Brasil: da democracia à ditadura (1946-1964)

Download Brasil: da democracia à ditadura (1946-1964)

Post on 22-Dec-2014

1.280 views

Category:

Education

11 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Apresentao em PPT sobre a Terceira Repblica / Populismo no Brasil (1946-1964) - 9 ano.

TRANSCRIPT

<ul><li> 1. Brasil: da democracia ditadura (19461964) ESC O L A MU N IC IPAL D R . N EL C Y N O R O N HA ( 0 9 .1 8 .0 32) PR O F. D AN IL O D E L IM A R IO D E J AN EIR O N O VEM BR O / 2 013</li></ul><p> 2. O que democracia? E populismo? 3. Entendendo conceitos:Democracia No governo democrtico, h participao do povo por meio do voto secreto e universal. Existem vrios partidos polticos disputando as eleies, autonomia dos poderes (Executivo, Legislativo e Judicirio).Esse termo tambm se refere liberdade de pensamento e expresso, ao acesso dos cidados educao, sade, ao trabalho e justia.Populismo uma forma de governar em que o chefe de Estado se dirige diretamente ao povo de forma carismtica e utiliza vrios recursos para obter o apoio popular. 4. Com a deposio do Estado Novo de Vargas (1945), o Brasil respirava os ares da democracia. Surgiram partidos polticos, foram realizadas novas eleies e formada a Assembleia Constituinte que elaboraria a nova Constituio do pas.Imagem: Propaganda do Estado Novo (Brasil) / desconhecido / Creative Commons CC0 1.0 Universal Public Domain DedicationO perodo dos Governos Populistas no Brasil (1945-1964) marcado pelos presidentes: Eurico Gaspar Dutra, Getlio Vargas, Caf Filho, Juscelino Kubitschek, Jnio Quadros e Joo Goulart. Eles tiveram um carter populista pela imagem carismtica e pelo momento de efervescncia de alguns segmentos da sociedade. 5. Mundial Fim da Segunda Guerra Mundial. Incio da Guerra Fria: Estados Unidos X Unio Sovitica. Estabelecimento de reas de influncia. Medo do avano do comunismo para os pases capitalistas.Brasileiro Getlio Vargas deposto da Presidncia da Repblica. Elaborao da nova Constituio (1946). Crescimento econmico do pas. Empresrios cada vez acumulando mais Capital. Trabalhadores exigindo maiores direitos dos patres. 6. Os primeiros sinais de Democracia:Pela primeira vez na Histria do Brasil, os presidentes seriam eleitos pelo voto direto e secreto. Tambm foram consolidados os partidos polticos nacionais, no mais agremiaes em cada estado, como na Repblica Velha. Foram vrios os partidos criados, mas se destacaram a UDN Unio Democrtica Nacional, o PSD Partido Social-Democrtico e o PTB Partido Trabalhista Brasileiro.Vamos conhecer esses partidos... 7. A Unio Democrtica Nacional reunia os anti-getulistas, era um partido ideologicamente de direita, formado por empresrios, bacharis e membros da elite que defendiam ideias do liberalismo econmico e a abertura ao capital estrangeiro. A figura mais destacada da UDN era o jornalista Carlos Lacerda.O Partido Social democrtico era formado pelos antigos interventores do Estado Novo e era getulista. Tinha uma base eleitoral muito forte, longe dos grandes centros urbanos pas. As grandes figuras do PSD foram: Juscelino Kubitschek e Tancredo Neves. 8. O Partido Trabalhista Brasileiro era o partido de Brizola e Joo Goulart, criado por Vargas, detinha sua base eleitoral nos centros urbanos com apoio direto dos sindicatos, sua inteno era ganhar o voto dos operrios e dos mais pobres. Levavam consigo o mito do Pai dos Pobres para conquistar a classe trabalhadora.O Partido Comunista Brasileiro foi um partido de curta durao, pois foi colocado na clandestinidade pelo governo Dutra em 1947.PSPO Partido Social Progressista era o partido de Adhemar de Barros. Sua atuao partidria se restringia, na prtica, ao estado de So Paulo. 9. A nova Constituio Brasileira Elaborada sob o impacto do final da Segunda Guerra Mundial, a Constituio de 1946 foi a mais democrtica das cinco Constituies que o pas tivera at ento. 10. Suas principais caractersticas Possibilidade de cassar o registro de partidos considerados perigosos; estabelecia voto direto e secreto; garantia autonomia dos municpios e estados; assegurava o regulamentado);direitodegreve(emboraestefosseprevia ainda uma legislao especfica para a educao.Agora, vamos conhecer os presidentes e as caractersticas de cada governo...muito 11. O Governo de Eurico Gaspar Dutra (1946-1951)Imagem: GASPARDUTRA / Governo do Brasil/ Public Domain 12. Poltica Interna Pavimentao da rodovia Rio-So Paulo; instalao da Companhia Hidro Eltrica do So Francisco; elaborao do Plano Salte, que priorizava a sade, a alimentao, o transporte e a energia; nesse perodo houve grande aumento da inflao, diminuindo ainda mais o poder de compra do povo; fechamento dos cassinos e fim dos jogos de azar no Brasil; fechamento do Partido Comunista Brasileiro e cassao dos mandatos dos parlamentares deste partido.Poltica Externa Reforou os laos existentes entre o Brasil e os Estados Unidos, rompendo assim relaes com a Unio Sovitica. Dizia-se na poca: tudo que era bom para os Estados Unidos era bom para o Brasil; Criou incentivos que favoreceram a instalao de grandes empresas estrangeiras no pas. 13. Imagem: Photograph of President Truman and Brazilian President Eurico Dutra sampling a birthday cake decorated with Brazilian... - NARA 200122/ Abbie Rowe / Public DomainImagem: Eurico Gaspar Dutra / Agncia Brasil / Creative Commons License Attribution 3.0 Brazil 14. O Governo de Getlio Vargas (1951-1954) Imagem: Getulio Vargas (1930) / Governo do Brasil / Public Domain 15. A rdio era um timo veculo para comunicar-se com o povo e Vargas soube us-lo a seu favor, criando jingles, que iam das marchinhas carnavalescas s marchas militares... Vamos cantar um jingle da campanha de Vargas!O que Jingle? Jingle um termo ingls cujo significado refere-se msica composta para promover uma marca ou um produto em publicidades de rdio ou televiso. Fonte: http://www.significados.com.br/jingle/ Acesso em:23/06/2012A Histria em debate: Qual seria o significado dos versos Bota o retrato do velho outra vez / Bota no mesmo lugar?Bota o retrato do velho outra vez Bota no mesmo lugar Bota o retrato do velho outra vez Bota no mesmo lugar O sorriso do velhinho Faz a gente trabalhar O sorriso do velhinho Faz a gente trabalhar Eu j botei o meu E tu, no vai botar? J enfeitei o meu E tu, vais enfeitar ? O sorriso do velhinho Faz a gente se animar. 16. A volta de Vargas.... Em 1951, Getlio Vargas retornou presidncia da Repblica, dessa vez por meio do voto popular. Vargas se candidatou pelo PTB e recebeu apoio do Partido Social Progressista (PSP), vencendo o pleito de 1950 com 48,7% dos votos. O segundo mandato presidencial de Getlio Vargas foi marcado por importantes iniciativas nas reas social e econmica. Fonte: UOL Educao http://educacao.uol.com.br/historia-brasil/governo-vargas-1951-1954-suicidio-de-getulio-pos-fim-aera-vargas.jhtm Acesso em 22/06/2012Vargas retornava ao Palcio do Catete nos braos do povo. Agora, eleito pelo voto popular, direto e secreto. 17. Caractersticas e fatos do Governo VargasNacionalismo e Intervencionismo. Trabalhismo. Populismo classe.edominaodeModernizao Acelerada. Campanha O Petrleo Nosso.BRCriao da Petrobrs. Criao do Nacional de Econmico).BNDE (Banco DesenvolvimentoPETROBRAS 18. Crise Poltica: Atentado da Rua Toneleros Polticos da UDN e jornalistas de oposio acusavam Vargas e seu governo de corrupo. Na noite de 5 de agosto de 1954, na Rua Toneleros (RJ), o lder oposicionista Carlos Lacerda foi vtima de um atentado. Este, escapou com um tiro no p, mas seu amigo, o major Rubem Vaz da Aeronutica, morreu. crise poltica desestabilizou o governo Vargas. As investigaes indicaram que o assassino cumpria ordens de Gregrio Fortunato, chefe da guarda pessoal de Vargas. O crime teve grande repercusso contra o governo de Getlio Vargas, aumentou as crticas da oposio e os militares exigiram a sua renncia. No dia 24 de agosto de 1954, no Palcio do Catete, escreveu uma cartatestamento endereada ao povo brasileiro e suicidou-se com um tiro no corao. 19. Na noite que antecede o trgico final, Vargas rene seu ministrio para avaliar a real situao, quela altura, j muito grave. Ouvidos os seus colaboradores, aceita licenciar-se at que o inqurito estivesse concludo. Naquela madrugada do dia 23 para 24 de agosto, o pas tomou conhecimento da deciso do presidente. Poucas horas separaram este comunicado da notcia que Vargas recebeu, de que os generais no aceitavam a soluo da licena. Ou renunciava ou seria deposto. Fonte: http://cpdoc.fgv.br/producao/dossies/AEraVargas2/artigos/CrisePolitica/Suicidios 8:30 do dia 24 de agosto, Getlio Vargas, presidente do Brasil por 19 anos, com uma carta-testamento e um tiro no corao, cumpre com o que teria prometido durante a crise: "Se me quiserem depor, s encontraro o meu cadver". Fonte: http://cpdoc.fgv.br/producao/dossies/AEraVargas2/artigos/CrisePolitica/Suicidio 20. Imagem: Replica da Carta Testamento de Getulio Vargas-Nova Petropolis / Ironman br / Creative Commons Attribution-Share Alike 3.0 UnportedImagem: GetulioVargasPijamaRevolver / Yanguas / Public Domain 21. O Governo de Caf Filho (1954-1955) Imagem: Cafe Filho/ Governo do Brasil/ Public Domain 22. Aps o suicdio de Vargas, a presidncia foi assumida durante 17 meses por Caf Filho (vice-presidente), que se afastou por motivos de sade. Em seguida, a presidncia passou para Carlos Luz (presidente da Cmara dos Deputados), que foi deposto pelo movimento de 11 de Novembro (golpe militar), sendo sucedido por Nereu Ramos (presidente do Senado). Presidente Carlos Luz, deposto pelo Movimento de 11 de Novembro refugia-se no Cruzador Tamandar.Aps o afastamento de Luz, Nereu Ramos toma posse na Presidncia da Repblica. 23. O suicdio de Vargas fez com que a breve presena de Caf Filho na presidncia fosse marcada por uma grande instabilidade. Para acalmar as tenses dessa poca, o novo presidente saiu aos meios de comunicao prometendo assumir os compromissos firmados por seu antecessor. Entretanto, a presso poltica exercida pelos setores de oposio fez com que Caf Filho permitisse a entrada de polticos udenistas em seu novo gabinete ministerial. Os grandes problemas econmicos da poca (a inflao e o dficit da balana comercial) foram combatidos atravs da limitao do crdito, a reduo das despesas pblicas, a criao de uma taxa nica de energia eltrica e a reteno automtica do imposto de renda sobre os salrios. Alm disso, para buscar apoio junto aos parlamentares na aprovao de tais medidas, Caf Filho declarou que seu governo tinha carter provisrio e no tinha maiores pretenses polticas. Fonte: http://www.brasilescola.com/historiab/cafe-filho.htm 24. O Governo de Juscelino Kubitschek (1956-1961) Imagem: Juscelino/ Governo do Brasil/ Public Domain 25. Vamos cantar mais um jingle!Gigante pela prpria natureza h 400 anos a dormir so 21 estados, so teus filhos a chamar agora vem lutar, vamos trabalhar. Queremos demonstrar ao mundo inteiro e a todos que nos querem dominar que o Brasil pertence aos brasileiros, e um homem vai surgir para trabalhar. Aparece como estrela radiosa neste cu azul de anil o seu nome uma bandeira gloriosa pra salvar este Brasil.Juscelino Kubitschek o homem vem de Minas das bateias do serto Juscelino, Juscelino o homem Que alm de patriota nosso irmo. Brasil, vamos para as urnas Povo democrata, gente varonil Juscelino, Juscelino, Juscelino, Para presidente do Brasil!A Histria em debate: De que forma o Brasil descrito? Qual a relao entre o Brasil e a imagem de Juscelino? 26. Cinquenta anos em cinco No incio de seu governo, JK apresentou ao povo brasileiro o seu Plano de Metas, cujo lema era cinquenta anos em cinco.O Plano de Metas consistia no investimento em reas prioritrias para o desenvolvimento econmico, principalmente, infraestrutura (rodovias, hidreltricas, aeroportos) e indstria. Principais acontecimentos do Governo JK: Construo de estrada (Belm-Braslia) e usinas (Furnas, Trs Marias). Construo de Braslia (1960). Implantao da indstria automobilstica. Emprstimos endividamento externo. Urbanizao intensa e desordenada. Criao da SUDENE. Inflao e concentrao de renda. 1960 Rompimento com FMI. 27. Imagem: 0741 NOV B 05 Esplanada dos Ministerios Brasilia DF 03 09 1959/ Unknown/ GNU Free Documentation LicenseImagem: Rodovia BR 153 Trecho Tocantins Brasil 01/ Samuel Peixoto/ Public Domain 28. Anos Dourados O governo de Juscelino Kubitschek recebeu esse ttulo devido a rpida industrializao na dcada de 50, a construo de Braslia e a um momento de prosperidade que atingiu a elite e a classe mdia. Os anos dourados estavam associados ao esprito otimista e inovador do perodo: Com a popularizao dos meios de comunicao, como o rdio e a televiso, vrios artistas se destacaram; As msicas mais populares eram as marchinhas e o samba-cano. Surge o movimento musical da bossa nova; O cinema e o teatro tambm participaram desse processo; O Brasil conquista sua primeira copa do mundo em 1958 na Sucia. 29. O Governo de Jnio Quadros (1961) Imagem: Janio Quadros/ Govero do Brasil/ Public Domain 30. Varre, varre, varre, varre vassourinha! Varre, varre a bandalheira! Que o povo j t cansado De sofrer dessa maneira Jnio Quadros a esperana desse povo abandonado! Jnio Quadros a certeza de um Brasil, moralizado! Alerta, meu irmo! Vassoura, conterrneo! Vamos vencer com Jnio! (Jingle da Campanha de Jnio a Presidncia) Imagem: Janio1/ Agncia Brasil/ Creative Commons License Attribution 3.0 BrazilA Histria em debate: Qual a ideia central do jingle? O que Jnio Quadros representa para o povo? 31. O breve governo de Jnio Quadros Sua gesto durou apenas sete meses e foi muito contraditria. Adotou uma poltica econmica e externa que desagradou profundamente os polticos que o apoiavam. Na rea econmica, foi conservador, seguindo as medidas do FMI (Fundo Monetrio Internacional). Congelou salrios, restringiu crditos e desvalorizou a moeda nacional, o Cruzeiro, em 100%. Porm, no conseguiu acabar com a inflao. Tomou algumas medidas polmicas: condecorou com a ordem do Cruzeiro do Sul o ministro cubano Ernesto Che Guevara, proibiu as brigas de galo, o lana-perfume e o uso de biqunis em desfiles de beleza. Diante de suas aes, perdeu apoio poltico e Carlos Lacerda foi televiso o acusar de abrir as portas do Brasil ao comunismo. Sem apoio poltico, Jnio renuncia afirmando que foras terrveis o haviam levado a tomar aquele gesto.Imagem: Jnio/ Agncia Brasil/ Creative Commons Attribution 3.0 Brazil 32. O Governo de Joo Goulart (1961-1964) Imagem: Jango/ Governo do Brasil/ Public Domain 33. Campanha da legalidade e posse Aps a renncia de Jnio Quadros, os militares e lderes da UDN tentaram impedir a posse do vice-presidente Joo Goulart, o acusando de ser um perigoso comunista. Com a posse de Joo Goulart, formou-se dois grupos polticos, um favorvel e outro contrrio ao seu governo. Leonel Brizola, (cunhado de Jango) e outros polticos da poca organizaram a chamada Campanha da Legalidade, em que utilizavam os meios de comunicao para obter apoio posse de Joo Goulart. Diante dessas divergncias polticas, a soluo encontrada pelo Congresso Nacional foi estabelecer o sistema Parlamentarista (o presidente exerce a funo de chefe de Estado e o primeiro-ministro, seria o chefe de governo). A emenda constitucional que estabeleceu o parlamentarismo previa que esse sistema de...</p>