book geo spfe 2014 8s cp vol1 ?· do material do são paulo faz escola nos resultados da rede, por...

Download BOOK GEO SPFE 2014 8S CP vol1 ?· do material do São Paulo Faz Escola nos resultados da rede, por meio…

Post on 08-Nov-2018

221 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 8a SRIE 9oANOENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAISCaderno do ProfessorVolume 1

    GEOGRAFIACincias Humanas

  • MATERIAL DE APOIO AOCURRCULO DO ESTADO DE SO PAULO

    CADERNO DO PROFESSOR

    GEOGRAFIAENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS

    8a SRIE/9o ANOVOLUME 1

    Nova edio

    2014-2017

    GOVERNO DO ESTADO DE SO PAULO

    SECRETARIA DA EDUCAO

    So Paulo

  • Governo do Estado de So Paulo

    Governador

    Geraldo Alckmin

    Vice-Governador

    Guilherme Afif Domingos

    Secretrio da Educao

    Herman Voorwald

    Secretrio-Adjunto

    Joo Cardoso Palma Filho

    Chefe de Gabinete

    Fernando Padula Novaes

    Subsecretria de Articulao Regional

    Rosania Morales Morroni

    Coordenadora da Escola de Formao e Aperfeioamento dos Professores EFAP

    Silvia Andrade da Cunha Galletta

    Coordenadora de Gesto da Educao Bsica

    Maria Elizabete da Costa

    Coordenadora de Gesto de Recursos Humanos

    Cleide Bauab Eid Bochixio

    Coordenadora de Informao, Monitoramento e Avaliao

    Educacional

    Ione Cristina Ribeiro de Assuno

    Coordenadora de Infraestrutura e Servios Escolares

    Ana Leonor Sala Alonso

    Coordenadora de Oramento e Finanas

    Claudia Chiaroni Afuso

    Presidente da Fundao para o Desenvolvimento da Educao FDE

    Barjas Negri

  • Senhoras e senhores docentes,

    A Secretaria da Educao do Estado de So Paulo sente-se honrada em t-los como colabo-

    radores nesta nova edio do Caderno do Professor, realizada a partir dos estudos e anlises que

    permitiram consolidar a articulao do currculo proposto com aquele em ao nas salas de aula

    de todo o Estado de So Paulo. Para isso, o trabalho realizado em parceria com os PCNP e com

    os professores da rede de ensino tem sido basal para o aprofundamento analtico e crtico da abor-

    dagem dos materiais de apoio ao currculo. Essa ao, efetivada por meio do programa Educao

    Compromisso de So Paulo, de fundamental importncia para a Pasta, que despende, neste

    programa, seus maiores esforos ao intensificar aes de avaliao e monitoramento da utilizao

    dos diferentes materiais de apoio implementao do currculo e ao empregar o Caderno nas aes

    de formao de professores e gestores da rede de ensino. Alm disso, firma seu dever com a busca

    por uma educao paulista de qualidade ao promover estudos sobre os impactos gerados pelo uso

    do material do So Paulo Faz Escola nos resultados da rede, por meio do Saresp e do Ideb.

    Enfim, o Caderno do Professor, criado pelo programa So Paulo Faz Escola, apresenta orien-

    taes didtico-pedaggicas e traz como base o contedo do Currculo Oficial do Estado de So

    Paulo, que pode ser utilizado como complemento Matriz Curricular. Observem que as atividades

    ora propostas podem ser complementadas por outras que julgarem pertinentes ou necessrias,

    dependendo do seu planejamento e da adequao da proposta de ensino deste material realidade

    da sua escola e de seus alunos. O Caderno tem a proposio de apoi-los no planejamento de suas

    aulas para que explorem em seus alunos as competncias e habilidades necessrias que comportam

    a construo do saber e a apropriao dos contedos das disciplinas, alm de permitir uma avalia-

    o constante, por parte dos docentes, das prticas metodolgicas em sala de aula, objetivando a

    diversificao do ensino e a melhoria da qualidade do fazer pedaggico.

    Revigoram-se assim os esforos desta Secretaria no sentido de apoi-los e mobiliz-los em seu

    trabalho e esperamos que o Caderno, ora apresentado, contribua para valorizar o ofcio de ensinar

    e elevar nossos discentes categoria de protagonistas de sua histria.

    Contamos com nosso Magistrio para a efetiva, contnua e renovada implementao do currculo.

    Bom trabalho!

    Herman VoorwaldSecretrio da Educao do Estado de So Paulo

  • SUMRIOOrientao sobre os contedos do volume 5

    Situaes de Aprendizagem 12

    Situao de Aprendizagem 1 Relaes entre espao geogrfico e globalizao 12

    Situao de Aprendizagem 2 Diferenas regionais na era da globalizao 23

    Situao de Aprendizagem 3 As possibilidades de regionalizao do mundo contemporneo 31

    Situao de Aprendizagem 4 Os principais blocos econmicos supranacionais 43

    Situao de Aprendizagem 5 A Declarao Universal dos Direitos Humanos 61

    Situao de Aprendizagem 6 A Organizao das Naes Unidas (ONU) 68

    Situao de Aprendizagem 7 A Organizao Mundial do Comrcio 79

    Situao de Aprendizagem 8 O Frum Social Mundial 86

    Propostas de Situaes de Recuperao 93

    Recursos para ampliar a perspectiva do professor e do aluno para a compreenso do tema 93

    Consideraes finais 100

    Quadro de contedos do Ensino Fundamental - Anos Finais 101

    Gabarito 102

  • 5

    Geografia 8 srie/9ano Volume 1

    Prezado(a) professor(a),

    A 8a srie/9o ano do Ensino Fundamental um momento muito importante na vida do aluno, pois representa o trmino de uma etapa carregada de significados e simbologias. O En-sino Fundamental o acompanhou da infncia ao incio da adolescncia. Agora, o estudante vislumbra outros caminhos e novas possibili-dades ao terminar mais uma fase de sua for-mao para ingressar no Ensino Mdio ou em algum curso tcnico. O contedo de Geografia nesta srie abre os horizontes do aluno para que desvende a realidade em que vive, plena de novas informaes e que vai bem alm da di-menso do seu lugar, da sua regio.

    Iniciamos, portanto, com o estudo da amplia-o, em escala global, das relaes humanas, que pode vir a resultar na construo de um mundo de fato e de um espao geogrfico global. O obje-tivo conduzir o aluno a uma aprendizagem que lhe permita descobrir quais so suas possibilida-des, e que elas so produtos da ao de diversas naes, sociedades, instituies e indivduos.

    A chamada globalizao o ponto em que se encontra esse processo. Nunca os fenme-nos da escala mundial estiveram to prximos e presentes em nossa vida quanto atualmente. Desse modo, nossa relao com os espaos e o tempo mudou significativamente. Por exem-plo: qual o real significado de prximo e de distante, considerando-se os avanos dos transportes e das telecomunicaes? Apesar de apresentar-se como um evento com fortes ca-ractersticas econmicas, a globalizao tem, evidentemente, uma dimenso geogrfica (es-pacial) decisiva, que se manifesta em especial,

    como j foi dito, na multiplicao das relaes entre os povos, o que por certo implicar cada vez mais processos de padronizao cultural e, eventualmente, acirramento dos conflitos.

    Neste volume, tambm ser retomado o estu-do da produo do espao geogrfico global, desta vez a partir da trajetria das organizaes multila-terais surgidas no contexto do final da Segunda Guerra Mundial e do Frum Social Mundial. Trata-se de um percurso necessrio compreen-so da organizao poltica e econmica das so-ciedades contemporneas e de suas principais instituies. A Organizao das Naes Unidas (ONU), criada com o intuito de promover a paz e garantir a segurana coletiva, e o Acordo Geral de Tarifas e Comrcio (mais tarde rebatizado de Or-ganizao Mundial do Comrcio OMC), encar-regado de zelar pelo livre intercmbio comercial entre os pases do mundo, foram as instituies escolhidas para esse trabalho.

    O Frum Social Mundial, concebido como alternativa popular e democrtica s institui-es oficiais, tambm ser debatido com os alunos. Como sabemos, em 1991, aps a de-sagregao da Unio das Repblicas Socialis-tas Soviticas, o ento presidente dos Estados Unidos da Amrica, George H. W. Bush, pro-clamou a existncia de uma Nova Ordem Mundial, que estaria fundamentada no poder da hiperpotncia que se tornara global. Entre-tanto, a persistncia dos conflitos nacionais em diversos pontos do planeta e o aprofunda-mento das desigualdades entre povos e pases parecem apontar para a existncia de uma ver-dadeira desordem mundial, tanto no plano da segurana quanto no da economia.

    ORIENTAO SOBRE OS CONTEDOS DO VOLUME

  • 6

    Em muitos sentidos, os impasses contempo-rneos se refletem nos mecanismos de funcio-namento da ONU e da OMC e na realizao do Frum Social Mundial. A Segunda Guerra do Golfo, por exemplo, foi deflagrada revelia do Conselho de Segurana da ONU, enquanto a OMC se mostra impotente para fazer frente aos subsdios diretos e indiretos que protegem os mercados nacionais dos pases mais ricos, sobretudo no setor agrcola. Por outro lado, o surgimento do Frum Social Mundial sinaliza um movimento de resistncia de parcelas da so-ciedade civil de todo o mundo contra os efeitos perversos do processo de globalizao em sua forma atual. As Situaes de Aprendizagem 5, 6, 7 e 8 propostas neste Caderno pretendem le-var o aluno a refletir sobre tais impasses e a se posicionar criticamente a respeito de aspectos fundamentais da realidade contempornea.

    Compreender a complexidade desse momen-to, dessa construo geogrfica na escala glo-bal, um dos desafios que ns, professores de Geografia, devemos enfrentar. E voc, prezado colega, que vivencia situaes concretas e reais relacionadas ao modo como os jovens enxer-gam, vivem e processam essas mudanas e infor-maes, tem uma contribuio decisiva a dar na construo dessa aprendizagem, especialmente importante, para a emancipao dos estudantes.

    Conhecimentos priorizadosOs conhecimentos priorizados neste volume

    so inicialmente aqueles que permitem obser-var o processo de globalizao por intermdio de um olhar geogrfico, olhar esse orientado pelo conceito de espao geogrfico e outros que da derivam, como lugar, regio, territrio, mundo, escala geogrfica etc. Alm disso, pre-tende-se tambm desenvolver conhecimentos relacionados compreenso da globalizao em suas dimenses econmica e poltica.

Recommended

View more >