caderno linha azul 02 de maio 2014

Download Caderno Linha Azul 02 de maio 2014

Post on 13-Feb-2016

231 views

Category:

Documents

14 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Jornal O Estado (Ceará)

TRANSCRIPT

  • Linha Azul FORTALEZA - CEAR - BRASILSexta-feira, 2 de maio de 2014

    Ora, sem f impossvel agradar-lhe; porque necessrio que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que galardoador dos que o buscam

    (HEBREUS 11 : 6)

    Pg. 4

    ANIVERSRIO

    Cnsul da Espanha Vernica, Brbazan entre seus filhos Manoela e Breno, no dia da comemorao do seu aniversrio.

    LANAMENTO PREMIAO

    CLSSICOS POPULARES

    No lanamento de mais uma edio da Revista Preto no Branco, que aconteceu no Garrafeira 520, as presenas de Humberto Cavalcante e Alcimor Rocha Neto com o editor da publicao Jeff Peixoto.

    Antnio Claret Guerra e Suely Calais comandaram mais uma edio da tradicional premiao do jornal MG TURISMO que aconteceu no Ouro Minas Hotel.

    Adriana Gomes e Gisele Bezerra foram as responsveis pela organizao do primeiro Festival Clssicos Populares - Uma Homenagem Cano. O evento aconteceu na Assembleia Legislativa do Cear.

    Pg. 7

    Pg. 2

    Pg. 5

  • 2LINHA AZUL

    E D I TO R A: Wanda Palhano C O O R D E N A O G E R A L :

    Soraya de Palhano COLABORAO: Iratu Freitas PROJE TO: Kelton Vasconcelos DIAGRAMAO E ARTE FINAL: Wevertghom e J. Jnior.

    EXPEDIENTE

    IAN GOMESian.gomes2008@gmail.com

    comum dizer que errar humano. Cer-to. No entanto, no persistir no erro mais humano ainda. Vi isso recentemente ao visitar o presdio feminino Auri Moura Costa. Atual-mente mais de 500 mulheres cumprem pena por trfi co de drogas, a maioria, em seguida furto e roubo. Entrevistei vrias para o progra-ma Jangadeiro Aqui que ir ao ar sbado, dia 03, s 11h20 da manh. Alguns relatos serviram para ter a convico de que existe sim, chance e oportunidade de virar o jogo. A Madalena um exemplo: aps cumprir mais de dois ano de pena, aproveitou a ofi cina de artesanato para se especializar. Hoje, volta ao presdio, como funcionria e, d aula para as detentas. bom saber que quem errou busca outra forma de esculpir a vida. Isso fortalece a crena de que nem tudo est perdido.

    CONVERSANDO A GENTE SE ENTENDE

    MATUSAHILA SANTIAGOmatusahilasantiago@hotmail.com

    Assistindo documentrios sobre a cruelda-de de algumas pessoas praticadas contra os animais e tendo criado ces quando residia em uma casa, lembrei-me de um conto de Honor de Balzac (escritor francs do sculo XVIII), no qual ele afi rmava que os animais pos-suem todos os sentimentos que ns humanos possumos.

    Narrava ele em um de seus contos, -no me ocorre o nome que certa vez um prisioneiro conseguiu fugir da caravana e de repente se viu numa pequena caverna e esta era habitada por uma pantera que ele apelidou-a de peque-nina, por ela ser ciumenta igual a uma sua ex--namorada, e dizia que perdeu uma perna por-que ela o viu acenando para um avio pedindo auxlio e com cime o mordeu e ele teve que mata-la para poder voltar ao convvio humano.

    Quando tive que me mudar da casa para um apartamento, tive que desfazer-me do Ruck e fui conversar com ele.

    Cheguei ao porto e chamei-o: ele veio todo feliz, brinquei com ele, depois eu lhe disse: Ruck meu querido, infelizmente, com dor no corao que lhe digo: voc vai ter que morar com outra pessoa que vai lhe tartar muito bem, vai lhe amar, (Dra. Gisela Nunes da Costa) por-que eu no posso lhe levar comigo.

    Parece incrvel, ele foi escorregando pela grade do porto, e deitou-se no cho, gemen-do de sofrimento, ento tive certeza que os animais sentem, tem sentimentos.

    Um amigo de infncia quando adolescente, com raiva do pai chutou um cachorrinho que havia nascido h poucos dias e a cadela me avanou para ele, mas este se desvencilhou e trancou-se em seu quarto. Tarde da noite ao voltar para casa, foi surpreendido com o ataque da cadela que rasgou todo seu rosto e teve que se submeter a uma plstica, mas perdeu um olho.

    No facebook, postaram rapazes obrigando um cachorro a beber molho puro e riam de fe-licidade com a misria do infeliz. Numa outra postagem mostrava um cachorro ferozmente machucado em carne viva.

    Estamos em um mundo co, no h respei-to para com o ser humano e nem to pouco para com os animais. D at vergonha de ser-mos animais racionais e agirmos cruelmente como irracionais.

    ANIMAL POSSUI SENTIMENTOS

    Variedades

    Toque Social

    A tua salvao espero, SENHOR!GNESIS 49 : 18

    FORTALEZA - CEAR - BRASILSexta-feira, 2 de maio de 2014

    PRETO NO BRANCOJeff Peixoto, editor da revista Preto no Branco, comandou, na

    Garrafeira 520, o lanamento de mais uma edio da publicao.

    Rafael Caneca, Jeff Peixoto e Marcelo Brito Jeff Peixoto e Rebeca Montenegro Jeff Peixoto e Laise Maia

    Antnio Arajo SegundoMovimenta o da noite

    Breno Corra e Gabriela Fiuza Joo Paulo Pierre

    Ronny de Freitas e Laise Maia Detalhe de Revista

    Nayane Nogueira, Jeff Peixoto e Thamyres HerosGustavo Cerqueira e Neto

    Dulcina Palhano

    Humberto Cavalcante e Alcimor Rocha Neto com o editor da Preto no Branco Jeff Peixoto Ana Milfont e Rebeca Montenegro

    Filgueiras Neto Karla Alexandrina

    DIREITO - Agora lei. Os donos de estacionamentos devem cobrar por hora fracionada e, se res-ponsabilizar por danos ao veculo. O projeto de autoria do vereador Acrsio Sena (PT).

    NEGCIOS - O Brasil em Debate, evento da Coopercon--CE em parceria com o Sinduscon-CE, aconte-cer segunda-feira, dia 5, vai reunir nomes

    do cenrio nacional em Fortaleza.

    LUTA - O Comit Estadual de Enfrenta-mento s Drogas do Ministrio Pblico do Estado do Cear visi-tou, no dia 29 do ms passado, o municpio de Ic para sensibilizar a populao sobre os riscos das drogas.

    AVANO - Fiec lana publicao do Projeto Setores Porta-dores de Futuro, no dia 26 deste ms, como parte da programao do ms da Indstria.

    PRAZO - Para

    ficar em dia com a justia eleitoral, o mutiro do TRE vai funcionar at o dia 7, tera-feira, no Ginsio Paulo Sarasate.

    FOTOS: IRATU FREITAS

  • Sade das crianas merece mais ateno em perodo de chuvas

    Os cuidados com as crianas no perodo chuvoso merecem ateno diferenciada. preciso ficar atento aos sintomas apresentados pelos filhos e os levarem s emergncias de hospitais, aproximando--os ainda mais de outras crianas e contribuindo para propagao de doenas, especialmente as transmitidas por vrus causadores de infeces respiratrias.

    importante saber diferenciar os sintomas das viroses respiratrias, gastrintestinais e dengue para que as crianas possam ser tratadas da melhor forma e evitar os riscos da automedicao. Dengue uma doena autolimitada, que, na maioria dos casos, se resolve em at sete dias. A fase em que pode haver complicao entre o terceiro e o sexto dia de doena. Sintomas:

    - Febre alta;- Dor de cabea;- Dor atrs dos olhos;- Perda do paladar e do apetite;- Manchas e erupes na pele;- Nuseas e tonturas;- Cansao;- Moleza e dores no corpo, nos ossos e nas articulaes.

    So sinais e sintomas de alarme em dengue:- Dor abdominal intensa, vmitos persistentes, sudorese fria e desmaio.

    Viroses com sintomas respiratrios e/ou gastrintestinais so doenas autolimitadas que na sua maioria melhoram entre trs e sete dias, com repouso e hidratao oral. Sintomas:

    - Febre;- Enjoo (nuseas);- Vmito;- Diarreia;- Falta de apetite;- Dores musculares;- Dores abdominais.

    O Centro Peditrico Unimed Fortaleza uma unidade para pacientes em casos de urgncia e emergncia. O corpo clnico formado por mdicos pediatras que atuam em sistema de planto. O atendimento 24h, composto ainda por uma equipe multiprofissional com enfermei-ros, tcnicos de enfermagem, coletadores laboratoriais, tcnicos em radiologia, entre outros.

    Caso a pessoa necessite de um perodo maior de observa-o, ser encaminhado para uma unidade hospitalar da rede credenciada, transportado adequadamente.

    3FORTALEZA - CEAR - BRASILSexta-feira, 2 de maio de 2014LINHA AZUL

    O SENHOR a minha fora, e o meu cntico; ele me foi por salvao; este o meu Deus, portanto lhe farei uma habitao; ele o Deus de meu pai, por isso o exaltarei. (XODO 15 : 2)

    PREVENO CONTRA S DROGAS

    n DIA 7 DE MAIO, prazo final para a regularizao junto a Justia Eleitoral. Os servidores do TRE-CE, es-to realizando um mutiro na capital no Ginsio Paulo Sarasate. Nesta sexta-feira, 2 de maio, o atendimento ser das 8 s 15 horas. Sbado e domingo das 8 s 12 horas. E nos trs ltimos dias, 5, 6 e 7 de maio, das 8 s 17 horas. Os eleitores devem levar um documento de identidade oficial com foto e comprovante de residncia atual, originais e cpias. Para os homens que vo tirar o ttulo pela primeira vez, a partir dos 18 anos, necessrio ainda comprovante de alistamento militar ou certificado de reservista. Caso haja alguma multa, por ausncia em eleies passadas, emitida na hora a guia para o paga-mento de R$ 3,50 por cada eleio pendente. A Central do Frum Eleitoral Pricles Ribeiro, na Praia de Iracema, permanecer fechada durante este perodo.

    n O MINISTRIO Pblico do Estado do Cear, atravs da pro-motora de Justia de Defesa da Sade Pblica, Isabel Prto, e a diretoria da Comisso de Polticas Pblicas sobre Drogas (CPPD) da Ordem dos Advogados do Brasil, seco Cear (OAB-CE), com apoio do jornal O Estado, realizaro, no prximo dia 13, das 8h s 18h, o seminrio A justia articulada a favor da vida: refl exes sobre o Dia Internacional do Combate s Drogas. O evento acontecer no auditrio da Procuradoria Geral de Justia, na rua Assuno, 1.100.

    Em trs dias, o TRE-CE j atendeu a 3.700 eleitores no mutiro em Fortaleza, no ginsio Paulo Sarasate

    NotasSOLANGE PALHANO

    solangepalhano@oestadoce.com.br

    A DIFCIL TAREFA DE SER PATROn CARO LEITOR, voc deve estar espantado com a minha ini-

    ciativa de escrever sobre a vida de um empresrio, quando come-morou-se, ontem, quinta-feira, o Dia Internacional dos Trabalhadores.

    Sempre vivi os dois lados da moeda simultaneamen