BOOK EDFIS-SPFE-2014 3S CAA VOL1 ?· CURRÍCULO DO ESTADO DE SÃO PAULO CADERNO DO ALUNO ... A ginástica…

Download BOOK EDFIS-SPFE-2014 3S CAA VOL1 ?· CURRÍCULO DO ESTADO DE SÃO PAULO CADERNO DO ALUNO ... A ginástica…

Post on 09-Nov-2018

213 views

Category:

Documents

0 download

TRANSCRIPT

<ul><li><p>3a SRIE ENSINO MDIOCaderno do AlunoVolume 1</p><p>EDUCAOFSICALinguagens</p></li><li><p>MATERIAL DE APOIO AOCURRCULO DO ESTADO DE SO PAULO</p><p>CADERNO DO ALUNO </p><p>EDUCAO FSICAENSINO MDIO</p><p>3a SRIEVOLUME 1</p><p>Nova edio</p><p>2014-2017</p><p>GOVERNO DO ESTADO DE SO PAULO</p><p>SECRETARIA DA EDUCAO</p><p>So Paulo</p></li><li><p>Governo do Estado de So Paulo</p><p>Governador</p><p>Geraldo Alckmin</p><p>Vice-Governador</p><p>Guilherme Afif Domingos</p><p>Secretrio da Educao</p><p>Herman Voorwald</p><p>Secretrio-Adjunto</p><p>Joo Cardoso Palma Filho</p><p>Chefe de Gabinete</p><p>Fernando Padula Novaes</p><p>Subsecretria de Articulao Regional</p><p>Rosania Morales Morroni</p><p>Coordenadora da Escola de Formao e Aperfeioamento dos Professores EFAP</p><p>Silvia Andrade da Cunha Galletta </p><p>Coordenadora de Gesto da Educao Bsica</p><p>Maria Elizabete da Costa</p><p>Coordenadora de Gesto de Recursos Humanos</p><p>Cleide Bauab Eid Bochixio</p><p>Coordenadora de Informao, Monitoramento e Avaliao </p><p>Educacional</p><p>Ione Cristina Ribeiro de Assuno</p><p>Coordenadora de Infraestrutura e Servios Escolares</p><p>Ana Leonor Sala Alonso</p><p>Coordenadora de Oramento e Finanas</p><p>Claudia Chiaroni Afuso</p><p>Presidente da Fundao para o Desenvolvimento da Educao FDE</p><p>Barjas Negri</p></li><li><p>Caro(a) aluno(a),</p><p>Este Caderno foi elaborado com a inteno de permitir a voc ampliar os conhecimentos elabo-rados em aula, registrar dados importantes, sistematizar pesquisas e fazer anotaes de seu interesse. Neste volume, os temas tratados sero Luta, Corpo, sade e beleza, Atividade rtmica, Lazer e trabalho e Contemporaneidade.</p><p>No tema Luta, o assunto o boxe, modalidade na qual atletas brasileiros se destacaram inter-nacionalmente. Voc entender que essa prtica carrega um conjunto de signos e significados que podem ser aprendidos para entendimento da competio. Perceber que a prtica requer preparo fsico e emocional e respeito ao adversrio que participa da luta. Poder desenvolv-la em aula com vistas a se apropriar de mais um elemento da Cultura de Movimento, visando orientao da pr-tica regular e sistemtica de atividade fsica para a manuteno de uma vida saudvel.</p><p>No tema Corpo, sade e beleza, voc estudar os princpios do treinamento fsico: sobrecarga, individualidade e reversibilidade. A inteno orient-lo quanto possibilidade de gerenciamento mnimo de uma prtica regular de atividade fsica. A inteno no transform-lo num profissional de Educao Fsica, mas, a partir do seu aprendizado durante toda a Educao Bsica, prepar-lo para que seja mais autnomo e crtico em relao prtica de atividades fsicas e ao seu prprio estilo de vida.</p><p>O tema Atividade rtmica abordar o hip-hop e o street dance. Voc ter a possibilidade de com-preender as manifestaes rtmicas da cultura jovem e, mais do que danar, voc poder construir sua prtica de acordo com os contedos que circundam seu meio.</p><p>A ginstica laboral o assunto tratado em Lazer e trabalho. O estresse e a demanda de muitas horas destinadas ao trabalho favorecem o aparecimento de vrios problemas de sade. A ginstica laboral assume papel importante em relao qualidade de vida. A apropriao desse conhecimento permite a reorganizao da prpria rotina, com o objetivo de reduzir o estresse e a sobrecarga no organismo.</p><p>No tema Contemporaneidade, o assunto ser esportes radicais. Um assunto atual que a cada dia envolve maior nmero de adeptos e praticantes. Assim, participar desses esportes consciente das limitaes e das necessidades de preparo corporal condio primordial para o sucesso, prazer, bem-estar e para a manuteno regular da atividade.</p><p>Este volume oferece a oportunidade para voc pesquisar, identificar, analisar, individualmente ou em grupo, questes a respeito do mundo atual e da necessidade de prtica de atividades fsicas regulares.</p><p>Bom estudo!</p><p>Equipe Tcnica de Educao Fsicarea de Linguagens</p><p>Coordenadoria de Gesto da Educao Bsica CGEBSecretaria da Educao do Estado de So Paulo</p></li><li><p>5</p><p>Educao Fsica 3a srie Volume 1</p><p>Voc sabia que o pugilismo, segundo registros histricos, tem entre 4 mil e 5 mil anos? Que j era praticado na Grcia antiga, nos Jogos Pan-Helnicos (776 a.C.)? A ima-gem retrata o pugilato, como era conhecido na poca, e evidencia que no se usavam luvas de boxe. Na Roma antiga, os lutadores usavam os cestus, protetores metlicos para as mos, do-tados de pregos, que podiam at mesmo matar os oponentes.</p><p>O boxe, ao longo de sua histria, passou por momentos de alta e de baixa popularidade. No sculo XVIII, as lutas com punhos renasce-ram na Inglaterra, mas no havia muitas regras, o que as fazia parecer muito mais com lutas do tipo vale-tudo. As primeiras regras foram introduzidas em 1867, quando o Marqus de Queensberry patrocinou uma luta que inclua a contagem de dez segundos para nocautes, o tempo de trs minutos para os assaltos, a proi-bio dos movimentos do estilo de luta livre e o uso de luvas almofadadas.</p><p>TEMA 1</p><p>LUTA: BOXE</p><p>PARA COMEO DE CONVERSA</p><p> Je</p><p>an-P</p><p>ierr</p><p>e Le</p><p>scou</p><p>rret</p><p>/Cor</p><p>bis/</p><p>Latin</p><p>stock</p><p>Detalhe de afresco de Thera (sculo XVI a.C.), representando luta com luvas. Acervo do Museu de Arqueologia de Atenas.</p><p>A primeira luta de boxe profissional legalizada acon-teceu em 7 de fevereiro de 1882, nos Estados Unidos.</p><p>De l para c, entre a paixo de muitos e a repugnncia de outros, o boxe amador foi includo pela primeira vez nos Jogos Olmpicos da Era Moderna em 1904, em St. Louis, nos Estados Unidos da Amrica, em razo da popularidade dessa prtica no pas. Entretanto, a modalidade foi excluda oito anos depois, retornando apenas em 1920 e permanecen-do no programa dos Jogos desde ento.</p><p> C</p><p>onex</p><p>o E</p><p>dito</p><p>rial </p><p>C</p><p>onex</p><p>oEd</p><p>itoria</p><p>l</p><p>Cestus, protetores metlicos para as mos, dotados de pregos; usados por lutadores na Roma antiga.</p></li><li><p>6</p><p>Educao Fsica 3a srie Volume 1</p><p>No Brasil, o interesse pelo boxe comeou em 1919, com Goes Neto, marinheiro carioca que havia feito vrias viagens Europa, onde aprendeu a boxear. Naquele ano, Goes Neto fez vrias exibies no Rio de Janeiro. Na recente histria do boxe brasileiro, h nomes respeitveis que integram a histria do boxe mundial, como der Jofre, Servlio de Oliveira, Maguila e Acelino de Freitas, o Pop, entre outros.(Fonte: site da Federao Rio-Grandense de Pugilismo. Disponvel em: . Acesso em: 9 out. 2013.)</p><p>O que voc sabe sobre esta luta?</p><p>1. O boxe amador praticado na atualidade inclui no vesturio do pugilista itens de segurana. Assinale quais so esses itens:</p><p> ( ) luvas acolchoadas. ( ) colete.</p><p> ( ) protetor de cabea. ( ) bandagens para as mos.</p><p> ( ) protetor bucal. ( ) protetor genital.</p><p>2. Quais so os itens de segurana includos no vesturio do atleta do boxe profissional?</p><p> ( ) luvas acolchoadas. ( ) colete.</p><p> ( ) protetor de cabea. ( ) bandagens para as mos.</p><p> ( ) protetor bucal. ( ) protetor genital.</p><p>3. At 2008, o boxe feminino fazia parte do programa de Jogos Olmpicos?</p><p> ( ) Sim. ( ) No.</p><p> G</p><p>eorg</p><p>e G</p><p>rant</p><p>ham</p><p> Bai</p><p>n/C</p><p>orbi</p><p>s/La</p><p>tinsto</p><p>ck </p><p>John Sholto Douglas (1844-1900), Marqus de Queensberry.</p></li><li><p>7</p><p>Educao Fsica 3a srie Volume 1</p><p>4. Atualmente, temos boxe amador e boxe profissional: ( ) somente masculino. ( ) somente feminino. ( ) masculino e feminino.</p><p>5. Entre os principais golpes utilizados no boxe esto: ( ) nippon. ( ) zuki. ( ) jab. ( ) cruzado.</p><p> ( ) gancho. ( ) upper. ( ) direto. ( ) a.</p><p>PESQUISA INDIVIDUAL</p><p>Pesquise na internet, em livros e em revistas quais so as principais derivaes do boxe, por se utilizarem tambm dos punhos (cobertos por luvas). Exemplo: full contact uma mistura de artes marciais em que as luvas e os golpes do boxe so associados aos chutes do carat. Faa a pesquisa e escreva um comentrio sobre como a participao das mulheres nessas prticas.</p></li><li><p>8</p><p>Educao Fsica 3a srie Volume 1</p><p> D</p><p>avid</p><p> Mal</p><p>an/G</p><p>allo</p><p> Imag</p><p>es/G</p><p>etty</p><p> Imag</p><p>es </p><p> N</p><p>ewm</p><p>ann/</p><p>zefa</p><p>/Cor</p><p>bis/</p><p>Latin</p><p>stock</p><p>Menino com luvas de boxe. Mulher praticando boxe.</p><p>LIO DE CASA</p><p>Opte por uma das imagens apresentadas a seguir e construa um texto que discuta a utilizao dos punhos em uma ou outra das seguintes situaes: como prtica esportiva ou como manifestao do preconceito e da discriminao.</p></li><li><p>9</p><p>Educao Fsica 3a srie Volume 1</p></li><li><p>10</p><p>Educao Fsica 3a srie Volume 1</p><p> Desafio!</p><p>Coisa de menina ou coisa de menino?</p><p>Provavelmente, voc j ouviu dizer que h diferentes preferncias entre homens e mu-lheres. Mas voc concorda ou discorda com isso? Nas frases a seguir, classifique as ativida-des com os smbolos: para coisa de menina, para coisa de menino ou para coisa de menino ou menina. Se preferir, elabore frases prprias e discuta-as com seus colegas. Lembre-se de que o mais importante nesta atividade compartilhar os seus argu-mentos e discutir alguns pontos de vista que podem ser diferentes dos seus!</p><p>Cozinhar.</p><p>Jogar futebol.</p><p>Danar bal.</p><p>Lutar boxe.</p><p>Gostar de filme de luta.</p><p>Usar alguma pea de roupa cor-de-rosa.</p><p> C</p><p>onex</p><p>o E</p><p>dito</p><p>rial </p><p>Lutar carat.</p><p>Ser mais rpido.</p><p>Ser mais forte.</p><p>Chorar.</p><p>Gostar de filme romntico.</p><p>Fazer artesanato.</p></li><li><p>11</p><p>Educao Fsica 3a srie Volume 1</p><p>Curiosidade!</p><p>O treinamento do pugilista envolve muito condicionamento fsico e aprimoramento tcnico/ttico. Existem equipamentos especficos utilizados nos treinamentos de boxe.</p><p>Saco de pancada ou punching bag muito usado para treinar combinao de golpes, potncia e exploso dos socos.</p><p>Speed ball utilizada para trabalhar o tempo de reao e resistncia dos membros superiores, posicionados na altura do rosto.</p><p>Punching ball semelhante a uma pera, serve para trabalho de resistncia, fora e coordenao.</p><p>Manopla , na verdade, um aparador de socos, utilizado por outra pessoa durante o treinamento da variao de golpes.</p><p>Alm do trabalho individual, existe o treinamento em duplas, no qual o atleta se exercita com outra pessoa que assume a posio do oponente, simulando uma luta. o sparring.</p><p>Os principais golpes utilizados no boxe so: </p><p>Jab eficaz, apesar de no ser to potente; normalmente usado como preparatrio para outra investida, ajuda a manter o adversrio distante.</p><p>Direto frontal e rpido que atinge o oponente com muita fora; o movimento do brao realizado horizontalmente.</p><p>Cruzado visa a atingir a parte lateral da cabea do oponente e to potente quanto o direto.</p><p>Upper desferido de baixo para cima, procura atingir o queixo do oponente.</p><p>Hook ou gancho aplicado na linha da cintura do adversrio.</p><p>Swing desferido de cima para baixo, visa ao maxilar do oponente. </p></li><li><p>12</p><p>Educao Fsica 3a srie Volume 1</p><p>VOC APRENDEU?</p><p>1. No boxe profissional, o atleta:</p><p> ( ) usa protetor de cabea. ( ) no usa protetor de cabea.</p><p>2. O boxe uma modalidade praticada por:</p><p> ( ) homens. ( ) mulheres. ( ) homens e mulheres.</p><p>3. O boxe passou a integrar, definitivamente, os programas dos Jogos Olmpicos a partir de:</p><p> ( ) 1904. ( ) 1912. ( ) 1920.</p><p>4. So derivaes do boxe, porque se utilizam tambm dos punhos, cobertos por luvas, as se-guintes lutas:</p><p> ( ) kick boxing. ( ) jud. ( ) capoeira.</p><p> ( ) light contact. ( ) carat. ( ) full contact.</p><p>5. So pugilistas ou ex-pugilistas brasileiros:</p><p> ( ) Cassius Clay. ( ) der Jofre.</p><p> ( ) Maguila. ( ) Pop.</p><p> ( ) Tony Galento. ( ) National Kid.</p><p>Desafio!</p><p>Estes so alguns nomes de pugilistas da histria do boxe moderno, mais conhecidos pelos nomes grafados em vermelho:</p><p>Pugilistas estrangeiros: Tony Galento; Floyd Mayweather Jr.; Hasim Rahman; Lennox Lewis; Wladimir Klitschko; Muhammad Ali (Cassius Marcellus Clay); Jack Dempsey; James Joseph Gene Tunney; Mike Tyson; George Foreman.</p><p>Pugilistas brasileiros: der Jofre; Adlson Maguila Rodrigues; Acelino Pop de Freitas; Ralph Zumbano; Servlio de Oliveira; Valdemir Pereira (Serto).</p><p>Mulher pugilista brasileira: Adriana Salles. </p><p>Mulheres pugilistas estrangeiras: Laila Ali; Gwendolyn ONeil.</p></li><li><p>13</p><p>Educao Fsica 3a srie Volume 1</p><p>Escreva estas palavras no diagrama a seguir, respeitando os cruzamentos.</p><p>Pugilistas do Brasil e do mundo:</p><p>8 letrasServlio</p><p>9 letrasKlitschko</p><p>10 letrasMayweather</p><p>3 letrasAli</p><p>4 letrasPop</p><p>5 letrasTysonLewisJofre</p><p>ONeil</p><p>6 letrasSerto</p><p>RahmanSalles</p><p>Tunney</p><p>7 letrasGalento</p><p>DempseyForemanMaguila</p><p>Zumbano</p><p>MAYWEATHER</p></li><li><p>14</p><p>Educao Fsica 3a srie Volume 1</p><p>Site</p><p>Confederao Brasileira de Boxe. Disponvel em: . Acesso em: 29 jul. 2013. Este site traz informaes oficiais sobre competies e regras do boxe amador e profissional.</p><p>Filmes</p><p>Ali (Ali). Direo: Michael Mann. EUA, 2001. 167 min. Livre. Histria de Cassius Clay, o maior boxeador de todos os tempos, mais conhecido por Muhammad Ali. Mos-tra sua vida dentro e fora dos ringues. Ali no lutou apenas pelos ttulos mundiais, mas tambm contra o preconceito racial, contra o governo estadunidense e contra a Guerra do Vietn.</p><p>A luta pela esperana (Cinderella man). Direo: Ron Howard. EUA, 2005. 144 min. 14 anos. Cinebiografia baseada em fatos reais que apresenta a histria de Jim Braddock, boxea-dor que, nos anos 1920-1930, venceu uma srie de lutas consideradas muito difceis nos Estados Unidos.</p><p>Jump in! (Jump in!). Direo: Paul Hoen. EUA, 2007. 90 min. Livre. Jovem estu-dante do Ensino Mdio, que est aprendendo a lutar boxe incentivado pelo pai, interessa-se pelo ritmo do double dutch estilo de pular duas cordas simultaneamen-te , praticado por um grupo de garotas de sua escola. Ele comea a ser criticado pelos amigos e pelo prprio pai aps manifestar publicamente seu interesse por uma atividade de meninas.</p><p>Menina de ouro (Million dollar baby). Direo: Clint Eastwood. EUA, 2004. 137 min. 12 anos. Frankie Dunn um treinador de boxe que j conquistou vrios ttulos. Apa-rece em sua academia Maggie Fitzgerald, mas Frankie nunca aceitou treinar mulheres. Maggie trabalha duro para se sustentar e ajudar sua famlia e, aps muito esforo, con-segue convencer Frankie a ser seu treinador. Maggie torna-se uma tima lutadora e con-quista muitas vitrias, at que um acontecimento trgico muda definitivamente o desti-no dessas duas pessoas.</p><p>Rocky: um lutador (Rocky). Direo: John G. Avildsen. EUA, 1976. 119 min. 12 anos.</p><p>Rocky II: a revanche (Rocky II). Direo: Sylvester Stallone. EUA, 1979. 119 min. 12 anos.</p><p>PARA SABER MAIS</p></li><li><p>15</p><p>Educao Fsica 3a srie Volume 1</p><p>Rocky III: o desafio supremo (Rocky III). Direo: Sylvester Stallone. EUA, 1982. 99 min. 12 anos.</p><p>Rocky IV (Rocky IV ). Direo: Sylvester Stallone. EUA, 1985. 91 min. 14 anos.</p><p>Rocky V (Rocky V ). Direo: John G. Avildsen. EUA, 1990. 102 min. 14 anos.</p><p>Rocky Balboa (Rocky Balboa). Direo: Sylvester Stallone. EUA, 2006. 102 min. 12 anos.</p><p>Rocky Balboa um vencedor improvvel. No incio, era um boxeador de segunda ca-tegoria, de quem o prprio treinador j havia desistido. Mas isso muda quando ele tem a chance de encarar diferentes adversrios. Nos vrios filmes, Rocky enfrenta no ringue os mais difceis lutadores e supera dificuldades tcnicas e tticas, alm de resistir a problemas ainda mais desafiadores fora das cordas.</p></li><li><p>16</p><p>Educao Fsica 3a srie Volume 1</p><p>TEMA 2</p><p>CORPO, SADE E BELEZA: PRINCPIOS DO TREINAMENTO FSICO</p><p>Ao longo da sua vida escolar, nas aulas de Educao Fsica, voc correu, chutou, arremessou, fez alongamentos, fintou, driblou e saltou. Mas ser que voc recorda quais foram as capacidades fsicas que lhe deram suporte para que realizasse isso tudo? Vale a pena relembrar:</p><p>agilidade: a capacidade de executar movimentos rpidos com mudana de direo. Por exemplo, as fintas nos esportes coletivos e as coreografias na dana;</p><p>flexibilidade: a capacidade de realizar movimentos com amplitude adequada, como nos alongamentos;</p><p>fora: a capacidade de vencer uma resistncia pelas aes musculares;</p><p>resistncia: a capacidade de permanecer o maior tempo possvel em uma atividade sem fadiga, por exemplo, correr grandes distncias;</p><p>velocidade: a capacidade de executar movimentos no menor tempo possvel, como em uma corrida de curta distncia em alta velocidade.</p><p>Se voc treina alguma modalidade esportiva, ou joga por lazer, sabe que nas situaes de jogo usamos todas essas capacidades. Mas e nos treinos fsicos? Alis, por que uma pessoa se submete a treinamento?</p><p>Neste momento de sua vida escolar, voc j deve saber da importncia de praticar exerccios fsicos para sua sade e qualidade de vida, no ? Sem contar os benefcios estticos! Ento, as pes-soas se submetem a um programa de treinamento por objetivos diferentes: emagrecer, melhorar a resistncia, aumentar a massa muscular, tratar e prevenir leses, melhorar as capacidades fsicas e us-las no esporte, e at por lazer!</p><p> B</p><p>laise</p><p> Hay</p><p>war</p><p>d/Th</p><p>e Im</p><p>age </p><p>Bank</p><p>/Get</p><p>ty Im</p><p>ages</p><p> E</p><p>rik D</p><p>reye</p><p>r/Th</p><p>e Im</p><p>age </p><p>Bank</p><p>/Get</p><p>ty Im</p><p>ages</p><p>PARA COMEO DE CONVERSA</p><p>Jovem pulando corda em academia. Jogadores de futebol praticando exerccios.</p></li><li><p>17</p><p>Educao Fsica 3a srie Volume 1</p><p>Com base nas informaes do texto, responda s seguintes questes:</p><p>1. O que treinamento? Organize as palavras a seguir em uma frase e voc ter uma definio:</p><p>Soma uma adaptao de tempo realizados de todos os estmulos levando a em determinado espao, com o objetivo de elevar o rendimento.</p><p>2. Quais so os exerccios recomendados para o desenvolvimento das capacidades fsicas de flexibi-lidade e resistncia, respectivamente?</p><p>3. Quais benefcios voc pode obter com o treinamento fsico?</p><p> PESQUISA EM GRUPO</p><p>Princpios do treinamento</p><p>Os princpios do treinamento fsico devem ser observados na elaborao de qualquer programa de treinamento. Neste volume, vamos conhecer os seguintes princpios: Sobrecarga, Individuali-dade e Reversibilidade. </p><p>1. No quadro a seguir na coluna da direita, voc encontra perguntas que se referem a cada um desses princpios. A fim de preencher a coluna da esquerda, voc dever pesquisar, em sites, as definies desses princpios e coloc-las na coluna correspondente, ou seja, naquela em que as perguntas se relacionam definio do princpio.</p></li><li><p>18</p><p>Educao Fsica 3a srie Volume 1</p><p>2. Feita a pesquisa, relacione os princpios de treinamento s caractersticas apresentadas nos itens abaixo:</p><p> I. Princpio da Sobrecarga.</p><p> II. Princpio da Individualidade.</p><p> III. Princpio da Reversibilidade.</p><p> a) Fator gentico. ( )</p><p> b) Durao do treinamento. ( )</p><p> c) Queda do rendimento em funo da falta de regularidade dos treinos. ( )</p><p> d) Aumento da velocidade no treino de corridas. ( )</p><p> e) Nvel de condicionamento. ( )</p><p>Princpio de treinamento Questes</p><p>a) Princpio:</p><p>Definio:</p><p>Por que, em geral, as mulheres so mais flexveis que os homens?E por que os homens, em geral, so mais fortes que as mulheres?Por que meu colega da mesma idade e com o mesmo peso, que treina comigo, mais veloz do que eu?</p><p>b) Princpio:</

Recommended

View more >