dentro, apanhou um leno, me entregou e disse: Minha fi lha, eu tinha tanto orgulho de voc e neste instante lhe vejo cho-rando por algo to insignifi cante que chego a ter vergonha! Enxugue estas lgrimas com este leno que lhe dei e acorde para a vida. A vida para os fortes. Hoje, voc tem a mim para lhe dar um leno, mas, daqui a cinco anos ser que tem algum para lhe oferecer outro leno?

    Lembro-me que tomei um susto com a forta-leza e a vergonha daquelas palavras que enxu-guei as lgrimas e acordei para a vida para sem-pre, no me permitindo sofrer por migalhas. Passei a me valorizar mais, despertar meu amor prprio, me sentir mais gente e conscientizar--me que, em primeiro lugar est o nosso bem--estar, o resto vem depois por acrscimo.

    Saber colocar a palavra certa na hora exata uma bno de Deus, mas uma raridade. Caso no tenhamos este privilgio, melhor silenciarmos. O falar de prata, o calar de ouro, por esta razo devemos nos lembrar sempre que: erros podem ser consertados, atitudes podem ser repensados, mas algumas palavras como uma fl echa que se atira e fere para nunca sarar.

    Existem palavras que jamais sero esque-cidas, tecendo uma mgoa ou dio que nos perseguem pela vida afora. s vezes podemos no causar danos, no causa dios, porm, esquecidas eu asseguro: jamais sero. Cultive o silncio, ele d respostas inteligentssimas e jamais magoa ningum.

    SILNCIO

    Variedades

    Toque Social

    A tua salvao espero, SENHOR!GNESIS 49 : 18

    FORTALEZA - CEAR - BRASILSexta-feira, 20 de junho de 2014

    COQUETELCom um coquetel para convidados foi inaugurado o Boi Negro Buffet, mais um rest da rede Boi Negro,

    esse especificamente funcionar com servio de buffet no kilo - mantendo sempre a qualidade que peculiar do grupo durante o dia e a noite rodzio de pizzas.

    INVESTIR - A Mota Machado en-tregou o empreendi-mento RIVIERA BEACH PLACE Golf Residence, localizado no Engenho Velho, em Aquiraz.

    EXPANSO - A Oh My Dog! Amazing Hot Dogs completa dois anos e abriu a stima unidade na Av. Bezerra de Menezes.

    CHANCE - O Ins-tituto Plcido Castelo, Escola de Gesto do Tribunal de Contas do Estado do Cear, abriu a pr-inscrio para o curso sobre Gesto de Riscos e Controles Internos. Informaes: www.ipc.tce.ce.gov.br

    ARTE - O

    Centro Cultural Banco do Nordeste exibe a

    exposio coletiva A Realidade do Sonho, at o dia 31 de julho. A mostra rene 55 traba-lhos inspirados na obra do pintor primitivista, Chico da Silva. Grtis.

    CONHECER - O Guia Industrial do Ce-ar 2014 com informa-es de mais de cinco mil empresas est disponvel para venda no Instituto de Desen-volvimento Industrial do Cear (INDI), ou pela internet www.fi ec.org.br/guiaindustrial2014.

    FOTOS: IRATU FREITAS

    Dayane Uchoa e Joselito Amarante

    Luis Costa, Elen Barros e Felipe Palhano

    Eulinice e Francisco Jos Costa, Prof. Melo e Lus Costa Jos , Laura e Mariana Kerber

    Marcelo Mota, Cl udio Cabral e Em lio Ribeiro

    Valmor Antunes e Vanessa Gheller

    rico Noronha, Valmor Antunes, Vera Ceccon, J lio Tavares e Luis Costa

    D bora Marinho e M rcia Souza

    Michel Suleiman, Gheller e rico Noronha

    Andr Hickmann e Luiz Carlos Hickmann

    Vera Ceccon, Ane Kelly e Lourdes Duarte

    Francisco Jos e Marcos Costa

    Micheline Lopes e Paulo Matta Ghelller e Valmor Antunes

    Myrson Lima

    Roberto e Jaquelina Marinho

    Ana Vl dia e Tib rio Melo

    Mariana Sasso e L cio Freire

  • 3FORTALEZA - CEAR - BRASILSexta-feira, 20 de junho de 2014LINHA AZUL

    O SENHOR a minha fora, e o meu cntico; ele me foi por salvao; este o meu Deus, portanto lhe farei uma habitao; ele o Deus de meu pai, por isso o exaltarei. (XODO 15 : 2)

    Portofi no uma comuna italiana da regio da Ligria, provncia de Gnova

    Costa Amalfi tana de beleza natural esplendorosa, fi ca na Provncia de Salermo

    Pedro Luis Passos, Roberto Macedo e Jos Dias de Vasconcelos

    Jos Carlos Gama, General Paulo Studart, Ver nica e H lio Perdig o

    Roberto S rgio Ferreira e Ricard Pereira

    Lula Morais e Eduardo Bezerra

    Leda Maria e Aucilea

    Lucilia e Claudiana LoureiroCarlos Matos lvaro Correia

    Edgar Gadelha

    Presidente da FIEC Roberto Macedo

    n NAS CIDADES em que passei nos cinco pases visitados, percorrendo cinco mil quilmetros de carros a ouvir rdio, como tambm a assistir TV, no vimos nenhuma divul-gao da Copa do Mundo no Brasil. Nos telejornais, as nicas notcias de nosso Pas eram direcionadas s para as bader-nas, o vandalismo e a insegurana. Acabava com a imagem do Brasil. Parecia que estvamos vivendo um revoluo social igual a dos pases do Oriente Mdio. A nica propaganda da Copa nos veculos era a venda de assinatura da Sky, que, na TV, aparecia s com um brasileiro humilde afrodescendente sem os quatro dentes da frente de sua arcada superior ou uma mulata feia com seu bundo de fora, quando existem belssi-mas. Tudo leva a crer que houve um trabalho dos pases que esto em crise, no s os europeus como tambm os Estados Unidos, para desestimular a vinda para o Brasil no perodo em que esto em alta estao do turismo, os meses de junho, julho e agosto. Pases que mais ganham dinheiro com turismo: 1O Estados Unidos; 2O Espanha; 3O Frana; 4O China; e no 5O Itlia. Alm desta campanha contra, para onde foi a verba de mdia do governo brasileiro que deveria ser usada no exterior na divulgao da Copa?

    n SOU TOTALMENTE CONTRA a censura. Mas, quando uma minoria de brasileiros vai para as ruas fazer baderna, vandalismo, assaltos e influenciam jovens ino-centes a se misturar nesta canai, mascarando que para reivindicarem direitos, a imprensa brasileira deveria dar o desprezo a estes manifestantes e no divulgar nada.

    n A CAIXA Cultural Fortaleza apresenta, entre os dias 8 a 13 de julho, o festival Superfantstico!.Festival de Cine-ma Infantil. Em sua terceira edio primeira em Fortaleza a mostra festeja as produes de cinema brasileiro com programao especial para as crianas. Reunindo cls-sicos e produes mais recentes, o evento exibir nove longas e 12 curtas em sesses com preo simblico.

    n ESTA BOMBANDO em Fortaleza a abertura de empresas com jovens empreendedores frente na faixa de idade entre 23 anos a 35. O mercado esta aquecido, men-salmente surgem casas novas no ramo de alimentao e entretimento com estruturas de bom gosto e qualidade. No estamos deixando nada a desejar para as capitais do Sudeste e do Sul. O problema de todos a carncia de bons profissionais em Fortaleza. A reclamao geral.

    n DEPOIS DE UM MS de frias, estou de volta. Duran-te vinte e cinco dias, estive viajando por cinco pases e senti que as coisas no vo nada bem na Itlia, Espanha, Frana, Eslovnia e Crocia. No exagero. Em Barcelona, vrios pontos comerciais esto fechados, as Ramblas no tm mais aquele charme, o fl uxo de turistas bem menor do que da temporada passada em que estive l. Os restaurantes esto vazios e os garons fi cam implorando a sua entrada. As lojas na mesma situao, todas com promoo e s os vende-dores dentro. Na Itlia, a mesma coisa: em Milo, inmeras portas fechadas no centro. Na galeria Duomo, a mais bela e famosa, pontos comerciais vazios e pingados compradores. Na ilhas de Capri, Murano, Burano e na cidade de Veneza, barcos e gndolas parados e poucas com passageiros. Os italianos esto tristes e revoltados. Tristes por causa da crise, do desemprego, da falta de dinheiro e revoltados porque che-ga diariamente em seu pas imigrantes vindos da frica e do Oriente Mdio e o governo acolhe dando abrigo e alimenta-o. Enquanto que para os italianos que perderam o empre-go ou faliram no h as