Caderno do aluno professoradegeografia 1a vol1

Download Caderno do aluno professoradegeografia 1a vol1

Post on 21-Mar-2017

1.636 views

Category:

Education

60 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

<ul><li><p>1a SRIE ENSINO MDIOCaderno do AlunoVolume 1</p><p>GEOGRAFIACincias Humanas</p></li><li><p>MATERIAL DE APOIO AOCURRCULO DO ESTADO DE SO PAULO</p><p>CADERNO DO ALUNO </p><p>GEOGRAFIAENSINO MDIO</p><p>1a SRIEVOLUME 1</p><p>Nova edio</p><p>2014-2017</p><p>GOVERNO DO ESTADO DE SO PAULO</p><p>SECRETARIA DA EDUCAO</p><p>So Paulo</p></li><li><p>Governo do Estado de So Paulo</p><p>Governador</p><p>Geraldo Alckmin</p><p>Vice-Governador</p><p>Guilherme Afif Domingos</p><p>Secretrio da Educao</p><p>Herman Voorwald</p><p>Secretrio-Adjunto</p><p>Joo Cardoso Palma Filho</p><p>Chefe de Gabinete</p><p>Fernando Padula Novaes</p><p>Subsecretria de Articulao Regional</p><p>Rosania Morales Morroni</p><p>Coordenadora da Escola de Formao e Aperfeioamento dos Professores EFAP</p><p>Silvia Andrade da Cunha Galletta </p><p>Coordenadora de Gesto da Educao Bsica</p><p>Maria Elizabete da Costa</p><p>Coordenadora de Gesto de Recursos Humanos</p><p>Cleide Bauab Eid Bochixio</p><p>Coordenadora de Informao, Monitoramento e Avaliao </p><p>Educacional</p><p>Ione Cristina Ribeiro de Assuno</p><p>Coordenadora de Infraestrutura e Servios Escolares</p><p>Ana Leonor Sala Alonso</p><p>Coordenadora de Oramento e Finanas</p><p>Claudia Chiaroni Afuso</p><p>Presidente da Fundao para o Desenvolvimento da Educao FDE</p><p>Barjas Negri</p></li><li><p>Caro(a) aluno(a),</p><p>Agora, na 1a srie do Ensino Mdio, voc est convidado(a) a retomar os conceitos, temas e contedos estudados no Ensino Fundamental de forma bem mais aprofundada. </p><p>Comearemos pelo estudo da Cartografia, instrumento fundamental para o conhecimento geo-grfico. Neste volume voc ter a oportunidade de ampliar o seu conhecimento sobre os elementos fundamentais de construo do mapa: projeo, escala, mtrica e linguagem. Compreender que a Cartografia deve ser tida como uma linguagem indispensvel, que propicia um acesso importante s realidades espaciais. </p><p>As relaes, as transformaes da realidade das sociedades e os arranjos mundiais de poder no mundo contemporneo tambm so considerados nas atividades e Situaes de Aprendizagem, principalmente por meio da abordagem sobre a ordem mundial construda pela ao geopoltica, o papel dos Estados Unidos e os conflitos regionais.</p><p>Os estudos sobre globalizao tambm sero retomados, agora com maior enfoque a dois im-portantes aspectos deste fenmeno: a base geogrfica pela qual a globalizao est assentada, ou seja, as redes geogrficas, que do suporte para que tanto os fluxos materiais (de pessoas, de objetos, de mercadorias) quanto imateriais (informaes culturais, financeiras, polticas etc.) se tornem cada vez mais acelerados; e o peso da economia globalizada, que coloca em evidncia a fragilidade de muitos pases ante esta ordem mundial.</p><p>Com o advento de novas tecnologias, tornou-se possvel uma melhor mobilidade espacial, sen-do possvel viajar longas distncias em questes de horas, ou poucos dias. A internet, por exemplo, permite-nos estar cada vez mais conectados s redes sociais, de comunicao, entre outras. Atual-mente, em instantes, somos informados sobre o que est acontecendo do outro lado do planeta. Com um clique, temos acesso aos mais diversos povos e culturas. Com alguns softwares, podemos viajar pelo planeta... </p><p>No entanto, sabemos que deslocar-se de um pas a outro no to simples. Existem regras. Assim como existem regras que regulam os fluxos materiais e imateriais. Ainda, a internet no de domnio igual para todos. Nesse contexto, a questo que se coloca : quem so os agentes que detm o espao globalizado? Quem o regula? Quem equaliza as redes? Espera-se que por meio da inter-pretao de mapas temticos, grficos, iconografias, textos, voc possa refletir sobre essas questes e mais, sensibilizar-se acerca da busca de um bem comum entre os pases. Isso possvel? </p><p>Bom estudo!</p><p>Equipe Curricular de Geografiarea de Cincias Humanas</p><p>Coordenadoria de Gesto da Educao Bsica CGEBSecretaria da Educao do Estado de So Paulo</p></li><li><p>Geografia 1a srie Volume 1</p><p>5</p><p>SITUAO DE APRENDIZAGEM 1 OS ELEMENTOS QUE CONSTITUEM OS MAPAS: OS RECURSOS, AS ESCOLHAS E OS INTERESSES</p><p>Leitura e anlise de mapa</p><p>1. Veja o mapa entregue pelo seu professor e/ou indicado em seu livro didtico. Para comear, observe o mapa diretamente, mas sem olhar o ttulo e a legenda. Discuta com seus colegas e registre:</p><p>a) O que o mapa est representando (por exemplo: distribuio da populao, de cidades, de escolas em um pas, da vegetao, altitudes do relevo etc.)?</p><p>b) Qual a situao geogrfica do(s) fenmeno(s) representado(s) no mapa?</p><p>c) Voc sabia que vrios mapas publicados em jornais e revistas (e tambm em livros didticos e atlas geogrficos escolares) podem conter erros cartogrficos (erros de linguagem)? Voc acha que o mapa examinado por voc tem erros? Justifique.</p><p>!?</p></li><li><p>Geografia 1a srie Volume 1</p><p>6</p><p>2. Analise o mapa a seguir e responda s questes.</p><p>a) O que o mapa est representando?</p><p>b) Em quais pases/regies se encontram as maiores e as menores concentraes do fenmeno representado? E as situaes intermedirias? Em sntese: o que possvel dizer a respeito da expectativa de vida no mundo?</p><p>c) Esse mapa no tem erros cartogrficos. Justifique essa afirmao.</p><p>Atelier de Cartographie de Sciences Po. Disponvel em: . Acesso em: 5 nov. 2013. Mapa original (base cartogrfica com generalizao; algumas feies do territrio no esto representadas em detalhe; sem escala; sem indicao de norte geogrfico).</p><p>Expectativa de vida, 2009</p><p>47 58 69 75 83 ausnciade dados</p><p>mtodo estatstico: mdias ajustadas</p><p>Fonte: Organizao Mundial da Sade (OMS), www.who.org Ate</p><p>lier d</p><p>e ca</p><p>rtog</p><p>raph</p><p>ie d</p><p>e Sc</p><p>ienc</p><p>es P</p><p>o, 2</p><p>012</p></li><li><p>Geografia 1a srie Volume 1</p><p>7</p><p>Leitura e anlise de mapa</p><p>Observe o mapa a seguir.</p><p>Atelier de Cartographie de Sciences Po. Mapa original (base cartogrfica com generalizao; algumas feies do territrio no esto representadas em detalhe; sem escala; sem indicao de norte geogrfico).</p><p>1. Responda, analisando o mapa, sem olhar para o ttulo e a legenda:</p><p>a) O que esse mapa est representando?</p></li><li><p>Geografia 1a srie Volume 1</p><p>8</p><p>b) O que representam os crculos? O que significam os crculos maiores? E os menores? Onde se concentram mais crculos?</p><p>c) O que representam as tonalidades de cor laranja no interior dos crculos? O que significa a tonalidade mais escura? E a mais clara?</p><p>d) Onde h a predominncia de crculos com tonalidades de cor laranja mais escuras?</p><p>2. Agora, considere os dados que o mapa apresenta:</p><p>a) Quais so as trs maiores aglomeraes urbanas da Amrica do Sul? Qual delas a mais populosa?</p><p>b) Quais so as trs maiores aglomeraes urbanas da sia? Qual a populao absoluta total em 2010 em cada uma dessas aglomeraes?</p></li><li><p>Geografia 1a srie Volume 1</p><p>9</p><p>c) Em quais regies do mundo o fenmeno das grandes aglomeraes urbanas mais represen-tativo? E onde ele menos representativo? Com base na anlise do mapa, o que mais voc considera importante comentar a respeito desse fenmeno?</p><p>d) Cite exemplos de grandes aglomeraes que tiveram crescimento mais rpido entre 1990 e 2010.</p><p>3. Esse mapa tem erros cartogrficos? Quais? Voc o considera um bom mapa? Justifique.</p><p>4. Qual o recurso cartogrfico utilizado e como aplicado para comunicar o tamanho das aglo-meraes urbanas? E qual o recurso (e como usado) para mostrar velocidades diferentes no crescimento dessas aglomeraes? Voc concorda que esses recursos compem a linguagem do mapa? Justifique.</p></li><li><p>Geografia 1a srie Volume 1</p><p>10</p><p>Leitura e anlise de mapa</p><p>Sob a orientao do seu professor, voc e seus colegas vo explorar os mapas apresentados nas pginas 11 e 12 e responder s questes a seguir:</p><p>1. O que esses mapas esto representando?</p><p>2. Quais so as diferenas entre os mapas apresentados e os mapas-mndi que voc est habituado a ver? Explique.</p><p>3. Esses quatro mapas apresentam semelhanas e diferenas.</p><p>a) Liste e explique algumas semelhanas.</p><p>b) Liste e explique algumas diferenas.</p></li><li><p>Geografia 1a srie Volume 1</p><p>11</p><p>Planisphre, projection Mercator, 2011. Atelier de Cartographie de Sciences Po. Disponvel em: . Acesso em: 5 nov. 2013. Mapa original (base cartogrfica com generalizao; algumas </p><p>feies do territrio no esto representadas em detalhe; sem indicao de norte geogrfico).</p><p>Projeo de Mercator </p><p>Escala no Equador:0 2 000 km</p><p>Proj</p><p>eo</p><p> Mer</p><p>cato</p><p>r</p><p>Carlos A. Furuti. Disponvel em: . Acesso em: 23 jul. 2013. Mapa original (sem escala; sem indicao de norte geogrfico).</p><p>Projeo de Peters </p></li><li><p>Geografia 1a srie Volume 1</p><p>12</p><p>Planisphre, projection Buckminster Fuller, 2011. Atelier de Cartographie de Sciences Po. Disponvel em: . Acesso em: 5 nov. 2013. Mapa original (base cartogrfica com </p><p>generalizao; algumas feies do territrio no esto representadas em detalhe).</p><p>Projeo de Buckminster Fuller </p><p>Projeo Buckminster Fuller</p><p>Planisphre, projection Bertin1950, 2011. Atelier de Cartographie de Sciences Po. Disponvel em: . Acesso em: 5 nov. 2013. Mapa original (base cartogrfica com generalizao; algumas </p><p>feies do territrio no esto representadas em detalhe; sem escala; sem indicao de norte geogrfico).</p><p>Projeo de Bertin, 1950</p><p>Proj</p><p>ectio</p><p>n J. </p><p>Bert</p><p>in, 1</p><p>950</p><p>Proj</p><p>ectio</p><p>n Bu</p><p>ckm</p><p>inst</p><p>er F</p><p>ulle</p><p>r</p></li><li><p>Geografia 1a srie Volume 1</p><p>13</p><p> Desafio!</p><p>Tendo como base o que foi apresentado pelo seu professor e as atividades que voc realizou, responda s questes a seguir.</p><p>1. Imagine uma fotografia de 6 x 8 cm retratando uma pessoa de 1,8 metro de corpo inteiro.</p><p>a) No que diz respeito s medidas, o que h em comum entre essa fotografia e um mapa?</p><p>b) Que nome se d, em Cartografia, a esse fator de reduo?</p><p>2. Um mapa-mndi foi reduzido 23 milhes de vezes. Isso quer dizer que a Terra 23 milhes de vezes maior que o mapa? Justifique.</p><p>3. Se uma pequena cidade tiver de ser representada em um mapa, ser preciso reduzir sua rea na mesma proporo em que necessrio reduzir o planeta para represent-lo em um mapa? Por qu?</p></li><li><p>Geografia 1a srie Volume 1</p><p>14</p><p>1. Leia o quadro a seguir.</p><p>Quadro descritivo das projees</p><p>Mercator</p><p>A deformao do tamanho das superfcies torna-se mxima prxima aos po-los. Essa projeo exagera visualmente a importncia territorial dos pases do Hemisfrio Norte, pois a maior poro das massas continentais dessa regio est localizada nas maiores latitudes, diferentemente das massas continentais do Hemisfrio Sul, que esto concentradas nas proximidades do Equador. </p><p>PetersEm comparao com a de Mercator: restabelece o tamanho correto das superfcies continentais e, com isso, revaloriza visualmente os pases do Hemisfrio Sul.</p><p>BertinFiel na relao entre os tamanhos das superfcies dos continentes, uma das boas solues para os mapas temticos, apesar de no ser to comum.</p><p>Buckminster Fuller</p><p>Centrada no Polo Norte, apresenta uma organizao dos continentesincomum quando comparada s outras projees.</p><p>a) A projeo de Buckminster Fuller mostra o mundo a partir do Polo Norte. Com base no qua-dro anterior e no mapa (p. 12), comente as implicaes disso para a representao do mundo.</p><p>Elaborado especialmente para o So Paulo faz escola.</p></li><li><p>Geografia 1a srie Volume 1</p><p>15</p><p>b) As outras trs projees (Mercator, Peters e Bertin) mostram o mundo a partir de onde?</p><p>2. Leia, a seguir, um pequeno texto sobre uma das projees apresentadas.</p><p>Projeo de Buckminster Fuller</p><p>A projeo Dymaxion, de Buckminster Fuller, foi concebida para permitir uma melhor com-preenso das questes humanas e pr em evidncia as relaes entre os diferentes povos. uma tentativa para encontrar a forma cartogrfica mais adequada para a poca das telecomunicaes em escala mundial, dos transportes intercontinentais, das interdependncias econmicas. Essa projeo reduz as distores habituais, fornece uma viso mais precisa das dimenses relativas dos territrios, dos oceanos e dos mares, e uma imagem menos hierarquizada do planeta.</p><p>Elaborado por Jaime Tadeu Oliva especialmente para o So Paulo faz escola.</p><p> Na passagem do texto em que se diz que essa projeo reduz as distores habituais, pode-se entender, ento, que ela no possui distores? Justifique.</p></li><li><p>Geografia 1a srie Volume 1</p><p>16</p><p>Carlos A. Furuti. Disponvel em: . Acesso em: 23 jul. 2013. Mapa original (sem indicao de norte geogrfico).</p><p>Leitura e anlise de mapa</p><p>Veja com ateno o mapa a seguir.</p><p>Projeo equidistante cilndrica ou equirretangular </p><p>1. Este mapa representa o mundo inteiro, com suas terras emersas e oceanos, em um espao de apenas 16 x 8 cm. Como isso possvel?</p><p>2. Agora, observe os traos verdes.</p><p>a) Voc vai notar que, apesar de eles serem do mesmo comprimento, varia a indicao de quilme-tros para cada um. Em qual regio se localizam os traos com valores mais baixos? E mais altos?</p></li><li><p>Geografia 1a srie Volume 1</p><p>17</p><p>b) H uma correspondncia entre o nmero de centmetros do trao verde, o nmero de quilmetros que est indicado nele e o tamanho do terreno que ele demarca? Explique.</p><p>c) Escolha dois traos verdes diferentes no mapa. Quanto vale cada centmetro no terreno, no ponto onde o trao escolhido foi traado?</p><p>3. Compare as seguintes informaes sobre dois mapas: o primeiro foi reduzido 23 milhes de vezes em relao ao terreno que representa (a Terra inteira, por exemplo); o segundo foi reduzido 10 mil vezes em relao a uma pequena cidade. Qual dos dois pode apresentar mais detalhes do terreno que representa? E se voc quiser inserir a pequena cidade no mapa que foi reduzido 23 milhes de vezes, como ela aparecer?</p><p>4. Por que as medidas variam na projeo equidistante?</p></li><li><p>Geografia 1a srie Volume 1</p><p>18</p><p>Leitura e anlise de mapa </p><p>Veja, com bastante ateno, os dois mapas a seguir:</p><p>SASI Group (University of Sheffield) and Mark Newman (University of Michigan). Disponvel em: . Acesso em: 5 nov. 2013. Mapa original.</p><p> SASI Group (University of Sheffield) and Mark Newman (University of Michigan). Disponvel em: . Acesso em: 5 nov. 2013. Mapa original.</p><p>Populao absoluta, 2000 </p><p>Mapa territorial de referncia </p></li><li><p>Geografia 1a srie Volume 1</p><p>19</p><p>1. Qual dos dois mapas est mais prximo dos mapas-mndi at agora apresentados? Quais so as principais diferenas entre o mapa mais incomum e os demais planisfrios j apresentados?</p><p>2. Com base no mapa Populao absoluta, 2000, responda s questes a seguir.</p><p>a) Quais so os pases mais populosos? </p><p>b) Quais blocos continentais (ou territrios de pases) esto bem alterados, no tamanho e na forma, ao se comparar esse mapa com outros, mais convencionais?</p><p>c) Esse tipo de representao chama-se anamorfose. Procure o significado dessa palavra e relacione-o com as formas do mapa.</p></li><li><p>Geografia 1a srie Volume 1</p><p>20</p><p>Leitura e anlise de grfico e mapa</p><p>Veja e analise as variveis visuais que podem ser utilizadas na elaborao de mapas, grficos etc.</p><p>Fonte: DURAND, M.-F. et al. Atlas de la mondialisation. dition 2008. Paris: Presses de Sciences Po, 2008. p. 13.</p><p>1</p><p>4 1 2 4x</p><p>y</p><p>As variveis visuais </p><p>tamanho</p><p>valor</p><p>e tambm</p><p>e tambm</p><p>e tambm</p><p>e tambm</p><p>granulao</p><p>cor</p><p>orientao</p><p>forma</p><p>2 dimensesdo plano</p><p>Segundo Jacques Bertin Beno</p><p>t M</p><p>ART</p><p>IN, dezem</p><p>bro </p><p>de 2</p><p>005</p><p>As variveis da imagem</p><p>As variveis de separao</p><p>1. Se quisermos mostrar quantidades em um mapa por exemplo, tamanho de populao ou dos volumes econmicos de comrcio , devemos usar quais variveis visuais, entre as que esto no grfico? Por qu?</p></li><li><p>Geografia 1a srie Volume 1</p><p>21</p><p>2. Quando o objetivo de um mapa for mostrar uma ordem, uma gradao por exemplo, do mais alto para o mais baixo (relevo), do mais quente para o mais frio (clima) ou do mais rico para o mais pobre (questes sociais) , qual varivel visual deve ser usada? Justifique.</p><p>3. E se quisermos expor em um mapa onde se localizam fenmenos diferentes por exemplo, recursos naturais distintos ou ti...</p></li></ul>