Cabo Verde e São Tomé e Príncipe

Download Cabo Verde  e São Tomé e Príncipe

Post on 10-May-2015

512 views

Category:

Documents

10 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

<ul><li>1.SoTom ePrncipeCabo Caic, 25 de maro de 2013Verde</li></ul><p>2. Localizao: Oeste dafrica (Pasinsular, arquiplagocomposto de 10 ilhas, 9delas habitadas, no OceanoAtlntico, a 640 km da costa da frica, e 22conselhos. Coordenadas geogrficas:14 55 00" N, 23 31 0"WNome Oficial: Repblica de Cabo Verde rea: 4.033 kmCapital: Cidade da Praia Data nacional: 5 de julhode 1975 (Independncia dePortugal). Nacionalidade: cabo- verdiana Governo: RepblicaParlamentarista 3. Aspectos Fsicos - GeogrficosGeologia e GeomorfologiaAs suas ilhas so de origem vulcnica e tm, por isso, orelevo muito acidentado e um aspecto ressequido e rido.Na maior parte das ilhas predominam as paisagensmontanhosas no interior, praticamente despidas devegetao, alternando com vales mais exuberantes, onde sepratica a agricultura. O litoral escarpado e de aparnciainacessvel. As guas territoriais de Cabo Verde ultrapassamos 600 mil km2, uma rea muitssimo superior dimenso doarquiplago.. 4. O arquiplago de Cabo Verde constitudo por dezilhas e oito ilhus, divididos em dois grandes gruposconsoante a posio face ao vento alseo donordeste: Grupo de BarlaventoFazem parte as ilhas de Santo Anto (754Km2), So Vicente (228 Km2), Santa Luzia (34Km2), So Nicolau (342 Km2), Sal (215 Km2), BoaVista (622 Km2) e os ilhus Raso e Branco . Grupo de SotaventoFazem parte as ilhas do Maio (267 km2), Santiago(992 km2), Fogo (477 km2), Brava (65 km2) e osilhus Secos ou de Rombo. 5. A ilha do Fogo, onde se encontra o vulco com o mesmonome, ainda ativo, apresenta o pico mais alto medindo2 882 metros e a rara paisagem de praias de areianegra.As ilhas do Sal, Boa Vista e Maio so planas e so asilhas onde se encontrar grandes extenses de praias deareia branca que contrasta com o azul intenso do mar. 6. ClimaDevido sua situao geogrfica, Cabo Verde integra ogrupo dos pases do Sahel e por isso apresenta um climarido e semi-rido, quente e seco, com escassa pluviometriae uma temperatura mdia anual de 25C. A poca das chuvassitua-se normalmente entre Julho e Outubro, muitas vezescom alguma irregularidade e perodos considerveis entreuma chuva e outra.Flora e FaunaA vegetao caracterizada por um contraste entre olitoral e as pistas de estepe expostas aos ventos midoscobertas com plantaes. As regies mais altas e as costastm pouca vida vegetal e so, de fato, quase estreis. Noentanto, existem algumas grandes reas de vegetaotropical luxuriante encontradas nos vales interiores.As principais espcies animais existentes so marinhas ouaves migratrias. H tambm muitos mariscos e tartarugas. 7. Um pouco da Histria de CaboVerde Foi descoberto pelos portugueses no sculo XV; Chegada dos primeiros colonos em 1462, na Ilha deSantiago fundando assim, a Ribeira Grande; Economicamente comeou a se destacar em torno dasplantaes de cana de acar; Ilhas tiveram um importante interesse estratgico.No sculo XVI, este arquiplago tornou-se num pontode escala dosbarcos portugueses, devido suaperfeita situao geogrfica. Agricultura, colonizao e ataques piratas; Com a queda da agricultura em meados do sculoXVIII, os cabo-verdianos comearam a emigrar paraoutros lugares. Angola, Moambique, Brasil Senegal; 8. CaboVerdeFonte : http://www.africa-turismo.com/mapas/cabo- 9. POPULAO IDH PIB 10. Economia Unidade MonetriaA moeda o Escudo Cabo-verdiano, estando indexada ao euro.As notas e moedas de escudos cabo-verdianos s podem sertrocadas em Cabo Verde. Produto Interno Bruto (PIB) per capita: $4,000(2011 ) $3,800 (2010 est.) $3,700 (2009 est.) Produto Interno Bruto (PIB): $2.04 bilhes (2011 est.)$1.938 bilhes (2010 est.)$1.836 bilhes (2009 est.) 11. Taxa de Crescimento doEconomiaPilares da PIB de Cabo Verde Agricultura ( maior parte consumo interno, mas com 12 pequenas exportaes, principalmente da banana e do caf. Cultiva-se, principalmente, o milho, feijo 10O sector industrial encontra-se em pleno batata-doce, cana-de-acar, caf). Pesca (a fauna marinha contribui a fabricao dedesenvolvimento, nomeadamente com a outra parte8aguardente, vesturiolagosta e atum constitui das exportaes). A e calado, tintas e vernizes, o6turismo, umapesca e as riquezas marinhas do tambm a das grandes conservas de pesca eextraco de sal e o artesanato. A banana, as pas, sendo exportado fresco e em conserva).4 conservas presentes nas ilhaspeixe e do Maio Salinas ( de peixe, ode Sal congelado, asPIBlagostas, o sal e as com a sua parcela nas principais contribuem tambm confeces so os2produtos exportados. exportaes, exportando o sal). Cana-de-acar ( muito cultivada base base da0 produo do 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2003 2004 "grogue", bebida destilada que tambm exportada para muitos pases). Turismo Fonte: Adaptado de http://www.africaneconomicoutlook.org/po/dados-e-estatisticas/tabela-2-taxas-de-crescimento-real-do-pib-2002-2012/ 12. Turismo Fonte: http://www.turismo.cv/portugues ehttp://www.portugalcaboverde.com/item2_detail.php?lang=1&amp;id_channel=33&amp;id_page=95&amp;id=100 13. Infra- Estrutura Petrleo - no possui quaisquer recursos petrolferosconhecidos, est completamente dependente das importaesde petrleo para o seu abastecimento de combustvel; Recursos hdricos - Cabo Verde apresenta menor dotao dafrica Subsariana, a gua extremamente escassa; Abastecimento de gua - Cerca de 70 por cento da populaotem acesso ao servio da gua. Tem as tarifas de gua maiscaras da frica - est entre as mais caras do mundo -superiores a trs dlares/m3; Energia - Cabo Verde alcanou uma elevada taxa deeletrificao que abrange 66% da populao; Telecomunicaes - A porcentagem da populao com telefonecelular aumentou de 17 %, em 2005, para 69%, em 2009. Em2005, apenas cinco pessoas em 100 eram utilizadores da 14. Estradas - Comparando com pases similares, CaboVerde possui uma densa rede rodoviria. Existem apenastrs ilhas com redes de estradas com mais de 100 km:Santiago, Santo Anto e Fogo. Portos - Todas as ilhas possuem portos que permitem oacesso martimo: nove no total, trs dos quais(Praia, Porto Grande e Porto da Palmeira) recebemtrfego internacional. Aeroportos - Cabo Verde tem atualmente, quatroaeroportos internacionais (Sal, Praia, Boa Vista e SoVicente), alm de trs aerdromos adicionais, estesltimos para o trafego nacional. 15. Cultura CaboverdianaA literatura cabo-verdiana uma das mais ricas da frica lusfonaQuanto s restantes artescabo-verdianas dominam, pintura, representada fundamentalmente por KikiLima e Danny Spnola; a fotografia de Tom Cardoso e Ronald Barbosa eo artesanato. A cermica, cestaria em canio, a tecelagem em algodo ea tapearia so reas expressivas privilegiadas pelos artesos locais.Tambm o barro vermelho, retratando o homem-tipo cabo-verdiano, merece meno especial.Da msica cabo-verdiana, significativamente inspirada na msicaportuguesa mas bem enraizada nas caractersticas musicaisafricanas, destacamos a morna que reflecte a realidade insular do povode Cabo Verde, o romantismo intoxicante dos seus trovadores e o amor terra (ter de partir e querer ficar), to bem representada por CesriavoraA cozinha de Cabo Verde uma cozinha bastante influenciada pelatradioculinriaportuguesa:lagostas,perceves, lapabzio, bafas, atum fresco etc... A base da cozinha popular o 16. Comrcio ExteriorExportaesAnalisando o perodo, 2010-2011, por zonas econmicas, constata-se quehouve uma evoluo positiva no montante das exportaes de Cabo Verdepara todas as zonas econmicas.A Europa continua sendo o maior cliente de Cabo Verde, apresentando94,4% do total das exportaesImportaesO continente europeu continua a ser o de exportao de Cabo Os principais produtos principal fornecedor deVerde, comVerdedo montante total registado nopeixe de 2011. ACabo 81,7% foram a conserva de perodovariao foi positiva de 25,4%.(45,4%), peixes, crustceos e moluscos (34,3No concernente aos restantes continentes, de salientar que a sia onico com variao negativa (-0,5%);vesturios (6,9importaes%), calados (10,6 %) e O peso do total das %).provenientes desse continente passou de 9,4% em 2010 para 7,7% em2011. A Amrica e a frica viram as suas exportaes para CaboVerde, aumentarem em 2011 de, respectivamente, 13,4% e 12,1%, quandocomparado com 2010. O peso das importaes provenientes dos doisltimos continentes foi de de Estatsticaamericano e 1,7% para oFonte: Instituto Nacional 8,0% para o de Cabo Verde 17. Problemas Ambientais em Cabo Verde Os resduos slidos so o maior problema ambiental deCabo Verde, mas h outros que podem crescerrapidamente tendo em conta as mudanas rpidas queocorrem nos hbitos de consumo no pas. A afirmao daministra do Ambiente, Habitao e Ordenamento doTerritrio cabo-verdiana, Sara Lopes. 18. Relaes de Cabo Verde com o BrasilAtravs do Porto cearense de "Mucuripe" soescoados, regularmente, os produtos siderrgicos dausina cearense que constituem o maior item deexportao Brasileira para Cabo Verde.E as relaes no se resumem a negcios. Elastendem a ser totais e cada vez mais intensas. Embreve, a Universidade Federal do Cear, parceira darecm criada Universidade de Cabo Verde, inauguraro Centro de Estudos Brasil/ Cabo Verde. Artistascearenses esto marcando presena em Cabo Verde 19. So Tom e Prncipe 20. Fonte: http://kley1984.no.comunidades.net/index.php?action=results&amp;poll_ident=499161 21. Localizao: As ilhas de So Tom e do Prncipe ficam situadas a cerca de 300 km da costa Ocidental de frica, maisconcretamente no Golfo da Guin, sendoatravessadas pelo EquadorCoordenadas geogrficas: A Ilha deSo Tom estende-se em latitude entre0 24 30 (no Morro Carregado) e 0 0 02 de latitude sul. A Ilha do Prncipe vai de 1 20 44,6 a1 32 0,971 norte. (3)Nome Oficial: Repblica Democrtica de So Tom e Prncipe rea: Tm uma rea total de 996km2, cabendo 875 km2 Ilha de So Tom e 139 km2 Ilha do Prncipe.Capital: So TomGoverno: Repblica SemipresidencialistaCidades Principais: Santo 22. Aspectos Fsicos Geogrficos GeologiaSo Tom e o Prncipe so duas ilhas de origem vulcnicaque se distanciam uma da outra cerca de 150 km. Orelevo muito acidentado com uma vegetao exuberantecortada por rios riachos. Clima O clima do tipo equatorial, quente e hmido, comtemperaturas mdias anuais que variam entre os 22 C eos 30 C. um pas com uma multiplicidade demicroclimas, definidos, principalmente, em funo dapluviosidade, da temperatura e da localizao.A temperatura varia em funo da altitude e do relevo.Humidade, nevoeiro frequente e chuva abundante so 23. VegetaoNa regio litoral, h vegetao composta de dunas e manguezais.H floresta densa hmida de baixa altitude (at cerca de 800 metros).Esta, na altura da sua descrio, estava j dominada porcacaueiros, cafeeiros, bananeiras e coqueiros -espcies cultivadaH floresta densa hmida de montanha (dos 800 aos 1400 metros dealtitude) e nela podemos encontrar rvores altas, com copa densa(dando a esta rea o aspecto de florestacerrada), fetos, lianas, musgos, lquenes e orqudeas.A rea de floresta de nevoeiro (a partir dos 1400 metros de altitude) caracterizada por temperaturas ainda mais baixas, forte precipitao eformao intensa de nevoeiro. Exemplo pinheiro-de-so-tom. 24. Um Pouco da Histria de So Tom e Prncipe Descobertas em 21 de Dezembro de 1470 por Joo de Santarm e ProEscobar. Desde o princpio que a explorao agrcola em So Tom e Prncipe secaracterizaram por uma agricultura de plantao. A cana de acar[1501] - O caf [1800] [O cacau 1822], tendo esta colnia portuguesachegado a ser o maior produtor do mundo, nos anos imediatos aps a IGuerra Mundial.Importante entreposto comercial de escravos capturados em todos ospases da regio do Golfo da Guin. E grande produtor de cana-de-acar. A produo de acar acaba devido concorrncia da produobrasileira. Mas a economia se ergue com as grandes plantaes de cacaue de caf. No final da dcada de 1870 assinou a abolio da escravatura. Em 12 de Julho de 1975 surgiu, assim, a Repblica Democrtica de SoTom e Prncipe como estado independente, com Manuel Pinto daCosta, lder do MLSTP, como Presidente da Repblica. Com a queda do muro de Berlim e do fim da guerra fria, o regimesocialista a principio adotado, foi derrubado com a aprovao por 25. PopulaoA populao de S. Tome e Prncipe resulta de uma mesclaque tal como a histria doarquiplagoseconfundem, descendentes de escravos vindos da frica eeuropeus nomeadamente portugueses. Censo ( 2012)187.356 habitantes Indce de Desenvolvimento Humano0, 508 26. Economia Unidade MonetriaA moeda so-tomense a dobra, abreviada em STD. Noscmbios atuais 1 USD dlar equivale a STD 13.636,86 e 1 equivale a STD 18.754,73 Pilares da EconomiaHoje, So Tom e Prncipe considerado um pas em viasdedesenvolvimento, cuja economia baseadaessencialmente no cultura do cacau, caf e na pesca. Sua economia baseia-se tambm no turismo e maisrecentemente na descoberta de jazidas de petrleo quesem dvida serviro para impulsionar o desenvolvimento dopas, especialmente com atual conjunctura economicamundial. 27. Turismo 28. CulturaA riqueza cultural de So Tom e Prncipe tem origem namiscigenao entre portugueses e nativos oriundos da costa doGolfo da Guin, Angola, Cabo Verde e Moambique.A riqueza arquitetnica reconhecida, so disso exemplo afortaleza de So Sebastio, a catedral de So Sebastio ou acatedral da Santa S (Igreja da S. As manifestaesreligiosas, com origem na Igreja Catlica, e as manifestaespags animam ruas e pessoas.Os contributos culturais vm tambm da pintura, escultura eartesanato e tambm da dana - Socop (s com o p), assua, Puita, Dano-Congo, Blig, Stleva, entre outras -, eencenaes - o Tchiloli, Auto de Floripes. 29. Infra-Estrutura Estradas So Tom e Prncipe possuem 320 km de estradas, deste total apenas 218 so pavimentadas. Aeroportos Possuem dois aeroportos, os quais no dispem de instalaes de armazenamento, sobretudo para mercadorias perecveis; Portos Possui trs portos, o principal situa-se na Baa de Ana Chaves, na costa oriental da ilha de So Tom. Eletricidade O fornecimento de energia chega apenas a cerca de metade da populao, gua - A gua mais barato do que a energia, mas o tipo de abastecimento ainda so os da poca colonialTelecomunicaes A cada 100 habitantes, 16,2 utilizamtelefone fixo, 11,5 utiliza celular e apenas 1.4 utilizaminternet; 30. Comrcio ExteriorAs exportaes de So Tom e Prncipe so baixas emvalor, tendo sido estimadas em 4,4 milhes de dlaresem 2007 pela Economist Intelligence Unit (EIU, Outubrode 2007).As importaes so em volume significativo, o queresultou num dfice da balana corrente estimado emcerca de 58 milhes de dlares em 2007 (EIU, Outubrode 2007).Principais bens importados petrleo, maquinaria eequipamentos.O cacau exportado para os Pases Baixos e para aBlgica, ao passo que uma pequena quantidade de outrosprodutos agrcolas tem por destino Gabo e Angola. 31. Relaes com o Brasil O principio das relaes com o Brasil comeou com otrafico de escravos, eram enviados milhares de cabeasanuais para as plantaes no Brasil;O Brasil assinou em fins de 2003 com o Governo de SoTom e Prncipe acordos de cooperao tcnica visandodesenvolver o setor petrolfero, de infra-estruturas paraa produo de equipamentos, a prestao de assessoria econsultoria tcnica, jurdica e econmica, assim como, oe...</p>