caderno linha azul 12 de setembro 2014

Download Caderno Linha Azul 12 de setembro 2014

Post on 03-Apr-2016

225 views

Category:

Documents

7 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Jornal O Estado (Ceará)

TRANSCRIPT

  • Linha Azul FORTALEZA - CEAR - BRASILSexta-feira, 12 de setembro de 2014

    Ora, sem f impossvel agradar-lhe; porque necessrio que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que galardoador dos que o buscam

    (HEBREUS 11 : 6)

    Governador Cid Gomes recebendo a homenagem

    Airton Queiroz e Jos Augusto Bezerra

    Nelson Souza e Jos Augusto Bezerra

    Beto Studart e Jos Augusto BezerraJos Augusto Bezerra e Ivens Dias Branco

    120 ANOS DA ACADEMIA CEARENSE DE LETRAS

    Com uma prestigiada solenidade, foram comemorados os 120 anos da Academia Cearense de Letras (mais antiga do Pas).Durante o evento, o presidente da ACL, imortal Jos Augusto Bezerra, conferiu as medalhas de scios Benemritos ao gover-nador Cid Gomes, aos empresrios Airton Queiroz, Beto Studart e Ivens Dias Branco e ao presidente do BNB, Nelson de Souza. Pg. 5

  • 2LINHA AZUL

    E D I TO R A: Wanda Palhano C O O R D E N A O G E R A L :

    Soraya de Palhano COLABORAO: Iratu Freitas PROJE TO: Kelton Vasconcelos DIAGRAMAO E ARTE FINAL: Wevertghom e J. Jnior.

    EXPEDIENTE

    IAN GOMESian.gomes2008@gmail.com

    A capacidade de perdoar algo divino em qualquer ser humano. Sabemos que essa no uma prtica muito comum. Muitos preferem fi car guardando rancor, mgoa e, nem ima-ginam como isso faz mal a alma. Por isso, o melhor a fazer se desprender de sentimentos pequenos. O retorno pode no surgir de ime-diato, mas ao passar do tempo quem perdoa, comea a perceber que est mais leve, as coisas boas comeam a fl uir. Virtudes como o perdo guiam o comportamento e, cada um ser capaz de perceber que cada pessoa, tem algo de bom. Nosso trabalho reconhec-lo. Em cada situao, o positivo existe. Nossa oportunidade v-lo. O perdo um caminho.

    CONVERSANDO A GENTE SE ENTENDE

    MATUSAHILA SANTIAGOmatusahilasantiago@hotmail.com

    H um provrbio antigo que diz: Costu-me de casa vai praa, e realmente uma verdade absoluta; no adianta dizer: ah, eu estou em casa, na rua eu sei como agir`. Isto um ledo engano, o hbito uma segunda natureza.

    Ento, se vamos sair para nos distrair um pouco, devemos deixar todos os problemas que nos afl igem em casa e colocarmos em nossa cabea assuntos edifi cantes, variados e amenos para no haver constrangimentos e no aborrecermos as pessoas.

    Assuntos de doena devem ser evitados. Falar sobre cirurgias contando como foram os cortes, como sangraram, ou algum assunto que cause nuseas ou nojo, tudo isto tem que ser sumariamente evitado. Tudo tem que versa rem temas que envolva a todos e fi quem feli-zes por aqueles momentos.

    Pessoas existem que tm a maior loquaci-dade quando esto fora de casa para interagir e promover um pequeno teatro atraindo pes-soas ao seu redor, e dentro de casa jamais esboam uma palavra e a antipatia reina so-berana no lar. Existem outros que agem ao contrrio, em casa irradiante, s ele fala, e quando chega em pblico silencia totalmente, portanto, o certo o meio termo, conversar, participar onde quer que esteja.

    Para isto necessrio exercitar. Inicia fazen-do uma prece pela refeio, comea por um depois o outro e assim, aos poucos estare-mos habituados. Ter cuidado para no encher demasiado a boca para podermos responder tranquilo a alguma pergunta que possa surgir.

    Evitar conversas se autoelogiando, ao per-guntarem sobre a nossa sade, no devemos nos estender em lamrias, uma resposta rpi-da o sufi ciente sem nos determos em deta-lhes desnecessrios.

    Continua proibido poltica, religio, futebol e incluses, so temas contraditrios e que po-dero ocasionar discrdias.

    Treinarmos em casa qualquer difi culdade que haja em relao mesa de suma impor-tncia, adquire-se a naturalidade e a perfeio ao fazermos repetidamente.

    Quando eu estudei na Escola Domstica So Rafael, a irm mandava que treinsse-mos em casa todas as aulas de civilidade para ficarmos com a prtica do exerccio, e eu fazia isto inclusive com meus irmos! E deveras deu certo!

    CONDUTA MESA

    Variedades

    Toque Social

    A tua salvao espero, SENHOR!GNESIS 49 : 18

    FORTALEZA - CEAR - BRASILSexta-feira, 12 de setembro de 2014

    INAUGURAOO presidente da Associao Cearense do Ministrio Pblico ACMP Plcido Rios, comandou a solenidade de

    inaugurao da nova sede cultural e desportiva da entidade que fi ca localizada na Lagoa da Precabura.

    TALENTOS - A segunda edio do Concertos do Nor-deste acontece entre os dias 19 e 27 deste ms, em Fortaleza e Paraba. Inscries http://concertosnor-deste.wordpress.com/sobre-1/

    AGENDA - A Caixa Cultural For-taleza apresenta o show da cantora curitibana, Thas Gulin, de 18 a 21 deste ms.

    INO-VAR - A apresentao do empreendimento Shopping Cidade da Moda foi reali-zada quarta-feira (10), pelos empre-srios Manoel e Mana Holanda, no centro da Cidade.

    F - A Igreja Batista Central de Fortaleza realiza at amanh, sbado, o Encontro para Pasto-res e Lderes (EPL), com o tema Res-taurao Integral: vida, famlia, igreja e

    socieda-de.

    RISOS - Sr-gio Malandro apre-senta nos dias 20 e 21 deste ms seu Stand Up, no Teatro Via Sul, com produ-o da Free Lance produes.

    Elise Maria Costa, Jeane Costa e Roberto Barreto

    Rosalina Maia e Wilson Gon alves

    L cio Fl vio e Vanja Fontenele

    Jo o de Deus e Marcus Renan Pal cio

    C mara Municipal do Eus bio sendo homenagea-da representada por Fares Filho, recebe a home-nagem de Jos Wilson

    Karol Ximenes e Paulo J Pinheiro

    gueda Brito e Aurenir Carvalho

    Pl cido Rios e Ademirtes Rios

    Jos Maria Rios (representando OAB) e Francisco Jos C mara

    Discurso do presidente da ACMP, Pl cido Rios

    Jos Maria Rios, Paulo e Eduardo Quezado

    Maria Neves Feitosa Campos e Elisabeth Almeida

    Iertes Pinheiro (representando Jo o Airton) e Jo o de Deus Rocha

    Ildete Holanda e Lourdete Holanda

    F tima Correia e Carlos Eufr sio

    Glicia e Felipe Diogo

    Aureliano Rebou as, Silderl ndio do Nascimento, Rafael Couto e Saul Alencar

    Glaucilia S , Glauberton Neto, Maria Cec lia e Ana Maria

    Saulo Moreira, Socorro Fran a e Pl cido Rios

    F bio Manzano, Elnatan Carlos, Saulo Moreira, Eduardo Elias e Lucas Azevedo

    Roxane Benevides, Pl cido Filho, Victor Benevides e lvaro Benevides

    Acilon Gon alves, Ricardo Machado e Perpetua Pinto

    FOTOS IRATU FREITAS

  • 3FORTALEZA - CEAR - BRASILSexta-feira, 12 de setembro de 2014LINHA AZUL

    A quem tenho eu no cu seno a ti [Deus]? E na terra no h quem eu deseje alm de ti (SALMOS 73.25)

    Quando um homem te rouba a mulher, no h maior vingana que deix-lo fi car com ela.

    Se a tua mulher meiga, sers feliz. Se a tua mulher m, sers um fi lsofo.

    As mulheres do-nos inspirao para grandes objectivos, mas depois no nos deixam atingi-los.

    Li, recentemente, que o amor uma questo de qumica. Deve ser por isso que a minha esposa me trata como se fosse lixo txico.

    Dois segredos para manter vivo o matrimnio:1. Quando estiveres errado, admite-o. 2. Quando tiveres razo, cala-te.

    No me preocupo com o terrorismo. Estive casado por dois anos

    Minha esposa e eu fomos felizes por vinte anos.Depois conhecemo-nos.

    Comentei umas palavras com a minha mulher, e ela comentou uns pargrafos comigo. Sempre que samos, minha mulher e eu, cami-

    nhamos sempre de mos dadas. Se a solto, foge para as compras...

    J faz trs dias que no falo com ela! que no gosto de interromp-la.

    O matrimnio uma relaco entre duas pessoas, em que uma tem sempre razo,e a outra o marido.

    Quando uma mulher te pergunta a mesma coisa mais de uma vez, porque ela j sabe a verdade. E tem provas.

    Parabns para os homens que arrancam sorrisos e no lgrimas do rosto de uma mulher.

    Alguns amigos perguntam-me qual o segredo do nosso longo matrimnio.Reservamos tempo para ir ao restaurante duas vezes por semana: jantar, luz de velas, msica ambiente e baile. Ela vai s quintas e eu vou s sextas.

    A grande pergunta... que nunca consegui responder... E que : Que quer uma mulher?

    Sacha Guitry

    Scrates

    Dumas

    David Bissonette

    Nash

    Sam Kinison

    Rodney Dangerfi eld

    Annimo

    Annimo

    Annimo

    Annimo

    Annimo

    AnnimoHenny Youngman

    Sigmund Freud

    n COMO A PAUTA diria dos meios de comunicaes predomina matrias de desgraa, resolvi republicar, nesta semana, frases de pessoas ilustres e annimas. Todas as afi rmaes foram ditas por homens analisando o com-portamento das mulheres, mas a maioria delas esto mais apropriadas para aes do sexo masculino. Leiam para iniciarem o fi m de semana dando risadas.

    NotasSOLANGE PALHANO

    solangepalhano@oestadoce.com.br

    RELAXE E RIA

    Ra ssa Souza, Jorge Cruz, Ana Patr cia Pontes e Thiago Pe anha

    Jardel Cidral, Pe. C lio Cas li e Mailson Elias

    Felipe Jorge e D bora Medeiros

    Rogerl nia Freitas, Cora Pescini e Laura Pescini

    Elizabete Aguiar

    Diego, Paula, Camila, Cl udia, Patricia, Ana Beatriz, Luciana, Fernanda Tosolini, Joatan Rocha e Gabriela Tosolini

    L via Benevides e Jader Montenegro

    Marlene e Paulo Mind llo

    Sabrina Fonteles

    Lilian Cysne e Sophia

    Germana Mendes, Gabriel Mendes e Alexandre Mendes

    Patricia Rem dio e Marcelo Costa Correia

  • Deus o meu rochedo, nele confi arei; o meu escudo, e a fora da minha salvao, o meu alto retiro, e o meu refgio. meu Salvador, II SAMUEL 22 : 3

    Ontem, 11 de setembro. H 13 anos aconteceram os ataques aos EEUU. poca, escrevi o livro Sobre a G-nese e o Caos. Na parte do Caos, criei 11 contos breves. Agora, neste 2014, h novas ameaas de toda natureza no cadinho da rea que abriga pases como Iraque, Ir, Afe-ganisto, Sria e outros. Isto sem falar na questo Russa e Ucrnia. Tudo conspira contra a paz. A Unio Europeia e os