bruno marcello mendonça nascimento - ?· vinícius de moraes (poema de natal) ... arnaldo di...

Download Bruno Marcello Mendonça Nascimento - ?· Vinícius de Moraes (Poema de Natal) ... Arnaldo Di Lascio,…

Post on 17-Dec-2018

216 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Universidade Federal de Pernambuco

Bruno Marcello Mendona Nascimento

A Escola de Psiquiatria do Recife:

fundao e 1 sucesso -

de Ulysses Pernambucano a Jos Lucena.

Recife

2007

2

Bruno Marcello Mendona Nascimento

A Escola de Psiquiatria do Recife:

fundao e 1 sucesso -

de Ulysses Pernambucano a Jos Lucena.

Dissertao apresentada ao programa

de ps-graduao em neuropsiquiatria,

departamento de neuropsiquiatria,

centro de cincias da sade,

universidade federal de Pernambuco,

CCS UFPE.

Orientador: Prof. Dr. Othon Bastos

Recife

2007

3

Nascimento, Bruno Marcello Mendona A Escola de Psiquiatria do Recife: fundao e 1 sucesso de Ulysses Pernambucano a Jos Lucena / Bruno Marcello Mendona Nascimento. Recife: O Autor, 2007.

vii + 229 folhas: il., imagem. ; 30 cm .

Orientador: Othon Bastos Dissertao (mestrado) Universidade Federal

de Pernambuco. CCS. Neuropsiquiatria e Cincias do Comportamento, 2007.

Inclui bibliografia, apndices e anexo.

1. Escola de Psiquiatria. 2. Ulysses Pernambucano. 3. Jos Lucena. 4. Psiquiatria pernambucana. I. Bastos, Othon. II.Ttulo.

UFPE 616.8908134 CDD (20.ed.) CCS2012-031

4

5

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO

REITOR

Prof. Amaro Henrique Pessoa Lins

VICE-REITOR

Prof. Gilson Edmar Gonalves e Silva

PR-REITOR PARA ASSUNTOS DE PESQUISA E PS-GRADUAO

Prof. Ansio Brasileiro de Freitas Dourado

CENTRO DE CINCIAS DA SADE

DIRETOR

Prof. Jos Thadeu Pinheiro

HOSPITAL DAS CLNICAS

DIRETORA SUPERINTENDENTE

Prof. Helosa Mendona de Morais

DEPARTAMENTO DE NEUROPSIQUIATRIA E CINCIAS DO COMPORTAMENTO

Prof. Alex Caetano de Barros

PROGRAMA DE PS-GRADUAO EM NEUROPSIQUIATRIA

COORDENADOR

Prof. Marcelo Moraes Valena

VICE-COORDENADOR

Prof. Murilo Duarte Costa Lima

CORPO DOCENTE

Prof. Belmira Lara da Silveira Andrade da Costa

Prof. Everton Botelho Sougey

Prof. Gilson Edmar Gonalves e Silva

Prof. Hildo Rocha Cirne Azevedo Filho

Prof. Joo Ricardo de Oliveira

Prof. Luiz Atade Jnior

Prof. Marcelo Moraes Valena

Prof. Maria Carolina Martins Lima

Prof. Maria Lcia Simas

Prof. Murilo Duarte Costa Lima

Prof. Othon Bastos Filho

Prof. Raul Manhes de Castro

Prof. Sheva Maia da Nbrega

Prof. Wilson Farias Silva

6

DEDICATRIA

A meus pais, Marconi e Iale, que abdicaram de muito para me proporcionar

esta oportunidade; a Marcella e Caio, a vov Mercs, a meus amigos-irmos

Ruschansky e Jariss; assim como a todos os demais parentes e amigos que me

querem bem.

A Juliana, claro; a nica que enche a taa que me embriaga e sapateia de

tamancos em meu corao.

Ao mestre Othon Bastos, que me fez ver a humanidade da (na) psiquiatria.

Ao professor Ulysses Pernambucano, grande ser humano.

A todos os meus pacientes, que comigo compartilharam um pedao de suas

existncias.

Ao mestre Zeto (in memoriam) e queles que tm Pernambuco como aldeia e

aos pernambucanos de nascena ou afeio.

7

AGRADECIMENTOS

A meus colegas de residncia Edson Csar Silva, Slvia Helena Silva, Marta Victor, Lvia

Vasconcelos, Lara Ventura, Cntya Martins e Jos Vieira Filho; que comigo descortinaram os

primeiros horizontes psiquitricos. Especialmente a meu amigo Edson Csar, pela prontido

nas solicitaes de ajuda.

Aos psiquiatras desta terra, professores das minhas primeiras letras psiquitricas, alguns, hoje,

alm de professores, grandes amigos: Suzana Azoubel, Murilo Costa Lima, Antnio Peregrino,

Ktia Petribu, Jane Lemos, Gilvanice Noblat e particularmente aos professores Osmar Gouveia

de Melo, Jos Francisco de Albuquerque, Maria Cristina Cavalcanti de Albuquerque e Tcito

Medeiros, que se deixaram por mim entrevistar, muitas vezes me recebendo, de portas abertas,

em seus lares.

Aos componentes da minha banca examinadora, os professores Joo Alberto de Carvalho, Ivanor

Meira Lima e Everton Botelho Sougey; por mim escolhidos pelo valor cientfico e humano; cujas

observaes contriburam de modo significativo para que este trabalho tomasse uma forma

definitiva e estruturada. O que permanece inconsistente e amorfo por teimosia do autor.

A dois psiquiatras de outras terras, que tanto influenciam, pelo exemplo, em meu fazer

psiquitrico, ambos da Escola de Campinas: os professores Paulo Dalgalarrondo e Mrio

Eduardo Costa Pereira.

Ao Sr. Adailson Medeiros, pelos auxlios bibliogrfico/ iconogrfico e ao professor Vicente

Masip, pelas sugestes e comentrios, sempre pertinentes.

A todos que me auxiliaram na realizao deste trabalho.

8

EPGRAFE

Para isso fomos feitos:

Para lembrar e ser lembrados

Para chorar e fazer chorar

Vincius de Moraes (Poema de Natal)

Guardar uma coisa olh-la, fit-la, mir-la por admir-la, isto , ilumin-la ou ser por

ela iluminado...

Por isso se escreve, por isso se diz, por isso se publica...

Antnio Ccero (Guardar)

A memria em viglia alcana o solto

perpassar de episdios, uns futuros

e outros passados, vagos...

E tudo num refro atormentado:

memria, raciocnio, descalabro...

Jorge de Lima (Solilquio sem fim e rio revolto)

Nosso tema o homem todo em sua enfermidade (psquica)

Karl Jaspers (Psicopatologia Geral)

9

RESUMO

NASCIMENTO, Bruno M. M. A Escola de Psiquiatria do Recife: fundao e 1 sucesso

- de Ulysses Pernambucano a Jos Lucena. Recife, 2007. Dissertao de Mestrado

(Neuropsiquiatria), UFPE, 2007.

O presente trabalho investigou a existncia e descreveu a fundao de uma Escola

pernambucana de Psiquiatria, ou seja, de um conjunto de estudiosos que, trabalhando

em conjunto ou separadamente, compartilharam semelhantes preocupaes, interesses

e objetivos. Examinou seu surgimento, assim como esboou as principais caractersticas

e investigou a adequada nomenclatura propondo que seja conhecida como a Escola

de Psiquiatria (Social) do Recife (EPR). Situou o psiquiatra e professor Ulysses

Pernambucano como seu patrono e grande incentivador. A obra escrita do fundador da

Escola foi analisada em pormenores, contextualizando sua produo cientfica. A

atuao de Ulysses Pernambucano nos mais diversos campos do saber tambm foi

objeto de ateno e, deste modo, analisaram-se seus feitos como docente, psiclogo,

diretor de instituies, reformador dos servios de assistncia a doentes mentais no

estado de Pernambuco, pensador, homem de ao e, sobretudo, como criador de

Escola. Estabelecemos os marcos delimitatrios da fundao da Escola de Psiquiatria

do Recife (EPR); relatando suas caractersticas, princpios e vertentes. Adentramos no

percurso que chegou 1 sucesso na EPR; nomeando os continuadores da obra do

professor Ulysses Pernambucano, tanto na rea psiquitrica sensu strictu como nas

reas correlatas e afins; detendo-se, mais amide, sobre algumas das personagens que

o sucederam, tais como os psiquiatras e professores Gildo Neto, Arnaldo Di Lascio,

Luiz Cerqueira, Ren Ribeiro, Zaldo Rocha e Jos Otvio de Freitas Jr., at chegar

10

naquele que viria a assumir a Ctedra de Psiquiatria da Universidade Federal de

Pernambuco (UFPE) em 1953; o professor Jos Lucena. Sobre este, e a fim de revelar-

lhe o papel assumido; demos nfase a algumas particularidades e caracteres pessoais,

por meio de reviso histrica e relato (depoimento) de seus continuadores e discpulos;

e, de forma mais detalhada, examinamos sua obra, sua produo cientfica e o grau de

proximidade e vinculao desta com os trabalhos pioneiros de Ulysses Pernambucano,

estabelecendo sua filiao, em razo de afinidades de corpo terico doutrinrio, com

a EPR. Props-se uma nova ordenao da produo cientfica do professor Lucena,

trazendo dados novos como um reagrupamento dos trabalhos analisados, um

acrscimo no intuito classificatrio e uma atualizao do seu valor, luz da viso

psiquitrica atual. Concluiu-se este estudo com uma anlise e interpretao do material

estudado, com nfase no alcance e nas conseqncias de seus resultados, ressalvando

que, para tema to pouco trabalhado como objeto de pesquisa, qualquer considerao

conclusiva haveria de ser parcial, em virtude de sua prpria natureza e amplitude,

embora importante para ensejar novas abordagens sobre o tema.

Palavras-chave: Escola de Psiquiatria; Ulysses Pernambucano; Jos Lucena; Psiquiatria

pernambucana.

11

ABSTRACT

NASCIMENTO, Bruno M. M. The Escola de Psiquiatria do Recife: foundation and first

sucession - from Ulysses Pernambucano to Jos Lucena. Recife, 2007. Masters degree

Dissertation (Neuropsychiatry), UFPE, 2007.

The present work examined the existence and described the foundation of a

Pernambucan School of Psychiatry, in other words, of a group of scholars who

working together or separately, shared similar preoccupations, interests a