caderno linha azul 17 de outubro 2014

Download Caderno Linha Azul 17 de outubro 2014

Post on 05-Apr-2016

226 views

Category:

Documents

6 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Jornal O Estado (Ceará)

TRANSCRIPT

  • Linha Azul FORTALEZA - CEAR - BRASILSexta-feira, 17 de outubro de 2014

    O Senhor j ouviu a minha splica, o Senhor aceitar a minha orao (SALMOS 6.9)

    Por proposio do vereador Marcos Aurlio, aconteceu, na Cmara Municipal de Fortaleza, sesso solene em homenagem aos 78 anos de fundao do Jornal O Estado.

    Jornal O Estado

    BETH DREHER

    78 ANOS

  • 2LINHA AZUL

    EDITORA: Wanda Palhano COORDENAO GERAL:

    Soraya de Palhano COLABORAO: Iratu Freitas PROJETO: Kelton Vasconcelos DIAGRAMAO E ARTE FINAL: J. Jnior e Rafael F. Gomes

    EXPEDIENTE

    IAN GOMESian.gomes2008@gmail.com

    Outro dia, um amigo contava sobre a di culdade que ele tem para enfrentar com serenidade as adversidades da vida. O pro-blema, disse, no sai dele de forma alguma, nem mesmo quando tenta se divertir, via-jar... No tem jeito, os con itos, os dramas, vo juntos. Sugeri que ele tentasse equili-brar os problemas com os prazeres que a vida oferece. Pois, a nossa mente tem um poder extraordinrio que desconhecemos e, por isso no utilizamos. A mxima querer poder, funciona desde que a crena seja maior que a dvida. Se as palavras tm fora ,o pensamento o maior complemen-to. Por isso, trocar o vai dar certo pelo t tudo certo ameniza os con itos que nos cercam no dia a dia. Experimente. Acredite. preciso ir rme na direo para que as metas sejam alcanadas.

    CONVERSANDO A GENTE SE ENTENDE

    MATUSAHILA SANTIAGOmatusahilasantiago@hotmail.com

    Estamos em pleno perodo eleitoral, a cam-panha zoando nas ruas, muito embora cada um j haja feito sua escolha, ainda tem quem queira modi car o nosso pensamento e mo-di car a nossa preferncia ou de uma pessoa amiga. Caso ela seja muito ponderada, dir que vai pensar, mas no mudar; se for desa-forada, s iremos arrumar um inimigo.

    Ningum muda ningum. Cada pessoa tem suas caractersticas prprias que nascem con-sigo e insistir numa mudana impertinente porque ningum igual a ningum.

    Podemos at coincidir em vrios pontos, termos muitas a nidades, semelhanas ou aparncias, porm ningum igual a ningum.

    Nascemos cada um de uma forma e at interessante observamos uma criana atual- mente e fazermos uma leitura prvia da ma-neira que ela ser no futuro.

    Sempre assisto aquelas aulas de loso a aplicadas nas escolas francesas e interes-sante se notar a personalidade de cada um e as inteligentes e bizarras respostas que eles e elas do. Aqui no Brasil j adotaram a Fi-loso a em sala de aula no nvel fundamental e isto muito louvvel, pois essa disciplina ensina as crianas a pensarem.

    Alis, assistimos estas a rmaes em nos-sos prprios irmos. Todos tiveram a mesma educao, os mesmos princpios, e cada um diferente nas posies tomadas.

    Cada criana traz consigo uma bagagem, e o que vir na mesma? Isto uma incgnita que jamais saberemos.

    Cada criatura v as cousas por um pris-ma diverso. Jamais podemos aquilatar o que se passa de real no ntimo do outro e, assim sendo, no poderemos nem acon-selhar porque cada um traz dentro de si o esqueleto de seus prprios sentimentos e de suas obras, por mais que saibamos, este esqueleto, o cerne da questo, jamais co-nheceremos. algo secreto.

    Sejamos, portanto, discretos, respeitando as decises de cada pessoa, e procurar so-lucionar os nossos problemas, as nossas di -culdades em sigilo no nosso santurio interno sem carmos escravo de segredos que jamais deveriam ter sado de nossos lbios.

    Compreender que h outros pontos de vista o incio da sabedoria. / THOMAS CAMPBELL.

    AS DIFERENAS...

    Variedades

    Toque Social

    A tua salvao espero, SENHOR!GNESIS 49 : 18

    ATITUDE - A Via Direta apoia o Outubro Rosa, e ofe-rece 10% de descon-tos para as vendas no site da marca, sendo que 5% sero doados ao Instituto do Cncer do Cear. A promoo vlida, at dezembro.

    DIVERSO - O Del Paseo segue com sua programa-o para a criana-da at domingo, dia 19, com o cinas e contao de histria, tudo grtis.

    DISCUTIR - O IX Congresso dos Estudantes da UFC acontece at domingo com o

    tema Derrubando os Muros da Uni-versidade: AUFC no contexto Ps-Jorna-das de Junho.

    ARTE - A

    exposio individual do artista plstico Joo Jorge poder ser vista at o dia 16 novembro, na galeria Ben cArte, do shop-ping Ben ca.

    CONQUISTA - A Free Lance Pro-dues completa 30 anos de atividades e comemora com show da BANDA DO MAR com Mar-celo Camelo e Mallu Magalhes, dia 25 na Praa Verde do Drago do Mar.

    FORTALEZA - CEAR - BRASILSexta-feira, 17 de outubro de 2014

    FRUM E HOMENAGENS

    PALESTRA

    A Gomes de Matos Consultores Associados, realizou no Blue Tree Premium, o Frum Novas Estratgias para a perpetuao dos negcios familiares, oportunidade em que os empresrios Beto Studart e Honrio Pinheiro

    foram homenageados.

    Destinos Exticos do Oriente foi o tema da palestra que o indiano de Nova Dlhi, Madhu Sudan, proferiu na Livraria Cultura que foi realizada pela Be Happy operadora de turismo.

    Glauberfran Vidal, Jo o Cavalcante, Alexandre Sales, Paulo Marcelo e Cassius R gis

    Ana Paula Monteiro, Cely Sena e Madhu Sudan Beth Silva

    Alessandra Pontes, Beth Barros, H lida Escossia e Fabr cia Barros

    Cely Sena, Helder Lima, Ananda Kaur, Narayan Medici e Madhu Sudan

    Cely Sena, Adson Martins, Alessandra Pontes e Fabiana Figueireido

    Equipe Veg Gourmet

    Guilherme Sanford, Eduardo Hamdan, Jos Sales e Victor Arruda

    Luiz Roberto, T vio Almeida e Murilo Monteiro

    Eduardo Gomes de Matos com Beto Studart

    Ver nica Ramos, Ana Nobre e Guilherme Pequeno

    Eduardo Handam, Guilherme Pequeno, Eduardo Gomes de Matos, Beto Studart, Simon Franco e Wladimir Palermo

    Arag o Neto, Paulo Gurgel e Alexandre Sales Gabrielli e Francisco Jos Rocha

    Isabel e Cristiane Farias

    FOTOS: IRATU FREITAS

    FOTOS: IRATU FREITAS

  • Luiz Gasto realiza palestra no CIC hoje

    Agnes Sanford

    Andr Feitosa e Cavalcante J nior Carol, Jean Veleiro, Jefferson Lour o e Ivone

    Clarice Costa, Jo o Spencer e Jo o

    Gledson, Fabr cia, Bernardo, Emanuel, Teresa e Ryan

    Haroldo, Louvande, C lia, Francisco e Camila

    Bruna Vieira e Gustavo Leite

    Bruna Oliveira,Matteo Tarter, Mauro Corini e Luzia Silva

    Eremita Pinheiro e Victor Hugo Pinheiro

    Jean Veleiro e Jefferson Lour o

    Bruna Vieira e Gustavo Leite

    Bruna e Anderson Aguiar

    Andr Feitosa e Cavalcante J nior

    Areene Borges e Bianca Borges

    3FORTALEZA - CEAR - BRASILSexta-feira, 17 de outubro de 2014LINHA AZUL

    A quem tenho eu no cu seno a ti [Deus]? E na terra no h quem eu deseje alm de ti (SALMOS 73.25)

    DEFICINCIA E ACESSIBILIDADE - Glucia Andrade da Arte Pensamento promover no ms de novembro, na sede da FIEC a V edio do Frum de De cincia e Acessibilidade. Entre os palestrantes Dr. Beny Schimidt, um dos maiores patologistas neuromusculares do mundo.

    NO EXTERIOR, ACIO NEVES TEM A PREFERNCIA. O candidato tucano foi vitorioso em 58 pases segundo o levantamento da BBC Brasil, sendo o mais votado em 58 naes; a presidente Dil-ma Rousseff (PT), em 14; e Marina Silva (PSB), em 13. Acio dominou a votao em quatro continentes, Marina Silva dominou o eleitorado na frica. J Dilma no obteve maioria em nenhuma regio do globo.

    Segundo dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), 141.501 dos eleitores (40% do total de 353.504 cadastrados) que vivem no exterior foram s urnas em 132 cidades de 88 pases. Os votos depositados no exterior representam apenas 0,12% do total de 115 milhes de votos computados no primeiro turno.

    Um resultado curioso que, se dependesse apenas dos votos dos brasileiros que moram na Venezuela, governo socialista e prximo ao PT , Acio teria sido eleito j no primeiro turno. Ele obteve 52,2% dos 728 votos de brasileiros no pas; Dilma obteve 30,2%, e Marina 15,7%.

    J em Cuba, pas que Dilma ajuda, ela obteve a maioria, 84%, A-cio recebeu apenas 8% dos votos, e 6% a Marina. Vale salientar que a presidenta Dilma teve uma queda acentuada de votao em relao eleio passada. Em 2010, ela obteve, no primeiro turno, 36,81% dos votos, o dobro do que obteve agora. Acio tambm superou o desem-penho de Jos Serra, candidato de seu partido na corrida anterior, que obteve 40,25% no primeiro turno.

    NotasSOLANGE PALHANO

    solangepalhano@oestadoce.com.br

    REFORMA POLTICA

    PALESTRA NO CIC

    O RESULTADO DA MO-BILIZAO popular para uma reforma na poltica brasileira foi tema de reunio, nesta segunda--feira, da presidenta Dilma Rousseff, em Braslia. Para os organizadores da campanha, o Plebiscito pela Constituinte representa a vitria do povo, e o resultado da votao popular importante para trilhar um novo caminho rumo democracia. As propostas sobre a reforma poltica exigem que uma Consti-tuinte exclusiva e soberana seja convocada para garantir o direito do povo e, em especial, pr m ao nanciamento de empresas a campanhas polticas; a garan-tia da igualdade de gnero nas candidaturas; o m da sub--representao da juventude, do negro e do indgena na poltica, entre outras reivindicaes.

    A DIRETORIA DO CENTRO INDUSTRIAL DO CEAR (CIC) recebe o presidente da Fecomrcio, Luiz Gasto, hoje, dando continui-dade ao programa Almoo com o Presidente. O evento ocorrer s 12 horas, no Salo VIP da Casa da Indstria. Na oportunidade, Gasto apresentar aos empresrios e industriais os projetos e iniciativas de-senvolvidos pela Federao do Comrcio do Estado. O presidente do Centro Industrial ressalta que a realizao desses almoos tem o obje-tivo de trabalhar as polticas empresariais e institucionais, agregando o comrcio e a indstria, a m de fortalecer a economia do Cear.

    O QUE DILMA FEZ PELO CEARPROMETEU A REFINARIA

    e cou s na promessa. Qunto a transposio do Rio So Francis-co que deveria ser prioridade do governo federal, sua obra s vive se