book orçamento

Download Book Orçamento

Post on 26-Jun-2015

286 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

[Digite texto]

CURSO: MATEMTICA FINANCEIRA: ENSINO E EMPRESARIAL DISCIPLINA: ANLISE DE INVESTIMENTOS TIR E VPL PROF. MS. CYNTHIA CNDIDA CORRA

FACULDADE DE CINCIAS CONTBEIS E ADMINISTRAO DO VALE DO JURUENA Ps-Graduao Lato Sensu em MATEMTICA FINANCEIRA: ENSINO E EMPRESARIAL Prof. MS. CYNTHIA CANDIDA CORREA

APRESENTAO

EMENTA: Critrios de classificao de investimentos: VPL, TIR, Payback, ILL, Break Even. Anlise de viabilidade econmica. Anlise de sensibilidade. rvore de deciso. Seleo de projetos. Oramento: Viso condensada do plano geral da empresa. Estimativa dos resultados futuros esperados. Execuo de oramento. ndices de rentabilidade, eficincia e produtividade.

Av. Gabriel Muller, 1065 Modulo 01 Juina MT CEP 78320-000 www.ajes.edu.br ajes@ajes.edu.br Todos os direitos reservados aos autores dos artigos contidos neste material didtico. De acordo com a Lei dos Direitos Autorais 9610/98.

2

FACULDADE DE CINCIAS CONTBEIS E ADMINISTRAO DO VALE DO JURUENA Ps-Graduao Lato Sensu em MATEMTICA FINANCEIRA: ENSINO E EMPRESARIAL Prof. MS. CYNTHIA CANDIDA CORREA

SUMRIO

1. ORAMENTO 1.2 ORAMENTO OPERACIONAL 1.2.1 Oramento de Vendas 1.2.2 Oramento de Produo 1.2.3 Oramento de matria-prima 1.2.4 Oramento de mo-de-obra 1.2.5 Oramento de custos indiretos de fabricao 1.3 ORAMENTO FINANCEIRO 1.3.1 Oramento de caixa 1.3.1.1 Gastos, investimentos, custos, despesas e perdas 1.3.1.2 Custeio de produtos e servios 1.3.1.3 Demonstraes Contbeis projetadas 1.3.2 Oramento de Capital 1.3.2.1 Conceitos 2. MTODOS E TCNICAS DE AVALIAO DE INVESTIMENTOS 2.1.1 Taxa Mdia de Retorno - TMR 2.1.2 O perodo de payback 2.1.3 Mtodo do Valor Presente Lquido - VPL 2.1.4 Mtodo da Taxa Interna de Retorno TIR 3. MTODOS DE AVALIAO AJUSTAMENTO INCERTEZA E AO RISCO 3.1 ANLISE DE SENSIBILIDADE 3.2 RVORE DE DECISO 4. NDICES FINANCEIROS 4.1 ndices de Liquidez 4.2 ndices de Rentabilidade 4.3 ndices de Produtividade EXERCCIOS REFERNCIAS

Av. Gabriel Muller, 1065 Modulo 01 Juina MT CEP 78320-000 www.ajes.edu.br ajes@ajes.edu.br Todos os direitos reservados aos autores dos artigos contidos neste material didtico. De acordo com a Lei dos Direitos Autorais 9610/98.

3

FACULDADE DE CINCIAS CONTBEIS E ADMINISTRAO DO VALE DO JURUENA Ps-Graduao Lato Sensu em MATEMTICA FINANCEIRA: ENSINO E EMPRESARIAL Prof. MS. CYNTHIA CANDIDA CORREA

1. ORAMENTO Oramento o plano financeiro estratgico de uma administrao para determinado exerccio. Aplica-se tanto ao setor governamental quanto ao privado. O oramento deriva do processo de planejamento da gesto. A administrao de qualquer entidade pblica ou privada, com ou sem fins lucrativos, deve estabelecer objetivos e metas para um perodo determinado, materializados em um plano financeiro, isto , contendo valores em moeda, para o devido acompanhamento e avaliao da gesto Talvez o oramento seja o documento mais importante produzido pela empresa em seu processo de planejamento, requerem a especificao e a estimativa de suposies e previses relevantes. O futuro um alvo mvel e um oramento adequado deve demonstrar tal incerteza e risco. Os oramentos so usados para monitorar e controlar operaes e atividades. O processo de previso oramentria deve gerar um projeto capaz de distinguir os eventos controlveis daqueles incontrolveis. Refletem o nvel de planejamento e o perodo de tempo envolvido, geralmente anual, mas que tambm pode ser mensal, trimestral, plurianual, etc. O planejamento estratgico representa o nvel mais alto e desenvolvido pela alta administrao, usando uma abordagem de cima para baixo. Os planos estratgicos so desenvolvidos para implementar as metas e objetivos de longo prazo. Os planos tticos so preparados simultaneamente aos estratgicos e especificam que tcnicas e ferramentas sero usadas para atingir os objetivos estratgicos. Elaborados com uma abordagem de baixo para cima, abrangem um horizonte menor. Eles so mais detalhados do que os planos estratgicos e costumam ser preparados pelos departamentos responsveis pela atividade em questo. O planejamento estratgico abrange a empresa como um todo, enquanto o ttico descreve como cada um dos departamentos espera agir para atingir os objetivos e metas estratgicas. O ideal que o oramento flua naturalmente a partir de um processo de elaborao bem coordenado. Sua empresa deve desenvolver planos estratgicos e tticos integrados ao processo de previso oramentria. Para cada plano deve haver um oramento correspondente, e as informaes devem fluir livremente entre eles. Faz-se um planejamento tanto de baixo para cima quanto de cima para baixo. Planos estratgicos so elaborados pela alta administrao e enviados para os nveis mais baixos, para que sejam implementados. As implementaes, ou os planos tticos, so apresentados na forma de oramentos individuais que, consolidados, iro compor o oramento geral. O oramento o plano financeiro para implementar a estratgia da empresa para determinado exerccio. mais que uma simples estimativa, pois deve estar baseado no compromisso dos gestores em termos de metas a serem alcanadas. O oramento surge como sequencia do plano estratgico, permitindo focar e identificar, num horizonte menor, de um exerccio fiscal, as suas aes mais importantes. O oramento geral no na verdade um nico oramento, mas sim um compndio de vrias unidades menores.ORAMENTOS OPERACIONAIS ORAMENTO GERAL ORAMENTOS FINANCEIROS OU DE INVESTIMENTOS

Av. Gabriel Muller, 1065 Modulo 01 Juina MT CEP 78320-000 www.ajes.edu.br ajes@ajes.edu.br Todos os direitos reservados aos autores dos artigos contidos neste material didtico. De acordo com a Lei dos Direitos Autorais 9610/98.

4

FACULDADE DE CINCIAS CONTBEIS E ADMINISTRAO DO VALE DO JURUENA Ps-Graduao Lato Sensu em MATEMTICA FINANCEIRA: ENSINO E EMPRESARIAL Prof. MS. CYNTHIA CANDIDA CORREA

O oramento operacional, ou de curto prazo, que envolve todo o plano de operaes da empresa, com a discriminao das receitas, despesas e custos, compe-se dos oramentos de vendas, produo e despesas operacionais que so instrumentos de apoio. O oramento operacional orientado pelos objetivos e metas propostas para a empresa, por meio de sua administrao. J o Oramentos Financeiros ou de investimentos, estratgico, de longo prazo, com o oramento de capital, que analisa as alternativas de investimento de que dispe a empresa para implantar ou expandir a sua capacidade de produo ou comercializao. E o oramento de caixa, com a demonstrao do resultado do exerccio projetado e o balano patrimonial projetado. parte integrante de um estudo denominado viabilidade tcnico-econmico-financeira. Constitui a etapa de viabilidade financeira. Estabelecidos os cenrios econmicos e as premissas bsicas desenvolve-se a fase de projees e simulaes de resultados. 1.2 ORAMENTO OPERACIONAL O oramento operacional consiste em oramentos de vendas, de produo, de matria-prima, de mo-de-obra direta e de custos indiretos da empresa. 1.2.1 Oramento de Vendas Essa etapa cuida da definio do output da organizao. A finalidade do Oramento de Vendas determinar a quantidade e o valor total dos produtos a vender, bem como calcular os impostos, a partir de projees de vendas elaboradas pelas unidades de vendas e/ou executivos e especialista em marketing. A preparao de um oramento de vendas o primeiro passo para elaborar um oramento geral. O oramento de vendas deve conter uma previso das vendas em um dado horizonte de planejamento relevante. A previso de vendas preparada primeiro, pois as vendas influem na maior parte dos outros itens do oramento. Os gestores desejam atuar de maneira a minimizar erros nas projees do plano, mas algumas variveis so especialmente crticas nesse sentido. Estimativas superdimensionadas em termos de quantidades a vender trazem conseqncias desastrosas sobre o capital de giro, com variao desfavorvel nos estoques e endividamento. Por outro lado, projees subestimadas provocam a perda da oportunidade de venda e, o que pior, possibilitam avano da concorrncia, conseqncia que nem sempre possvel avaliar e mensurar. Dessa maneira, o foco de anlise sobre o plano de marketing atrai o interesse no apenas dos profissionais diretamente envolvidos, mas de toda a entidade. H trs passos a seguir na previso de vendas: 1. Estimar a quantidade de unidades vendidas no perodo coberto pelo oramento. 2. Calcular o preo unitrio de venda 3. Determinar a receita gerada pelas vendas, multiplicando-se as unidades vendidas pelo preo unitrio. Para calcular o melhor preo de venda, empregam-se dados empresariais histricos, dados industriais e relaes entre a oferta e a procura. Um dos elementos bsicos para a formao do preo a utilizao do Mark-up que um ndice, multiplicador ou divisor, que, aplicado ao custo do produto fornece o preo de venda, ou seja, uma porcentagem que ser adicionada ao custo para que seAv. Gabriel Muller, 1065 Modulo 01 Juina MT CEP 78320-000 www.ajes.edu.br ajes@ajes.edu.br Todos os direitos reservados aos autores dos artigos contidos neste material didtico. De acordo com a Lei dos Direitos Autorais 9610/98.

5

FACULDADE DE CINCIAS CONTBEIS E ADMINISTRAO DO VALE DO JURUENA Ps-Graduao Lato Sensu em MATEMTICA FINANCEIRA: ENSINO E EMPRESARIAL Prof. MS. CYNTHIA CANDIDA CORREA

chegue ao preo de venda desejado. Esse ndice deve cobrir os impostos e as taxas sobre as vendas, despesas administrativas, as despesas de vendas e o lucro. Tabela 01: Oramento de Vendas da Empresa XPreviso unidades de vendas, em Ano 1 12.000 R$ 22 R$ 264.000 Ano 2 15.000 R$ 24,5 R$ 367.500 Ano 3 18.000 R$ 24,5 R$ 441.000 Ano 4 25.000 R$ 27 R$ 675.000

Preo unitrio de venda Vendas totais

1.2.2 Oramento de Produo Levando em considerao o tipo de entidade que opera com produto tangvel, com processo de fabricao, o plano de produo, suprimentos e estocagem consiste na etapa que deve disponibilizar os produtos que sero comercializados. Portanto, elaborado o oramento de ve